Brasília, Viaje com R$350,00

Roteiro Completo de 4 dias em Brasília

Quem me segue no instagram pôde acompanhar em tempo real a minha viagem à Brasília no fim de novembro de 2019.

Eu e minha irmã fizemos uma viagem de baixo custo, no projeto #Viajecom350, que tem o orçamento limite de R$350,00 para todos os gastos da viagem.

Essa viagem, teve o intuito de mostrar pra vocês que é possível conhecer a Capital Federal sem gastar muito dinheiro e também te provar que quanto mais você viaja, mais oportunidade de viagens podem surgir.

Aqui você verá:

  1. Sobre Brasília;
  2. Como chegar e sair de Brasília;
  3. Transporte;
  4. Hospedagem;
  5. Alimentação;
  6. Passeios;
  7. Roteiro Detalhado;
  8. Gastos Totais;
  9. Dicas importantes.

 

Sobre Brasília

Capital Federal do nosso País, Brasília já foi construída com essa finalidade. Sabiam que Brasília é a maior Cidade do mundo construída no século XX.

Desde a primeira constituição da república, de 1891, já havia a perspectiva de mudança da Capital para uma Cidade do interior, muitas águas rolaram até que Juscelino Kubitschek, recém eleito definiu como principal meta  a construção de Brasília. Em 1957 o projeto de Lúcio costa venceu o concurso para construção da Capital Federal, e assim surgiu o Plano Piloto da Cidade em formato de avião, porém com controvérsias já que o próprio arquiteto teria dito que a ideia inicial seria uma cruz.

Junto com Oscar Niemeyer, arquiteto responsável pelos principais prédios públicos e Joaquim Cardoso, engenheiro estrutural se projetaram ainda mais no Brasil e no mundo.

Inaugurada em 21 de abril de 1960, Brasília se localiza entre 1.000 e 1.200 metros acima do nível do mar no chamado Planalto Central, onde o relevo é plano, com poucas e eleves elevações, e cujo bioma é o Cerrado.

Como chegar e sair de Brasília

Rio de Janeiro e São Paulo tem voos diários para a Capital Federal, assim como ônibus via rodoviárias e também o Buser  (já falei dele nesse post).

Os voos dessas duas Cidades custam em média R$150,00 por trecho. Valores esses que podem variar para mais ou para menos. Porém eu e minha irmã fomos através de milhas aéreas pagando somente as taxas de embarque e usando 3.000 milhas por trecho no programa LATAM PASS.

Transporte

Já em Brasília nós ficamos o tempo quase todo de carro, já que estávamos na casa de um casal de amigos que nos recebeu tão bem por lá.

Mas para quem vai sem esse suporte o ideal é alugar um carro (nesse link você tem ótimos preços),  ou usar uber pra quase tudo e caminhar bastante em regiões como o centro cívico.

Transporte público em Brasília é bem precário e não te atende em todas as regiões.

Hospedagem

Nós ficamos hospedadas na casa de um casal de amigos que fizemos em nossa viagem ao Chile, por isso não gastamos com hospedagem, porém as opções na Cidade são as seguintes:

  • Hotéis no setor hoteleiro da Asa Sul e Asa Norte – É possível encontrar diárias por R$180,00 para duas pessoas. Essa é a melhor região já que fica mais próxima dos principais pontos turísticos.
  • Hotéis e Hostels na Asa sul e Asa Norte – Aqui já tem hospedagens um pouco mais em conta, porém é um pouco mais distante, mas não é tão distante assim, cerca de 10 km. Lembre-se que Brasília foi projetada e por isso tem vias largas e o transito flui super bem. Aqui encontramos hospedagem por cerca de R$120,00 para duas pessoas por dia.
  • Hotéis e afins nas Cidades Satélites ou RA – Em algumas dessas RAs, por exemplo Águas Claras, encontra-se hospedagem por cerca de R$60,00 para duas pessoas a diária. Mas atenção que a distância é um pouco maior, cerca de 15 km e com um pouco de trânsito para esse deslocamento, então é importante pesquisar antes se é perto de metrô, o que tem nas redondezas e a segurança do bairro.

Alimentação

snapseed-3
Restaurante Sallva

 

Brasília não tem uma comida típica, mas tem alguns restaurantes tradicionais que não podem faltar no seu roteiro. Tem um artigo inteiro sobre onde comer em Brasília, aqui!

Passeios

Todos os pontos turísticos de Brasília são gratuitos, a exceção do Memorial de JK que  precisa pagar R$10,00.

