Diversão, Passeios, Sabores, Viagens

E agora? O dólar subiu de novo!

Oi meus amores,

Com o dólar nas alturas muita gente deixou a viagem internacional em segundo plano não é mesmo? Mas hoje eu trago algumas dicas para economizar e não cancelar a sua viagem.

dolar_1

Dica n° 1 – Passagem Aérea

As passagens aéreas comprometem grande parte do orçamento de uma viagem, não é mesmo. Então para encontrar valores melhores o caminho é um só: pesquisar. Pesquise muito, muito mesmo e quando achar que encontrou pesquise mais um pouco só por desencargo de consciência. Quando escolher um destino, pesquise quais cias operam vôos para aquele lugar e depois pesquise os valores de todas elas.

Vôos com escalas são mais cansativos, mas costumam ser mais baratos;

Comprar com 3 meses ou mais de antecedência poderá te garantir um bom desconto na tarifa;

Se tiver datas flexíveis melhor ainda, pesquise com algumas datas diferentes para ver qual compensa mais;

Fuja de feriados e busque dias e horários menos procurados. Sábado, por exemplo, é um dia de menor procura, por isso pode ser uma boa opção. Vôos das 10:00hrs as 16:00hrs também costumam ser mais em conta. Mas pesquise antes de levar essa dica como absoluta, pois se esses vôos estiverem com muita procura, pode apostar que o preço vai subir a ladeira;

Dica n° 2 – Hospedagem

Hospedagem costuma ser o item de maior valor no custo total de uma viagem. Por isso é preciso muita paciência para encontrar algo especial.

Normalmente optamos por hotéis 3 estrelas ou categoria turística, pelo custo benefício, mas em tempos de dólar nas alturas isso pode custar bem mais que o programado, então busque hotéis mais afastados dos grandes pólos turísticos do lugar visitado. Mas muita atenção quando fizer isso para não acabar em um bairro perigoso e tão longe que comprometa a sua locomoção, fazendo você gastar mais.

Ao invés de um hotel 3 estrelas busque também por hotéis 2 estrelas e 1 estrela, não é porquê tem menos estrelas que é um hotel ruim. Esse tipo de classificação é feito por normas técnicas, e cada categoria tem exigências a serem cumpridas. Você não vai encontrar um rato em um hotel só porquê ele é 1 estrela, mas você não vai encontrar luxo apenas o conforto necessário para uma noite de descanso.

Se for o caso, busque opções de aluguel em moradias. Alugue um quarto na casa de alguém, além de ser mais econômico você provavelmente vai poder cozinhar (e com isso economizar) e vai vivenciar uma experiência bem nativa. Existem agências especializadas nesse serviço e também sites. Vou compartilhar um que eu gosto bastante: https://www.airbnb.com.br/invite?r=3

Busque um agente de turismo, ele pode ser muito útil nessa escolha, pois ele terá informações que a internet não vai te contar. Ele tem experiência e qualificação para te ajudar e te dar dicas não só sobre o hotel como do seu destino em si.

Dica n° 3 – Transporte

Antes de fechar o traslado para te buscar no aeroporto, por exemplo, certifique-se se essa é realmente a melhor opção. Com certeza pelo conforto será, mas isso pode custar até o dobro de uma locomoção de táxi, ou até mesmo de transporte público, por que não? Nas grandes cidades o transporte público funciona super bem e deve ser seu aliado.

Se você tem alguma dificuldade em se localizar, eu aconselho que faça um City Tour, de preferência compre em uma agência aqui no Brasil, pois sairá mais barato, e preste bastante atenção no trajeto. Esse passeio já vai te dar uma noção de como andar por ali.

Além de transportes públicos, caminhe, caminhe e caminhe mais, afinal você está ali para aproveitar tudo e no caminho você pode descobrir coisas maravilhosas.

Dica n° 4 – Alimentação

Não dá pra viajar e não comer não é mesmo. Então se você optou por alugar um quarto em um apartamento de alguém e a cozinha é compartilhada, procure um supermercado e faça comprinhas básicas. Eu sei que é muito chato viajar e ter que dar uma de dona de casa, mas vale o sacrifício para economizar e não perder sua viagem.

Mas se você está em um hotel, não como nele. Faça no hotel apenas a refeição que está inclusa em suas diárias. Busque por restaurantes locais não queira ir a um Michelin, pois isso vai te custar caro. Para as refeições intermediárias opte por um biscoito comprado em um mercadinho. Ah e não precisa passar tão longe do frigobar do hotel, você pode comprar biscoitos, lanchinhos, água, refrigerante e outros itens e guardar lá, isso vai te render uns trocados a mais no bolso.

Eu espero que tenham gostado!

Beijinhos e até a próxima!!!

Anúncios

Um comentário em “E agora? O dólar subiu de novo!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s