Reflexão, Viagens

O que te faz feliz?

Vou começar esse texto te questionando: O que te faz feliz?

Você sabe de verdade o que te faz feliz?

Pode parecer uma pergunta banal, mas por mais incrível que possa parecer é a realidade de muitas pessoas, não saber o que realmente deixa elas felizes.

Também é bem comum que sejamos sufocados pelas obrigações do dia a dia e que deixemos de lado tudo o que nos faz feliz.

Acontece que se nós não buscarmos o que nos faz feliz, ninguém o fará por nós. Então é evidente que somos os únicos responsáveis pelo nosso bem estar.

Talvez uma viagem te traga felicidade, então vá viajar, talvez ter muitos amigos te traga felicidade então vá socializar, talvez estar sentado de frente para o mar te traga felicidade então vá para frente do mar, talvez ser rico te faça feliz então corra atrás desse objetivo. Tudo na vida é uma questão de escolha e prioridade, nada é fácil, tudo tem sem bônus e também seu ônus, mas tudo é possível!

Não somos estáticos, somos seres pensantes e prontos a ser adaptar às mais diversas situações, tudo através de uma perspectiva, então escolha a boa!

Vá atrás do que te faz feliz, levante agora e mude a sua rotina.

Comece mudando a sua perspectiva do mundo e depois comece a mudar o seu mundo. Se afaste das pessoas que não te agregam, que só te fazem mal; se programe e largue aquele emprego que não te faz feliz; diga mais Eu te Amo para as pessoas que você ama; busque alternativas para os problemas e não foque nos problemas; tire um dia só pra você; enfim tome atitudes que te façam feliz e você vai perceber como o universo vai conspirar em seu favor.

Lembre-se sempre que a sua felicidade só depende de você!

Então, já pensou? O que te faz feliz?

Anúncios
Reflexão, Viagens

Felicidade e Liberdade

O que é Liberdade pra você? E felicidade?

IMG_6618.JPG

Eu amo escrever sobre coisas que me inspiram, sejam momentos, sentimentos ou qualquer outra coisa que me faça pulsar.

Estou escrevendo esse texto dentro do taxi, na volta pra casa, depois de uma das palestras mais reflexivas que eu já fui ouvinte em minha vida.

Hoje eu ouvi o historiador, professor, escritor e na minha opinião o filósofo Leandro Karnal.

Há algum tempo eu já venho praticando a aproximação das coisas boas e o afastamento das coisas vis (más), e hoje eu tive mais certeza de que estou no caminho certo. Mas vamos ao tema.

Mais uma vez me peguei a refletir sobre esses dois sentimentos e pude compreender um pouco mais sobre a relatividade deles.

Com certeza como eu sinto e o que eu entendo de felicidade não é o mesmo que você entende e sente, e o mesmo se aplica a liberdade.

Eu me reconscientizei de que Liberdade e felicidade dizem respeito muito mais ao somatório de fatores internos do que externos. Essas duas palavrinhas tão simples tem muito mais haver em como estamos conosco mesmos do que em como o mundo nos vê.

E é preciso que tenhamos essa percepção para que possamos nos internalizar em momentos de autoconhecimento para então sabermos exatamente o que cada coisa representa para nós mesmos.

Quebrar diariamente paradigmas de uma sociedade que por muitas vezes parece viver em uma era arcaica, não só por pessoas de pensamentos retrógrados, mas também por pessoas que reclamam até de uma vírgula fora do que seria ortograficamente correto.

Mas posso lhes afirmar uma coisa, diante da minha mais nova concepção, é que felicidade não é a plenitude e sim momentos de plenitude ao longo da vida e que Liberdade não é estar preso ou não a barreiras físicas e sim estar livre das barreiras psíquicas que nós permitimos que outras pessoas criem para nós e que nós mesmos nos impomos.

E tem um detalhe bem importante: Só da pra saber o que te deixa feliz ou o que te faz sentir livre, quando algo nos causa dor, e é nesse instante em que definimos o que queremos ser.

Como disse Karnal “a dor é um fato, o sofrimento é opcional!”

Então, o que é Felicidade e Liberdade pra você?

E o que isso tem haver com o tema do blog? A resposta é simples: Viajar me faz feliz e me faz me sentir livre!!!