Passeios, Viagens

MET – Metropolitan Museum of Art em New York

Quem foi, foi! Quem não foi, vai ter que pagar mais caro a partir de 1° março.

Até o fim de fevereiro ainda será possível ir ao MET (Metropolitan Museum of Art) em Nova York pagando 1 dólar por exemplo, mas assim que março começar a entrada terá o preço fixo de U$25,00.

IMG_2650

O Museu funciona no sistema “Pague quanto quiser” desde a década de 1970. Esse sistema só vai valer agora para moradores de Nova York e os que quiserem fazer uso desse benefício precisarão comprovar a residência através de algum documento que prove a moradia no estado de Nova York.

Também terá um benefício para os turistas que são estudantes e idosos, esses poderão pagar U$ 12,00 e U$ 17,00 respectivamente.

Tem uma outra novidade, só que essa bem legal! Agora o ingresso valerá por 3 dias consecutivos. O que é ótimo já que um dia é pouco para explorar o museu.

IMG_2662

O Metropolitan é um dos museus mais visitados do mundo e vem sofrendo com o déficit de contribuições voluntárias. Eu mesma quando fui, paguei U$1,50. Injusto por tudo que o museu oferece, concordo, mas quando somos estudantes em uma das Cidades mais caras do mundo, qualquer economia é válida.

Agora fica aqui um apelo pessoal: Alguma empresa privada poderia fazer como a UNIQLO faz no MOMA. Patrocinar um dia da semana com visitação gratuita.

A ARTE PRECISA SER POPULAR. Já é muito difícil fazer as pessoas entenderem a importância da arte em nossas vidas, mesmo quando o acesso é gratuito, imagina quando o valor é alto assim?!

 

Anúncios
Rio de Janeiro, Viagens

O que você não pode deixar de fazer na Barra da Tijuca, RJ

Hoje vou falar de um bairro que é simultaneamente amado e odiado pelos cariocas, a Barra da Tijuca.

Essa região do Rio de Janeiro era um lugar ermo até a década de 70, quando começou a se desenvolver e se tornar um dos bairros mais caros da Cidade e acho que isso criou um certo “rancor” para os moradores da Zona Sul do Rio que se sentiram “afrontados” talvez, e um certo frisson nos moradores da Zona Norte que passaram a acreditar que é possível ser rico do nada e ter um bom bairro para lazer mais perto do que os da Zona Sul. Acho que por ter se tornado uma região nobre tão rapidamente, os moradores da Barra ficaram com fama de emergentes, ou novos ricos, mas de uma forma bem pejorativa quando dito pelos “Zona Suleiros” (nem sei se existe essa denominação rsrsrsrs).

Mas vamos falar dos lugares que você não pode deixar de visitar no Bairro.

Praia da Barra

Barra_291108
Imagem: Prefeitura do RJ/Alberto Jacob

Essa é a maior praia da Cidade do Rio de Janeiro. Com 18 km de extensão é fácil encontrar um espaço e uma zona a qual você pertença. Ao longo de toda a praia é possível vislumbrar várias “tribos”, tem área para: surfistas, para quem só quer dar um mergulho, para quem é amante do futevôlei, para quem gosta mesmo é de um Jet ski, para quem quer praticar treinamento funcional, para quem é praticante de kitesurf, e até para quem só quer apreciar o mar batendo nas rochas. As praias costumam ser os lugares mais democráticos aqui do Rio de Janeiro, mas acho que a da Barra ganha de todas as outras nesse quesito também!

Barra Shopping

shoppings-barrashopping
Imagem: Divulgação Barra Shopping

Eu não costumo muito dar dicas de shopping, pois shopping não é ponto turístico, porém se tem uma coisa que carioca gosta tanto quanto praia é um shopping e o da Barra é um dos melhores da Cidade. Nele é possível encontrar grifes e também lojas mais populares, ou seja, tem pra todos os gostos e bolsos. Aqui no Rio as lojas de departamento costumam ficar dentro de shoppings (Zara, C&A, Forever 21 e etc), não são muito comuns lojas assim nas ruas. Então se quiser fazer umas comprinhas por aqui, esse shopping é uma boa opção.

Passeio pelo Bosque da Barra  

BOSQUE_DA_BARRA
Imagem: Catraca Livre

Uma grande área verde em meio aos arranha céus do bairro, o Parque Natural Municipal Bosque da Barra, é uma boa opção para caminhadas e até piqueniques em meio ao caos urbano. Só é preciso verificar os horários de funcionamento, já que o parque fecha. Vou deixar o facebook deles aqui: https://www.facebook.com/pg/Parque-Natural-Municipal-Bosque-da-Barra-261139587417523/about/?ref=page_internal.

Exposição ou Teatro

14_FHA_rs_cidadedasarte3
imagem: http://rioshow.oglobo.globo.com/teatro-e-danca/programacao/cidade-das-artes-2968.aspx

É possível encontrar arte por aqui também. Com quatro salas de teatro é só escolher uma peça em cartaz e mergulhar nesse universo. Tem o Teatro dos Grandes Atores (No shopping Barra Square), o Teatro Bradesco (Shopping Village Mall), Teatro Antônio Fagundes (no CEC da Barra) e o Teatro Nathália Timberg. Também é possível ver alguma exposição que esteja em cartaz na Cidade das Artes (conhecida também como Elefante Branco pelos cariocas) ou uma até alguma peça de teatro também já que lá também tem uma sala (pouco usada, mas tem).

