Gastronomia, Rio de Janeiro, Sabores

Restaurante Flutuante Rio

Nesse último domingo (17/03/2019) fui com minha família almoçar no restaurante Flutuante Rio, que fica na Urca, bem aos pés do Pão de Açúcar na Baía de Guanabara.

RESERVE SEU CARRO AQUI

A minha mãe havia ganho o sorteio que o restaurante fez no Instagram com um outro perfil parceiro e ganhou um almoço para ela e um acompanhante. Nesse almoço ela tinha e o acompanhante tinham direito cada um a uma entrada, um prato principal, uma sobremesa e um drink.

Para acessar o restaurante somente com uma “balsa” que o próprio restaurante possui e que cobra R$10,00 por pessoa, ida e volta. Achei essa cobrança bastante injusta, já que o trajeto não é nada longo e o gasto que você tem no restaurante com certeza paga essa travessia.

Do Flutuante se tem uma vista privilegiada da Cidade. É possível apreciar de pertinho o Pão de Açúcar e o vai e vem dos seus bondinhos, mais ao fundo o Cristo Redentor e a enseada de Botafogo e mesmo que ainda mais distante é possível ver a Ponte Rio-Niterói e o seu fluxo incansável.

Contemplamos bastante e depois de alguns impasses de onde sentar, decidimos por ficar do lado de fora bem pertinho do Pão de Açúcar!

JÁ RESERVOU SUA HOSPEDAGEM?

Pedimos então as duas entradas uma Bruschetta de Brie com Parma e uma de Tomate com manjericão. Cada tábua veio com 5 pequenas e saborosas bruschettas. A primeira custa R$34,00 e a segunda R$28,00. Começaram a perceber que o preço é bem puxado?!

Aí partimos aos pratos principais! Eu pedi a única opção sem carne do cardápio, que é o prato kids, uma massa (farfale ou gravatinha) ao pomodoro, que vou ficar devendo o preço, pois não tinha no cardápio e esqueci de perguntar. Minha mãe pediu um Chateaubriand com risoto de Brie e Damasco – R$75,00, meu pai pediu um Salmão grelhado ao molho de maracujá com arroz 7 grãos e salada (alface com nabo) – R$70,00 e minha irmã pediu o mesmo da minha mãe.

A minha massa estava gostosa, mas nada que não façamos em casa. Provei o risoto da minha mãe e o da minha irmã e percebi que o da minha mãe veio mais saboroso que o da minha irmã apesar do prato ser o mesmo. O da minha irmã parecia um arroz papado sem sal com Damasco e Brie (as únicas coisas que salvavam no prato). As carnes e o prato do meu pai não provei, mas foi consenso entre eles de que a comida é normal, não tem nada demais. Então o preço que pagamos não vale os pratos principais.

Antes da sobremesa o nosso garçom ofereceu água da casa, o que achei bem legal, pois os restaurantes do Rio de Janeiro, apesar de já ser lei, não gostam quando o cliente pede e menos ainda parte deles a iniciativa de oferecer.

Partimos então para as sobremesas, o cardápio dispõe de 3 opções e o cada uma custa R$26,00. Pedimos um brownie com sorvete de doce de leite e castanhas (mas na verdade era um brownie com sorvete de creme, com doce de leite e castanhas) e Panelinha de Marshmallow com ganache de chocolate amargo e sorvete de doce de leite (que na verdade eram marshmallows em cima de um punhado de doce de leite). As sobremesas não eram exatamente o que estava no cardápio, porém estavam saborosas.

Entre as refeições consumimos alguns drinks e suco, duas capivodkas – R$25,00 e R$29,00, um Apple Martini – R$34,00, uma Margarita Blue – R$34,00 e um suco de limão – R$12,00.

Nosso conta deu R$219,52, isso já que não pagamos a maior parte dos pratos pois minha mãe havia ganho o sorteio, caso contrário a conta teria dado mais de R$550,00.

A vista é incrível, os drinks são bem saborosos, mas a comida deixa muito a desejar, a apresentação é ótima, mas o sabor não é dos melhores. O atendimento que tivemos foi bastante agradável, porém tudo demorou muito a chegar.

