Viagens, Viaje com R$350,00, Videos

Vlog: Viaje com R$350,00 – Teresópolis, RJ

Corre que saiu o primeiro vídeo do Viaje com R$350,00.

O destino escolhido foi Teresópolis, RJ, e será que eu consegui não extrapolar o orçamento?

Só assistindo pra saber!!!!

Obs: O Hotel acabou sendo cortesia, porém eu coloquei o custo que teria no orçamento.

Minhas Redes Sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/micheleviaja/?ref=bookmarks
Instagram: https://www.instagram.com/micheleviaja/
Twitter: https://twitter.com/MicheleViaja
Blog: https://micheleraggio.com.br/

Anúncios
Dicas de Viagem, Hospedagem

Regras para se hospedar na casa dos outros.

img_8336
Hotel em Santa Teresa

Quem aqui nunca viajou para ficar na casa de um parente ou amigo?! Isso é bem comum e ajuda bastante na economia com a viagem, mas é preciso bom senso para ficar hospedado na casa de alguém, seja essa casa a de uma pessoa próxima ou não, como em casos como Airbnb, Couchsurfing e outros.

Para evitar constrangimentos e que corra a boca miúda ou nem tão miúda assim, vamos aqui falar sobre algumas regrinhas que devem ser seguidas por você caso esteja indo passar uma temporada de férias na casa de alguém.

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

Pergunte antes a disponibilidade!

Não chegue de surpresa na casa de alguém assim para se aboletar por alguns dias. Isso é uma tremenda falta de educação. É preciso saber se a pessoa está disponível para receber naquele período. E se o anfitrião deixar subtendido uma data respeite-a, afinal é nesse período que ele está disposto a lhe receber.

Somente após a confirmação do anfitrião é que é dada a hora de comprar a passagem e fazer as malas.

Pergunte se querem algo. E mesmo que digam que não leve um agrado!!

Não vá chegando de mãos abanando. Pense que aquelas pessoas estão te oferecendo o aconchego do lar delas por uns dias e que farão o possível para te agradar, então não lhe custa nada já chegar causando uma boa impressão.

Pergunte se eles querem algo da sua Cidade e mesmo que digam que não precisa, leve um mimo pelo menos ao anfitrião. Pode ser algo regional, ou um chocolate, vinho ou até mesmo algo que você possa ter feito com suas próprias mãos.

Pergunte como será a contribuição com alimentação e se precisa levar toalhas e lençóis, por exemplo.

Provavelmente vão lhe dizer que não precisará contribuir e que também não precisa levar toalhas e lençóis, mas em todo caso pergunte e se disserem que precisa comprar ou levar algo, o faça sem aborrecimento tá, lembre-se que estás gerando custo as pessoas.

Caso lhe digam mesmo que não precisa contribuir com nada, você o fará em algumas gentilezas. Compre o pão um dia ou outro, leve-os para um jantar legal. Agrade, e dessa maneira será lembrado positivamente e poderá até ser convidado mais vezes. Eu apostaria nisso!

RESERVE SEU CARRO.

Não atrapalhe a rotina e deixe tudo em ordem!

Lembre-se que você está de férias, mas os residentes daquela casa provavelmente não. Eles têm a rotina deles e você não pode atrapalhar, você é quem precisa se adaptar. Então nada de acordar meio dia querendo café da manhã se sabe que eles levantam as 05:00 horas da manhã, por exemplo.

Não deixe suas coisas espalhadas e mantenha seu quarto e banheiro em ordem, mesmo que eles tenham empregada. E se não tiverem, ajude com algumas tarefas, como lavar a louça, por exemplo, isso será de muita empatia.

Não leve visitas inoportunas!

Não chegue com algum convidado sem avisar, mesmo que seja só para um jantar. Isso é muita falta de educação. Convidado NÃO convida!

Seja Honesta (o)!

Quebrou ou perdeu algo?! Conte a verdade e se ofereça para ressarcir. Isso é o mínimo a ser feito, não precisaria nem entrar em pauta aqui, mas infelizmente tem gente que tenta varrer a sujeira para debaixo do tapete.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

Seja uma Cia Agradável!

