São Paulo, Viaje com R$350,00

São Paulo – Roteiro Completo de 2 dias na Terra da Garoa

Mais um Viaje com R$350,00 e o destino dessa vez foi a Capital financeira do Brasil, a terra da Garoa, a Cidade dos sonhos de muitos brasileiros. Chegou a hora de desbravar São Paulo.

Eu já tinha vontade de conhecer São Paulo a muito tempo, mas vinha adiando a muito tempo também, mas resolvi e me desafiei não só a conhecer como a viajar de maneira mega econômica, gastando no máximo R$350,00. Será que dessa vez deu?

Aqui você encontrará:

Sobre São Paulo;

Transporte – Como fui pra lá e como circulei por lá;

Hospedagem;

Alimentação;

Passeios;

Roteiro Detalhado;

Gastos Totais;

Empresas apoiadoras;

Dicas importantes.

Sobre São Paulo

São Paulo, como eu iniciei esse artigo, é a Capital Financeira do Brasil e da América do Sul. É a Cidade brasileira com maior influencia global e tem como frase em seu brasão  algo bem característico da Cidade: “Non ducor, duco” que traduzido do latim significa “Não sou conduzido, conduzo”. Coincidência? Acho que não!!!

A Cidade de São Paulo é a força motriz do nosso País. E não por outras Cidades não terem capacidade de se tornar, mas pelo simples fato de São Paulo querer ser!

São Paulo foi fundada em 1554 por padres jesuítas e tem grande força nacional e internacional quando se trata de cultura, economia e política. Sozinha a Cidade tem o 10º maior PIB do mundo e representa 11% do PIB de todo o nosso País.

Temos que respeitar essa potência nacional, não é mesmo?!

TRANSPORTE – Como fui do Rio de Janeiro à São Paulo e como me locomovi por lá!

Quem já me acompanha pelas redes sociais, se você não já me segue no insta aqui mesmo, viu que fui para Sampa com o aplicativo Buser!

Ainda não conhece o Buser? Nesse link te conto mais sobre ele e ainda te dou um código para você se cadastrar e já ganhar R$10,00 pra começar a viajar!

Paguei na minha passagem R$44,40 ida e volta! Pode acreditar!!! Na ida o ônibus era semi leito e na volta leito!

Obs: Tinha gasto 54,40, porém o ônibus lotou e o rateio ainda ficou R$10,00 mais barato.

Já na Cidade nosso meio de transporte oficial foi o metrô. Vantagens de uma cidade grande é ter uma rede de transporte que atinja a Cidade em quase sua totalidade e aproveitamos disso para economizar. Só precisamos pegar o uber uma vez, na saída do Parque do Ibirapuera, pois o ônibus estava demorando e ficamos com medo de nos atrasar para a volta pra casa.

O metrô lá custa R$4,30, porém é possível que encontre estações cobrando temporariamente R$4,00 por falta de troco. Ou seja, automaticamente eles cumprem a lei baixando o preço sem que você precise argumentar. Como eu queria que no Rio de Janeiro fosse assim :).

Somando toda a minha mobilidade eu gastei nessa viagem: R$92,60

HOSPEDAGEM

Na hora de escolher o lugar pra ficar, precisávamos de algo tipo BLB – Bom, Limpo e Barato, então descobrimos a Rede de The Hostel. Ficamos na unidade da Vila Mariana que é bem perto do metrô e de um terminal de ônibus, além de estar em meio a um comércio que atende as necessidades de um viajante.

É possível encontrar diárias lá a partir de R$44,00 com café da manhã, e um ambiente excelente para recarregar a energia.

ALIMENTAÇÃO

Pra vocês que já me acompanham sabem que aqui está meu maior pecado, a gula, mas é aqui também que consigo enxugar os gastos. Então aproveitei para comer famosas comidas de rua de São Paulo, a exceção do cachorro quente, pois já não havia mais verba, ficou para a próxima!

Comi coxinha, pastel, pizza, comi também em rede de fast-food e a última refeição comi um contra filé com arroz, feijão carioquinha e batata frita que estava uma delícia!!!!

Com alimentação/bebidas, e isso inclui as águas que tive que comprar, eu gastei: R$81,00

PASSEIOS

Todo nosso roteiro foi feito por mim e planejado minuciosamente para que pudéssemos passar pelos principais pontos históricos e de lazer do Paulistano e sem precisar gastar quase nada com isso.

A única coisa que gastamos em nossos passeios foram as passagens, alimentação e compras pessoais.

ROTEIRO DETALHADO

Dia 1- Centro Histórico de São Paulo

  • Catedral da Sé
  • Marco Zero
  • Pateo do Colégio
  • Viaduto do Chá
  • Teatro Municipal
  • CCBB
  • Edifício Altino Arantes – não subimos
  • 25 de Março
  • Mercado Municipal
  • Estação da Luz
  • Pinacoteca
  • Sesc Av. Paulista

Dia 2 – Arte e Lazer

  • Beco do Batman
  • Feira de rua Oscar Freire
  • Bairro da Liberdade
  • Av Paulista
  • Masp – Av. Paulista
  • Monumento às bandeiras
  • Parque do Ibirapuera

GASTOS TOTAIS

Meu custo efetivo total com essa viagem foi R$340,60.

Isso mesmo, mesmo gastando R$60,00 com aquele golpe que sofremos no mercado municipal que contei aqui, eu consegui readequar a viagem e encaixá-la no orçamento.

EMPRESAS APOIADORAS:

O The Hostel foi a empresa apoiadora dessa viagem! Eles ofertaram a hospedagem a mim e a minha irmã e foi muito bom ter ficado lá.

Apesar de não ter pago a hospedagem eu somei o valor desta no custo efetivo total, para provar que mesmo incluindo esse custo quase essencial é possível ficar dentro do orçamento. 

DICAS IMPORTANTES

São Paulo é uma Cidade enorme e a mais populosa do País então imagina quantas pessoas não circulam pelas ruas o tempo inteiro e é por isso que algumas regrinhas de bom senso são obrigatórias por lá. Além disso algumas dicas para não caírem em golpes pela Cidade.

  • Não entre no metrô antes que as pessoas saiam;
  • Ande sempre do seu lado direito deixando a esquerda livre para quem quiser ultrapassar. Isso se aplica a escadas, inclusive rolantes, e nas ruas também;
  • NÃO COMPRE NO MERCADO MUNICIPAL – conto mais nesse artigo! 
  • Não fique encarando as pessoas, não é de bom tom!
  • Seja você mesma (o)!