FAÇA SEU SEGURO VIAGEM

Em minha opinião não vale mesmo o preço! Vale se for até lá apenas para tomar um drink, curtir uma música (eles têm DJ no deck e apreciar a vista, para almoçar não aconselho mesmo, os preços são salgados e o sabor não compensa.

Um recado para as pessoas que costumam enjoar com o balanço do mar, estejam preparadas, pois conforme a tarde avança as águas ficam mais agitadas e balança bem, mas também não é nada mais que uma marola mais forte.

obs: O acesso a balsa é em frente ao famoso bar da urca.

Resenhas, Sabores

Snacks Saudáveis da Best Berry

Eu já vinha a algum tempo desejando provar esses snacks da Best Berry e quando eles entraram em contato comigo para me enviar uma caixinha eu fiquei louca de ansiedade para ela chegar.

IMG_3472.JPG

A Best Berry é uma empresa que vende snacks em assinatura mensal. Os snacks são 100% naturais e são veganos, integrais ou orgânicos. Os snacks são livres de corantes, conservantes, xarope de glucose e também sem gordura hidrogenada. Os pacotinhos possuem entre 20 e 40 gramas e são ideais para um lanche entre as refeições.

IMG_3481.JPG

A caixa veio com 10 snacks sortidos. Eu recebi o Copacabana (snack integral com pedacinhos de castanha e gosto de limão), o Habas Tapas (milho espanhol torrado com sal), o Mel Deus (castanha de caju caramelizada com mel), Power Fit (Rodelas de biomassa de banana verde com cebolinha e alho), o Tarde de Outono (biscoitinho de aveia com castanhas e amendoim), o Croc Pop (pipoca caramelizada com nozes e coco), Jingle Berry (pipoca com açúcar orgânico e xarope de tapioca), o My Whey (Pipoca caramelizada com whey protein e cacau belga), o Veggie Valência (rosquilletas integrais com semente de girassol e linhaça), e o Tortinha de Aveia (biscoito de aveia com açúcar de coco e aveia de coco).

IMG_3478.JPG

Eu gostei de todos, menos do Power Fit, que achei meio sem gosto. Agora eu tenho os meus preferidos. O Habas Tapas é um delicia, parece amendoim (não no sabor, somente na crocância), é salgadinho na medida e me deixou com vontade de comer sem parar. Outro preferido foi o Veggie Valência, simplesmente delicioso. As três pipocas também conquistaram meu coração, elas são uma explosão de saber na boca que quando acaba você fica triste.

Não preciso dizer que os snacks acabaram em poucos dias aqui em casa. Nós somos em 4 e a família devorou tudo rapidinho rsrs.

IMG_3452.JPG

Para se tornar assinante dessa caixinha saudável e super saborosa é muito fácil. Basta ir ao site da Best Berry, esse aqui: http://www.bestberry.com.br/,  e então você escolhe o seu plano (10 ou 18 snacks), efetuar todo o seu cadastro adicionando um cartão de crédito para o pagamento. A assinatura poderá ser cancelada no momento em que desejar, “sem multa, sem culpa e sem dor” (palavras da própria marca).

E tem mais uma surpresa pra você que está lendo esse post! Tem cupom de desconto sim!!!!!

É só usar o cupom miche355 que você ganhará R$20,00 em desconto na compra da sua primeira caixinha (e você também estará me ajudando a gerar ainda mais conteúdo para o blog).

Rio de Janeiro

Restaurante Temático Vikings

Quem me acompanha lá no instagram (quem não me acompanha ainda, segue aqui: https://www.instagram.com/micheleviaja/) sabe que fui com a minha irmã e amigos ao Vikings e então resolvi trazer uma resenha pra vocês.

O Vikings é um restaurante temático, tendo sua primeira unidade inaugurada em 2012 em Nova Iguaçu no Rio de Janeiro. Ele é todo decorado com a temática Viking e especializado na culinária americana.


Fomos à unidade da Tijuca/Maracanã, que fica na R. Almirante João Cândido Brasil, 86 – Maracanã. Esse restaurante fica bem pertinho da Praça Varnhagem, popularmente conhecida como Buxixo, por causa do restaurante Buxixo.

