Chile

City tour regado a vinho Concha y Toro

Último dia de passeio com a Destino Chile e o escolhido foi City Tour por Santiago com tour premium na Vinícola Concha Y Toro.

IMG_5147

SOBRE A VINÍCOLA CONCHA Y TORO

Fundada em 1883, pelo Marques de Concha y Toro, político e empresário Chileno da época, a Viña Concha y Toro é hoje o principal produtor de vinho da América Latina, presente em mais de 130 países e com posição de destaque entre as mais famosas vinícolas do mundo.

SOBRE O PASSEIO COM A DESTINO CHILE

Saímos do hostal Forestal por volta das 7:30 da manhã e depois de reunir todo o grupo iniciamos o nosso City Tour por Santiago.

A primeira parada foi para assistir uns minutinhos da troca de guarda, que excepcionalmente estava sendo realizada às 8:00 naquele dia.

Em frente ao La Moneda, palácio governamental, o guia Andrés nos deu uma aula de história do Chile e eu que adoro saber da história dos lugares que visito fiquei vidrada nas explicações e informações sobre como o País funciona.

Aliás o Chile é um País de primeiro mundo da América do Sul. Segurança, saúde e educação são prioridade dos governos e como consequência disso existe uma população mais comprometida com o seu desenvolvimento.

Ali vimos também o prédio do ministério da fazenda e da justiça do Chile. Uma curiosidade: Sabiam que o porte de arma é permitido no Chile?! Porém a lei é rigorosa e assassinato lá é punido com prisão perpétua sem direto a diminuição de pena, salvo de pena é claro casos específicos.

IMG_4964
Cerro Santa Lúcia

Fomos então em direção ao Cerro de Santa Lúcia. O local é um monte, onde Pedro Valdivia, um explorador espanhol, se baseia e funda a Cidade de Santiago em 1541.

Do alto do Cerro temos uma vista bem bonita de diversos pontos da Cidade, além de canhões, memorial e uma estrutura histórica bem legal de visitar.

Após alguns minutos ali seguimos para um tour panorâmico por diversos pontos da cidade até pararmos no Parque Bicentenário. Uma praça enorme aberta as pessoas que fica no bairro nobre de Vitacura.

IMG_5042
Parque Bicentenário

O parque é de uma beleza indiscutível, com Lagos com peixes, cisnes, patos e até Flamingos 😍. A estrutura é excelente para um dia de lazer e prática de alguns esportes.

Obs: Não é permitido alimentar os animais a não ser com as rações vendidas em máquinas próximas aos Lagos. Com cerca de 100 pesos você compra um punhado de ração.

Ficamos ali apreciando os animais e o local por alguns minutos até seguirmos para nossa próxima parada que foi o Cerro de Santa Maria de Manquehue, uma região nobre da Cidade onde só moram os milionários.  A parada original seria o Cerro San Cristóbal, o mais famoso de Santiago, porém por ser domingo ele estava fechado para corrida/caminhada ou algo do tipo.

Todos os nossos deslocamentos na van era regados a muitas informações que o Andrés da Destino Chile ia nos contando e mostrando esses pontos na Cidade.

IMG_5003
Parque Bicentenário

Depois então é chegada a hora mais importante, a hora do almoço rsrs. Paramos para almoçar no El Toro Manso, eu pedi um risoto de camarão que estava uma delícia. Dali seguimos para a Vinícola Concha y Toro.

Ao chegarmos o Andrés nos entregou nossos tickets do tour e entregou a minha irmã o ticket da degustação (que é um único para todo o grupo). Pontualmente as 15:15 iniciamos nosso tour pela vinícola mais famosa e antiga ainda em  funcionamento de todo o Chile.

Durante o tour passamos pelos jardins da residência de verão da família, pela frente da casa, vimos um lago artificial feito com águas do rio Maipo, e paramos bem na plantação de uvas para uma explicação sobre essa arte que começa com o plantio e colheita da uva. Após, fizemos nossa primeira degustação de vinho. Um vinho branco com direito a uma explicação detalhada de como devemos beber vinho branco.

IMG_5175
um dos locais de guarda de vinho

Logo em seguida, passamos por uma breve explicação do processo de produção do vinho e logo depois entramos em local de armazenamento de vinhos da bebida que virará vinho. Nesse local de guarda, tudo é controlado: iluminação, temperatura, umidade e tempo.