Você não vai para a casa dos outros pra ficar se lamentando não é mesmo?! Seja uma pessoa alto astral, solicita. Seja aquele tipo de pessoa que todos querem por perto! Aproveita e leve isso pra vida!!!

Seguindo essas regrinhas você será uma visita bem vinda sempre!!!

Viagens, Viaje com R$350,00, Videos

Projeto: Viaje com R$350,00

 

Pra começar 2019 com o pé direito lancei o Projeto: Viaje com R$350,00.

Serão 12 viagens de fim de semana, uma por mês, gastando somente R$350,00 e abusando da criatividade para mostrar que é possível viajar gastando pouco.

Então já se inscreve no canal e aqui no blog também,  começa a compartilhar bastante esse vídeo e já tira a poeira da mala, pois tenho certeza que logo logo serão vocês embarcando seguindo as minhas dicas!!!!

Aproveita pra me seguir nas Redes Sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/micheleviaja/?ref=bookmarks
Instagram: https://www.instagram.com/micheleviaja/
Twitter: https://twitter.com/MicheleViaja
Blog: https://micheleraggio.com.br/

Preparados para viajar?!

Notícias, Viagens

Mitos e Verdades sobre Voar – Parte 2

Volteiiii como prometido!

Hora de acabar de vez com seu medo! Ou pelo menos não permitir que ele te paralise e que você deixe de viver experiências maravilhosas por causa dele!

Poltronas na vertical e cintos afivelados, é hora de levantar voo!!!

IMG_5999

RESERVE SEU CARRO.

7- Uma fortíssima tempestade pode derrubar um avião?
Essa possibilidade, juntamente com a próxima, gela o corpo, paralisa a circulação sanguínea, da náuseas e ainda trás junto aquela sensação de desmaio que parece que o coração parou de bater. Quem mais sente isso?
Aí penso eu: A resposta da ANAC,vai acabar com esse meu medo desnecessário! Daí você descobre que ele não é tão desnecessário assim, ou seria mesmo? Já não sei mais!!!
Resposta da ANAC: “Sim, porém condições meteorológicas tão adversas a ponto de influenciar na aeronavegabilidade em cruzeiro são previstas com considerável antecedência para se proibir a decolagem da aeronave ou variar a altitude evitando as formações meteorológicas, sem consequentes riscos ao voo. Durante pouso e decolagem também são consideradas as condições meteorológicas. A decolagem não é autorizada quando não há teto e, se houver qualquer indício de insegurança durante o pouso, o processo de aproximação é cancelado e o comandante arremete para garantir uma aproximação segura.”
8- Uma fortíssima turbulência é capaz de derrubar um avião?
Resposta da ANAC: “Sim, porém condições meteorológicas tão adversas a ponto de influenciar na aeronavegabilidade em cruzeiro são previstas com considerável antecedência para se proibir a decolagem da aeronave ou variar a altitude evitando as formações meteorológicas, sem consequentes riscos ao voo. Durante pouso e decolagem também são consideradas as condições meteorológicas. A decolagem não é autorizada quando não há teto e, se houver qualquer indício de insegurança durante o pouso, o processo de aproximação é cancelado e o comandante arremete para garantir uma aproximação segura.”
O fato é que depois dessas duas últimas respostas, meu medo não passará por completo, mas prometo a mim mesma não me concentrar na parte em que os aparelhos podem falhar!!!