O restaurante não estava muito cheio, acredito que por ser uma quinta feira e já termos chegado por lá por volta das 22:00hrs. O atendimento foi rápido e agradável, aliás o clima todo do restaurante é bem agradável e descontraído. Logo que fomos atendidos, nos ofereceram o Hidromel, uma bebida viking alcoólica fermentada a base de água e mel, eu provei e achei uma delícia.


Para comer nós pedimos o Vikings Special Combo, que vem com costelinhas, anéis de cebola, torradinhas de alho e um franguinho frito, e o Mex Viking combo que vem quesadilla, nachos e bonelles (são uns pedaços de frango desossados).

Estava tudo uma delícia, eu gostei bastante do tempero de todos os itens que eu provei.

O custo médio por pessoa no restaurante é de aproximadamente R$ 60,00 já com bebidas.

Você pode pedir aos garçons os chapéus vikings para tirar fotos, é bem divertido e faz parte da temática do local.

Site do restaurante: http://vikingsbr.com/

Sabores, Videos

Vídeo: Brincando de Cozinhar – Legumes no Vapor, Almôndegas de Carne Moída e Purê de Batata

Vem cozinhar comigo!

Preparei um almocinho bem delícia e simples e resolvi dividir com vocês.

Espero que gostem!!!!

Não se esqueçam de se inscrever no canal!!!!

Passeios, Sabores

Cota 200 Restaurante – Morro da Urca

Quem me acompanha lá nas redes sociais pode ver que segunda passada foi aniversário do meu pai e que ele escolheu almoçar em um restaurante no Morro da Urca para comemorar mais um ano de vida.


O morro da Urca é o primeiro morro do famoso Pão de Açúcar que é o nome do segundo morro. O restaurante Cota 200, está localizado lá no topo do morro da Urca a mais de 200 metros acima do nível do mar, oferecendo toda a exuberância da beleza do Rio como vista.

O restaurante é relativamente novo no lugar, eu lembro que fui ao Moro da Urca a última vez a cerca de 9 anos e ele não estava lá, mas já tem alguns anos que meu pai desejava conhecer e nós sempre enrolávamos por ter que subir ao morro rsrs. Quem faz reserva no restaurante não paga a subida do bondinho ao primeiro morro e após a refeição basta apresentar os tickets, que lhe foram entregues na subida, para o garçom e ele irá validar a descida.


Subimos e fomos direto para o restaurante que estava vazio, tinha apenas umas 4 mesas ocupadas com poucas pessoas, mas também era segunda –feira.  O restaurante tem um ambiente bem agradável com mesas espaçosas e uma decoração bem  requintada com tons de cinza, branco e preto.

Para a entrada pedimos um Palmito Ecológico assado na casca e gratinado com queijo colonial, acompanhando de uma salada de folhas e flores. Esse prato estava uma delícia, ele vem bem servido com um grande pedaço de palmito em 2 partes com o queijo gratinado por cima e a salada ao centro. O Palmito estava macio e bem saboroso, mas a atenção ficou para o queijo gratinado é saborosíssimo .


Já no prato principal cada um pediu um prato diferente. Minha irmã e mãe pediram uma picanha de sol que estava com uma aparência ótima e segundo elas com o sabor melhor ainda, meu pai pediu um medalhão que me deixou com água na boa de apetitoso que estava (quem me conhece sabe que sou amante de carne vermelha) e eu escolhi um camarão VG grelhado com risoto Zafferano, gran formaggio e tomatinhos confit.

O meu prato estava D-I-V-I-N-O. A única coisa que eu conhecia era o camarão, mas como gosto de provar coisas diferentes, me arrisquei e não me arrependi. O Risoto de Zafferano é um risoto com vinho branco e açafrão, o meu tipo de vinho preferido com um dos meus temperos preferidos, não podia ser melhor. Já o Gran Formaggio é um tipo de queijo que ornava super bem com o prato. Tudo no ponto certo e muito suculento, só faltou um pouco de sal no camarão, para o meu gosto, já que eu gosto de comida um pouco mais salgada.