Roteiro Detalhado

Dia 1 – Dia da nossa chegada

  • Pontão do Lago Sul para almoço e passeio
  • Palácio da Alvorada
  • Palácio do Jaburu
  • Passeio de reconhecimento de carro
  • Pontão do Lago Sul à noite

Dia 2

  • Congresso Nacional – visitação interna guiada gratuita
  • Palácio Itamaraty
  • Praça dos Três Poderes – Supremo Tribunal Federal, Congresso Nacional e Palácio do Planalto. Panteão da Pátria, Pavilhão Nacional do Brasil onde fica a maior Bandeira do Brasil, Espaço Lúcio Costa, escultura dos Candangos.
  • Catedral Metropolitana de Brasília
  • Igrejinha de Nossa Senhora de Fátima
  • Restaurante Xique Xique para almoço
  • Primeira quadra de Brasília
  • Primeira banca de Brasília
  • Ermida Dom Bosco
  • Mosteiro de São Bento
  • Pizzaria Dom Bosco

Dia 3

  • Memorial JK
  • Museu dos Povos Indígenas
  • Parque da Cidade
  • Feira da Torre de tv e Torre de tv
  • Torre digital de tv

Dia 4

Volta pra casa

Custos Totais

  • Passagem: 3.000 milhas por trecho + R$63,00 de taxas
  • Alimentação: R$146,50
  • Transporte: R$0,00 – ficamos de carro com a família que nos recebeu lá
  • Passeios: R$0,00 – os lugares tem visitação gratuita
  • Comprinhas/lembrancinhas: R$60,00

É claro que nossa viagem ficou mais barata por termos ficamos na casa de amigos e ter andado com eles de carro, mas é possível você buscar hospedagem pelo couchsurfing e se locomover o máximo possível a pé.

Dicas Importantes

  • Brasília tem o clima muito seco então tem que ter uma garrafinha de água sempre com você.
  • O sol queima lá hein, mesmo com o tempo nublado então o protetor solar  é extremamente necessário.
  • Tenha em mente que as edificações são enormes e que ao optar por andar fará caminhadas longas para visitar diferentes atrações na mesma região.

Comece sua viagem por aqui:

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

 

Brasília, Viaje com R$350,00

O que fazer em Brasília

Sou uma amante de história e sempre me interessou saber mais sobre nosso País para assim formar minhas opiniões como cidadã, e conhecer a Capital federal já era um desses desejos bem antigo.

Decidi que era hora de conhecer Brasília e ao montar meu planejamento e roteiro comecei a descobrir que todos os lugares a serem conhecidos na Capital são gratuitos, a exceção do memorial JK que tem o preço de R$10,00. Então o bolso e a cultura agradecem. Alguns desses lugares ainda oferecem visita guiada sem cobrar nada a mais por isso.

Montei meu roteiro, conversei com nossa amiga que iria nos receber lá, para assim ajustar e incluir lugares a lista, arrumei as malas e rumei a desbravar mais um destino. Já de volta é hora de compartilhar com vocês aqui, um pouco do que visitar em Brasília e o melhor de graça.

Serão mais de 15 paradas, algumas inclusive que você não encontrará em qualquer indicação por ai.

Pontão do Lago Sul

Centro de entretenimento e lazer a beira do Lago Paranoá, lago esse que é artificial. Foi criado durante o governo de Juscelino, com a intenção de aumentar a umidade em suas proximidades, já que Brasília tem o ar bem seco.

Tem diversos restaurantes, quiosques e atrações ao ar livre. Lá indico o Sallva para um almoço executivo.

O pontão é um belíssimo lugar para passeio e apesar de um lugar “privado” a entrada é gratuita.

Palácio da Alvorada

Residência oficial do presidente da república. Nesse palácio residiram Lula, Dilma, FHC entre outros e atualmente quem reside é o então presidente Bolsonaro. Uma curiosidade é que o presidente anterior, Michel Temer, só ficou na residência durante 7 dias, depois de assumir a presidência após impeachment da ex-presidente Dilma, pois ele alegou que o palácio é grande demais e não se parecia com uma casa de verdade.

Esse foi o primeiro edifício inaugurado na Capital Federal em 30 de junho de 1958 e é uma obra de Oscar Niemeyer.

Recebe esse nome em uma homenagem de Juscelino Kubitschek a seu amigo e ministro do Supremo Victor Nunes Leal que nasceu em Alvorada – Minas Gerais.

O Palácio pode ser visitado internamente somente as quartas feiras e deve ser agendado. Essa visitação é gratuita.