Andamos mais um pouco e fomos conhecer o Castillero del diablo. Esse é o nome de um lugar a 4 metros abaixo da terra que deu origem ao nome do mais famoso e antigo vinho da Concha y Toro, o Castillero del Diablo.

O lugar é escuro, frio e úmido na medida certa sem a necessidade de um forte controle do homem, não que atualmente não haja, mas ainda em dias atuais não existe sistema de ar condicionado no local, pois a temperatura é adequada para a produção.

Ali conhecemos a história do lugar e vou resumir aqui: O Marques de Concha y Toro começou sua produção de vinho naquele lugar e os funcionários estavam roubando o vinho, pois era muito saboroso, então o dono inventou uma história que o Diabo vivia por alí e tomava conta dos vinhos e com isso cessaram-se os roubos.

Ainda durante o tour provamos mais dois rótulos da vinícola, até seguirmos para a degustação acompanhada de um Sommelier da casa. Os 4 vinhos da degustação eram da linha Marques de Casa Concha harmonizados com perfeição com diferentes queijos.

A degustação  foi o ápice de todo o passeio, reservando momentos de muito aprendizado e apreciação de uma linha premium de vinhos da Concha y Toro e assim terminou nosso dia com a Destino Chile.

IMG_5180

Preciso aqui agradecer à Destino Chile por ter feito parte da nossa viagem ao Chile. Nos levando a viver momentos inesquecíveis!!!

Ta indo para o Chile? Entre em contato com a Destino Chile e faça seus passeios com a melhor empresa para Brasileiros!

Venha saber mais sobre minha viagem ao Chile!

Anúncios
Chile

Destino Chile nos leva ao meio da Cordilheira dos Andes

Nosso segundo passeio com a Destino Chile foi um dos mais esperados por mim: Embalse el Yeso.

IMG_3763

Sobre Cajón del Maipo e Embalse el Yeso

Vamos começar esclarecendo uma confusão que muitos turistas fazem, inclusive eu já fiz, com relação a Cajón del Maipo e o Embalse el Yeso.

Ao contrário do que pensamos não estamos falando de dois pontos turísticos distintos. O Embalse el yeso fica na região de Cajón del Maipo, bem no meio da cordilheira dos Andes e por isso é conhecido como coração dos Andes!

O Embalse el Yeso é uma represa de águas do degelo da Cordilheira dos Andes e é responsável por abastecer a maior parte da Cidade de Santiago com água potável.

O lugar leva esse nome por ser uma região de muito gesso (Yeso).

IMG_3826
Eu e Maninha – Companheiras de Viagens

Passeio com a Destino Chile

Mais um dia frio em Santiago então prepare o casacão, pois se na Cidade está frio imagina em meio a cordilheira. Dessa vez tivemos o prazer da companhia do Guia Andres, um apaixonado pelo Chile e pelo trabalho.

O guia é maravilhoso, divertido e super atencioso. Explica exatamente tudo que precisamos saber, além de curiosidades. Como por exemplo, o suicídio do condor dos andes, ave parente do urubu que é típica aqui do Chile. O condor macho é monogâmico e se sua fêmea morrer antes dele ele busca o ponto mais alto que puder e salta para um último voo, fechando suas asas e se deixando cair e morrer 😬, doido né!?

Para chegar ao destino levamos cerca de 3 horas, com uma parada e por isso a saída do hotel é entre as 6:00 e 6:30 da manhã. Saiba que a sua saída dependerá de onde estará hospedado já que é feito uma rota para não não ficarmos dando voltas.

IMG_3864.JPG
Praia dos pescadores em Embalse el Yeso

Nossa primeira parada foi no Cumpres del Maipo para um café da manhã e para quem quisesse alugar roupas de inverno. O café completo custou 5.000 pesos (aproximadamente R$30,00), era em estilo Buffet e tinha café, leite, chocolate quente, ovos mexidos, suco de laranja (o primeiro aqui no Chile que bebemos da fruta mesmo), pão, queijo, salame, peito de peru, blanquet, geleias e iogurte.