Valores reais dos dias 29 e 30 de junho de 2019, os mesmos podem sofrer alterações.

Anúncios
Hospedagem, Notícias, São Paulo

The Hostel -Hospedagem em São Paulo

Na hora de escolher a hospedagem em São Paulo eu precisava de um lugar que fosse bem localizado, para facilitar minha locomoção, que fosse confortável para que eu pudesse ter uma boa noite de sono e que tivesse um ótimo preço, afinal eu viajaria com o orçamento máximo de R$350,00 que deveria abranger todos os meus gastos na Cidade. Foi então escolhemos o The Hostel Vila Mariana.

O The Hostel Vila Mariana é uma das unidades da rede The Hostel e fica localizado na Rua Domingos de Morais, 775, Vila Mariana e está a apenas 3 minutos a pé do metrô Ana Rosa.

A arquitetura do hostel é Neomourisca ou Neoislâmica, estilo um castelinho antigo, mas super conservado. Já na entrada tem dois quartos, um desses foi o que ficamos, e a recepção.

O atendimento por parte dos funcionários foi bem rápido e solicito. Chegamos antes do horário do check in e saímos depois do horário do check out, e por boa vontade e acolhimento dos funcionários, pudemos nessas horas deixar nossas coisas guardadas em um locker deles e também  usar as áreas comuns e isso incluiu um banho antes de voltar ao Rio de Janeiro.

Ficamos em um quarto feminino compartilhado, com 9 camas e sem banheiro privativo. Durante nossa noite ali ficamos nós 5 (viajamos em um grupo de 5 meninas) e mais uma menina que já estava lá. As camas são bem confortáveis, lençóis limpos e macios e os armários bem espaçosos. Obs: Não se esqueça nunca de levar seu cadeado se está indo para um hostel!

O ambiente e estrutura do hostel é muito legal! Tem geladeira coletiva, cozinha compartilhada, banheiro compartilhado que atende bem a demanda, pessoas agradáveis, uma sala de TV e até um bar no terraço que infelizmente não pudemos aproveitar pois estava locado para um aniversário. Legal né!

Depois de uma ótima noite de sono, confesso que uma das melhores que já tive em hostel, aproveitamos um delicioso café da manhã!

O café da manhã do The Hostel Vila Mariana, tem frutas, leite, café, pão, cereais, cream cheese, geleia e bolos. Tudo uma delicia!!!

Só não se esqueça que sujou lavou. Essa é uma regra de boa convivência dos hostels.

O The Hostel Vila Mariana é o que eu chamo de BLB – Bom, Lindo e Barato! Bom atendimento, ótima localização, estrutura, qualidade e bom preço dão o tom do lugar.

Eu usei e aprovei!!! Se querem um lugar com todas essas características o The Hostel Vila Mariana é o lugar para se hospedar.

Além dessa unidade eles têm outras que talvez possa atender melhor a sua necessidade, por exemplo, caso precise ficar próximo à Paulista eles têm um hostel do lado. Para saber mais sobre as unidades e já garantir sua reserva, já clica aqui para ir ao site deles.

Telefone The Hostel: +55 11 33827954

Site: https://thehostel.com.br/

Chile

Santiago do Chile – O que fazer no 1º dia!

Começamos os artigos do Chile falando diretamente dos passeios que fiz por lá com a Destino Chile, mas hoje vamos voltar ao meu primeiro dia em Santiago.

IMG_3293
Palácio la Moneda 

Como cheguei à Santiago do Chile na sexta feira à noite, só deu tempo de dormir e acordar cedinho para começar o sábado livre explorando a região central da Cidade.

Depois do nosso café da manhã no hostel La Casona, seguimos em direção a Plaza de la Constituición para assistir a tradicional Troca de Guarda que aos finais de semana acontece às 11:00 horas. Como ainda era cedo e não tínhamos trocado dinheiro no Brasil, fomos até a rua Paseo Bandera esquina com a rua Agustinas. Existem algumas por ali, mas nós escolhemos a Laser, bem na esquina mesmo. O câmbio não varia muito por ali e pagamos R$1,00 para cada 170,00 CPL.

Dinheiro trocado, água comprada, voltamos a Plaza de la Constituición para aguardar pela troca de guarda. A apresentação é bem legal e vale a visita, já que é algo bem diferente do que estamos acostumados. Todo o “evento” dura cerca de 40 minutos, entre apresentação de banda, protocolos, marcha até o outro lado do Palácio La Moneda e dispersão.

IMG_3314.JPG
Troca de Guarda

A troca acontece dia sim e outro não, e circunda o palácio do Governo Federal, o La Moneda.

Obs: consulte os dias e horários aqui!

Voltamos então para a Paseo Bandera para agora explorar aquela rua colorida! Essa rua já se tornou um ponto turístico muito famoso em Santiago devido às suas pinturas em paredes e chão. Uma dica é caminhar por toda a rua, descendo até o mergulhão, que por ser uma parte artística mais recente muita gente ainda não conhece. A Paseo Bandera é um museu de arte moderna a céu aberto! E como eu amo arte e tenho muito amor por arte de rua e minha irmã também, nós levamos algumas boas horas andando por lá!

IMG_3374.JPG

IMG_3365

Fomos então almoçar, lugar que eu NÃO recomendo, o preço baixo não vale pela falta de qualidade. O lugar se chama Patio Comidas Portal Gran Santiago e fica na rua Santo Domingo, quase na esquina com a Paseo Bandera. É um lugar com alguns restaurantes, mas sinceramente não vale a pena, o ambiente não é legal e a comida menos ainda e além do mais a economia não é tão grande assim, então não compensa.

Depois desse almoço fatídico, fomos caminhar pelas ruas de Santiago e aproveitamos para apreciar algumas construções da Cidade, uma irmã Arquiteta e eu que amo andar, só pode dar certo né! Saímos então na Plaza de Armas uma das principais de Santiago. É nessa praça super arborizada que fica a Catedral Metropolitana de Santiago, além de construções mais modernas junto a construções mais antigas e confesso que aquele cantinho da praça me lembrou um pouco de Madrid, e não seria para menos, a colonização foi espanhola né!

IMG_3394.JPG

Depois de muito explorar a região Central de Santiago, pegamos o metrô da linha L1 (Vermelha) na estação do Cerro de Santa Lúcia e fomos até a estação Tobalaba para irmos ao SKY Costanera, aquele prédio que tem 300 metros de altura e é o mirante mais alto da América Latina, sabe qual é?! Não!? Então leia mais nesse artigo!!!