Para beber nós pedimos um vinho branco da região sul do Brasil, L.A. SAUVIGNON BLANC da safra de 2015, que nos foi indicado pelo garçom como um dos carros chefes da casa, um vinho do qual eles não tem reclamação, e realmente não tivemos o que reclamar.  A carta de vinhos do restaurante é digital e separada por uva, País, tipo de vinho, o que facilita muito a busca pelo vinho perfeito. Quando você abre os detalhes do vinho, vem dizendo a origem, safra, com o tipo de comida que combina, o fabricante, porcentagem de álcool e o preço.


Para a sobremesa, somente eu e minha Irmã dividimos um mouse de chocolate duo com um sorvete de coco. Junto ao sorvete vieram raspas de coco torrado que deu uma leve crocância ao sorvete. O Mouse também estava bem saboroso e contrastava com o doce do sorvete já que era meio amargo.


Agora vocês querem saber no preço né, todo mundo quer saber dessa parte. É claro que para comer assim é necessário dar uma coçadinha no bolso, já que uma refeição dessa não sai por menos de R$ 100,00 por pessoa. Claro que também dá pra gastar menos se não pedir uma garrafa de vinho e se não pedir entrada por exemplo. E se vale o que pagamos? Sim, vale muito, pela vista e pelos sabores.


Depois da refeição ainda ficamos um pouco apreciando o Rio de Janeiro lá de cima, em um dia de turistas ao lado das pessoas que mais amamos, uns aos outros.

 

Destinos, Nova York, Sabores

Shake Shack – O melhor hambúrguer de Nova York

Quando estava me preparando para passar uma temporada em Nova York, no fim do ano passado, eu pesquisei muito sobre a Cidade, apesar de eu já saber bastante coisa uma vez que sempre foi meu sonho ir pra lá.

IMG_8644.JPG

Nessas minhas pesquisas incansáveis eu cheguei ao Shake Shack, hamburgueria Nova-iorquina queridinha dos moradores e turistas, aí logo cheguei à conclusão de que eu precisaria provar e assim eu fiz logo nos primeiros dias em solo americano.

Fui a mais tradicional, a primeira loja da rede foi fundada em 2004 na Madison Square Park e era apenas um carrinho de comida como outros que tem em Nova York.

O nova-iorquino tem verdadeira paixão por tudo que é regional, por tudo que é criado lá e talvez esse seja um dos motivos pelo rápido crescimento da rede, mas com certeza não é só por isso.

O lanche é realmente muito bom e diferente de qualquer rede de fast food, em Nova York as pessoas, não gostam do Mc Donalds e elas tem razão em não gostar com a oferta de lanches maravilhosos que eles têm, e nesse caso não falo só do Shake Shack.

Eles têm um molho super especial e delicioso que acompanha os sanduíches, o Milk Shake é o melhor da vida, é muito bom mesmo e a batata é engraçadinha já que tem um corte tipo uma sanfoninha, mas o sabor dela é bem normalzinho, nada demais.

Se eu acho que vale a pena conhecer?Com certeza que vale, eu mesma comi quando cheguei, comi diversas vezes durante minha temporada lá e comi pra encerrar a viagem hahaha. A diversidade de sanduíches e bebidas é boa.  O preço é razoável para o tamanho do lanche que é menor que o que estamos acostumados aqui no Brasil, mas é o suficiente, eu pelo menos fiquei satisfeita.

Só cuidado com os camundongos que tem ao ar livre na Madison Square Park e ficam indo e vindo nas mesas, se tem medo é melhor escolher uma loja fechada.

Vou deixar o link do vlog do dia que fui pela primeira vez e vocês poderão assistir aqui!

 

Sabores

Restaurante – Rota 66

Dia gastronômico por aqui e vou falar de um restaurante que fui já tem um tempinho, o Rota 66. O restaurante é uma rede e eu fui à filial de Ipanema, no Rio de Janeiro.

13873022_1204801752898571_1085543757815457969_n

O Rota 66 é um restaurante de comida mexicana com decoração inspirada na famosa Rota 66 que cruza vários estados Americanos. A decoração não é muito caprichada, mas o ambiente e o atendimento são bem agradáveis.