 

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

 

9 – Celular ligado pode interferir no sistema e derrubar um avião?
Sei que essa durante muito tempo foi o pesadelo das pessoas e hoje já foi um tanto quanto desmitificada, mas pra mim continua sendo um problema equipamentos eletrônicos ligados durante o voo. Eu fico enlouquecida quando os comissários dizem que já pode fazer uso de celulares e computadores e o povo sai logo ligando tudo. Passa por uma turbulência eu já acho que é culpa dessas pessoas hahahaha.
Eu lembro de quando eu tinha um BlackBerry. Toda vez que voava eu não só desligava o celular como tirava a bateria e ainda colocava em bolsinhas separadas, como se a bateria fosse sair andando e entrasse no aparelho no estilo: “É agora que derrubo esse avião”. Que vibe louca é essa hein huahuahuahuahua.
Resposta da ANAC: “O risco de eletrônicos em voo é avaliado pelo operador da aeronave. Assim, deve-se atentar para o comunicado realizado pelas companhias aéreas antes da decolagem, em que se determinam quais aparelhos eletrônicos portáteis têm seu uso permitido a bordo durante o voo.”
Podemos até dizer que equipamentos eletrônicos não influem nos vôos, já que diversos vôos, os de cias aéreas internacionais em território fora do Brasil, em sua maioria, podem ser usados celulares, inclusive oferecem até WI-FI. Mas que a ANAC disse para seguirmos o operador, vamos obedecer né gente, assim nos resguardamos e evitamos que a (o) coleguinha ao lado, que tem medo, infarto né.

 

Agora vamos à última, mas não menos importante!!!
10- É verdade que voar entre as asas é mais tranquilo quando há turbulências?
Resposta da ANAC: “Não, a trepidação provocada pela turbulência na aeronave é sentida indiferentemente em qualquer posição da aeronave.”
Eu acreditei piamente nessa teoria durante toda a minha vida. Já fiz diversas pesquisas na internet sobre esse tema e já encontrei inúmeras fontes que me garantem que é verdade. Sempre escolhi assentos entre as asas para sentir menos as turbulências. Talvez eu não tenha feito a pergunta da maneira correta à Anac, mas sinceramente, não acredito na resposta deles, prefiro continuar acreditando que ali é menos pior kkkkkk. #coisasdeumapanicada

 

 

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

 

Espero que esse artigo, parte 1 e parte 2 tenham te ajudado a ter mais coragem de viajar de avião. A verdade é que esse é um dos transportes mais seguros do mundo. A manutenção é preventiva e é isso que diminui bastante a possibilidade de acidentes.

 

 

Então bora colocar esse medo de lado e vamos viajar!!!!

 

 

Se você não leu ainda a parte 1 vou deixá-la aqui: Mitos e Verdades sobre Voar – Parte 1

Aviação, Notícias

Mitos e Verdades sobre voar – Parte 1

Você é daqueles que como eu quando vai viajar de avião sofre de sincope nervosa? Se for, eu preparei esse artigo pra tentar te ajudar a se manter mais calma (o) da hora de levantar voo. Pretendo aqui desmitificar algumas crenças que nós medrosos temos e alimentamos voo após voo.

IMG_5999

Pra me ajudar nessa missão, contei com o suporte da ANAC (Agência Nacional de Avião) que respondeu prontamente de maneira técnica todas as perguntas que fiz. Então a cada mito ou verdade eu vou expor na integra a resposta da ANAC e também farei minhas colocações baseadas em experiências próprias e também em informações garimpadas em outras fontes.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

Serão 10 mitos e verdades pra nos ajudar a viajar mais e melhor!

Vamos então começar com um dos meus maiores medos durante um voo. Eu sempre acho que alguém vai ter um surto psicótico em pleno voo e vai conseguir abrir alguma das portas, colocando em risco a vida de todos no voo. Sei que pode parecer insano, mas lá em casa mesmo eu sou a única com esse medo, ou pelo menos era, já que agora não o tenho mais. Será mesmo? rsrs.

1 – É verdade que é possível alguém abrir a porta do avião, quando o mesmo em voo?

Resposta da ANAC: “Considerando a superioridade da pressão interna em relação à externa, torna-se impossível a abertura da porta do avião em voo. Adicionalmente, esclarecemos que a porta da aeronave só pode ser aberta quando o comandante a destrava, a partir de comando em seu cockpit.”

Fazendo uma breve busca no Google eu já havia encontrado essa informação, mas nada melhor do a própria agência, mestre no assunto te confirmar não é meiiixxxmo! Acho que agora estou pronta pra deixar aquela porta sem a minha atenção por praticamente todo o voo!!!