Lá em cima a vista é deslumbrante, é possível ver toda Santiago em 360 graus do alto de sua magnitude. Já contei que foi a Dai que recebeu a gente lá e nos privilegiou com a informação de que naquela noite teríamos a última lua azul até 2021 e que poderíamos assistir aquele espetáculo por de trás da Cordilheira dos Andes. E que espetáculo!!!

Se quiser ver mais, já saiu o primeiro vlog dessa viagem ao chile! 

IMG_3503.JPG

Como o SKY Costanera fica em um shopping, o Costanera Center, dali mesmo já fomos direto para a praça de alimentação de lanchamos. Como estávamos hospedadas na rua Almirante Montt pegamos o metrô na estação Tobalaba, e saltamos na estação baquedano para fazer baldeação e pegar a linha verde até Bellas Artes.

Depois desse dia cansativo só nos restava dormir para no dia seguinte sairmos para o primeiro passeio com a Destino Chile!

ROTEIRO DETALHADO:

  • Laser Câmbio – Rua Paseo Bandera com rua Agustinas
  • Troca de guarda – Palácio La Moneda – Plaza de la Constituición e Plaza de la Ciudadania
  • Torre da Enel – Av Santa Rosa – vimos passando pela Av.
  • Arte de Rua – Paseo Bandera
  •  Almoço – Portal Gran Santiago-  NÃO RECOMENDADO
  • Andanças pelas ruas do Centro de Santiago
  •  Plaza de Armas
  • Sky Costanera
  • Shopping Costanera Center

IMG_3300

INFORMAÇÕES RELEVANTES:

  • A passagem do metrô custa aproximadamente 800 pesos e você precisa comprar o cartão que custa 1.550,00 pesos. O valor é aproximado, pois varia dependendo do dia e horário.
  •  Comida pode ser bem caro no Chile, já que um PF (prato feito) não sai por menos de R$25,00, mas em contrapartida comer um pouco melhor não é tão mais pesado no orçamento, a diferença às vezes chega a somente R$10,00 a mais, então avalie bem e não faça como eu que segui dica furada pra economizar micharia. Definitivamente essa não foi uma economia inteligente.
  • Ande bastante por Santiago, principalmente na região central, mas sempre olhando para o alto e será sempre surpreendido pela arquitetura.
  • Fique atenta (o) ao seu troco, infelizmente tem um espertinhos que tentam ficar com ele.
  • Ande com sua bolsa sempre a sua vista, o Chile é um País seguro, já que as leis são bem rígidas por lá, mas furto é bem comum já que tem a pena mais amena.

 

FAÇA SUA VIAGEM POR AQUI!

RESERVE SEUS PASSEIOS NO CHILE

GARANTA SEU SEGURO VIAGEM AQUI!

ALUGUE SEU CARRO AQUI

GARANTA SUA HOSPEDAGEM

Chile

City tour regado a vinho Concha y Toro

Último dia de passeio com a Destino Chile e o escolhido foi City Tour por Santiago com tour premium na Vinícola Concha Y Toro.

IMG_5147

SOBRE A VINÍCOLA CONCHA Y TORO

Fundada em 1883, pelo Marques de Concha y Toro, político e empresário Chileno da época, a Viña Concha y Toro é hoje o principal produtor de vinho da América Latina, presente em mais de 130 países e com posição de destaque entre as mais famosas vinícolas do mundo.

SOBRE O PASSEIO COM A DESTINO CHILE

Saímos do hostal Forestal por volta das 7:30 da manhã e depois de reunir todo o grupo iniciamos o nosso City Tour por Santiago.

A primeira parada foi para assistir uns minutinhos da troca de guarda, que excepcionalmente estava sendo realizada às 8:00 naquele dia.

Em frente ao La Moneda, palácio governamental, o guia Andrés nos deu uma aula de história do Chile e eu que adoro saber da história dos lugares que visito fiquei vidrada nas explicações e informações sobre como o País funciona.

Aliás o Chile é um País de primeiro mundo da América do Sul. Segurança, saúde e educação são prioridade dos governos e como consequência disso existe uma população mais comprometida com o seu desenvolvimento.

Ali vimos também o prédio do ministério da fazenda e da justiça do Chile. Uma curiosidade: Sabiam que o porte de arma é permitido no Chile?! Porém a lei é rigorosa e assassinato lá é punido com prisão perpétua sem direto a diminuição de pena, salvo de pena é claro casos específicos.

IMG_4964
Cerro Santa Lúcia

Fomos então em direção ao Cerro de Santa Lúcia. O local é um monte, onde Pedro Valdivia, um explorador espanhol, se baseia e funda a Cidade de Santiago em 1541.

Do alto do Cerro temos uma vista bem bonita de diversos pontos da Cidade, além de canhões, memorial e uma estrutura histórica bem legal de visitar.

Após alguns minutos ali seguimos para um tour panorâmico por diversos pontos da cidade até pararmos no Parque Bicentenário. Uma praça enorme aberta as pessoas que fica no bairro nobre de Vitacura.

IMG_5042
Parque Bicentenário

O parque é de uma beleza indiscutível, com Lagos com peixes, cisnes, patos e até Flamingos 😍. A estrutura é excelente para um dia de lazer e prática de alguns esportes.

Obs: Não é permitido alimentar os animais a não ser com as rações vendidas em máquinas próximas aos Lagos. Com cerca de 100 pesos você compra um punhado de ração.

Ficamos ali apreciando os animais e o local por alguns minutos até seguirmos para nossa próxima parada que foi o Cerro de Santa Maria de Manquehue, uma região nobre da Cidade onde só moram os milionários.  A parada original seria o Cerro San Cristóbal, o mais famoso de Santiago, porém por ser domingo ele estava fechado para corrida/caminhada ou algo do tipo.

Todos os nossos deslocamentos na van era regados a muitas informações que o Andrés da Destino Chile ia nos contando e mostrando esses pontos na Cidade.

IMG_5003
Parque Bicentenário

Depois então é chegada a hora mais importante, a hora do almoço rsrs. Paramos para almoçar no El Toro Manso, eu pedi um risoto de camarão que estava uma delícia. Dali seguimos para a Vinícola Concha y Toro.

Ao chegarmos o Andrés nos entregou nossos tickets do tour e entregou a minha irmã o ticket da degustação (que é um único para todo o grupo). Pontualmente as 15:15 iniciamos nosso tour pela vinícola mais famosa e antiga ainda em  funcionamento de todo o Chile.

