Importo de Renda – Já declarou o seu?

Essa semana termina o prazo para a declaração do IR e você já fez a sua? Se não fez, leia esse post até o fim que eu pretendo te ajudar!

Temos até sexta feira dia 28 de abril às 23:59, para declarar todos os rendimentos do ano anterior e é bom correr pra não cair na malha fina e ter que pagar uma multa que vai de R$ 165,74 a até 20% do imposto devido. E se você vai fazer por conta própria tome bastante cuidado no preenchimento das guias para não ter problemas futuros.

Então vamos ao que interessa!

Todo mundo precisa declarar? Não né. Quem precisa, são todas as pessoas físicas residentes no Brasil (no ano anterior ao de exercício, ou seja, no ano a ser declarado), que tiveram rendimentos tributáveis, igual ou acima de R$ 28.123,91 ou rendimentos isentos igual ou acima de R$ 40.000,00; Quem obteve ganho de capital, adquiriu ou vendeu bens, e fez operações nas bolsas de valores.

Quais documentos são necessários?

“Cópia da declaração do ano anterior, impressa ou em arquivo digital;

Título de Eleitor, para quem for fazer a primeira declaração;

Informativo de rendimentos, fornecido pelo empregador;

Cópia de recibos ou notas fiscais de prestação de serviço, se for o seu caso;

Livro-caixa, se for o seu caso;

Informativo de rendimentos de benefícios previdenciários, fornecido pelo INSS ou instituição de previdência privada;

Extrato de rendimentos financeiros, fornecido por bancos e instituições financeiras;

Informe de contribuição para previdência privada;

Recibos de gastos escolares do contribuinte ou dependentes;

Recibos de aluguéis pagos ou recebidos;

CPF ou CNPJ dos beneficiários de despesas com saúde;

Nome, CPF e valores referentes a doações ou heranças;

CPF dos dependentes maiores de 12 anos;

CPF de filhos e ex-cônjuges para comprovar o pagamento de pensão alimentícia;

Dados referentes ao empregado doméstico;

Escrituras ou contratos de compromissos de compra e venda de imóveis;

Documento de compra ou venda de veículos e CPF/CNPJ do comprador ou vendedor; e

Documentos sobre rescisões trabalhistas, incluindo dados de salários, férias, 13º salário e FGTS.”

Fonte: https://blog.guiabolso.com.br/2017/04/24/nao-deixe-o-imposto-de-renda-para-a-ultima-hora/

 É necessário declarar tudo sem omissão de documentos e com os valores exatos, pois isso pode te custar muito caro futuramente.

E aproveite para deduzir do seu imposto de renda tudo que for possível. Se você tem dependentes que estudam, coloque as mensalidades escolares no seu IR, custos com saúde também podem e devem ser deduzidos, afinal de contas se o governo cumprisse com seu papel e fornecesse a população saúde e educação de qualidade não precisaríamos pagar por escolas particulares e muito menos abusivos planos de saúde!

Corre pra fazer sua declaração antes que o Leão te pegue desprevenido!

http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2017

O que você não pode deixar de fazer na Barra da Tijuca, RJ

Hoje vou falar de um bairro que é simultaneamente amado e odiado pelos cariocas, a Barra da Tijuca.

Essa região do Rio de Janeiro era um lugar ermo até a década de 70, quando começou a se desenvolver e se tornar um dos bairros mais caros da Cidade e acho que isso criou um certo “rancor” para os moradores da Zona Sul do Rio que se sentiram “afrontados” talvez, e um certo frisson nos moradores da Zona Norte que passaram a acreditar que é possível ser rico do nada e ter um bom bairro para lazer mais perto do que os da Zona Sul. Acho que por ter se tornado uma região nobre tão rapidamente, os moradores da Barra ficaram com fama de emergentes, ou novos ricos, mas de uma forma bem pejorativa quando dito pelos “Zona Suleiros” (nem sei se existe essa denominação rsrsrsrs).

Mas vamos falar dos lugares que você não pode deixar de visitar no Bairro.

Praia da Barra

Barra_291108

Imagem: Prefeitura do RJ/Alberto Jacob

Essa é a maior praia da Cidade do Rio de Janeiro. Com 18 km de extensão é fácil encontrar um espaço e uma zona a qual você pertença. Ao longo de toda a praia é possível vislumbrar várias “tribos”, tem área para: surfistas, para quem só quer dar um mergulho, para quem é amante do futevôlei, para quem gosta mesmo é de um Jet ski, para quem quer praticar treinamento funcional, para quem é praticante de kitesurf, e até para quem só quer apreciar o mar batendo nas rochas. As praias costumam ser os lugares mais democráticos aqui do Rio de Janeiro, mas acho que a da Barra ganha de todas as outras nesse quesito também!