Como fomos em um grupo, fechamos um cardápio previamente que seria nos servido lá. Esse cardápio era composto de tacos, tortillas, burritos, guacamole e outros itens da gastronomia mexicana. A comida é deliciosa, há um capricho na preparação que vai até a apresentação do prato. Eu provei de tudo um pouco, mas com certeza o meu preferido foi a flauta de camarão. Normalmente quando comemos algo de camarão vem com aqueles camarões pequeninos e com um molho com cheiro de camarão muito do sem graça né, mas esse não! Os camarões são grandes e vem com um creme branco super saboroso, se gosta e não é alérgico pode apostar nesse pedido que não irá se arrepender!!!

13782183_1204804349564978_6414681218137377157_n

13882642_1204804316231648_6769955265465730976_n

13880274_1204804309564982_1330176733254147799_n

O preço não foge muito dos já praticados preços aqui no Rio de Janeiro, como fechamos um cardápio para um grupo, pagamos aproximadamente R$ 80,00 por pessoa e nesse preço já estava incluso bebidas (não alcoólicas) e sobremesa.

Destinos, Sabores

Gastronomia em Campos do Jordão

Hoje vou falar mais uma vez de Campos do Jordão.

img_8058

Eu adorei essa Cidade então ainda tenho muito, o que compartilhar sobre ela com vocês. Mas hoje vou falar da gastronomia de Campos (assim chamada por seus moradores).

Como Campos do Jordão é uma Cidade de um friozinho bem gostoso a culinária de inverno reina por lá. Campos oferece uma grande diversidade culinária com passagem pelo mundo inteiro, mas quem topa a dianteira dessa diversidade são as opções alemãs e também o fondue.

Em Vila Capivari, centro turístico de Campos do Jordão, é possível encontrar a maior variedade de restaurantes da Cidade e também é possível comer o famoso pastel do Maluf.  O local tem esse nome, pois o ex-governador de São Paulo foi fotografado lá após sair da prisão em 2005.

Chocolate é outro item culinário que não falta em Campos do Jordão, tem inúmeras chocolaterias e até uma Cacau Show com produtos exclusivos para vendas somente ali.

Gastronomicamente falando você vai comer muito bem por lá, de massas a caldos, de carnes a pastéis e muito mais.

OBS: Fiquem ligados que amanhã vai ter vídeo extra lá no canal! Vídeo das Paralimpíadas!!!

Destinos, Hospedagem

Chá da tarde na Pousada La Toscana

No dia em que cheguei a Campos do Jordão umas das primeiras coisas que fiz com minha irmã, foi ir até a Pousada La Toscana para tomar um chá da tarde a convite deles.

img_7883

A pousada La Toscana fica a aproximadamente 10 minutos de caminhada da praça central de Capivari. Ela fica na parte alta do centro turístico de Campos do Jordão e em meio à mata é possível fazer contato direto com a natureza. A pousada tem atendimento 24 horas na recepção e possui 20 apartamento e 2 dois deles tem varanda. Tem também como área comum um salão com televisão e diversas opções de filmes em DVD.

Fomos ao hotel na sexta feira por volta das 16:30 e pudemos apreciar um por do sol espetacular que nos foi proporcionado pelo posicionamento do salão onde é servido o café da manhã e o chá da tarde que é um lugar bem aconchegante onde ainda é possível ouvir o canto de alguns pássaros.

No chá da tarde foi servido uma variedade de bolos e torta salgada, além de café, leite e chá. Eu comi um bolo de maracujá que estava maravilhoso, eu nunca havia comido bolo de maracujá que eu me lembre e não me arrependi de tê-lo feito, e também comi uma torta de abobrinha que nesse dia era a única opção salgada do Buffet. Quem me conhece sabe que sou muito mais por alimentos salgados do que doces, mas minha irmã que ama doces ficou bem feliz com as opções de bolos doces. A torta de abobrinha estava tão saborosa que eu até repeti, até quem não é muito fã de abobrinha eu aconselharia provar, pois não tem o sabor forte e desmancha na boca.

img_7864

img_7865

O café da manhã e o chá da tarde são servidos apenas para hóspedes, então se quiser provar uma dessas delícias terá que ficar hospedado na pousada.

Se você tem um idoso no grupo ou tem problemas de mobilidade e não estão de carro, a pousada talvez não seja o lugar mais indicado para se hospedar, já que ela fica no alto dificulta o acesso a pé a pessoas com problemas de mobilidade.

Se quiser saber mais da pousada clique aqui!