Durante o tour passamos pelos jardins da residência de verão da família, pela frente da casa, vimos um lago artificial feito com águas do rio Maipo, e paramos bem na plantação de uvas para uma explicação sobre essa arte que começa com o plantio e colheita da uva. Após, fizemos nossa primeira degustação de vinho. Um vinho branco com direito a uma explicação detalhada de como devemos beber vinho branco.

IMG_5175
um dos locais de guarda de vinho

Logo em seguida, passamos por uma breve explicação do processo de produção do vinho e logo depois entramos em local de armazenamento de vinhos da bebida que virará vinho. Nesse local de guarda, tudo é controlado: iluminação, temperatura, umidade e tempo.

Andamos mais um pouco e fomos conhecer o Castillero del diablo. Esse é o nome de um lugar a 4 metros abaixo da terra que deu origem ao nome do mais famoso e antigo vinho da Concha y Toro, o Castillero del Diablo.

O lugar é escuro, frio e úmido na medida certa sem a necessidade de um forte controle do homem, não que atualmente não haja, mas ainda em dias atuais não existe sistema de ar condicionado no local, pois a temperatura é adequada para a produção.

Ali conhecemos a história do lugar e vou resumir aqui: O Marques de Concha y Toro começou sua produção de vinho naquele lugar e os funcionários estavam roubando o vinho, pois era muito saboroso, então o dono inventou uma história que o Diabo vivia por alí e tomava conta dos vinhos e com isso cessaram-se os roubos.

Ainda durante o tour provamos mais dois rótulos da vinícola, até seguirmos para a degustação acompanhada de um Sommelier da casa. Os 4 vinhos da degustação eram da linha Marques de Casa Concha harmonizados com perfeição com diferentes queijos.

A degustação  foi o ápice de todo o passeio, reservando momentos de muito aprendizado e apreciação de uma linha premium de vinhos da Concha y Toro e assim terminou nosso dia com a Destino Chile.

IMG_5180

Preciso aqui agradecer à Destino Chile por ter feito parte da nossa viagem ao Chile. Nos levando a viver momentos inesquecíveis!!!

Ta indo para o Chile? Entre em contato com a Destino Chile e faça seus passeios com a melhor empresa para Brasileiros!

Venha saber mais sobre minha viagem ao Chile!

Chile

Geysers del Tatio – Pequenos Vulcões de água

Hora do passeio mais esperado por mim nessa viagem, Geysers del Tatio.

A ansiedade era tanta que no dia anterior à tarde eu já estava perguntando a minha irmã se a Destino Chile já havia mandado o horário de saída. Eles sempre avisam durante a noite anterior qual o horário da saída do passeio seguinte. Durante a noite, mal pude dormir de tanta expectativa, fechei os olhos lá pelas as 00:00 e despertei antes das 3:00.

IMG_4633

SOBRE OS GEYSERS DEL TATIO

Mas o que é um Geyser? Vou explicar com minhas palavras, ok?! Um Geyser são pequenas aberturas no solo por onde é expelida um jato de água com temperatura em torno de 85º C.

Isso acontece quando a água fria desce pelas fendas do solo e se encontram nas profundezas com rochas vulcânicas com temperaturas elevadíssimas, e dessa maneira a água é projetada para fora do solo.

Os Geysers del Tatio estão à 4.300 metros de altitude e a temperatura do local pode chegar à 20 graus Celsius negativos. Então vá muito bem agasalhado, do tipo com luva, gorro e muitas meias.

IMG_4643

SOBRE O PASSEIO COM A DESTINO CHILE

Ficou marcado para a Van passar para nos pegar entre 4:30 e 5:00 da manhã. Eles chegaram dentro desse horário e seguimos buscando algumas outras pessoas para então seguirmos aos Geysers.

Chegamos ao posto de entrada, onde temos que pagar 10.000 pesos o ingresso por pessoa, quase as 8:00 da manhã, quando já começava a clarear. A estrada é de subida suave, mas bem sinuosa e não asfaltada.

Pagamos cada um nosso ingresso, esse valor deve ser pago diretamente no local e não está incluído no valor do passeio, e retornamos à van para entramos finalmente no complexo turístico dos Geysers del Tatio!

Fizemos uma primeira e rápida parada para ver algumas fumarolas a distância e logo seguimos em direção ao área do Geyser maior e outros mais.

IMG_4678

O Guia então nos mostrou de perto um buraco na terra que só sai fumaça e por isso é chamado de fumarola e não Geyser, a partir desse parâmetro caminhamos lentamente, a altitude não nos permite movimentos rápidos, até o Geyser maior e lá ele nos explicou como esse fenômeno acontece, como expliquei acima.

Para ser um Geyser é preciso que desse buraco no chão seja expelida água e esta está a uma temperatura de 85 à 100 graus Celsius.

Vimos alguns outros geysers, inclusive um bem de perto onde pudemos ver um coloração rosada de micro-organismos, coisa divina!

IMG_4686

Foi assim a 4.300 metros de altitude diante de impressionantes criações divinas, que as lágrimas insistiram em escorrer pelo meu rosto. A emoção tomou conta de mim e eu não pude e nem quis evitar.

Voltamos a van para seguir em direção a piscina dos Geysers. Nessa piscina é possível tomar banho com a água a uma temperatura de aproximadamente 37 graus Celsius, quando do lado de fora a temperatura é negativa. Porém não me aventurei, pois já estava bastante enjoada como consequência da altitude.

Ali o Guia montou nosso café da manhã, uma mesa com chás, chocolate quente, bolo, pães, frios e mais. Eu mesma comi pouco por causa do enjoo, mas tudo que comi estava bem saboroso.

Dali seguimos para descida da montanha e outras parada pelo caminho.

Paramos então em Vado Putana uma lagoa linda que fica repleta de flamingos no verão, porém como é outono eles já haviam migrado para outras regiões, mas dali tivemos a vista de mais um vulcão que permeia o Chile, sendo esse o vulcão Putana, que está vivo (A maneira que eles classificam um Vulcão é como vivo ou morto, sendo vivo todo aquele vulcão em que ainda há atividade e morto aquele vulcão que já não tem mais nada dentro.)

IMG_4687

IMG_4713

Mais adiante paramos no povoado de Machuca. Um povoado indígena composto por cerca de 10 habitantes, segundo o guia, cuja a fonte de renda é o turismo na região. Tem uma igreja, que não consegui conhecer pois estava passando mal e não consegui subir a rua e uma vendinha onde comercializam alguns alimentos e bebidas. Nesse povoado eles vendem churrasquinho de lhama, porém não é lhama de verdade! Descobrimos conversando com algumas pessoas que é burro selvagem, então não gaste seu dinheiro aqui!

