Dicas, Restaurantes, Sabores

Restaurante Katmandu – O Japonês moderno do Rio de Janeiro

Sabe aquele restaurante que você ama e não quer saber de mais nenhum?! Então, esse é o Katmandu, restaurante com menos de um ano que já virou o queridinho da cariocada fã de comida japonesa.

Robata de Salmão Meji.

O Katmandu vem se solidificando no mercado carioca de maneira rápida e cruel com a concorrência.

O restaurante chegou com uma proposta totalmente nova para os restaurantes de comida japonesa e principalmente para o bairro em que ele está localizado, Vila Valqueire, um bairro do subúrbio carioca.

Ele é dividido em 5 ambientes de acordo com o site, porém 2 seriam “sub ambientes” de 2 “oficiais” ambientes. Todos com toque de requinte e sofisticação.

O primeiro é o Deck, um lugar com decoração inspirada em Bali com sofás, narquilé com opções de petiscos e bebidas.

O segundo é o Sky Bar, o nome já diz tudo né, é um ambiente a céu aberto, assim como o Deck que é anexo a este, e que tem um bar a vista de todos.

O Terceiro é o Salão Chinês, que foi onde eu aproveitei minha agradabilíssima noite. Esse salão é um ambiente fechado e por isso mais reservado que todos os outros. Com uma decoração inspirada nas gueixas é muito aconchegante e confortável.

Aline, Ingrid e Eu.

O quarto é mais um “sub ambiente”. A casa chama de Tatame ele fica dentro do salão chinês e é ótimo para receber pequenos grupos.

O quinto ambiente é o Salão Tailandês. Nesse ambiente você irá encontrar um suntuoso sofá que atende a diversas mesas. Esse salão pode ser o melhor para grupos maiores, já que é também o de maior espaço.

O cardápio do Katmandu é bem diversificado e atende até as pessoas que não consomem alimentos crus.

Agora vamos então ao nosso consumo. Nós estávamos em três pessoas e toda a nossa consumação foi dividida.

Escolhemos para comer: um Camarão VG que vem acompanhado de um molho picante, delicioso diga-se de passagem, um combinado de 20 peças, uma Robata de Salmão com Meji, impecável no sabor.

Drink Gueixa, Combinado e o muso Camarão Crocante com molho apimentado.

Para beber: Um drink Nutellina, que tem como base creme de avelã então imagina o sabor, um drink Gueixa que tem sorvete de chocolate na composição e dois refrigerantes.

Drink Nutellina

Comemos e bebemos bem e pagamos o justo, na minha opinião. A conta deu R$ 78,50 para cada um já com os 10% de serviço inclusos.

Fomos super bem atendidas. Todos os funcionários se apresentavam pelo nome, estavam sempre muito atentos a todas as mesas. A comida e a bebida saiam em um tempo bem rápido e tudo muito fresco e na temperatura ideal de cada prato.

Eu com certeza aconselho a ida ao Katmandu e sei que voltarei mais vezes, inclusive na minha próxima visita, pedirei para pessoalmente parabenizar a cozinha e a gerência da casa que cuida de cada detalhe de pertinho.

snapseed-6
A felicidade de quem só pensava em começar a comer rsrs.

Agora vai uma dica super importante: Faça reserva! A fila aos finais de semana são de doer os olhos de quem vê e os pés de quem espera.

Para maiores informações: http://restaurantekatmandu.com.br/

Outra dica: Enquato você espera do dia da sua reserva, segura essa promo de snacks. 

Anúncios
Málaga, Notícias, Sabores, Viagens

Festival la Tapa – Um pedaço da Espanha no Brasil

Hoje 21 de julho se comemora o Dia Mundial de la Tapa.

IMG_6181
Minhas primeiras Tapas na Cidade Espanhola de Málaga

Só que esse ano a comemoração não ficará somente no continente Europeu não, aqui no Brasil, mais precisamente Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba, começa hoje o Festival de la Tapa.

Esse festival é uma parceria da Tagme Food Solutions com o Escritório de Turismo da Embaixada da Espanha no Brasil, visando a disseminação dessa “cultura gastronômica” espanhola, já que a Tapa é um dos mais tradicionais pratos da culinária espanhola.

Tapas são aperitivos quentes e frios que são servidos em porção reduzida e variada no mesmo prato.

