Passeios, Viagens

O que fazer no horário de verão

O polêmico horário de verão começou no último sábado, 16/10/2016, e já está como sempre dando muito o que falar. Eu não sou fã numero 1 do verão, apesar de gostar da estação, prefiro o inverno que é mais fresco, hahaha, mas eu sou fã do horário de verão.

img_0889

Com o horário de verão é possível aproveitar mais o dia ao ar livre. E é sobre isso que esse post fala hoje, opções de como aproveitar essa 1 ou 2 horinhas a mais de claridade natural, e parar de reclamar. Reclamar não vai mudar o fato que no Brasil nós temos horário de verão e só vai deixar o seu dia mais cinza e chato, o jeito é aproveitar o melhor que esse horário pode proporcionar.

Uma opção é curtir as praças e parques naturais de sua Cidade. Já que costumam ter muitas árvores, vai ser ótimo para diminuir a sensação térmica e ficaria melhor ainda com um piquenique cheio de frutas e bebidas refrescantes.

Outra opção é correr para as praias, cachoeiras ou lagoas de sua Cidade. Lá com certeza você poderá ser refrescar se banhando e se divertindo bastante.

E aquela cerveja bem gelada, claro pra quem bebe? Ela fica mais saborosa nessa estação, sentado em um barzinho com varanda apreciando o vai e vem da rua.

Visitar aquele museu/parque a céu aberto também é uma boa pedida para essa época do ano.

Pra quem vai visitar o Rio de Janeiro eu vou listar aqui algumas dicas de onde aproveitar um pouco dessa estação.

1622093_584671948288147_695373660_n

  • Parque Lage ou Parque da Catacumba

São ótimos lugares para terminar o dia conversando em meio a muita natureza e apreciando as belezas do Rio de Janeiro.

  • Praia Vermelha na Urca

Uma praia pequenina no cantinho do Morro da Urca, onde pegamos o bondinho para subir até o Pão de Açúcar. Essa praia é fresquinha e intimista.

  • Baixo Gávea ou Ipanema

A melhor escolha para aquela cervejinha gelada sem dúvidas é no Baixo Gávea ou algum barzinho em Ipanema. Lá o vai e vem é cara da alma livre do carioca.

  • Instituto Moreira Sales ou Sítio Roberto Burle Marx

Nesses dois lugares você poderá desfrutar de momentos maravilhosos onde o homem construiu em meio a natureza. No sítio Burle Marx, você terá contato com jardins belíssimos de criação desse famoso paisagista.

E esses programas também servem para nós cariocas de plantão!!!

 

 

Anúncios
Passeios, Viagens

Vantagens e Desvantagens de Viajar por conta própria!

Pode ser bastante vantajoso do ponto de vista financeiro, viajar por conta própria, mas também pode ser bem problemático.

IMG_0502

Quando viajamos sem contatar um agente de turismo temos que perder bastante tempo pesquisando sobre o destino, onde se hospedar, onde comer e etc, tempo que não perdemos quando repassamos essa tarefa a quem entende do assunto. Porém quando o tema é dinheiro a viagem pode sim ficar mais barata quando você busca tudo por conta própria, não a hospedagem, por exemplo, pois não é o cliente que paga ao agente por esse serviço e sim o meio de hospedagem é quem repassa uma comissão ao intermediário, mas os passeios podem sim ter um custo mais baixo e muitas das vezes te proporcionar momentos maravilhosos.

Viajar por sua conta e risco também de deixa com os horários mais flexíveis e com poder sobre as escolhas de o que visitar primeiro e o que deixar por último.

Eu particularmente até aconselho a comprarem um, city tour com uma agencia de viagens, pois esse passeio é de reconhecimento da Cidade que está sendo visitada, porém os demais passeios podem ser feitos perfeitamente por conta própria. Mais uma vez o viajante precisará dedicar tempo de pesquisa para escolher quais atrativos lhe agrada mais e com certeza economizará uma boa quantia. Uma forma de economizar um pouco e ainda assim estar por conta própria é contratar apenas o roteiro personalizado com o agente de viagens, ele é mais barato que o passeio e você não vai precisar gastar energia pesquisando.

Viajar por conta própria pode ser um problema também em caso de emergência. Ninguém deseja ou espera que algo de emergencial possa acontecer durante a viagem, mas pode sim acontecer e não ter o suporte de uma agência pode dificultar bastante as coisas, principalmente se o destino for internacional.