Barra Shopping

shoppings-barrashopping

Imagem: Divulgação Barra Shopping

Eu não costumo muito dar dicas de shopping, pois shopping não é ponto turístico, porém se tem uma coisa que carioca gosta tanto quanto praia é um shopping e o da Barra é um dos melhores da Cidade. Nele é possível encontrar grifes e também lojas mais populares, ou seja, tem pra todos os gostos e bolsos. Aqui no Rio as lojas de departamento costumam ficar dentro de shoppings (Zara, C&A, Forever 21 e etc), não são muito comuns lojas assim nas ruas. Então se quiser fazer umas comprinhas por aqui, esse shopping é uma boa opção.

Passeio pelo Bosque da Barra  

BOSQUE_DA_BARRA

Imagem: Catraca Livre

Uma grande área verde em meio aos arranha céus do bairro, o Parque Natural Municipal Bosque da Barra, é uma boa opção para caminhadas e até piqueniques em meio ao caos urbano. Só é preciso verificar os horários de funcionamento, já que o parque fecha. Vou deixar o facebook deles aqui: https://www.facebook.com/pg/Parque-Natural-Municipal-Bosque-da-Barra-261139587417523/about/?ref=page_internal.

Exposição ou Teatro

É possível encontrar arte por aqui também. Com quatro salas de teatro é só escolher uma peça em cartaz e mergulhar nesse universo. Tem o Teatro dos Grandes Atores (No shopping Barra Square), o Teatro Bradesco (Shopping Village Mall), Teatro Antônio Fagundes (no CEC da Barra) e o Teatro Nathália Timberg. Também é possível ver alguma exposição que esteja em cartaz na Cidade das Artes (conhecida também como Elefante Branco pelos cariocas) ou uma até alguma peça de teatro também já que lá também tem uma sala (pouco usada, mas tem).

Comer em bons restaurantes

IMG_2748

Olha eu aí no Paris 6 (rsrs)

Tem restaurante para todos os gostos, tem comida Italiana, Brasileira, portuguesa, churrascaria e muito mais. É na Barra que fica um dos restaurantes mais badalados do momento, o Paris 6, onde é possível encontrar um artista durante qualquer refeição.

Sassaricar pela Olegário Maciel

baixo-barra

Imagem: Pedro Teixeira / Agência O Globo

Um baixo Gávea da Barra da Tijuca, essa rua é cheia de bares, restaurantes e baladinhas bem legais de aproveitar. Dá pra passar uma madrugada inteira pulando de bar em bar e curtindo o melhor da cada um. Aqui todas as “tribos” voltam a se encontrar depois de um dia de praia.

Búzios – Rio de Janeiro

Que tal sairmos um pouco da Cidade do Rio de Janeiro e esticar uma viagenzinha dentro do estado mesmo, indo até Búzios?!

Búzios é um balneário a cerca de 170 km da Cidade do Rio de Janeiro que ficou muito famoso na década de 60, quando ainda um simples vilarejo caiu nos olhos do mundo por causa de uma famosa da época: Briggite Bardot (BB).

396148_335999469822064_936415471_n

Mas o que falar desse lugar? Essa pequena Cidade é tão cosmopolita e tão singela ao mesmo tempo e eu acho que é exatamente isso que encanta a mim e a todos que conhecem.

Com 21 praias, esse balneário é capaz de receber pessoas do mundo inteiro e com uma diversidade de interesses enorme. Há praia para surfistas, praia para famílias e até praia para as pessoas mais descoladas.

E a noite por lá? A noite em Búzios é um tema a parte, pois oh lugarejo agitado esse! Reduto de pessoas ricas, também é possível encontrar ótimas opções para reles mortais como nós.

A Cidade é pequenina, mas a oferta de atividades é grande. Você pode fazer belíssimos passeios de barco (mesmo para quem tem medo, já que os passeios são dentro da baía então não encaram o mar aberto). Também é possível comer super bem na Cidade, de restaurantes cenário de novelas até self service bbb (bom, bonito e barato). Também é legal fazer um passeio de “caminhão” (é um caminhão turístico) que tem por lá e vai te levar a dois mirantes com vistas de tirar o fôlego. Quanto a noite, é possível encontrar de bares a boates internacionais, então é só escolher e se jogar.