O festival acontecerá de 21 de junho a 05 de Julho em restaurantes e bares dessas três cidades e terão um preço fixo individual de R$39,90. Nesse valor está incluso somente o prato das Tapas.

Os estabelecimentos participantes são:

CURITIBA:
Restaurantes Victor
ELTORO Bar de tapas
Estado Puro
Olivença Cozinha Ibérica
Olivença Tapas
Restaurante Patanegra
Tiwanaku

RIO DE JANEIRO:
Le Vin Bistro – Barra da Tijuca
Le Vin Bistro – Ipanema
Salitre Gastronomia e Vinhos – Ipanema
Serrado Vinhos & Bistrô

SÃO PAULO:
Clos Restaurante
el Carbon
Fuentes Restaurante
Gusta Café Bar Y Gastronomia
La Alhambra Restaurante Espanhol
La Churreria
La Mar São Paulo
La Paella Express
Lima Cocina Peruana SP – Jardins
Lima Cocina Peruana SP – Itaim
Paellas Pepe
Sabores da Espanha
Verissimo Bar

Quando estive na Espanha, confesso que fiquei surpresa com a variedade desse prato. Quase todos os restaurantes servem, e parece que em cada um existe ao menos uma tapa diferente.

Eu já estou com água na boca para provar as delícias espanholas em terras brazucas e vocês?

Maiores informações sobre o Festival la Tapa: http://www.festivaldelatapa.com.br/home

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

Hotéis

Aluguel por Temporada

Seguro Viagem

Alugue seu Carro

Passeios, Restaurantes, Rio de Janeiro

Fazenda Culinária – Restaurante no Museu do Amanhã.

Dia das Mães foi dia de passeio e também de almoçar fora e para essa experiência gastronômica escolhemos o Fazenda Culinária que fica no Museu do Amanhã, na Praça Mauá no Rio de Janeiro.

O Fazenda Culinária é um restaurante com uma pegada mais orgânica mesclando o moderno com o reutilizável.

A vista é um ponto forte do restaurante, que fica de frente para a Baía de Guanabara, debaixo daquela estrutura moderna do Museu do Amanhã.

Nós chegamos por lá as 15h00min, aproximadamente e já não havia mais fila, então rapidamente conseguimos uma mesa e na mesma rapidez fomos atendidos.

O cardápio é enxuto, mas com opções suficientes que vão do peixe à carne vermelha, passando por galeto e cordeiro. Eu escolhi o Galeto no Rolete acompanhado de batatas assadas, farofa de Panko e vinagrete. O preço desse prato é R$52,00 para uma pessoa, sendo a metade de um galeto, mas bem robusto.

A batata veio super quentinha, bem como o galeto. A farofa estava super saborosa e o vinagrete com um sabor bem suave.

Para acompanhar eu pedi uma taça de vinho branco. A casa oferecia o One Bottle of White um Sauvignon Blanc por R$22,00 a taça.

Já para a sobremesa eu escolhi um mouse de chocolate meio amargo que estava bom, mas o mouse de cajá (fruta do dia) estava muito saboroso e eu filei um pouquinho do meu pai. Cada mouse custava R$ 28,00

O restaurante é um pouco caro, mas para um dia especial vale o investimento.

Todos os valores são válidos até o dia de hoje, 22/05/2018, podendo sofrer qualquer alteração de responsabilidade do restaurante.

Málaga, Sabores, Viagens

Onde comer bem e barato em Málaga na Espanha

Hoje vou dar 5 opções de onde comer bem e barato em Málaga na Espanha. No início tivemos certa dificuldade em encontrar um lugar para comer, por percebemos que os Espanhóis comem de maneira bem diferente da nossa, por exemplo, um prato de Tapas (aperitivos) por de ser um jantar o que para nós seria só um aperitivo. Mas depois de um ou dois dias já estávamos entendendo melhor e procurando mais, por isso vou partilhar alguns desses lugares.

100 Montaditos

IMG_1390.JPG

Esse é o top da lista no quesito preço! Eles são uma rede de fast food espanhola que vendem 100 sabores de mini sanduíches (montaditos). O preço varia de 1 euro à 3,55 euros, mas existe uma promoção as quartas e domingos onde toda a carta de montaditos sai por 1,00 euro. Só posso dizer que é bom demais e que eu viciei nesses montaditos. Eu ia a um restaurante quase todo dia.