Você também terá que buscar os melhores vôos e para isso dedicará mais tempo, não é tão rápido assim encontrar um vôo. Claro que alguns portais facilitam bastante esse trabalho, mas ainda assim você pode comprar gato por lebre então precisa estar bem atento.

Talvez a economia não falha a pena o trabalho que você terá ao viajar por conta própria, mas se ainda assim você preferir fazer dessa forma, dedique-se. Passe muito tempo pesquisando o destino, formas de chegar e sair dos atrativos, onde comer, onde se hospedar, segurança e todo o resto que envolve visitar um lugar.

Se quiser deixar sua viagem mais segura e prática eu posso preparar um roteiro personalizado para você. É só clicar nesse AQUI!

 

 

Passeios, Viagens

Campos do Jordão e a Natureza – O que fazer?

Campos do Jordão é uma Cidade pequena, mas por ser uma Cidade Turística oferece muitas possibilidades de passeios. Por uma Cidade no meio da Serra da Mantiqueira boa parte dos passeios é bem ligado a natureza e oferece uma belíssima apreciação da natureza.

Nesse post vou enumerar alguns dos pontos de beleza natural  a serem visitados em Campos do Jordão.

O primeiro deles é o Pico do Itapeva. Esse lugar mereceu um post exclusivo, se você ainda não leu clique aqui. É o quinto cume mais alto do País e oferece uma vista espetacular do Vale do Paraíba.

img_7947

Outro lugar é o Parque Amantikir. Infelizmente não tivemos a oportunidade de visitar, pois faltou tempo e é um local de difícil acesso. Inaugurado em 2007 o parque reúne 26 jardins com 700 espécies de plantas. O parque está aberto todos os dias e é um dos lugares que mais recebem visitantes em Campos do Jordão. É sem dúvida alguma, um dos motivos para querermos muito voltar a Campos do Jordão.

O Horto Florestal foi outro lugar que também não conseguimos visitar, mas é uma parada obrigatória para quem visita Campos do Jordão. Lá está a maior reserva de Araucárias de São Paulo, além da grande diversidade da flora e fauna da região.

O Mosteiro de São João das Monjas Beneditinas, também é um lugar belíssimo para visitar. Um lugar de paz e tranqüilidade que merece uma visita independente de religião. Lá é possível encontrar um laguinho e muitas árvores nativas, além de uma capela e também uma gruta da Imaculada Conceição onde os Cristãos Católicos podem orar.

img_7995

Outro ponto que não pode ficar de fora é o Auditório Claudio Santoro e o Museu a céu aberto Felícia Leiner. Eles estão localizados no mesmo espaço e sincronizam perfeitamente entre si em meio à natureza. No auditório Claudio Santoro é realizado o festival de inverno de Campos de Jordão que acontece no mês de Julho, além de outros eventos ao longo do ano. O museu foi instalado ali pela própria artista Felícia que foi levando e criando seu acervo pensando naquele espaço.  Suas obras são especialmente ligadas aos animais, a natureza e à família que era por quem a artista tinha verdadeira paixão.

img_8014

O Morro de Elefante é o ponto turístico natural mais próximo do Centro Turístico alias, ele fica no centrinho. Nós não subimos o morro, pois a subida é feita por um teleférico com cadeirinha individual e o medo de altura nos impediu. Também é possível subir de trenzinho ou de carro. De lá é possível ter uma visão privilegiada do Centro de Capivari.

Campos do Jordão tem muito mais a oferecer, mas eu acredito que esses são pontos cruciais na sua visita a Cidade.

Espero que tenham gostado!

 

 

Passeios, Viagens

Pico do Itapeva – Vale do Paraíba

Um lugar lindo para visitar durante sua estadia em Campos do Jordão é o Pico do Itapeva.

img_7947

O Pico do Itapeva é o quinto maior cume do Brasil com 2.030 metros de altitude e pertence à Cidade de Pindamonhangaba, porém o único acesso por estrada é via Campos do Jordão. O nome Itapeva significa Pedra Achatada em Tupi Guarani.

Lá de cima é possível apreciar toda a beleza do Vale do Paraíba Paulistano (Cidades do Vale: Tremembé, Taubaté, Caçapava, São José dos Campos, Pindamonhangaba, Guaratinguetá, Aparecida, Roseira, Lorena, Potim, Cruzeiro, Piquete, Moreira César, Cachoeira Paulista e Eugênio de Melo).  Por ser um lugar turístico havia ali uma feirinha de artesanato que foi retirada por determinação da justiça já que o local é de propriedade privada e área de proteção ambiental.