547708_335999663155378_798611735_n

Ignorem o rosto vermelho depois de um dia de praia!

Como uma experiência particular, eu aconselho a caminhar pelas ruas do centro, não só pela famosa rua das pedras, mas pelas ruas próximas também, é legal se perder para encontrar coisas incríveis. Como por exemplo, belíssimos sinos nas portas ao invés de campainhas, ou então uma ruela com lindos e bem cuidados casebres.

De uma coisa eu tenho certeza, é impossível não se apaixonar por cada detalhe desse lugar!

Mas também vai uma dica super importante aqui: Fuja de Búzios durante a alta temporada. Apesar de turística a Cidade é pequena e não comporta confortavelmente todos os seus visitantes na alta temporada. É difícil encontrar estacionamento, existem filas enormes nos restaurantes, pessoas dividindo o mesmo espaço, disputa para os passeios e muitos outros transtornos causados pelo tumulto, que podem deixar sua viagem com um sabor bem ruim!

Poupança – Porque não investir!

Vamos começar a falar de investimentos por aqui, e hoje o tema é a já famosa poupança!

Apesar de algumas pessoas já terem percebido que a poupança não é um bom investimento para seu dinheiro, a maioria da população ainda acredita que ela é a melhor maneira de fazer seu dinheiro se multiplicar e isso é um grande engano.

Eu costumo dizer que a poupança é a nova conta corrente, já que ela é uma conta sem taxas, porém com limite de ações (como limite de saques por mês, mas quem hoje em dia saca dinheiro muitas vezes ao mês?). É claro que a poupança tem suas vantagens, ela é simples de administrar e livre de impostos, mas se você continuar insistindo em deixar seu dinheiro nela, ao invés de multiplicá-lo, você irá é perder dinheiro, e vou te listar os motivos!

Livre de riscos? Com certeza não!

Muitas pessoas acreditam que a poupança é o investimento mais seguro, que não há riscos, mas eles existem sim.

Se o banco onde você tem sua conta poupança aberta quebrar, ele não te pagará o dinheiro que você tem lá investido, sabia?! Mas para garantir isso existe o FGC (Fundo Garantidor de Crédito), que lhe devolvera até R$ 250 mil depositados, e além da poupança esse fundo te garante em outros investimentos também, como o CDB, LCA e vários outros que você poderá encontrar aqui: https://www.bcb.gov.br/pre/bc_atende/port/fgc.asp#3. Com isso podemos concluir que a poupança é tão segura quanto alguns tipos de investimentos!!!!

Baixa Rentabilidade

Quando comparada com qualquer outro investimento em renda fixa a poupança costumeiramente perde. Ela rende pela combinação da Taxa TR (Taxa Referencial) com a taxa SELIC (Quando a taxa selic está acima de 8,5% a poupança rende 0,5%, já se a selic estiver abaixo de 8,5% (o que quase nunca acontece), a poupança pagará 70% do valor da selic + a TR). A SELIC é a taxa que comanda os juros no País e por isso é a taxa que está diretamente ligada a economia e automaticamente a todos os investimentos. Sabendo disso é possível imaginar que existem investimentos mais atrativos por aí.

Juros só no aniversário

A Poupança não tem rentabilidade diária, como alguns outros investimentos, os juros só são creditados mensalmente. Assim quem faz um investimento no dia 18 de abril só terá seus juros creditados no dia 18 de maio. E qual a desvantagem disso?

Se você precisar do dinheiro antes da data de aniversário e sacá-lo, não vai receber rendimento nenhum. A segunda desvantagem é que você perde acumulo de dinheiro com os juros compostos, por exemplo: se eu deposito hoje R$100,00 na poupança eu terei no fim de 30 dias (baseado na poupança rendendo 0,5%) R$ 100,50, mas se eu investisse esse mesmo valor em renda fixa na selic, por exemplo, eu teria ao fim de 30 dias o valor de R$ 100,61 (baseado na selic hoje, e já descontados os impostos a serem pagos). Agora projeta isso por 12 meses, 24 meses, 10 anos, gostou do resultado?!