Dali fizemos uma outra parada, para ver alguma região e tentar ver Vizcacha, uma espécie de coelho dos andes, mas nessa parada eu não consegui nem sair do carro. Estava com um enjoo que me incapacitava de me locomover, além de um sono que eu até então desconhecia.

Mesmo não tendo visto o coelhinho dos andes, eu consegui ver de pertinho a raposa dos andes, os burros selvagens e as lindas e graciosas vicuñas, parentes das Lhamas e que só conseguem viver a uma altitude de 3.800 à 4.500 metros acima do nível do mar.

IMG_4730

Voltamos depois à San Pedro de Atacama e logo ao ir descendo mais, fui melhorando. Também masquei duas folhas de coca que uma alemã que estava no grupo me ofereceu e chupei uma bala de coca, mas como foi já na descida, não sei se ajudou ou se foi só o fato de estarmos indo a altitude mais baixa mesmo.

Obs: Nem todo mundo sente os males da altitude, ou soroche como é conhecida, mas já que eles são bem comuns vou listar algumas atitudes podem te ajudar a reduzi-los ou até mesmo a não senti-los.

DICAS EXTRAS SOBRE ALTITUDE:

  • Beba bastante água, mantenha-se hidratada (o);
  • Evite bebidas alcoólicas;
  • Se necessário masque folhas de coca ou bala de coca;
  • Evite esforço físico, faça tudo com calma;

O QUE LEVAR PARA O PASSEIO:

  • Água;
  • Casaco próprio para inverno;
  • Roupa de banho para a piscina;
  • Cachecol, luvas e sapato fechado;
  • Protetor labial e solar;
IMG_4667
a perna do Guia saiu na única foto que ficou clara – o vapor atrapalha as fotos kkkk

Eu gostaria de fazer um agradecimento especial à Destino Chile por ter participado de um dos momentos mais emocionantes de toda a minha vida. Obrigada por tornar essa experiência ainda mais bonita!!!

 

Chile

Viña del Mar – Molhando os pés no Oceano Pacífico

Quarto dia oficial em Santiago e é hora de irmos para o terceiro passeio com a Destino Chile. Dessa vez foi o momento de realizar um sonho antigo meu, o de molhar meus pés no Oceano Pacífico.

IMG_3973.JPG
Relógio de Flores de Viña del Mar

Sobre Viña del Mar e Valparaíso

Viña del Mar originalmente eram duas fazendas que foram “loteadas” a partir da construção de uma linha férrea na região. Hoje é uma Comuna (é como se fosse uma Cidade para nós) de Valparaíso. Uma área nobre, de praia (Oceano Pacífico), onde o turismo é parte importante da economia.

Valparaíso também é uma Comuna de Valparaíso, sendo Capital dessa Província (Estado para nós). É lá que está o poder legislativo do Chile e o porto mais importantes do País. Valparaíso é uma Cidade de geografia curiosa, já que é composta por 42 morros (no Chile são Cerros).

As Cidades estão a cerca de 120 km da Capital Chilena, Santiago.

IMG_4061
Filhote de Pelicano em Viña del Mar

Bate e Volta com a Destino Chile 

Mais uma vez nosso passeio foi com o Guia Claudio, o mesmo que fez conosco Valle Nevado. Ele pegou a mim e minha irmã no hotel por volta das 8:00 e logo depois de pegarmos outras pessoas seguimos em direção ao litoral Chileno.

O Claudio nos contou que Santiago fica em um vale, pois é cercado por cordilheiras, assim como outras cidades do Chile. Logo que saímos do vale de Santiago, passamos por uma região agrícola, de ondem saem boa parte dos alimentos para Santiago.

Mais a frente entramos no Vale chamado Casablanca, onde pudemos apreciar as vinícolas à beira da estrada. Esse vale é onde se concentra enorme quantidade de vinícolas Chilenas. Fizemos então uma parada no Rio Tinto uma mega loja, dessas que temos aqui em estradas onde podemos encontrar de tudo um pouco, que também produz seu próprio vinho um Cabernet Suavignon  doce. Havia uma degustação e como o produto era bem saboroso, acabei comprando uma garrafa ali mesmo, já que eles falaram que produzem ali e só vendem ali mesmo, está me que custou cerca de R$53,00. Um pouco alto para os preços dos vinhos Chilenos, já que é possível encontrar vinhos bons em supermercados por R$15,00 aproximadamente. Alias isso acontece, segundo nosso Guia, pois tem uma Lei que 10% da produção de vinho deve ter preço acessível para o mercado interno.(Ao menos foi isso que entendi ele explicar).

Dali partimos em direção à Viña del Mar, mais uma vez na frente de outras empresas, já que elas estavam parando no Rei Tinto enquanto já estávamos saindo. Contei pra vocês em artigos anteriores que a Destino Chile é uma das empresas que saem mais cedo para os passeios.

IMG_3971

Durante o caminho o Claudio da destino chile, nos contou a história do surgimento da Cidade, e nossa primeira parada foi o relógio de flores que foi um presente da Suíça ao Chile para a Copa de 1962, a qual o Brasil foi campeão!

Dali seguimos em direção ao mirante Santuario de la Naturaleza – Roca Oceanica em Concón, mais uma vez a Destino Chile saindo na frente já que quase nenhuma empresa visita essa área mesmo a vista de lá sendo impressionante. Seguimos com um passeio panorâmico pela praia reñaca  e  na descida do mirante paramos no santuários dos leões marinhos, onde vimos um monte deles em uma pedra mais para dentro do mar.

IMG_4050
No Mirante

Dali fomos mais à frente onde eu pude realizar o sonho de molhar meus pés no Pacífico. Confesso que não foram só os pés, me distrai e molhei a calça até o joelho, o que foi divertidamente gelado rsrs. Pode até ser um sonho bobo para alguns, mas era um sonho meu e sonhos não se contestam, você se deixa viver!

Me distrai e me molhei toda kkkk

Inclusive quero falar sobre uma coisa que escutei muito sobre a praia Chilena. Quando viajamos ficar comparando a nossa realidade com a de outro País pode ser um pouco cruel. Vi muita gente falando que a praia Chilena é feia, que nós temos praias melhores e etc. Concordo com isso, temos águas mais calmas e mais quentinhas, temos faixas de areias enormes, temos praias livre de pedras e muitas belezas em nossas praias, mas as praias chilenas também tem seus encantos dentro de suas características. Então não de atenha a essas comparações e aproveite para sentir o mar do pacífico que nós não temos aqui!