Apesar de ser propriedade privada a entrada é gratuita e o dono de toda aquela região está construindo um pólo comercial cerca de 300 metros abaixo do cume onde há um lago belíssimo que também é um dos lagos mais altos do Brasil.

Quem está em Campos do Jordão precisa separar um tempinho para visitar esse cume. No dia em que fomos estava com muitas nuvens e não conseguimos ver nenhuma das Cidades do Vale do Paraíba, mas como eu sempre digo, até os dias chuvosos tem sua beleza, foi possível ver as nuvens encobrindo o vale e se perceber acima delas com uma visão privilegiada de como a natureza é mutante e linda em suas diversas formas.

img_7958

Como chegar ao Pico:

Saindo da Praça da Vila Capivari, centro turístico, entrar na primeira à direita e seguir as placas que indicam o Tênis Clube e a Ducha de Prata na Av. Senador Roberto C. Simonsen. Mais a frente você irá avistar o Hotel Quatre Saison ali vire à direita e siga em frente até o fim do asfalto onde poderá estacionar e subir certa de 30 metros até o Pico do Itapeva.

Visitem esse lugar, parece que você está mais perto de Deus!

 

Hospedagem, Viagens

Chá da tarde na Pousada La Toscana

No dia em que cheguei a Campos do Jordão umas das primeiras coisas que fiz com minha irmã, foi ir até a Pousada La Toscana para tomar um chá da tarde a convite deles.

img_7883

A pousada La Toscana fica a aproximadamente 10 minutos de caminhada da praça central de Capivari. Ela fica na parte alta do centro turístico de Campos do Jordão e em meio à mata é possível fazer contato direto com a natureza. A pousada tem atendimento 24 horas na recepção e possui 20 apartamento e 2 dois deles tem varanda. Tem também como área comum um salão com televisão e diversas opções de filmes em DVD.

Fomos ao hotel na sexta feira por volta das 16:30 e pudemos apreciar um por do sol espetacular que nos foi proporcionado pelo posicionamento do salão onde é servido o café da manhã e o chá da tarde que é um lugar bem aconchegante onde ainda é possível ouvir o canto de alguns pássaros.

No chá da tarde foi servido uma variedade de bolos e torta salgada, além de café, leite e chá. Eu comi um bolo de maracujá que estava maravilhoso, eu nunca havia comido bolo de maracujá que eu me lembre e não me arrependi de tê-lo feito, e também comi uma torta de abobrinha que nesse dia era a única opção salgada do Buffet. Quem me conhece sabe que sou muito mais por alimentos salgados do que doces, mas minha irmã que ama doces ficou bem feliz com as opções de bolos doces. A torta de abobrinha estava tão saborosa que eu até repeti, até quem não é muito fã de abobrinha eu aconselharia provar, pois não tem o sabor forte e desmancha na boca.

img_7864

img_7865

O café da manhã e o chá da tarde são servidos apenas para hóspedes, então se quiser provar uma dessas delícias terá que ficar hospedado na pousada.

Se você tem um idoso no grupo ou tem problemas de mobilidade e não estão de carro, a pousada talvez não seja o lugar mais indicado para se hospedar, já que ela fica no alto dificulta o acesso a pé a pessoas com problemas de mobilidade.

Se quiser saber mais da pousada clique aqui!

 

 

Viagens

Campos do Jordão, SP

Hoje estou muito feliz. Quem me acompanha pelas redes sociais viu que esse fim de semana eu realizei um desejo de muitos anos e que eu inclui na minha lista para realizar em 1 ano. Eu conheci Campos do Jordão.

img_8051

A viagem foi rápida, mas foi maravilhosa e é por isso que já vou começar a semana falando dessa Cidade encantadora.

Campos do Jordão é a Cidade mais alta do Brasil, ela está a 1.628 metros acima do nível do mar na Serra da Mantiqueira em São Paulo, onde está localizada a sede da prefeitura, mas em seus arredores a Cidade chega a ter 2.000 metros de altitude.

Campos do Jordão viveu 3 ciclos. O ciclo do Ouro, onde no século XVIII Gaspar Vaz da Cunha desbravou a Serra da Mantiqueira em busca de ouro. O ciclo da Cura, já no fim do século XIX à primeira metade do século XX, quando as pessoas com tuberculose subiam a serra da Mantiqueira para se tratarem da doença. O ciclo do Turismo que aconteceu de 1940 (com o fim do ciclo da cura) a 1980, quando a Cidade começou a “vendida” como uma Cidade Turística. É bem verdade que esse último ciclo dura até hoje, já que sua principal fonte econômica é o turismo.

