Destinos

Stopover – Você sabe o que é?

Você já ouviu falar em Stopover? Não né! Muita gente nunca ouviu falar e outras que já ouviram não fazem ideia do que significa. Mas isso acaba agora com esse post!!!!!

Hoje eu vou falar um pouco dessa modalidade de viagem, pouco divulgada e ainda menos praticada.

O Stopover, nada mais é do que você viajar a um destino fazendo uma ou mais conexões de um ou mais dias voluntariamente. Essa palavra significa em tradução livre: Parada.

IMG_5999

Diversos vôos nacionais e internacionais fazem escalas (parada sem troca de avião) e conexões (quando há troca de avião), e é nesses trechos que você pode fazer um Stopover.

Então como funciona na pratica? Funciona assim: Você pretende viajar para Londres, por exemplo, mas no meio de caminho o seu vôo fará conexão em Lisboa. Então ao invés de você permanecer apenas algumas horas na Cidade mais visitada de Portugal, você pode solicitar um Stopover e permanecer por lá de um a três dias.

Para praticar essa parada estratégica é preciso da autorização das Cias Aéreas. Em algumas delas como a TAP, por exemplo, você pode fazer diretamente pelo site na compra da sua passagem, mas em outras como a Latam, por exemplo, não é possível fazer direto pelo site, você precisará entrar em contato com a Cia Aérea para solicitar a autorização.

O tempo de permanência na Cidade intermediaria depende de Cia Aérea, cada uma tem suas regras que precisam ser consultadas. Outra coisa que também depende da Cia Aérea é a taxa cobrada por essa parada, cada empresa cobra ou não uma taxa que precisará ser consultada.

O Stopover é uma ótima oportunidade de conhecer outros destinos, mas não pense que você pode decidir praticá-lo quando chegar a sua conexão. É preciso acertar essa prática previamente com a Cia Aérea contratada.

Depois dessa só falta você escolher seus destinos e fazer as malas!!!

 

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro

 

 

 

 

Destinos

Dicas para se sair bem na Imigração!

Quem nunca ficou tenso só de ouvir a palavra Imigração? Pois é, sempre que vamos viajar para um País estrangeiro precisamos obrigatoriamente passar pela imigração desse País, e isso pode ser um problema. Mas nesse post eu vou te ajudar com dicas para que você passe tranquilamente por esse momento da sua viagem.

5246726364_0121691ed3_b-1-620x413
foto: divulgação U.S. Customs and Border Protection
  • Seu passaporte deve ter pelo menos 6 meses de validade a partir da data de sua viagem. Alguns Países não aceitam passaporte com validade menor e se você só perceber isso na Imigração pode ser tarde demais!
  • Verifique se o País de destino exige que o visitante esteja em dia com alguma vacina. Existem Países que exigem vacina contra Febre Amarela, por exemplo, e você deve levar o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia. Fique atento também ao prazo para a vacinação, contra a febre amarela, por exemplo, deve-se vacinar com pelo menos 10 dias de antecedência da sua viagem.
  • Se o seu voo tem conexões, verifique se existe alguma documentação exigida pelo País de conexão. A ausência dessa documentação pode fazer você, caro viajante, a perder o seu voo para o destino original e pode até culminar na sua volta pra casa antecipadamente, então Fique Atento!
  • Tenha um seguro saúde de viagem, diversos Países ao redor do mundo exigem um seguro saúde internacional e mesmo para os que não exigem é sempre bom ter um. Eu falei os motivos de se ter um seguro saúde de viagem aqui nesse post!
  • Viaje com o montante de pelo menos U$80,00 por dia/por pessoa da estadia, para provar que tem dinheiro suficiente para se sustentar durante sua viagem, claro que esse valor não deve ultrapassar o limite da receita federal brasileira, ou então você poderá responder por evasão de divisas, preste atenção a isso!
  • Leve em mãos a passagem de saída do País de destino e também voucher de hospedagem do hotel em que vai ficar, caso fique hospedado na casa de alguém, peça ao dono da casa para fazer uma carta convite assinada para que você possa apresentar uma cópia na imigração caso seja necessário.
  • Não faça muito barulho ou demonstre inquietude durante a fila da imigração, os oficiais migratórios podem ficar atentos a um comportamento inadequado.
  • Seja Simpático! Não é pra escancarar um sorriso, mas um sorriso sincero e simpatia cotam a favor
  • Vá sozinho ao balcão de imigração, só vá acompanhado caso alguém mais com você divida toda a documentação ou, seja menor de idade.
  • É normal se o oficial começar a lhe fazer perguntas e caso você não consiga entender e nem responder tem o direito de solicitar um intérprete.

Essas dicas ajudam bastante a passar pela imigração de maneira tranqüila, mas se ainda assim você for barrado saiba que tem o direito de saber o motivo de não poder entrar no País e tem também direito a um intérprete, a ligar para um representante da embaixada ou consulado brasileiro, enquanto estiver “preso” tem também direito a se alimentar, beber água, acesso ao banheiro e a meios de comunicação, além de só poder ficar retido por no máximo 48 horas.

Tomem os cuidados necessários, façam as malas e Boa Viagem!!!