Comer em bons restaurantes

IMG_2748
Olha eu aí no Paris 6 (rsrs)

Tem restaurante para todos os gostos, tem comida Italiana, Brasileira, portuguesa, churrascaria e muito mais. É na Barra que fica um dos restaurantes mais badalados do momento, o Paris 6, onde é possível encontrar um artista durante qualquer refeição.

Sassaricar pela Olegário Maciel

baixo-barra
Imagem: Pedro Teixeira / Agência O Globo

Um baixo Gávea da Barra da Tijuca, essa rua é cheia de bares, restaurantes e baladinhas bem legais de aproveitar. Dá pra passar uma madrugada inteira pulando de bar em bar e curtindo o melhor da cada um. Aqui todas as “tribos” voltam a se encontrar depois de um dia de praia.

Viagens

Arte de rua no Rio de Janeiro

Que não é só de praia que vive o Rio de Janeiro muita gente já sabe, o que muitos não sabem é que o Rio também respira arte e Street Arte (Arte de Rua).

Separei algumas artes que em minha opinião, merecem sua visita. Então se você assim como eu gosta de arte de rua, anota aí esse circuito que vou te passar aqui nesse post!

Mural Etnias

13925264_1083237381764932_3654888707165506248_n

O Mural Etnias, foi criado pelo artista mais famoso e um dos mais talentosos que temos no Brasil, o paulistano, Kobra. Esse mural foi feito na Zona Portuária do Rio de Janeiro na época da revitalização da área. Esse mural é atualmente o maior mural de grafite do mundo, já declarado pelo Guinness Book.

 Escadaria Carmem Miranda

maxresdefault
Foto: Divulgação – http://serhurbano.com.br/carmenmiranda

Essa pouca gente conhece. Eu também ainda não tive a oportunidade de visitar, mas com certeza já entrou na minha lista. Escadaria no bairro de Fátima, zona central do Rio de Janeiro, foi pintada pelo grupo SerHumano.

Mural Projeto Social Dançar a Vida

painel
Foto: Arquivo Pessoal-Kobra

Esse foi a primeira arte que o Kobra fez no Rio de Janeiro.  Esse mural fica na Tijuca, na sede do projeto no bairro. A imagem retrata dois bailarinos do projeto social e é belíssima.

Escadaria Selarón

santa_teresa
foto: http://www.rjnoticias.com

A escadaria Selarón leva esse nome, pois o artista que nos presenteou com sua obra se chamava Jorge Selarón, um chileno erradicado e apaixonado pelo Rio de Janeiro. A arte toda em azulejos levou anos para ficar como está hoje e é tombada como patrimônio histórico desde 2005. O local é conhecido internacionalmente e não pode ficar de fora da sua visita. A escadaria liga a Rua Joaquim Silva na Lapa ao convento de Santa Teresa em Santa Teresa.

Parque Madureira       


Saindo um pouco da região central e indo em direção a Zona Norte, mas precisamente no reduto do Samba, Madureira, também é possível apreciar arte de rua no subúrbio carioca. O Parque de Madureira ganhou alguns painéis de grafite que valem ser visitados e que dão boas fotos.

Azulejos de Cândido Portinari

palacio-gustavo-de-capanema
foto: http://www.agenciaaddress.com

Candido Portinari também deixou sua marca em rua do Rio de Janeiro. Um dos maiores artistas brasileiros, com reconhecimento internacional também deixou para a população carioca um presente em forma de arte que pode ser visto nas paredes do Palácio Gustavo Capanema no centro do Rio de Janeiro.

Mural na Saúde

alf3
foto: http://virusdaarte.net

 

Já foi o maior mural do Rio de Janeiro. Feito pelo artista baiano Toz, é um mural bastante divertido com muitas figuras e bastante cor. Transmite um certo caos alegre.

Mural de Rita Wainer

Rita Wainer deixou de lado o mundo da moda para se dedicar a arte e ela já deixou sua marca na Zona Portuária do Rio de Janeiro. Uma obra romântica, um tanto quanto melancólica e bonita de se apreciar.

A Zona Portuária do Rio tem muito mais arte de rua para oferecer, é possível passar um dia inteiro lá apreciando arte de rua. Aqui eu só listei algumas das obras que você pode conhecer pela Cidade, mas eu te aconselho a explorar muito mais simplesmente andando pelas ruas e observando cada detalhe.

Ah galera meu ig mudou, agora é https://www.instagram.com/michelenorio/

Passeios, Viagens

Passeio pelo Centro Histórico do Rio de Janeiro

Oi gente,

Quem me acompanha nas redes sociais pode perceber que ontem fui com meu pai e irmã (só mamy que infelizmente não pode ir) passear no Centro do Rio de Janeiro. Aqui aconteceu a História do nosso País, o Rio foi palco dos maiores acontecimentos do Brasil colônia e também da República. Nenhum Estado no Brasil tem mais História a contar que o Rio de Janeiro.