Mc Donalds

Eu mesma já falei que Mc Donalds deve ser evitado em viagens, eu sei disso. Eu sei também que eu sempre vou uma vez ao Mc Donalds, pois fico curiosa para provar as diferenças no sabor, mas em Málaga essa é uma das pouquíssimas opções para você tomar café da manhã se não estiver hospedada em um hotel com café da manhã. Como visitantes acordamos mais cedo para aproveitar o dia, não é, mas eles só começam a abrir as lanchonetes, cafeterias e tudo mais depois das 9:00 e o Mc Donalds vai na contramão abrindo mais cedo, então essa é uma ótima e barata (cerca de 2,00 euros pelo café ou chá e um croissant) opção para tomar café da manhã.

Restaurante Italiano Ciao

img_6414.jpg

Se você quer comer em grande quantidade, esse é o lugar. Os Italianos comem muito né, então um prato de massa no Ciao dá pra você comer e levar metade pra casa (e foi isso que fizemos). Os pratos são simples, apenas a massa e um molho, mas o sabor é tão bom que não precisa de mais nada.

Eu comi um Tagliarini com molho de quatro queijos, divinamente deliciosa e paguei só 10,00 euros pelo prato e 2,80 euros por uma taça de vinho (atenção ao refrigerante ou suco que custa 2,00 euros). Beber vinho na Espanha é bem barato!!!

Endereço: Calle Granada, 34, 29015 Málaga, Espanha

Restaurante Garvm

IMG_6181
Insira uma legenda

Se quiser comer algumas das famosas Tapas espanholas, esse é restaurante é uma ótima opção. Comemos uma tábua com 10 tapas quentes (5 tapas diferentes em dupla) por 10,00 euros. A batatinha tinha um molho delicioso e a torrada com jamón era de querer repetir.

Endereço: Calle Alcazabilla, 1, 29015 Málaga, Espanha

Taberna Del Tapeo

IMG_6552

Com um clima intimista e bem freqüentado esse restaurante nos ofereceu momentos de descontração com um bom vinho e ótima comida. Nós pagamos 33,00 euros por dois pratos de entrecôte com batatas frita e uma salada de pimentões, e uma garrafa de vinho tinto espanhol.

Endereço: Calle Alcazabilla, 12, 29015 Málaga, Espanha

Em Málaga têm alguns restaurantes clássicos e mais caros que também merecem a sua visita, mas eu escolhi compartilhar com vocês as opções mais baratas, para mostrar como é possível comer bem gastando pouco.

Rio de Janeiro, Sabores

L’Entrecôte de Paris – Um restaurante pra ficar na sua memória

Quem me acompanha nas redes sociais já teve ter visto que esse ano, nós comemoramos o Dia das Mães antecipadamente, já que eu e minha irmã estamos viajando neste dia. Se você não me segue no instagram e no facebook, esse é um bom momento para fazê-lo e me acompanhar nessa viagem.

No domingo dia 07/05/2017, eu fui com minha mãe, pai e irmã conhecer restaurante L’Entrecôte de Paris no Casa Shopping na Barra da Tijuca. Fomos convidados a apreciar os sabores da França dentro do Rio de Janeiro.

IMG_5857.JPG

O Restaurante é todo ambientado no estilo francês com muito uso do vermelho na parte decorativa. Logo na entrada fomos recebidas pela Hostess que nos encaminhou até o salão. Tão logo nos acomodamos o garçom veio nos atender.

Nos foi servido como entrada um Steak Tartare. Esse prato nada mais é do que uma carne crua, batida e temperada na hora. Mas se você não come carne crua, não se preocupe, não tem gosto de carne. É um prato saborosíssimo, muito bem temperado e com o sabor bem apimentado, então, ela não é aconselhada para quem não gosta de pimenta. Esse prato custa R$ 40,00 e acompanha torradinhas, ele serve bem até 4 pessoas já que se trata só de uma entrada.

IMG_5796.JPG

Logo em seguida nos foi servido a salada que faz parte da dupla que compõem o prato principal. Essa salada é um mix de folhas verdes com tomate cereja e nozes e um molho de iogurte. Essa salada é uma explosão de sabores na boca, não é uma salada sem graça. Esse molho deixa um rastro de sabor maravilhoso na boca e as nozes dão conta de deixar o prato crocante.