IMG_4056
Own – Leões Marinhos

Voltando, nossa última parada em Viña del Mar foi para vermos um Moai, original da Ilha de Páscoa, que para quem não sabe pertence ao Chile. Moais são aquelas estátuas que existem na Ilha de Páscoa que estudamos quando estávamos na escola, lembram?!

IMG_4093
Eu e o Moai

Seguimos então para Valparaíso, onde tem uma das casas do Pablo Neruda. Ninguém quis ir à casa, nem mesmo aos jardins, já que ali todos concordavam que apesar de um ótimo literário, ele não era nada mais do que isso. Além de ter sido acusado de estupro e ter abandonado uma filha, a casa de Valparaíso não era sua residência oficial, e sim sua residência “extra oficial” onde ele vivia a sua vida dupla.

Fizemos então um tour de carro por alguns morros da Cidade e paramos para almoçar. Comi um peixe das águas Chilenas, La Reineta, que estava uma delícia e me custou 12.650 pesos, cerca de R$75,00 com bebida e os 10%.

Obs: a gorjeta aqui se chama propina então não se assustem quando verem nas contas.

IMG_4113
Valparaíso é uma Cidade bem colorida

Dali o Claudio nos levou para fazer um tour a pé, ali perto mesmo, onde pudemos ir a um mirante e ver o porto da Cidade e também um dos 11 elevadores que ainda estão em funcionamento. Lembra que falei que a cidade é composta por 42 morros, então eram 42 elevadores, porém por causa de diversos terremotos hoje só funcionam 11 que levam as pessoas da parte baixa até a parte alta.

IMG_4106
Vista para o porto de Valparaíso

Depois fomos ao centro de Valparaíso onde vimos prédios históricos e tivemos um tempinho em uma feirinha de artesanato no Porto da Cidade e  para então voltarmos à Santiago.

Esse foi um passeio mais histórico e de belezas diferentes das anteriores, já que é litoral e é até mais quentinho, mas não considere mais quentinho calor tá, pelo menos não no inverno.

IMG_4012
Praias do pacífico estão sujeitas a Tsumanis

Mais uma vez a Destino Chile transformou o passeio em uma experiência ainda mais especial.

Obrigada Destino Chile por apoiar mais esse sonho!

 

FAÇA SUA VIAGEM POR AQUI!

GARANTA SEU SEGURO VIAGEM AQUI!

ALUGUE SEU CARRO AQUI

GARANTA SUA HOSPEDAGEM

Dicas de Viagem, Viagens

Buser – Uma maneira diferente de viajar

Quem aqui já ouviu falar da Buser?!

            Imagem divulgação da marca

Quem me acompanha nas redes sociais, já ouviu falar! Se tu não me acompanhas, aproveita pra fazer isso agora, é de graça, não dói, me ajuda e te ajuda!

Facebook: https://www.facebook.com/micheleviaja/?ref=bookmarks
Instagram: https://www.instagram.com/micheleviaja/
Youtube: Michele Raggio

Vocês sabem que eu amo economia inteligente e sempre trago ótimas dicas para vocês de como economizar e viajar ainda mais e com esse artigo não seria diferente!

Mas vamos a essa empresa brasileira que revolucionar o mercado de viagens terrestres no Brasil.

GARANTA SUA HOSPEDAGEM

Começaremos pelo nome, já que é a dúvida mais frequente. Como se fala? Se fala como se escreve em português ou se fala como em inglês? Também tinha essa dúvida até que no instagram da marca eles explicaram que BUSER vem de busão, portanto se fala como se escreve em português mesmo. Aí já criei uma empatia pela marca, que abrasileirou o nome indo na contra mão do que vem sendo praticado.

O que é a Buser?

A Buser é uma empresa de compartilhamento de viagens terrestres!

Aqui no Brasil, não existem muitas empresas de ônibus que operam a nossa viação terrestre. Temos quase que um monopólio nas mãos de poucas empresas que cobram o preço que bem entenderem por não haver concorrência.

Sempre que vamos para região dos lagos saindo do Rio de Janeiro, por exemplo, temos que comprar passagem com a única empresa que opera o trecho a 1001 e temos que pagar o preço que eles cobrarem sem ter direito a reclamar. É por esse motivo que muitas pessoas acabam se arriscando em transportes clandestinos.

A Buser então é uma opção segura, mais confortável e super moderna de viajarmos pagando um preço mais justo.

SEGURO VIAGEM – GARANTA O SEU

Vou dar um exemplo de como o fretamento de ônibus funciona: Várias pessoas querem sair do Rio de Janeiro e ir para Belo Horizonte. Essas pessoas então fretam o ônibus através do aplicativo e rateiam a viagem. Esse rateio faz com que as viagens fiquem até 60% mais baratas que o convencional.

As viagens, com dia e hora, ficam disponíveis através do aplicativo e site e podemos comprar conforme disponibilidade e nossa vontade de viajar.

                           Em Vitória – ES

Eu já usei o aplicativo e fui do Rio de Janeiro para Vitória no Espírito Santo com a Buser. Se você ainda não viu o Viaje com R$350,00-destino Vitória, vou deixar aqui! A viagem foi maravilhosamente confortável em ônibus leito e com a segurança de uma empresa cadastrada e regulamentada no órgão federal.

Se você quiser aproveitar essa dica e já se cadastrar para viajar mais, melhor e mais barato, entra nesse link https://www.buser.com.br/convite/8xo34i e já comece ganhando R$10,00 pra te incentivar a colocar o pé na estrada e rodar esse Brasilzão de Buser!!!

Eu uso e aprovo!!!

Búzios, Roteiros, Viaje com R$350,00

Roteiro 1 dia e meio em Búzios, RJ

Está indo pra Búzios e ainda não preparou todo o roteiro! Então anota aí que vou compartilhar meu roteiro de 1 dia e meio na Cidade e ainda vou complementar com dicas de outros lugares que você pode visitar por lá.

Fiz essa viagem com o orçamento máximo de R$350,00 e apesar de ser uma Cidade cara, é possível viajar com pouco para lá. Quer ver só?!

Aqui você vai encontrar:

  • Sobre Búzios – RJ
  • Transporte
  • Hospedagem
  • Alimentação
  • Passeios
  • Roteiro Detalhado
  • Gastos Totais
  • Dicas de outros passeios e gerais

IMG_5672.JPG

VIAJE DE ÔNIBUS COM A BUSER

Sobre Búzios – RJ

Armação dos Búzios, ou apenas Búzios como é conhecida, é uma balneário localizado na região dos lagos no Rio de Janeiro. Búzios é uma Cidade novinha, sua emancipação só se deu no ano de 1995, através de um plebiscito quando deixou de ser distrito de Cabo Frio.

