Olimpíadas, Passeios, Reflexão

Olimpíadas e Paralimpíadas – O que Vivi?

img_8131

Enquanto arrumava algumas coisas fora do lugar no meu quarto, peguei nos ingressos das Olimpíadas e das Paralimpíadas e me vi repensando momentos que vivi nos Jogos e é por isso que no post de hoje quero falar sobre as experiências que tive.

Enquanto todos estavam empolgados com as inscrições para se voluntariar ou trabalhar na “campanha” Rio 2016 eu confesso que estava pouco ligando. Eu estava vivendo um sonho, morando em Nova York então pouco pensava nas Olimpíadas e Paralimpíadas, porém no fim do mês de janeiro eu estava de volta ao Brasil. Por aqui a expectativa era grande, mas eu pouco me interessava ainda. Com a tocha chegando ao Brasil e os canais televisivos fazendo contagem regressiva para o inícios dos jogos, começou a despertar em mim uma vontadezinha de participar de alguma forma desse mega evento.

Já não dava mais para ser voluntária, para trabalhar também não havia tanta oferta então restava ser expectadora. Começamos, eu e minha irmã, a pesquisar preços e vimos cada valor absurdo que acabamos ficando desestimuladas, porém a apenas duas semanas do maior evento esportivo do mundo, a inquietude tomou conta e decidimos comprar qualquer esporte apenas para que pudéssemos ir.

Compramos Vôlei de Praia e Atletismo, e ficamos ansiosas esperando o dia, mas antes estávamos tão empolgadas que nas vésperas compramos Futebol Feminino e depois ainda compramos Pólo Aquático.

Vivi momentos maravilhosos, pude sentir a vibração de coisas boas que circundam os jogos, pude ver de perto atletas que quebram paradigmas diariamente e pude presenciar momentos memoráveis.

img_6892

Já para os Jogos Paralímpicos os ingressos estavam mais em conta, mas estávamos com alguns outros planos, como a viagem para Campos do Jordão, mas não queríamos perder essa emoção e foi por isso que quando um amigo nos convidou para assistir ao ensaio da cerimônia de abertura não hesitamos e aceitamos na hora e depois ainda conseguimos assistir a partidas de GoalBall.

E as Paralimpíadas foram ainda mais especiais, pude ver verdadeiros heróis, sem capas e quebrando todos os estereótipos que a sociedade impõe como verdades absolutas. Se nas olimpíadas eu pude aprender que sempre é possível superar, nas paralimpíadas eu percebi que sempre é possível SE superar.

img_8228

Não existe fraqueza se você não quiser que ela seja, existem apenas obstáculos que estão ali por apenas uma razão: serem transpassados.

O que eu senti nesses momentos na Rio 2016 foi algo que me deixou mais forte e que ninguém no mundo poderá tirar de mim. A ESPERANÇA sem dúvidas move o homem e o homem move o mundo.

E quem sabe não me movo em direção à Tóquio 2020? Quem sabe?!

 

Destinos, Olimpíadas

Vlog Olimpíadas #5

Oie,

O último vlog das Olimpíadas foi ao ar. Ufa, demorou né.

Com a correria dos últimos dias não consegui editar antes, por isso só estou postando hoje.

Dessa vez visitamos algumas Casas de Países que estavam aqui no Rio, apresentando um pouco de suas culturas.

Espero que gostem!!!!

 

Facebook: https://www.facebook.com/Michele-Raggio-352714094918165/
Instagram: https://www.instagram.com/michelerdr/
Twitter: https://twitter.com/MicheleRaggio
Email: michelerdr@globo.com

Destinos, Olimpíadas

Vídeo: Vlog Olimpíadas #4

Ainda tem vlog olímpico e dessa vez foi dia de Atletismo e de  Usain Bolt.

Foi uma manhã maravilhosa e teve até pódio nesse dia.

Espero que gostem!!!!

Site do leilão do Polonês (assiste o vídeo que eu conto melhor): http://charytatywni.allegro.pl/srebrny-medal-olimpijski-piotra-malachowskiego-i3502723

Até a próxima!!!

Destinos, Olimpíadas

O que falar dessa Olimpíada?

O que falar dessa olimpíada?

13882506_1086889171399753_3595462969934626438_n

Tudo começou meio que como um sonho a 7 anos atrás. A Cidade do Rio de Janeiro se transformou num caos urbano de tantas obras que surgiram ao mesmo tempo. Projetos sociais foram aprimorados e uma política de segurança nova foi colocada em pratica.