Qualquer dia da semana é possível fazer a visita externa e ver de longe o Palácio bem ao fim de um gramado de dimensões de estádio de futebol (informação essa extra oficial – conclusão tirada por mim rsrs).

Banco Central

O Banco dos Bancos. É uma das principais autoridades monetárias do País.

Criado em 1964 tem como principais funções: Gerenciar as reservas cambiais, emitir moeda, supervisionar o sistema financeiro, autorizar o funcionamento de instituições financeiras e etc.

É do Banco Central a responsabilidade através do COPOM o controle e atualização da taxa básica de juros no nosso País, a Selic. E só pra ter uma ideia de como essa taxa é importante, ela é um grande indicador de como a economia vem se comportando e se a Selic diminui é sinal de que a economia está em melhora e que nós consumidores pagaremos menos juros e teremos uma inflação menor.

É também do Banco Central a resolução 3.919 que garante a todo cidadão um pacote de serviços bancários livre de taxas. Você ainda paga taxa de manutenção de conta?

Memorial JK

Um museu em homenagem ao ex presidente Juscelino Kubitschek onde estão os restos mortais dele, bem como um acervo que o pertencia em vida, como sua biblioteca pessoal.

Praça dos Três poderes

Amplo espaço aberto, praça, cercado pelos edifícios dos três poderes do País, Legislativo (Congresso Nacional), Judiciário (Supremo Tribunal Federal) e Executivo (Presidência).

Nessa Praça também encontramos escultura em homenagem aos construtores de Brasília, os Candangos, além do Mastro da Bandeira, sendo está a maior bandeira hasteada do mundo, o Panteão da Pátria e outros monumentos.

Palácio do Planalto

É no Palácio do Planalto que fica o gabinete do presidente da república. É o local oficial de trabalho de todos os presidentes do Brasil, desde sua inauguração em 21 de abril de 1960.

Fica na Praça dos três poderes e só pode ser visitado internamente aos domingos das 09:00 às 13:30 horas. Maiores informações:https://www.gov.br/planalto/pt-br/conheca-a-presidencia/palacios-e-residencias/palacio-do-planalto

Congresso Nacional

Sede do poder legislativo Brasileiro o Palácio Nereu Ramos é o edifício que abriga o Senado Federal e a Câmara dos Deputados desde 1960.

Nossos parlamentares do Congresso devem elaborar e votar leis, além de fiscalizar nosso País.

O edifício é composto de uma cúpula côncava, que pretende transmitir a ideia de um lugar para reflexão e equilíbrio, onde fica o senado federal e de uma cúpula convexa, que transmite a sensação de estar aberto a todas as ideias e ideologias, onde fica a Câmara dos Deputados.

Aberto a visitação interna, é possível até pegar uma sessão plenária, como nós pegamos no Senado.

Supremo Tribunal Federal – STF

A mais alta escala do poder judiciário Brasileiro. É como uma suprema corte, ou seja, a última instância.

Sua principal função é servir como guardião da Constituição Federal.

Palácio  Itamaraty 

Sede do Ministério das Relações Exteriores, não foi inaugurado na gestão de JK, só sendo  inaugurado em 1970.

Também conhecido como o palácio dos Arcos, tem o maior hall sem colunas da América Latina, como 2.800 m² de vão livre.

Catedral Metropolitana de Brasília

Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, esse é o nome oficial da Catedral.

Sem sombra de dúvidas uma obra de arte em forma de igreja.

A ideia inicial era que fosse uma Catedral Ecumênica, onde todas as religiões pudessem se encontrar, porém como os governos não disponibilizaram fundos, a Catedral foi entregue a Igreja Católica.

Seu teto é todo em vitrais que com a luz do sol refletem lindamente no chão.

Foi um dos meus edifícios preferidos em Brasília.

Torre de TV e feirinha da torre 

Projetada por Lúcio Costa a torre de Tv não teve participação de Oscar Niemeyer no projeto.

Nela existe um mirante a 75 metros de altura, de onde é possível ver todo o Eixo Monumental. Uma pena que quando fomos estava fechada para obras.

Nos pés da torre, existe uma feirinha com artesanato, roupas e até móveis.

Museu do Catetinho

Primeira residência oficial do presidente Juscelino Kubitschek no novo Distrito Federal, ainda na época da construção da nova capital federal, Brasília.

Um edifício todo de madeira que foi construído em apenas 10 dias.

Fica um pouco mais afastado da Zona Cívica e precisa de carro para chegar.

Ermida Dom Bosco

As margens do Rio Paranoá a Ermida Dom Bosco é uma capela em homenagem à Dom Bosco, um homem beatificado pelo Papa em 1962.