2- A descarga pode sugar uma pessoa, mesmo que ela não desça pelo duto ela pode se machucar?

Essa é boa né. Centenas de pessoas falam: “Não da descarga sentada no vaso do avião que você vai ser sugado”. Aí você fica encasquetada (o) com essa ideia e cheia (o) de medo de descer descarga abaixo.

Confesso que não nunca me preocupei em descer pelo ralo, pois nunca me sento, já que mamãe desde pequenina falava que não devemos sentar em banheiros com alta rotatividade de pessoas para não dar brecha as bactérias. Mas sempre fico olhando aquela descarga pensando em quantos estragos ela já pode ter feito com as pessoas.

Por isso perguntei a ANAC  e a resposta deles foi a seguinte: “Não, o vácuo gerado nos toilettes é calculado apenas para sua limpeza.”

Objetivos e claros! Então gente, dá uma relaxada que ninguém vai parar no reservatório em meio as coisas obscuras que fazem nos banheiros dos aviões kkkkk. Além da resposta da soberana Anac, em uma rápida varredura na internet encontramos artigos que corroboram essa negativa.

A próxima vai para os supersticiosos!!! Eu tenho trabalho duro o meu cérebro para deixar superstições de lado e tenho tido algum sucesso. Confesso que essa nunca foi algo considerável para mim, tanto que nunca reparei isso, mas sei lá né, na dúvida sempre preferimos não arriscar.

RESERVE SEU CARRO.

3- É verdade que a fileira 13 não existe por ser considerada má sorte?

Resposta da ANAC: “A numeração das fileiras é definida pelo proprietário da aeronave. Caso tenha viajado em uma aeronave sem a fileira 13, sugere-se o questionamento à companhia aérea sobre os motivos que a levaram a não utilizar a numeração.”

Essa dúvida chegou a mim, através de uma pesquisa sobre aviação que eu estava fazendo, onde eu descobri que a KLM não tem fileiras 13 em suas aeronaves, por associar o número a má sorte. Como fiquei curiosa se era uma prática comum, resolvi perguntar à ANAC.

Acho que aqui no Brasil temos uma boa relação com o número 13, né. Já que quem viveu a era Zagallo, se acostumou a vê-lo associando as conquistas e vitórias ao número que ele considerava ser de boa sorte.

4- Quando em voo longo existe duas tripulações? Vôos de quantas horas?

Essa é uma clássica preocupação entre nós, os viajantes apavorados. Sempre queremos saber se os pilotos não dormem durante todo o voo e se isso não pode levá-los ao erro. Bom, para acalmar nossos ânimos, vai a resposta da ANAC:

“A segurança operacional é baseada, entre outros, no gerenciamento de risco de fadiga humana, a fim de garantir a integridade física e cognitiva da tripulação. Se as condições do voo impuserem esforço excepcional à tripulação, o voo pode contar com uma tripulação de revezamento.”

5 – Se um vidro da janela sofrer um trinco coloca em risco o voo?

Mano do céu, eu não curto nada sentar na janelinha, mas minha irmã curte demais e ela fica pra mim: “Mi, olha que lindo”, “Mi, fica calma e aprecia” e a primeira coisa que eu reparo quando olho para a janela é se tem algum arranhão ou trinco. Certa vez eu estava sentada na janela e tinha um arranhão e eu quase pari sem estar grávida, só de pensar que a pressão atmosférica poderia romper aquele vidro (que viagem, não!?). Fechei rapidamente a janela e me senti um pouco mais aliviada. Como se isso pudesse fazer alguma diferença!!!

Então veio a resposta da ANAC pra eu ficar um pouco mais calma: “Não, as aeronaves são certificadas para operarem de forma segura, mesmo com eventuais comprometimentos.”

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

6- Sempre que um avião despressurizar o risco de queda é iminente?

Só a ideia das máscaras caírem do teto do avião já me faz ter mini ataques cardíacos. Essa imagem rondando meus pensamentos põe em risco a minha sanidade mental. Sei que pode parecer um exagero, mas também sei que não estou sozinha nessa!!!