Quando já estávamos no caminho recebemos a notícia de que um abalo sísmico de 5,5 na escala Richter atingiu o Chile e foi sentido em Santiago, mas de onde estávamos não sentimos. Vale lembrar que as construções do Chile são preparadas para terremotos, porém esses abalos e terremotos podem causar além de tsunamis no litoral, deslizamento de pedras e gelo quando já há, nas estradas que permeiam as Cordilheiras.

Um dos motivos de escolher uma empresa séria como a Destino Chile para fazer os passeios é que 90% dos acidentes nas estradas de Santiago se dão por carros alugados, ou seja, turistas que não conhecem as peculiaridades das cordilheiras (plural sim, pois no Chile não há só a cordilheira dos Andes) e se arriscam em meio às curvas. Então é muito mais seguro e até mesmo prático, realizar os passeios com uma empresa de credibilidade como a Destino Chile. De maneira alguma eu aconselho a fazerem esses passeios por conta própria. 

GARANTA SEU SEGURO VIAGEM AQUI!

Voltando ao passeio, já que a Destino Chile é uma das primeiras empresas a sair de Santiago, isso se aplica a todos os passeios por isso marcam tão cedo, ela logicamente é uma das primeiras a chegar nos destinos então sempre aproveitamos o melhor visual para fotos e contemplação!

Chegamos ao Embalse e depois de ouvirmos muitas histórias pelo caminho com o Guia Andres  logo fomos surpreendidos com uma paisagem de paralisar. Tínhamos os melhores espaços para apreciarmos cada detalhe e tirar lindas fotos, já que chegamos mais cedo.

IMG_3753
No Embalse com meu vestido Rosa Goiaba e meus acessórios da Famous Acessórios 

O lugar parece um santuário, água calma, clara e gélida, afinal como disse, é uma represa com água que escorre do degelo da cordilheira dos Andes. Que presente não?!

Depois de pararmos num ponto mais alto, descemos até a Praia do Pescadores, que recebe esse nome, pois há pescadores na região que fazem a pesca de truta. Acredita?! Pode acreditar! E nessa praia de águas gélidas,  que eu inventei de colocar a mão e quase a congelei depois no vento hahaha, o Andres, que mencionei acima ser o Guia da Destino Chile, montou nossa mesa de piquenique regada a frios e um bom vinho Concha Y Toro.

img_9554
Mesa Caprichosa preparada pelo Andres
a8e6e9f1-0a0b-4d63-87b7-93e98862e72c
Grupo do passeio com a Destino Chile

Após muitas fotos, contemplação de uma natureza estonteante e de barriga cheia, iniciamos nossa volta à santiago. No caminho paramos em uma antiga região de mina e posteriormente acampamento militar, hoje já semi abandonado onde funcionam apenas banheiros pagos e uma lojinha de artesanato. Seguimos viagem e paramos também em um mirante para ver o Rio e mais a frente nossa parada no Túnel El Tinoco, por onde atravessamos a pé e depois retornamos à van que nos esperava do outro lado.

Esse túnel é uma escuridão só, e está desativado a alguns anos, porém este faz parte da primeira ferrovia do Chile, a Ferrocarril. Infelizmente ele se tornou um atrativo famoso por ser conhecido como mal assombrado, já que um Chileno, chamado Willy, se suicidou ali. A maioria das pessoas fazem a travessia no sentido Embalse, mas a Destino Chile nos convida a fazer ao contrário, no sentido Santiago. Esse é o sentido mais bonito, já que quando estamos saindo do túnel, nos deparamos com o Rio Maipo seguindo seu fluxo logo a esquerda.

img_9584
Vista da saída do túnel

Obs: Do outro lado do túnel, o lado em que entramos, há um memorial para o jovem Willy e isso é algo bem comum na cultura Chilena, porém na nossa não costuma ser, então se você é alguém que se incomoda um pouco com isso, é melhor nem ficar olhando.

Após mais um dia maravilhoso chegamos à Santiago por volta das 16:00.

IMG_3917

Mais uma vez a Destino Chile nos levou a viver momentos incríveis! Regados a muita natureza, comida e uma das melhores coisas do Chile: Vinho!

Dicas Extras: 

  • Internet o sinal é bem precário e só funciona Claro e WOM;
  • Leve roupas de frio/neve, protetor solar, óculos de sol e água. é muito importante se hidratar.