Dom Bosco foi um homem que em 1883 teria sonhado com uma Cidade entre o paralelo 15º e 20º que quase cem anos mais tarde seria Brasília, nossa Capital Federal.

Dali se tem uma bela vista do Plano Piloto de Brasília e foi a minha vista preferida da Cidade (lembrando que eu não subi na torre de tv do eixo monumental).

Praça dos Cristais

Uma obra de Roberto Burle Marx, a praça fica no setor Militar da Capital Federal. A praça recebe esse nome devido aos conjuntos de enormes blocos de concreto que simulam cristais dentro de um espelho d’água.

Torre de TV Digital de Brasília

Conhecida também como Flor do Cerrado, a torre de transmissão de Tv foi o último projeto de Oscar Niemeyer a ser inaugurado antes de sua morte.

Equivalente a um prédio de 62 andares, a construção inaugurada em 2012, é usada não só como uma antena, mas também como mirante de observação de onde podemos mesmo que de bem longe vislumbrar todo o Plano Piloto do Distrito Federal.

Santuário Dom Bosco

Não é a mesma coisa que a Ermida. Essa é uma Igreja de uma magnitude impressionante, uma das mais bonitas que já visitei na vida!

O Santuário com arcos góticos e vitrais em tons de azul, que foi projetado por Carlos Alberto Naves, possui ainda um lustre de 6 toneladas, projetado pelo arquiteto Alvimar Moreira.

É sem dúvidas uma obra prima em forma de santuário.

Teatro Nacional

Principal teatro da Cidade, abriga três salas de espetáculos e sua construção é em forma de uma pirâmide irregular.

Palácio da Justiça

Junto da Catedral, um dos meus edifícios preferidos na Capital do Brasil. Seus arcos assimétricos e cascatas artificiais dão o tom arquitetônico do Palácio.

O concreto dessa construção simboliza rigidez da justiça e suas cascatas simbolizam a fluidez desta.

Igrejinha 

Igreja Nossa Senhora de Fátima, foi o primeiro templo em alvenaria a ser construído em Brasília. Sua pedra fundamental foi lançada em 26/10/1957 e então a construção durou 100 dias. Essa igreja foi pagamento de uma promessa de Dona  Sarah Kubitschek pela cura de sua filha.

Sua arquitetura se parece com um chapéu de freira e seu interior e toda fachada é coberta por azulejos de  Athos Bulcão, um artista carioca.

Eixo Monumental à Noite

Vale muito um passeio de carro por todo o eixo monumental à noite.

A dica de ouro é fazer isso antes das 20:00 para ainda pegar as cascatas do palácio da justiça funcionando. Outra dica de outro é passar por trás do Itamaraty e ver o que poucos podem ver já que o acesso a pé a mais difícil.

Primeira Quadra e Primeira Banca de Brasília

A quadra modelo da Cidade projetada é a superquadra 108 sul, que como o nome já diz está na Asa Sul.

Ali também surgiu a primeira banca de jornal da Cidade, em funcionamento até os dias atuais.

E agora, pronta (o) para fazer as malas e visitar Brasília?!

Se ainda não estiver, já vai lá na Playlist do Canal!!!

Comece sua viagem por aqui:

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

 

 

 

 

Dicas, Passeios, Rio de Janeiro

Centro Histórico do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro foi por mais de 200 anos a Capital do Brasil, então por aí já dá para perceber que temos muita história nessa Cidade conhecida por suas belas praias. E é sobre esse passeio histórico que eu vou falar hoje!

IMG_6240

A História do Rio de Janeiro começou a ser escrita pela Baía de Guanabara e por isso o Centro da Cidade é cheio de cultura, vida e história. Então é La que você deve começar a sua saga, para ver belíssimas arquiteturas e mergulhar em um século muito distante daqui.

Você pode buscar na própria internet alguns pontos que merecem ser vislumbrados, mas vou te dar umas dicas aqui: Teatro Municipal, Estação de Trem Central do Brasil, Campo do Santana, Real Gabinete Português de Literatura, Largo da Carioca, Paço Imperial, e uma pausa para se deliciar na Confeitaria Colombo.

Também existe um projeto com Guias que levam os visitantes a conhecer os principais pontos de acontecimentos históricos no Rio de Janeiro de graça, é o Rio Free Walking Tour.

História não falta por aqui e é muito bom agregar conhecimento, então vamos a pé pelo Rio Antigo!

Estou preparando posts sobre cada lugar a visitar, então me conta aqui qual você gostaria de ver primeiro!!!