A Cidade ficou famosa quando a atriz francesa Brigitte Bardot passou uma temporada por lá em 1964, fazendo com que todos os veículos de notícias nacionais e internacionais colocassem aquele lugar no mapa. A atriz foi tão importante para a Cidade que tem uma estátua em sua homenagem na orla que leva seu sobrenome: Orla Bardot.

Hoje a Cidade vive do turismo e ao andar por suas ruas é possível se sentir fora do Brasil, já que a língua mais falada por ali é o espanhol. Isso não é uma estatística confirmada, mas essa é a sensação de todos que visitam esse balneário do Rio de Janeiro.

IMG_5701.JPG
João Fernandes

ALUGUE SEU CARRO AQUI

Transporte

Como acompanharam no vlog, se ainda não viu clique aqui, eu fui pra lá de carro com minha família e toda circulação na Cidade também fizemos de carro.

Porém caso essa não seja a maneira que você vai pra Cidade, saiba que tem ônibus da empresa 1001 saindo da Rodoviária Novo Rio e deixando bem no Centro de Búzios. Já dentro da Cidade o deslocamento se dá por vans, ônibus e transporte por aplicativo.

IMG_6098.JPG
Hostel Che Lagarto

Hospedagem

Eu optei por me hospedar em um hostel perto da Rua das Pedras, o que facilitaria meu deslocamento a pé quando não estivesse com minha família, e o escolhido foi o Che Lagarto.

Já minha mãe, irmã e pai ficaram na Pousada Bahia Amarela, que fica em João Fernandes. Eu acabei não ficando com eles, pois o meu orçamento não me permitiria pagar o preço da diária.

Búzios tem hospedagem para todos os bolsos e gostos. Eu fiquei em um quarto feminino compartilhado com banheiro privativo e paguei R$62,00 sem café da manhã.

VEJA SUA HOSPEDAGEM AQUI!

Alimentação

Comer na Cidade pode ser bem caro. A Cidade vive do turismo e por isso o preço é mais alto, mas é sim possível encontrar prato feito por lá, já que quem está por lá trabalhando também precisa se alimentar né. No vídeo eu mostrei um local que tem alimentação bem barata, apesar de eu não ter feito nenhuma refeição nesse restaurante.

Acabamos optando por comer em restaurantes na beira da praia do centro, na Rua das Pedras. No sábado, almoçamos no Pizza Pino e jantamos no Pátio Havanna. Depois do Jantar a sobremesa ficou por conta do sorvete da Fattoria del Gelato Búzios, também na Rua das Pedras.

Já o meu café da manhã de domingo, eu o fiz na padaria Jezreel, que fica na Rua Manoel José de Carvalho, pertinho do Hostel e da Rua das Pedras.

O almoço de domingo fizemos no Kiosque do Alemão, na estrada de volta pra casa.

IMG_E6158
Escultura: Os Três Pescadores

 

 

Passeios

Como só tinha um dia e meio na Cidade, aproveitamos para passear por algumas praias e uma bela caminhada pelo centro.

Roteiro Detalhado

Dia 1:

Primeira parada foi a PRAIA RASA – Essa praia fica ainda antes do pórtico da Cidade e não tem quiosques, por isso se ficar por lá leve seu lanche e depois não se esqueça de recolher seu lixo.

Nossa segunda praia foi a da FERRADURA – Essa praia tem as águas calmas e leva esse nome por se parecer com uma ferradura mesmo.

Depois fomos almoçar e passear rapidamente pela RUA DAS PEDRAS.

Partimos então para a PRAIA DE JOÃO FERNANDES – Essa praia é bem badalada, com diversos restaurantes, faixa de areia curta e pouca sombra natural. Aproveitei para subir a um MIRANTE, com uma vista incrível daquela praia.

Passei o resto da tarde na pousada em que minha família ficou hospedada, curtindo a piscina ao lado deles.

Já à noite fomos jantar e passear na RUA DAS PEDRAS – Cheia de restaurantes, lojas, boates e muita vida, essa rua é quase que 24 horas.

Dia 2:

Acordei e sai para meu café da manhã na rua e de lá já parti para uma longa e vagarosa caminhada, primeiro pela RUA DAS PEDRAS e depois pela ORLA BARDOT indo até a escultura OS TRÊS PESCADORES.

IMG_6001

Gastos Totais

Detalhes você poderá ver no vlog Viaje com R$350,00 – Destino Búzios, mas vou deixar alguma informação aqui.

Alimentação: R$103,50

Hospedagem: R$62,00

Transporte: R$70,00

Dicas de outros passeios e gerais:

Como perceberam, eu não estourei o orçamento, e só não fiz outros passeios, por falta de tempo mesmo, tínhamos que voltar cedo por trabalho.

Por isso vou listar aqui alguns passeios que indico a vocês fazerem, que não vão comprometer o orçamento.

  • Passeio de barco 12 praia e 3 ilhas – R$40,00 (se estiver em pequenos grupos negocie o preço para ficar mais em conta)
  • Passeio de trolley – R$60,00. Esse passeio é um city tour de “caminhão” com guia. (lembre-se de negociar caso esteja em grupo)
  • Demais praias – para mais detalhes lá vai o site da prefeitura: http://buzios.rj.gov.br/praias
  • A Cidade é pequena e dá pra fazer bastante coisa a pé se estiver com um pouco mais de tempo
  • Uma opção viável para baratear a hospedagem é ficar em Cabo Frio e de lá ir de ônibus para Búzios, mas veja se vale mesmo a pena, pois poucas noites é mais interessante já pernoitar em Búzios mesmo.
  • Sempre recolha seu lixo e se possível o leve até de volta pra casa. O descarte desse lixo é mais bem feito em Cidades maiores.

IMG_6131

Espero que esse roteiro seja bastante usado por vocês.

SEGURO VIAGEM – GARANTA O SEU

Para acompanhar essas e outras viagens em tempo real, me acompanhem nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/micheleviaja/?ref=bookmarks
Instagram: https://www.instagram.com/micheleviaja/

E já me segue lá no canal para acompanhar todos os vlogs: https://www.youtube.com/channel/UChgFe4WPc8Wx4tJVAdd9-rA

Até a próxima viagem. Que, aliás, já está chegando por ai!!!!