IMG_5803.JPG

O L’Entrecôte é um restaurante de um prato só! O conceito do restaurante é servir apenas um prato principal que é o Entrecôte. Esse nome vem do corte da carne, um contra filé.

A especialidade da casa é servir a carne em 6 diferentes tipos de pontos, que vão de um “selado” ao bem passado. No menu clássico (servido aos fim de semanas e feriados e a noite) a carne tem 180g e no menu executivo (servido de segunda a sexta das 12:00h as 15h:30, exceto feriados) a carne tem 150g. Por cima da carne vem um molho (que você pode pedir para vir separado), que é um verdadeiro manjar dos deuses, com o sabor suave, porém bastante marcante esse molho é feito com 21 ingredientes, dentre eles especiarias, e por 4 processos de cozimento, que o deixam com uma coloração amarela e uma consistência cremosa. O molho é secreto e não adianta perguntar que eles só lhe contarão o que estou lhe contando aqui rsrs.  Esse prato também vem com batatas fritas em cortes bem fininhos e muito crocantes. Para os apaixonados por batatas fritas, podem comemorar, pois elas são em sistema de refil, então vale pedir mais, e o molho também pode ser repetido.

XLKN5475.jpg

O Menu executivo tem o valor de R$ 57,80 e o menu clássico tem o valor de R$ 69,90.

Para os vegetarianos o restaurante oferece uma opção de salada, a saison que muda 4 vezes por ano.

Então chegou a cereja do bolo, a hora da sobremesa. Escolhemos o La Surprise au Chocolat (R$ 27,90) que é uma bola de chocolate que derrete quando é jogado mais chocolate em cima revelando assim uma bola de sorvete, essa sobremesa é deliciosa. Também ganhamos a Ópera um delicioso bolinho de creme e chocolate; Essa sobremesa é uma cortesia do restaurante para as mães que almoçarem lá no Dia das Mães.

IMG_5818

Se vocês quer presentear a sua mãe com um almoço no restaurante, é necessário correr para fazer a sua reserva no site (http://www.lentrecotedeparis.com.br), assim você evita fila de espera.

Além de uma ótima escolha para você levar sua mãe para almoçar nesse domingo de Dia das Mães, esse é um maravilhoso restaurante para um jantar a dois, ou em família, ou até mesmo para desfrutar de bons momentos ao lado de amigos de deliciando com essa gastronomia.

Eu adorei o restaurante, o atendimento, e todos os pratos que nos foram servidos. Tudo bastante caprichado e saboroso e com certeza viraremos consumidores ávidos.

IMG_5834

 

Todos os valores são valores em uso até a data deste post (12/05/2017)

 

 

 

 

Economia

Churrasco Bom e Barato!

Sabe aquele churrasquinho de domingo, que você chama os amigos, a família, coloca a cerveja na geladeira e muito carvão na churrasqueira para queimar o dia inteiro, regado a muita conversa e diversão, sabe?! Então, pega o papel e a caneta que e eu vou te dar dicas de como fazer um “Xurras” (como chamamos carinhosamente aqui no Rio), bom e barato!

RTEmagicC_Carne_Churrasco.jpg
Imagem: http://www.ibahia.com

Planeje a Compra!

Antes de sair para o supermercado e sair comprando tudo que vê pela frente sem nem saber o que vai mesmo usar e a quantidade que vai usar, coloque tudo na ponta do lápis. Anote tudo o que vai realmente ser necessário e na conta certa.

Em média em um churrasco em casa uma pessoa consome cerca de 400g de proteína, já contando a carne, a linguiça e o drummet de frango. Mas essa quantidade pode diminuir se você acrescentar outros itens nesse “Xurras”, como por exemplo, pão de alho, peito de frango e kafta, além dos acompanhamentos como arroz, farofa, maionese, salada e molho a campanha.

Não se prenda a Picanha!

Não é só de Picanha que se faz um bom churrasco! Uma alcatra fresquinha e até mesmo um filé de costela, são bem mais baratos e tão saborosos quanto uma picanha.

Acompanhe as Ofertas!

Planejando com ao menos uma semana de antecedência, você poderá acompanhar as ofertas da semana e correr pra garantir um melhor preço.

Não mexa no Carvão!