Faltando apenas 1 ano para os Jogos as coisas na Cidade começaram a desandar. Uma forte crise econômica assolou mesmo o País, uma crise que já vinha se arrastando, mas que não acreditávamos que seria tão séria, com ela os problemas se tornaram mais latentes. A segurança pública apresentou sérios sinais de falência do órgão, deixando a população literalmente à mercê da sorte; As obras pareciam sem fim e que o prazo para entrega não seria antes dos jogos, conforme prometido; O desemprego crescente foi deixando a população cada vez mais insatisfeita e revoltada com toda razão; E a ameaça de terrorismo em solo brasileiro, já não bastasse a nossa “guerra civil” precisaríamos lidar com radicais.

Então as Olimpíadas chegaram, em meio a uma sociedade descrente e com a certeza de que não seria um sucesso! Mas então as obras foram entregues, o Rio de Janeiro se tornou a Cidade mais vigiada e segura do mundo, a festa e o esporte foram invadindo nossa rotina de deixando nossos medos no fundo de um baú velho que não precisa ser mostrado ao mundo.

Fomos inundados por um sentimento de compartilhamento que o carioca já possui, mas que estava guardado no fundo armário, nós mostramos ao mundo que somos sim um povo feliz e abençoado. Assumimos que temos sim problemas, e quem não tem, mas nós mesmos iremos resolvê-los. Mostramos o quanto somos patriotas, eu mesmo não conhecia esse lado nosso imagina o mundo, deixamos claro que teremos muita satisfação em recebê-los, mas que não aceitaremos desaforos!

Mostramos ao mundo que um País da América do Sul, pode sim sediar um evento de grande porte e deixar todos com gostinho de quero mais.

Mostramos ao mundo a que viemos e que a partir de agora não aceitamos nada menos que a mesma recepção que oferecemos.

Um legado enorme ficou pra nós, muitas melhorias e principalmente um jeito novo de ver a vida!!!!!

13886328_1086431771445493_8142724055940588273_n.jpg

Eu amei viver cada momento disso e viveria tudo de novo!!!!

 

Destinos, Olimpíadas

Vídeo: Vlog Olimpíadas #3

Mais um vlog que fiz em um dia de Jogos Olímpicos.

Dessa vez fui assistir ao Polo Aquático, no estádio Maria Lenk, lá no Parque Olímpico da Barra, com minha irmã e amigos.

Tirei foto com a tocha olímpica, com os mascotes e mostro tudo pra vocês!

Espero que gostem!!!!

Não se esqueçam de me seguir nas redes sociais e acompanhar tudo em tempo real!

Destinos, Exercícios, Olimpíadas

Esportes Olímpicos na sua rotina

Que tal aproveitar o clima olímpico e adaptar alguns esportes para sua rotina?!

É sobre isso que eu venho falar hoje. Existem esportes de alto rendimento nos Jogos Olímpicos que podem vir por dia a dia e fazer muito bem a saúde.

O primeiro deles, é um esporte que eu descobri a cerca de 2 anos e que eu amo praticar, que é a Corrida. Claro que olimpicamente pensamos logo e Bolt, Vanderlei Silva e muito outros atletas de ponta, mas esse é um dos esportes mais praticado ao redor do mundo e é possível praticá-lo nas ruas ou ate na esteira. Esse esporte pode ter um gasto calórico de 600 calorias por hora, ta bom né.

13310458_1037849569637047_7017258837399261188_n

Outro que também tem muitas variações é a Natação. Claro que nadar como o Phelps é um pouquinho difícil né, rsrsrs, mas dá pra praticar esse esporte como estilo de vida que pra saúde é maravilhoso, já que mexe com todos os músculos e chega a queimar 400 calorias por hora.

E quem nunca ouviu o ditado popular: “é como andar de bicicleta, a gente nunca esquece”, pois é uma vez aprendido, jamais esquecido. Então que tal tirar aquela bicicleta esquecida lá no “cantinho da bagunça” e colocar ela pra trabalhar? O ciclismo como um esporte olímpico de alto rendimento, tem um consumo calórico astronômico, mas no dia a dia você também pode gastar 700 calorias por hora. E você ainda tem a opção de bicicleta ergométrica.

Tem muitos outros esportes que podem ser adaptados, basta você escolher aquela modalidade que mais te agradar e começar a praticar.