 

 

 

Búzios, Viaje com R$350,00, Videos

Vlog: Viaje com R$350,00 – Destino Búzios

Pega a pipoca, senta e aperta o play, que saiu mais um vlog do Viaje com R$350,00 e esse é o destino Búzios.

Búzios é uma península localizada na região dos lagos e famosa por receber turistas do mundo inteiro e por ser um destino caro.

Eu topei o desafio de viajar para o destino com um orçamento reduzido e não extrapolar esse valor. Assiste aí e depois me conta o que achou!!!

Curta, compartilhe e se inscreva!

Me sigam nas Redes Sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/micheleviaja/?ref=bookmarks
Instagram: https://www.instagram.com/micheleviaja/

Roteiros, Viaje com R$350,00, Vitória - ES

Roteiro de 2 dias em Vitória, ES.

Dia de compartilhar o roteiro que fiz em Vitória, Espírito Santo.

Quem acompanhou pelo meu Instagram, se ainda não me segue, vai lá: https://www.instagram.com/micheleviaja/, viu que viajei para Vitória com um teto orçamentário de R$350,00 e para me manter nesse orçamento o planejamento foi muito importante e agora vou dividir os detalhes com vocês.

Mas antes, confere os artigos sobre o Bustour e o Hostel do Jerê, onde ficamos hospedadas.

ACSE6925
Palácio Anchieta

SEGURO VIAGEM – GARANTA O SEU

Agora voltando ao roteiro. Aqui você encontrará:

  • Sobre Vitória – ES;
  • Transporte – Como fui pra Vitória e como circulei por lá;
  • Hospedagem;
  • Alimentação;
  • Passeios;
  • Roteiro Detalhado;
  • Gastos Totais;
  • Empresas Apoiadoras;
  • Dicas Importantes.

Sobre Vitória – ES

Vitória é uma das 3 capitais brasileiras que é uma Ilha. Sim, Vitória é uma ilha. Em 2017 a Cidade foi classificada como a 3ª melhor Cidade para se viver no Brasil.

Vitória tem praias bonitas, porém impróprias para banho, por causa, segundo relatos de Capixabas com quem conversei, do porto de Tubarões. Esse porto é controlado pela Vale para exportação de minérios.

IMG_4562
Farol de Santa Luzia

Como Fui pra Vitória e como circulei por lá?

Quem acompanhou nas redes sociais viu que eu fui de ônibus leito do Rio de Janeiro pra Vitória e voltei também. Eu descobri um aplicativo onde eu paguei R$60,00 pra ir e voltar de ônibus leito. Mentira? Juro que não!

Comprei minhas passagens através do Buser. O Buser é um aplicativo de rateio de ônibus que vende passagens terrestres com até 60% de desconto. E na época que eu viajei eles estavam com uma promoção onde sua primeira viagem seria R$10,00. Além disso, quando alguém se cadastra com o seu código você ganha R$10,00 em créditos para gastar em viagens, ou seja, dá pra viajar de graça.

Se cadastre logo através desse link: https://www.buser.com.br/convite/8xo34i, comece a divulgar e borá viajar!!!

Já em vitória em andei de ônibus e também de uber. O ônibus lá custa R$3,75 e muitas vezes o uber sai mais conte quando dividido com outras pessoas. Vitória é um lugar pequeno, mas o transporte público não é dos melhores o que deixa o uber crescer bastante na Cidade e não sendo caro.

Hospedagem:

Ao escolher um lugar para hospedagem, eu precisava de algo barato, bom e bem localizado, então acabamos descobrindo o hostel do Jerê, que fica no Centro Histórico de Vitória, ES. O Hostel tem diárias a partir de R$35,00 com café da manhã.

ALUGUE SEU CARRO AQUI

IMG_4667
Praia de Camburi

Alimentação:

Confesso que com comida gastei pouco. Há algum tempo eu percebi que meu ralo de dinheiro era alimentação e que eu posso economizar bastante ali, então faço menos refeições, como bem em cada uma delas e normalmente à noite ou não como nada, ou faço só um lanche. Aplicando isso eu gastei R$67,58 com alimentação.

No sábado tomei café da manhã no hostel, almocei no shopping Vitória, não jantei e nem lanchei, já que almocei bem tarde.

No domingo, tomei café no hostel, almocei no horto mercado, e a noite comi um crepe na feirinha de artesanato da praça dos namorados.

IMG_4252

Passeios:

Como não tinha muito tempo, defini um roteiro por conta própria para sábado e escolhemos um passeio de dia inteiro para o domingo, o bustour.

Roteiro Detalhado:

Dia 1 – Cheguei a Vitória aproximadamente as 06:00 horas, fui para o Hostel, tomei banho e um café da manhã e fui em direção a Praia de Camburi. Ali andei pela orla e fui andando, cerca de 2km, até o Parque da Pedra da Cebola. Depois segui para o Shopping Vitória, encontrei minha mãe e irmã almoçamos e seguimos para a Praça do Papa onde visitamos o Projeto Tamar. Voltamos para o Hostel.

Dia 2- Saímos em direção a Praia de Camburi para fazer o Bustour, que circula por Vitória e Vila Velha, com a Capixaba Turismo. Detalhes do Roteiro eu conto nesse artigo: https://micheleraggio.com.br/2019/04/08/bustour-vitoria-um-passeio-com-a-capixaba-turismo-receptivo/. À noite passeamos pela orla de Camburi com a Ester, uma capixaba colega nossa, e também pela feirinha da praça dos namorados onde, logo depois pegamos o ônibus de volta pra casa.

IMG_4375

Gastos Totais:

Eu não sei quanto minha irmã e mãe gastaram, afinal elas ficaram mais dias do eu por lá e também não tinham um orçamento baixo como o meu, mas eu gastei no total R$306,03. Você pode conferir os detalhes nesse vlog que já está lá no canal: https://www.youtube.com/watch?v=3MwjydH-jSk

 

IMG_4209
Pedra da Cebola

Empresas Apoiadoras:

Hostel do Jerê

Capixaba Turismo

Dicas Importantes:

  • Se estiver com mais alguém, consulte o preço do uber, pois às vezes sai mais barato que o transporte público.
  • Eu achei o transporte público um pouco confuso por lá, então pergunte e pesquise antes de entrar em qualquer ônibus.
  • Não se espante de ver lugares vazios, capixabas gostam de se reunir em casa, então é comum que mesmo em dias lindos praças e parques estejam relativamente vazios.

JÁ RESERVOU SUA HOSPEDAGEM?

Acompanhe-me nas redes sociais para acompanhar as próximas viagens!!!