Conhecida como a Suíça Brasileira, a temperatura na Cidade é maravilhosa. Com o clima ameno foi possível aproveitar bastante. Campos do Jordão tem dois centros, o centro comercial que fica em Abernéssia, onde tem um forte comércio com bancos, supermercados, lojas e muito mais. O outro Centro é o turístico e sem dúvidas é o mais visitado. O centro turístico é no bairro de Capivari, um bairro com requintes europeu.

É em Capivari que você encontra os melhores restaurantes da Cidade, a famosa Cervejaria Baden Baden, o famosíssimo pastel do Maluf, O teleférico do Morro do Elefante, a chocolateria Montanhês, a estação Emílio Ribas de onde partem os passeios de trem, feirinhas de artesanato, além das lojas onde é possível comprar de lembrancinhas a roupas de grife.

img_7915

As moradores e trabalhadores da Cidade são pessoas super simpáticas e muito prestativas.

Existem outros pontos turísticos que não estão localizados no centro turístico, mas deles eu vou falar em outros posts. Então fiquem ligados aqui no blog que durante essa semana ainda vai ter muito assunto sobre Campos do Jordão. Amanhã o vlog vai ao ar como um vídeo extra no canal.

Espero que tenham gostado!

Nova York, Passeios, Viagens

O que é imperdível em Nova York

Estou aqui lembrando saudosa do meu intercâmbio em Nova York e resolvi fazer um post sobre lugares que você não pode deixar de fazer quando estiver por lá.

Na verdade Nova York é uma Cidade imperdível. Tudo lá precisa ser vivido com muita intensidade. A Cidade vibra e nós vibramos juntos com ela.

A maioria dos itens da minha lista são programas bem de turistas mesmo, mas são programas que não podem ficar de fora.

  1. Central Park

Esse é um lugar que dispensa comentários, né. Todos que vão à NYC sabem que devem passar por lá. Mas o que ninguém fala é que mesmo no inverno o parque é um ótimo lugar para sentar e deixar a vida a passar, para ver esquilinhos (um tanto ferozes hahaha) e até patinhos. É o lugar perfeito para ver pessoas, algumas que só estão de passagem e outras que estão contemplando momentos.

  1. Ir a um Rooftop

img_3109

Escolher um rooftop é bastante pessoal, eu mesma aconselharia o Top Of the Rock, mas tem muitos que você pode escolher, apenas para ver a Cidade de cima. Algumas opções são o Empire State, o One World Observatory, o 230 Fifth, o Mr. Purple entre muitos outros. Esses dois últimos são terraço/bar e você não paga para entrar, mas deve ter mais de 21 anos.

  1. Atravessar a ponte do Brooklyn a pé

IMG_0312

Atravessar aquela ponte pode ser bem cansativo para quem anda sem praticar exercícios, pior ainda durante o inverno, mas vale muito a pena pela história turística e pela vista que temo de Manhattan e também do Brooklyn.

  1. Andar pelo High Line

IMG_8548

Ande do início ao fim. Posso te adiantar que é um trajeto enorme, mas que vai te garantir bons momentos e belas vistas. O parque ora estreito, ora mais largo é uma antiga linha férrea que desativada que vem se transformando em um belíssimo parque elevado. Ele começa na Gansevoort, abaixo da rua 13,  e vai até depois da rua, sempre com a 10ª Av, na altura da rua 23 tem uma subida, e além de ser um dos pontos mais movimentados do parque  tem a garantia de um dos mais bonitos por do sol de Manhattan. O parque abre todos dos dias das 07:00 hrs às 23:00 hrs, e tem entrada gratuita. No inverno tente não ir depois as 17:00 hrs pelos menos nas partes menos movimentadas.

  1. Apreciar belíssimas artes no MOMA

IMG_0233

Sabemos que brasileiro quando vai a NY, só quer saber de comprar e as vezes perde lugares e momentos inesquecíveis nessa Cidade. O Museu de Arte Moderna é um desses lugares que não pode ficar de fora. Quando você terá a oportunidade de ver de pertinho obras originais de grandes artistas como Vincent Van Gogh, Salvador Dalí, Picasso e muitos outros, e ainda de graça? É que as sextas feiras das 16:00 as 20:00 a entrada é gratuita.

  1. Visitar a Grand Central Terminal

Esse terminal de passageiros faz parte de história da Cidade e entrar no salão principal é se sentir em um majestoso salão de algum palácio dos séculos passados. Vale a pena só pra observar a arquitetura do prédio e se quiser fazer alguma refeição, na parte de baixo da estação tem boas e diversas opções.