Perda de valor mediante a inflação

Os juros fazem o dinheiro multiplicar e a inflação faz com que ele perca valor. Isso na pratica funciona da seguinte forma: se hoje eu compro um bem com R$ 100,00 por causa da inflação no mês seguinte esse bem pode estar custando R$ 110,00 e o investimento que eu fiz na poupança não me rendeu essa diferença. A poupança normalmente ganha da inflação, mas sempre por muito pouco como, por exemplo, em 2016, que a inflação ficou em 6,29% e a poupança rendeu 8,3%, mas ai quando você desconta a inflação do seu rendimento percebe que sobrou muito pouco de lucro real. E em um cenário pior é possível perder pra inflação como aconteceu em 2015, quando a inflação ficou em 10,67% e a poupança em 8,15%.

O que eu tenho aprendido nesse tempo que tenho buscado mais informações sobre investimentos, é que não é um caminho fácil de seguir, é necessário fazer muitas contas, para saber por qual “estrada” é melhor caminhar. Definitivamente eu descobri pra que serviu tanta matemática no colégio rsrs.

A dica então é pensar muito e calcular bastante onde vale colocar seu valioso dinheiro!

 

 

Recebidos: Biscoitos Nazinha Alimentos

Quem me acompanha lá no instagram (quem não me acompanha segue aqui), viu que eu recebi ontem uma caixa com vários biscoitos da marca Nazinha.

img_4940

A Nazinha é uma empresa familiar (como a maioria das empresas no Brasil) com sede me Contagem – Minas Gerais, que recebeu esse nome em homenagem a uma cuidadora que fez parte da infância do dono dessa empresa.

São produzidos pela marca: biscoitos de polvilho, papa-ovo e sequilhos. E posso dizer que é tudo uma delícia.

img_4931.jpg

Eu recebi 6 produtos: Um biscoito de polvilho tradicional, Um papa-ovo, um sequilho clássico sabor nata e três sequilhos zero nos sabores coco, laranja e leite. Corri pra fazer as fotos para poder começar a comer logo rsrsrs. O biscoito de polvilho, que é meu biscoito preferido, foi o primeiro a ser aberto e acabou rapidinho. É bom demais gente!

img_4927.jpg

Os produtos da Nazinha Alimentos são sem lactose, sem glúten, sem conservantes e com poucas calorias, o que é ótimo né. Todas as informações nas embalagens são de fácil leitura, por isso pude perceber que a marca realmente se preocupa em ser transparente com seus consumidores.

Aqui em casa já provamos um pouco de cada pacote recebido e foi unânime, todos amamos tudo. Além de super saborosos, os biscoitos são fresquinhos e desmancham na boca. Ótimos para acompanhar um café da tarde, lanche da faculdade ou até mesmo para um lanchinho qualquer durante o dia.

Você pode encontrar os produtos Nazinha em lojas e supermercados que vendam produtos sem glúten e sem lactose e para saber mais onde encontrar os produtos, você pode entrar no site deles clicando aqui!!!

Cartão de Crédito – O que mudou?

Desde o dia 03 de abril as regras, para o rotativo do cartão de crédito, mudaram e ainda tem muita gente confusa com isso, então por isso esse post é pra ajudar esclarecer o que mudou!!!

Cartão de crédito é algo que pode ajudar muito uma pessoa ou pode arruinar uma vida financeira e por isso é necessário acompanharmos de perto tudo o que diz respeito a esse assunto.

O que realmente mudou? A partir de agora quando alguém pagar apenas o mínimo da fatura e entrar no rotativo do cartão de crédito, após 30 dias a operadora do cartão ou o banco são obrigados a oferecer ao cliente devedor o parcelamento da dívida.

Qual a intenção dessa mudança? O brasileiro nunca esteve tão endividado como se encontra nesse neste momento, então a ideia é reduzir a inadimplência e o endividamento por conta desse pedaço de plástico.

Com essa nova regra os juros do rotativo ficam limitados a apenas 1 mês e a partir do parcelamento os juros cairão pela metade aproximadamente. Mas ainda assim é preciso ter cuidado com o pagamento o valor mínimo da fatura, essa opção pode parecer uma boa ideia no início, mas vale lembrar que todo dinheiro pago em juros é dinheiro jogado fora e que esse valor investido poderia estar de rendendo alguns reais de maneira bem atrativa.

Um bom Planejamento é o segredo para manter a vida financeira em equilíbrio, lembre-se sempre disso!!!!