IMG_6051

Infelizmente o carioca pouco tem interesse em cultura e história, mas se engana quem acha que não tem quem goste. Visitamos 3 Museus em 1 tarde, aqui tem-se a cultura de estar ao ar livre por isso só os Museus e espaços com maiores apelos midiáticos tem um certo movimento que deixa a visita um pouco mais lenta.

Todo mundo conhece o CCBB, na Candelária, mas ao atravessar a rua tem a Casa França – Brasil mas seu movimento em nada lembra o do Centro Cultural Branco do Brasil. Posso garantir que vale a visita, como museu, realmente é pequeno e não acomoda grandes exposições, no momento está a mostra TOMBO, mas a arquitetura do lugar já é uma obra de arte, na varanda, onde você consegue esquecer da agitação de uma grande metrópole, vale perder o tempo e apreciar a vida. Tem também um restaurante, o Crepe Nouveau Art, onde você pode comer crepes sem glúten e sucos de frutas 100% orgânicas.

IMG_6265

IMG_6076
Sanduíche de Pernil com abacaxi, mostarda dijon e lombo e suco de laranja orgânica – Simplesmente maravilhoso – Super Recomendo!!!!

IMG_6079IMG_6163

Andando mais cerca de 50 metros você chega ao Centro Cultural dos Correios, outro lugar pouco visitado mas com uma bagagem histórica intransferível. Atualmente 2 exposições estão nos 3 andares do Centro Cultural dos Correios. A primeira é a  FotoRio 2015 que ficará até 26 de julho e são fotos do Rio de Janeiro pelo olhar de alguns artistas na era moderna e a segunda, e pra mim a mais bonita e especial, A Muito Leal e Heroica Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, são imagens, pinturas e retratos do Brasil colônia, dos séculos XVIII, XIX e você ainda poderá ver a Lei Áurea, assinada pela princesa Isabel, mas corre que ela só ficará até dia 12 desse mês.

IMG_6089 IMG_6260

Andando mais um pouco passamos pelos becos da Travessa do Comércio, ainda com traços do Brasil Colônia, e saímos no Arco dos Teles na praça XV. Por ali chegavam as embarcações com produtos a serem comercializados. E se você é amante de charutos, vai encontrar uma tabacaria que parece estar ali sobrevivente do Rio Antigo.

IMG_6252

IMG_6255

IMG_6248

Atravessando a rua chegamos ao Paço Imperial, onde aconteceu o dia do fico com D. Pedro I dizendo: “Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico”. O Paço Imperial eu achei pouco conservada em algumas partes, mas lá podemos ver vestígios da antiga casa da moeda que ali funcionava. A principal exposição que está lá é em homenagem a cantora Maria Bethânia, que completa 50 anos de carreira.

IMG_6240 IMG_6246

Todos esses lugares podem ser visitados de maneira gratuita e não é preciso usar o Passaporte dos Museus Cariocas, mas se você tiver conseguido garantir o seu, não deixe de levar para ganhar o carimbo de mais uma visita.

Espero que eu tenha conseguido passar um pouquinho dessa experiência maravilhosa para vocês. Estou louca para o próximo passeio, que tal vocês me darem alguma ideia!!!!

Beijinhos e até a próxima!!!!

Viagens

Escadarias mais Belas do Mundo

Olá meninas!

Estou hoje aqui para invadir o blog da minha irmã, e resolvi falar sobre os pontos turísticos mais belos do mundo. Eu fico encantada em ver essas invenções artísticas no mundo. Vou ser bem sincera com vocês, eu acho que vale muito a pena ter uma arte em degraus, até porque é uma criatividade inexplicável, dá uma vida a mais para o ambiente e ao mesmo tempo chama a atenção das pessoas para que passem naquele ambiente para matar a curiosidade e descontrair o caminho.

Uma das escadaria é no Rio de Janeiro, que fica em Santa Teresa que é a escadaria do artista chileno Jorge Selarón, ela foi toda enfeitado por ladrilhos e azulejos de admiradores de todo o mundo, isso é genial não é?

Imagem

Essa escadaria fica em São Francisco nos EUA, criada pela artista Colette Crutcher, são 163 degraus, ela utilizou 2 mil pedaços de telha cerâmica e 75 mil pedaços de telha curva, dando um mosaico a escada e que foi inspirada na escadaria do RJ. 

Imagem

Essa escadaria fica em Angers, na França, criada pela artista Mademoiselle Maurice, ela trabalha com  figuras feitas de origami, que visa as formas geométricas com cores e diversos tamanhos diferentes. E como os pássaros de origami são símbolos da paz, ela busca deixar a mensagem de paz em todas as cidades.

Imagem

Essa escadaria fica em Wuppertal na Alemanha, criada pelo artista Horst Glaesker, são 112 degraus que forma um arco íris, feito por tinta acrílica, cada degrau com uma cor diferente e com uma palavra em alemão com adjetivos e sentimentos.

Imagem

Espero que tenham gostado! Beijinhos!