Mas deixa eu te apresentar a resposta para ANAC e depois concluo: “Não, as aeronaves são certificadas para operarem de forma segura, mesmo com eventuais comprometimentos.”

É, você não se enganou, a resposta é a mesma da anterior. Apesar desta resposta controlar a minha sanidade mental mesmo com minha imaginação fértil, eu não posso garantir que ela me deu confiança suficiente para me controlar caso eu viva algo do tipo. Na dúvida eu prefiro que nada desse tipo aconteça sempre que eu estiver em voo.

Uma rápida pesquisa na internet reforça a resposta da Anac para as duas últimas respostas, então vamos relaxar!!!!

Esse artigo ficou tão grande que  precisei dividir em dois, então na próxima quarta volta aqui que tem mais!

 

 

 

 

Dicas, Dicas de Viagem, Economia

Em que economizar para viajar mais!

Que tal já começar o ano com dicas de economia?! Eu acho ótimo!!!

Então pegando o gancho dos pedidos de fim de ano, onde sempre desejamos mais dinheiro, mais saúde, mais amor e lógico mais viagens, eu escrevi esse artigo para te dar 5 dicas inéditas por aqui pra você já começar o ano fazendo mais dinheiro sobrar. E lógico que a ideia por aqui é usar esse dinheiro em viagens, colecionando assim diversos momentos.

IMG_8201

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

1) Venda o que não usa mais

Sabe aquele sapato que você comprou e nunca usou, ou usou pouco e está parado a alguns meses? Ou aquela “brusinha” que lhe custou os olhos da cara e que você não usa mais? Tem também aquela batedeira que você comprou pois achou a cor linda, mas nem claras em neve você fez nela?

Então, VENDA!!!! Isso mesmo, venda!

Isso tudo que você tem, que está funcionando e você não usa, é dinheiro parado! E dinheiro parado são viagens jogadas fora!

Tem vários sites onde você pode praticar o desapego, como: Olx, Enjoei, entre outros. Eu mesma tenha minhas lojinhas virtuais e desapego de um monte de coisa que me fez feliz em algum momento, mas que agora irá ajudar a outras pessoas a viverem seus momentos.

Assim você estará ajudando o seu bolso e o planeta, já que ajudará no consumo consciente.

2) Tarifa Bancária

Você paga uma taxa mensal por sua conta bancária, certo?! Tem até gente que paga e nem sabe. Pra saber basta puxar um extrato bancário dos últimos 3 meses e buscar lá uma taxa que é descontada automaticamente todos os meses, normalmente com a descrição de Cesta bancária.

Então, mas você não precisa pagar!!! Acredita?! Pois pode acreditar!!! Existe uma norma do BC (Banco Central) que obriga a todos os bancos a terem um tipo de conta essencial, com alguns itens obrigatórios e sem cobrar taxa por isso. Para maiores informações eu vou deixar aqui o link do BC https://www.bcb.gov.br/

Ou então também existem as contas digitais em bancos online como o Banco Inter (onde eu tenho conta) entre outros. Eu adoro o Banco Inter. A gestão é toda online, os saques são feitos em caixas eletrônicos do 24 horas, sem nenhuma cobrança de taxa e o atendimento é excelente!!! Para quem interessar, vou deixar aqui um convite: https://www.bancointer.com.br/indicacao

Mas vamos a um cálculo básico para saber quanto você está jogando fora por ano: Em um banco onde o preço da tarifa é R$ 20,00. Em 12 meses você deixou de presente para o banco R$240,00.

Além da cesta bancária tem as taxas de TED e DOC que os bancos cobram. Mais uma vez os bancos online saem na frente, em sua maioria não cobrando essas taxas como o Banco Inter. Esses dias recebi um e-mail do banco inter me contando que eu economizei R$817,46 só esse ano com a não cobrança de cestas bancárias e transferências. Quem não fica feliz com uma sobra de quase R$1.000,00 né?!