  1. Passar uma tarde no Bryant Park

Uma praça arborizada quase no coração de uma selva de pedra onde é possível sentar e viver momentos de contemplação e de descontração. Ali uma simples conversa pode se tornar muito mais agradável pelo contraste pulsante dessa Cidade.

  1. Andar de metrô

Esqueça o táxi, esqueça os transfers, esqueça até o uber e aposte no metrô. Existem apps hoje que ajudam bastante a se localizar dentro do metrô de NY, e sem dúvidas esse é o melhor transporte público da Cidade. Ele simplesmente é capaz de te levar pra qualquer lugar da Cidade. Eu fiz um post falando do metrô de NYC, se não leu clique aqui e leia que tem dicas bem legais.

Espero que esse post inspire vocês em suas viagens para essa Cidade indescritível!

 

 

 

 

Viagens

Viajando somente com a mala de mão!

Você consegue viajar e carregar pouca bagagem? Nesse post eu vou tentar te ajudar a embarcar só com a bagagem de mão ou pelo menos com uma mala pequena.

mala-bagagem-mao-voo-internacional
Imagem:dicasdaflorida.com.br

A primeira escolha é a da mala e esse passo é essencial nessa hora. A mala deve ser leve, mas de material resistente de se possível com 4 rodinhas. Também pode optar por uma mochila grande, mas fique atento as medidas da mala de mão.

Para os itens de higiene pessoal, opte por tudo em tamanho menor. Leve em consideração quantas vezes você vai lavar seus cabelos, quais maquiagens realmente vai usar (escolha as cores clássicos que combinam com tudo), diminua até a sua escova de dente, leve a versão pra viagem.

Chegar a previsão do tempo no destino também vai ajudar na composição da sua bagagem, dessa forma você não precisará levar peças que não vai usar. Mas também como o tempo pode mudar, não deixe de fora um casaco, uma blusinha leve e um short.

Monte looks de acordo com o número de dias que vai ficar. Monte para o dia e para noite, mas monte looks em que você pode misturar as peças entre si.

Pesquise se no destino você terá fácil acesso a lavanderia, pois é uma ótima opção para economizar bagagem. Lavar roupa e repetir não é errado e é muito econômico.

Além da mala de mão você também tem direito a uma bolsa ou uma mochila onde você pode levar alguma outra peça de roupa que ficou de fora, seus documentos e seus itens tecnológicos.

Espero ter ajudado, agora é pé na estrada!!!!!

 

Olimpíadas, Viagens

Como economizar nas Olimpíadas!

Hoje vou dar uma dica para quem está aqui pelo Rio e ainda vai curtir algum esporte. A dica é para economizar com alimentação e outros itens necessários.

Dá pra economizar? Dá sim.

mascot-both_new
Imagem: Rio2016 – Divulgação

Gente, todos sabemos que quando se trata de grandes eventos os valores gastronômicos são absurdos, mas dessa vez as empresas abusaram da nossa boa vontade.

Pra vocês terem uma idéia uma coca cola de 600 ml custa R$ 10,00, uma água (garrafa) R$ 8,00, uma batata que nem Ruffles é custa R$ 6,00. Tudo muito acima do aceitável e é por isso que resolvi fazer esse post.

Muitas pessoas não sabem, mas é permitido levar comida. Você pode levar qualquer alimento não perecível, industrializado desde que lacrado, ou seja, biscoitos, barrinhas de cereal e muito mais e sem limite máximo.

Não é permitido entrar com líquidos, mas pode levar sua garrafinha e encher nos bebedouros que tem em todos os locais de competição. Não é permitido garrafas de vidro, somente plástico.

Está liberado, medicamentos, repelentes e itens de higiene pessoal. Não pode levar guarda chuva, então garanta sua capa de chuva e com antecedência pra não pagar caro na porta na mão de ambulantes.

Depois dessas dicas é só curtir!!!! Bons Jogos!!!

 

 

Passeios, Viagens

Vídeo: Dicas para Viajar de Avião

Oi pessoal,

Vem que tem 6 dicas para quem vai viajar de avião!!!!

Não se esqueçam de me seguir nas redes sociais para acompanhar tudinho que vem por ai nas olimpíadas!!!!

Vai rolar muito vídeo aqui no blog e canal, então fiquem ligados!

Facebook: https://www.facebook.com/Michele-Raggio-352714094918165/
Instagram: https://www.instagram.com/michelerdr/
Twitter: https://twitter.com/MicheleRaggio