Você sabia que mexer demais no carvão faz com que ele seja consumido mais rápido?! Então coloque uma quantidade razoável e só mexa na hora que precisar colocar mais.

Calcule a Bebida!

Em média uma pessoa em um churrasquinho entre amigos consome 1 litro e meio de bebida, então faça esse calculo na hora de comprar as bebidas e veja se é mais barato comprar garrafa (1, 2 ou 3 litros) ou até mesmo latinha.

Rache a Conta!

Não é vergonha alguma fazer um “Xurras” e todos dividirem a conta! Afinal assim sai baratinho para todos, a diversão ta garantida e ninguém fecha o mês no vermelho.

Passeios, Sabores

Cota 200 Restaurante – Morro da Urca

Quem me acompanha lá nas redes sociais pode ver que segunda passada foi aniversário do meu pai e que ele escolheu almoçar em um restaurante no Morro da Urca para comemorar mais um ano de vida.


O morro da Urca é o primeiro morro do famoso Pão de Açúcar que é o nome do segundo morro. O restaurante Cota 200, está localizado lá no topo do morro da Urca a mais de 200 metros acima do nível do mar, oferecendo toda a exuberância da beleza do Rio como vista.

O restaurante é relativamente novo no lugar, eu lembro que fui ao Moro da Urca a última vez a cerca de 9 anos e ele não estava lá, mas já tem alguns anos que meu pai desejava conhecer e nós sempre enrolávamos por ter que subir ao morro rsrs. Quem faz reserva no restaurante não paga a subida do bondinho ao primeiro morro e após a refeição basta apresentar os tickets, que lhe foram entregues na subida, para o garçom e ele irá validar a descida.


Subimos e fomos direto para o restaurante que estava vazio, tinha apenas umas 4 mesas ocupadas com poucas pessoas, mas também era segunda –feira.  O restaurante tem um ambiente bem agradável com mesas espaçosas e uma decoração bem  requintada com tons de cinza, branco e preto.

Para a entrada pedimos um Palmito Ecológico assado na casca e gratinado com queijo colonial, acompanhando de uma salada de folhas e flores. Esse prato estava uma delícia, ele vem bem servido com um grande pedaço de palmito em 2 partes com o queijo gratinado por cima e a salada ao centro. O Palmito estava macio e bem saboroso, mas a atenção ficou para o queijo gratinado é saborosíssimo .


Já no prato principal cada um pediu um prato diferente. Minha irmã e mãe pediram uma picanha de sol que estava com uma aparência ótima e segundo elas com o sabor melhor ainda, meu pai pediu um medalhão que me deixou com água na boa de apetitoso que estava (quem me conhece sabe que sou amante de carne vermelha) e eu escolhi um camarão VG grelhado com risoto Zafferano, gran formaggio e tomatinhos confit.

O meu prato estava D-I-V-I-N-O. A única coisa que eu conhecia era o camarão, mas como gosto de provar coisas diferentes, me arrisquei e não me arrependi. O Risoto de Zafferano é um risoto com vinho branco e açafrão, o meu tipo de vinho preferido com um dos meus temperos preferidos, não podia ser melhor. Já o Gran Formaggio é um tipo de queijo que ornava super bem com o prato. Tudo no ponto certo e muito suculento, só faltou um pouco de sal no camarão, para o meu gosto, já que eu gosto de comida um pouco mais salgada.


Para beber nós pedimos um vinho branco da região sul do Brasil, L.A. SAUVIGNON BLANC da safra de 2015, que nos foi indicado pelo garçom como um dos carros chefes da casa, um vinho do qual eles não tem reclamação, e realmente não tivemos o que reclamar.  A carta de vinhos do restaurante é digital e separada por uva, País, tipo de vinho, o que facilita muito a busca pelo vinho perfeito. Quando você abre os detalhes do vinho, vem dizendo a origem, safra, com o tipo de comida que combina, o fabricante, porcentagem de álcool e o preço.


Para a sobremesa, somente eu e minha Irmã dividimos um mouse de chocolate duo com um sorvete de coco. Junto ao sorvete vieram raspas de coco torrado que deu uma leve crocância ao sorvete. O Mouse também estava bem saboroso e contrastava com o doce do sorvete já que era meio amargo.