 

Destinos, Olimpíadas

Vídeo: Vlog Olimpíadas #2

Oi pessoal,

Sei que sumi por 3 dias, mas é que com as Olimpíadas no seu auge eu tenho ido a muitos jogos e eventos e não estou conseguindo dar conta de tudo, mas ainda vai ter muito post e muito vlog olímpico por aqui.

Hoje é dia de vlog e nesse vídeo tem vôlei de praia e tem Brasil!

Espero que tenham gostado e não se esqueçam de me acompanhar nas redes sociais que vão saber por onde estou andando!

Facebook: https://www.facebook.com/Michele-Raggio-352714094918165/
Instagram: https://www.instagram.com/michelerdr/
Twitter: https://twitter.com/MicheleRaggio
Blog: https://micheleraggio.com.br/

Destinos, Olimpíadas

Como economizar nas Olimpíadas!

Hoje vou dar uma dica para quem está aqui pelo Rio e ainda vai curtir algum esporte. A dica é para economizar com alimentação e outros itens necessários.

Dá pra economizar? Dá sim.

mascot-both_new
Imagem: Rio2016 – Divulgação

Gente, todos sabemos que quando se trata de grandes eventos os valores gastronômicos são absurdos, mas dessa vez as empresas abusaram da nossa boa vontade.

Pra vocês terem uma idéia uma coca cola de 600 ml custa R$ 10,00, uma água (garrafa) R$ 8,00, uma batata que nem Ruffles é custa R$ 6,00. Tudo muito acima do aceitável e é por isso que resolvi fazer esse post.

Muitas pessoas não sabem, mas é permitido levar comida. Você pode levar qualquer alimento não perecível, industrializado desde que lacrado, ou seja, biscoitos, barrinhas de cereal e muito mais e sem limite máximo.

Não é permitido entrar com líquidos, mas pode levar sua garrafinha e encher nos bebedouros que tem em todos os locais de competição. Não é permitido garrafas de vidro, somente plástico.

Está liberado, medicamentos, repelentes e itens de higiene pessoal. Não pode levar guarda chuva, então garanta sua capa de chuva e com antecedência pra não pagar caro na porta na mão de ambulantes.

Depois dessas dicas é só curtir!!!! Bons Jogos!!!

 

 

Destinos, Olimpíadas, Videos

Vídeo: Vlog Olimpíadas #1

Saiu o primeiro vlog olímpico do canal! êêêêêêê

Sábado, dia 06/08/2016, fui com minha família a Casa Aliansce que está no Shopping Via Parque aqui no Rio, lá nos divertimos bastante e assistimos a alguns jogos olímpicos. À noite fui com minha irmã e uma amiga assistir Brasil x Suécia no futebol feminino.

As meninas venceram de 5 x 1 e não tenho como explicar como foi maravilhosa essa experiência e é por isso que quero dividir com vocês e espero que gostem!!!!

Deixem o seu like e se inscrevam no canal que as olimpíadas estão só começando e vai ter mais vlog no canal!!!!

 

Destinos, Olimpíadas, Passeios

Fim de semana Olímpico

O que foi esse fim de semana olímpico?

Tudo bem que não foi muito bom para o esporte do Brasil, mas a torcida merece suas medalhas.

b6080mf2er7cmbigyg5uyfc1j
Imagem: Reprodução Twitter

Claro que teve também a ótima performance de Felipe Wu que garantiu a prata no tiro, um esporte pouco valorizado por aqui, também teve vitórias em esportes coletivos já tradicionais no Brasil. Foi um fim de semana de algumas surpresas boas e ruins.

Estou acompanhando muitas pessoas, principalmente torcedores estrangeiros, reclamando da nossa torcida, mas esse é o espírito brasileiro e não queremos ser diferentes.

Concordo que em alguns esportes, como o tiro, por exemplo, é preciso menos exaltação e bastante silêncio, porém em outros esportes a torcida pode ser o braço a mais que falta a um atleta da natação por exemplo.  O Phelps mesmo falou da emoção com a torcida.

A verdade é que somos um povo caloroso e não é vergonha alguma ser assim. Se outros povos não tem essa paixão toda, também não é vergonha, tudo isso é apenas uma característica.

torcida
Foto: Reuters

O que não podemos é deixar que a famosa síndrome de vira lata que já nos assombra seja colocada em cheque por pessoas que não conhecem nada da nossa História.

Então vamos continuar empurrando nossos atletas, mas que também possamos respeitar os adversários e os esportes que precisam de uma maior concentração.

Amanhã tem vlog lá no canal do jogo das meninas do Brasil. Foi muita emoção e eu gravei tudinho pra compartilhar com vocês!!!!