Agora pensa na viagem ou no passeio que esse dinheiro poderia te proporcionar!

Pensou?! Então está esperando o que pra ligar para o seu gerente e falar pra ele que não quer mais pagar taxas e que a lei te garante isso? Ou então migrar para um banco online, com a praticidade na palma da sua mão?

RESERVE SEU CARRO.

3) Menos baladas e barzinhos

Qual o motivo que te faz sair? Se for se divertir com seus amigos, eu tenho a solução perfeita! O que acham de ao invés de sair, vocês se reunirem na casa de alguém do grupo!? Assim vocês podem criar um clube e comprar no mercado o que forem consumir naquela reunião. É certo que a economia individual será de 50% pra mais.

Pra quem gosta de um bom vinho, é legal criar um clube do vinho com os amigos e fazer suas compras online, um aplicativo que eu indico é o Evino, onde você encontrará ótimos vinhos por um precinho bem econômico.

4) Menos Papel Higiênico

Essa é para aquelas pessoas que gastam tufos de papel higiênico cada vez que vão ao banheiro.

Você deve estar aí do outro lado, tipo assim: Não acredito que ela vai mesmo falar sobre isso?! Vou sim e vou te provar com números que você está literalmente limpando a bunda com seu dinheiro!!!

Um rolo com 30 m de folha dupla custa em média (Preço no Rio de Janeiro em supermercados como Guanabara, Super Market e demais similares) – R$1,30

1,30 / 30 = 0,043, ou seja, cada metro custa R$0,04.

Em média um brasileiro (a) vai ao banheiro até 8 x por dia, entre o número 1 e o número 2 e gasta 2,4 metros por vez.

Se essa pessoa usar apenas 1 metro por vez, por dia terá gasto R$0,32, mas se ela usar 2 metros, desnecessariamente ela terá gasto R$0,64.

No fim de um ano esse valor de R$0,32 a mais por dia, gerou um custo extra de R$116,80 por pessoa. Numa família de 4 pessoa o gasto excessivo foi de R$467,20

Como esse valor a mais essa família com certeza faz um piquenique num lugar bem gostoso na Cidade onde mora, juntando mais um pouco ficaria uma diária em Penedo com café da manhã, fariam um City Tour no Rio de Janeiro, comprariam ingressos para o parque Beto Carrero, além de muitas outras coisas!

Então lave-se mais e gaste menos papel higiênico, pois além de fazer um bem para o seu bolso, você estará fazendo um bem ao meio ambiente, já que para produzir e descartar um papel higiênico gasta-se muito mais água do que você gastará para lavar a sua bunda!!!! rsrs.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

5) Compartilhe mais

O futuro é do compartilhamento!!!

Você precisa realmente comprar um jogo de pratos, pois receberá visitas na sua casa, sendo que isso acontece uma vez no ano?  Você precisa mesmo comprar aquele sapato para o casamento da sua melhor amiga (o), se você só o usará uma vez na vida? É óbvio que as respostas para essas perguntas é NÃO!!! Então, seja adepto do compartilhamento!!!!

Compartilhe com um amigo o serviço de Netflix por exemplo, eu compartilho o de uma amiga. Ela paga um mês e eu pago outro e a nossa economia anual é de R$227,40 cada uma.

Peça emprestado um vestido de festa, e quando precisarem empreste um jogo de talheres por exemplo.

Crie um grupo de whatsapp para compartilhar!!! Nesse espaço emprestem e peguem coisas emprestadas. Você vai ver o quanto vai economizar ao final de 1 ano e vai se espantar!!!

E aí, anotou essas dicas? “Vambora” começar a colocar em prática então para viajarmos muito mais nesse ano!

Desejo que 2019 seja um ano de muita saúde, paz, dinheiro para realizações e muitas viagens!!!

Obs: Os valores mencionados aqui são pesquisas feitas em dezembro de 2018 e podem sofrer alterações!!!