Agora vocês querem saber no preço né, todo mundo quer saber dessa parte. É claro que para comer assim é necessário dar uma coçadinha no bolso, já que uma refeição dessa não sai por menos de R$ 100,00 por pessoa. Claro que também dá pra gastar menos se não pedir uma garrafa de vinho e se não pedir entrada por exemplo. E se vale o que pagamos? Sim, vale muito, pela vista e pelos sabores.


Depois da refeição ainda ficamos um pouco apreciando o Rio de Janeiro lá de cima, em um dia de turistas ao lado das pessoas que mais amamos, uns aos outros.

 

Nova York, Sabores, Viagens

Shake Shack – O melhor hambúrguer de Nova York

Quando estava me preparando para passar uma temporada em Nova York, no fim do ano passado, eu pesquisei muito sobre a Cidade, apesar de eu já saber bastante coisa uma vez que sempre foi meu sonho ir pra lá.

IMG_8644.JPG

Nessas minhas pesquisas incansáveis eu cheguei ao Shake Shack, hamburgueria Nova-iorquina queridinha dos moradores e turistas, aí logo cheguei à conclusão de que eu precisaria provar e assim eu fiz logo nos primeiros dias em solo americano.

Fui a mais tradicional, a primeira loja da rede foi fundada em 2004 na Madison Square Park e era apenas um carrinho de comida como outros que tem em Nova York.

O nova-iorquino tem verdadeira paixão por tudo que é regional, por tudo que é criado lá e talvez esse seja um dos motivos pelo rápido crescimento da rede, mas com certeza não é só por isso.

O lanche é realmente muito bom e diferente de qualquer rede de fast food, em Nova York as pessoas, não gostam do Mc Donalds e elas tem razão em não gostar com a oferta de lanches maravilhosos que eles têm, e nesse caso não falo só do Shake Shack.

Eles têm um molho super especial e delicioso que acompanha os sanduíches, o Milk Shake é o melhor da vida, é muito bom mesmo e a batata é engraçadinha já que tem um corte tipo uma sanfoninha, mas o sabor dela é bem normalzinho, nada demais.

Se eu acho que vale a pena conhecer?Com certeza que vale, eu mesma comi quando cheguei, comi diversas vezes durante minha temporada lá e comi pra encerrar a viagem hahaha. A diversidade de sanduíches e bebidas é boa.  O preço é razoável para o tamanho do lanche que é menor que o que estamos acostumados aqui no Brasil, mas é o suficiente, eu pelo menos fiquei satisfeita.

Só cuidado com os camundongos que tem ao ar livre na Madison Square Park e ficam indo e vindo nas mesas, se tem medo é melhor escolher uma loja fechada.

Vou deixar o link do vlog do dia que fui pela primeira vez e vocês poderão assistir aqui!

 

Sabores

Restaurante – Rota 66

Dia gastronômico por aqui e vou falar de um restaurante que fui já tem um tempinho, o Rota 66. O restaurante é uma rede e eu fui à filial de Ipanema, no Rio de Janeiro.

13873022_1204801752898571_1085543757815457969_n

O Rota 66 é um restaurante de comida mexicana com decoração inspirada na famosa Rota 66 que cruza vários estados Americanos. A decoração não é muito caprichada, mas o ambiente e o atendimento são bem agradáveis.

Como fomos em um grupo, fechamos um cardápio previamente que seria nos servido lá. Esse cardápio era composto de tacos, tortillas, burritos, guacamole e outros itens da gastronomia mexicana. A comida é deliciosa, há um capricho na preparação que vai até a apresentação do prato. Eu provei de tudo um pouco, mas com certeza o meu preferido foi a flauta de camarão. Normalmente quando comemos algo de camarão vem com aqueles camarões pequeninos e com um molho com cheiro de camarão muito do sem graça né, mas esse não! Os camarões são grandes e vem com um creme branco super saboroso, se gosta e não é alérgico pode apostar nesse pedido que não irá se arrepender!!!

13782183_1204804349564978_6414681218137377157_n

13882642_1204804316231648_6769955265465730976_n

13880274_1204804309564982_1330176733254147799_n

O preço não foge muito dos já praticados preços aqui no Rio de Janeiro, como fechamos um cardápio para um grupo, pagamos aproximadamente R$ 80,00 por pessoa e nesse preço já estava incluso bebidas (não alcoólicas) e sobremesa.