Resenha Loção Hidratante Nuvem de O Boticário

Mais uma quarta com resenha por aqui e dessa vez eu vou falar sobre essa nova loção hidratante da linha Cuide-se bem de O Boticário, o Nuvem (cloud).

img_4572

Sabe aquela promoção que marca faz todo ano para o marketing de algum produto?! Então, esse ano eles fizeram com esse hidratante. Todos nós aqui em casa nos inscrevemos e fomos lá retirar a nossa loção hidratante de 100 ml.

Normalmente quando chegamos nas lojas para pegar esses produtos gratuitamente, as vendedoras não gostam muito, mas lembrem-se que quem está oferecendo é a marca e você não precisa se sentir envergonhado em ir lá e só pegar o produto gratuito sem comprar nada, eu falo isso pois conheço muitas pessoas que se sentem diminuídas pelos olhares dos lojistas, mas não se sintam, se lhe foi ofertado passou a ser seu direito! Mas vamos à resenha.

O que O Boticário promete?

Eles dizem que a loção hidratante é absorvida rapidamente (sem ficar grudenta), perfumado na medida certa, pode ser usada no corpo inteiro e hidratação que dura até 96 horas (devendo o produto ser reaplicado).

Desde que eu peguei minha loção hidratante eu tenho usado diariamente, sempre após o banho antes de dormir.

Confesso que quando li sobre ser perfumado na medida certa, me despertou certa curiosidade para saber o que seria a medida certa já que as pessoas têm gostos diferentes, mas realmente pra mim o cheiro é na medida certa. Ele tem um cheiro suavemente adocicado que da uma sensação boa na pele.

A loção é realmente absorvida rapidamente e não deixa aquela sensação grudenta na pele, coisa que os hidratantes costumam deixar.

Eu tenho usado principalmente nas mãos, nos pés e nos cotovelos que andam bastante ressecados devido ao outono que chegou e posso dizer que hidrata mesmo. Eu estava usando outro hidratante antes desse e não fez o efeito que esse fez em menos tempo, ele hidrata mesmo e por muito mais tempo.

O preço dele é R$ 26,90 a loção com 200 ml (não achei de 100 ml para vender, acho que foi para a ação promocional) e acho que vale a pena já que além de hidratar bem e parece render bastante. E também é uma ótima opção para presente!

Churrasco Bom e Barato!

Sabe aquele churrasquinho de domingo, que você chama os amigos, a família, coloca a cerveja na geladeira e muito carvão na churrasqueira para queimar o dia inteiro, regado a muita conversa e diversão, sabe?! Então, pega o papel e a caneta que e eu vou te dar dicas de como fazer um “Xurras” (como chamamos carinhosamente aqui no Rio), bom e barato!

Planeje a Compra!

Antes de sair para o supermercado e sair comprando tudo que vê pela frente sem nem saber o que vai mesmo usar e a quantidade que vai usar, coloque tudo na ponta do lápis. Anote tudo o que vai realmente ser necessário e na conta certa.

Em média em um churrasco em casa uma pessoa consome cerca de 400g de proteína, já contando a carne, a linguiça e o drummet de frango. Mas essa quantidade pode diminuir se você acrescentar outros itens nesse “Xurras”, como por exemplo, pão de alho, peito de frango e kafta, além dos acompanhamentos como arroz, farofa, maionese, salada e molho a campanha.

Não se prenda a Picanha!

Não é só de Picanha que se faz um bom churrasco! Uma alcatra fresquinha e até mesmo um filé de costela, são bem mais baratos e tão saborosos quanto uma picanha.

Acompanhe as Ofertas!

Planejando com ao menos uma semana de antecedência, você poderá acompanhar as ofertas da semana e correr pra garantir um melhor preço.

Não mexa no Carvão!

Você sabia que mexer demais no carvão faz com que ele seja consumido mais rápido?! Então coloque uma quantidade razoável e só mexa na hora que precisar colocar mais.

Calcule a Bebida!

Em média uma pessoa em um churrasquinho entre amigos consome 1 litro e meio de bebida, então faça esse calculo na hora de comprar as bebidas e veja se é mais barato comprar garrafa (1, 2 ou 3 litros) ou até mesmo latinha.

Rache a Conta!

Não é vergonha alguma fazer um “Xurras” e todos dividirem a conta! Afinal assim sai baratinho para todos, a diversão ta garantida e ninguém fecha o mês no vermelho.