 

Dicas de Viagem, Nova York

Réveillon em Nova York

Esses dias conversando com uma família próxima, que está as “vésperas” de realizar seu maior sonho, passar o Réveillon em New York, me foi pedido por eles que escrevesse um artigo com minhas dicas sobre esse momento especial nessa Cidade mágica, então cá estou eu pra dividir com vocês um pouco da minha experiência e algumas dicas importantes.

10612645_943376169084388_1500678889210996849_n

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

Estive na Cidade por três meses e como estava estudando, esse foi um assunto recorrente em sala de aula: Onde passar o réveillon? Lembro que era quase unanime entre os nativos que a pior experiência de nossas vidas estaria na Times Square. Assim eles falavam: ” Oh meu Deus, não façam isso!!!” “É uma experiência bizarra” “Será uma péssima experiência” “Não dá pra ver nada” “Tem que ir muito cedo” “Depois que a bola cai não tem mais nada” “É super lotada e quem é Novaiorquino de verdade não vai” entre várias outras frases desestimulantes. Mas uma pessoa, minha professora querida, sempre falava: “Se você quiser vá! Vá apenas uma vez, viva essa experiência e nunca mais a repita (entre risos), afinal você está em Nova Iorque!”

Confesso que eu e minha irmã ficamos meio com o pé atrás depois de ouvir tantas pessoas falando mal da festa. Fomos até a Times pela manhã, antes do horário de fechamento para o evento, andamos por lá pra sentir o clima, fomos até o Central Park para ver onde seria a festa de lá (Apesar de ser pouco falado, também há festa de réveillon no Central Park), e voltamos para casa sem decidir nada.

Fizemos nossa ceia em casa e resolvemos sair as 22:30 de casa em direção a Times Square, afinal era nossa estreia e resolvemos que quem faria aquilo especial seríamos nós mesmas!!!

Se quiser assistir um pouco desse nosso dia em NYC, clica que tem um vlog. 

Pegamos o metrô e quando chegamos lá, nos deparamos com toda a Times Fechada, e poucas entradas para a festa. Eles não fazem como nós em Copacabana, ledo engano pensar assim! Só pra vocês entenderem melhor como funciona: A Times é uma região que abrange o encontro da Sétima avenida com a Broadway entre as ruas 42 e 47. Quando chega o horário estipulado, se não me falha a memória na época, foi 12:00 ou 14:00 eles começam a fechar em setores. Ou seja, eles vão gradeando todas as ruas de acesso à essas duas avenidas (Broadway e Sétima) e conforme vão lotando vão gradeando e fechando os setores entre as ruas 42 e assim por diante.

Em cada entrada havia revista geral de pessoa por pessoa, tínhamos que enfrentar uma fila quilométrica e quando chegávamos nos policiais tínhamos que abrir os casacos, bolsas, abandonar guarda chuvas e qualquer objeto que eles considerassem de ameaça comum.  No ano em que passamos lá, 2015/2016, teve ameaça de atentado então a segurança foi reforçada, porém pelo que ouvimos essa minuciosa revista sempre acontece, então esteja preparado para isso e chegue com antecedência. Se você chegar cedo ganhará adereços e brindes do patrocinadores para deixar sua noite mais alegre, mas se chegar tarde como nós, não receberá nada rs.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

Nós entramos pelo lado da Broadway na altura da 54 St, o que não foi a melhor das ideias já que a vista é parcialmente prejudicada rs. Então entre pelo lado da 7 Ave. onde a vista da famosa bola será melhor.

Mas não fique tão preocupada (o) em ficar mais distante, pois eles espalham telões e dá pra acompanhar a festa.

Depois que rompe o ano, acabou a festa! Acabou mesmo, não há mais shows, eles acontecem todos antes da meia noite, não há queima de fogos (por uma questão de segurança mesmo) e a maioria dos policiais só querem que você vá embora logo, mas é lógico que ainda da pra ficar por ali e se divertir com seu grupo além de interagir com outros grupos. As pessoas estão felizes e só querem saber de curtir e se divertir e não tem brigas como aqui. Tá aí um ponto mega positivo né!

Pode ser tumultuado, pode não ser a festividade que nós brasileiros estamos acostumados, mas se é seu sonho, Viva-o e você não se arrependerá. Foi assim comigo e com a minha irmã.

5142_911613345591475_5749908430634332570_n

RESERVE SEU CARRO.

Dicas Valiosas para esse momento:

  • Agasalhem-se bem! O frio é intenso e passar horas a fio a temperaturas tão baixas pode acabar com sua festa se não estiver bem protegido.  Vista-se em camadas: Segunda pele, blusa quentinha, casaco fino, meia calça ou calça térmica, meião, calça comprida, casacão de inverno, bota (sem salto de preferência), protetor de orelha e se quiser um lenço para o pescoço.

 

  • As roupas precisam ser confortáveis, lembrem-se que são muitas horas a espera do momento ápice.

 

  • Esteja preparado a não sair do seu lugar. Se conseguir um bom espaço, nem pense em fazer xixi, pois se sair já era, não volta mais!

 

  • Não tem banheiro químico e só com muita sorte ou se for cliente de algum restaurante é quem vai conseguir usar algum. Já ouvi falar que a galera usa fralda, não usei, mas consideraria essa opção.

 

  • É proibido o consumo de bebidas alcoólicas nas ruas de Nova Iorque. Então não tente burlar essa regra para não passar a virada atrás das grades. Nem o seu champanhe será permitido, então brinde antes de sair de casa.

 

  • Se você não for chegado a superstições de cores e tudo mais, ótimo, entre no clima do Novaiorquino e use preto. Mas se você é chegado a superstições aposte no preto também já que a cor simboliza independência, estabilidade e elegância. Sério, evite o branco, poucas pessoas usam.

 

  • Não leve mochilas, pois não poderá entrar com elas (segurança rigorosa, lembra). Guarda chuva também nem pensar, além é claro de objetos perfuro cortantes e/ou fogos de artifício.

 

  • Nenhuma brincadeirinha do tipo, “aí eu tenho uma bomba”. Gente, é sério! Mais uma vez você não quer passar sua virada na cadeia né.

 

  • Deixe o táxi para depois, ou melhor evite sempre o táxi, o melhor transporte é o metrô. Compre seu bilhete antecipadamente, mas sem a preocupação de ser um bilhete especial, o comum mesmo é aceito e o funcionamento é 24 horas, 7 dias na semana.

 

  • Se estiver hospedado na região da Times, vai conseguir furar alguns bloqueios policiais e se locomover com mais facilidade, basta que apresente o cartão do hotel. Porém para isso, terá que desembolsar uma boa grana.

 

  • Após a virada do ano não tem mais nada o que fazer na Times, mas muitas baladas e festas seguem acontecendo pela Cidade e não é nada difícil encontrar alguma. Alias uma opção é já comprar uma dessas festas, curtir a Times a depois correr pra lá. Quem costuma fazer umas baladas legais e com o preço mais atrativo são os rooftops, como o 230 Fifth, o Mrs Purple, entre outros.

 

  • Se você se programou para isso e tem um dinheiro em caixa para pagar a festa e fugir do tumulto mesmo estando na Times, pode comprar a festa de algum restaurante no entorno que vai te oferecer conforto e alguns até uma vista privilegiada.

 

  • Nas ruas você não vai encontrar muitas opções para comer, ou melhor quase nenhuma, se achar será sorte, após as 21:00, então é melhor passar no mercado antes e já garantir uns biscoitos para aguentar.

 

  • Como essa é a Cidade que nunca dorme, no dia 1° você encontrará muitas opções de lugares abertos, então não precisa se preocupar tanto em não ter o que fazer, pois você com certeza terá.

Para maiores informações, eu vou deixar aqui o site oficial do reveillon: https://www.timessquarenyc.org/times-square-new-years-eve/nye-faq

Depois de escrever esse artigo, eu revivi sentimentos tão gostosos que me deu uma vontade louca de pegar o primeiro voo rumo a NYC, mas me lembrei que amanhã acordo cedo rumo ao BRT mesmo hahahaha.

Espero que tenham gostado e se tiverem alguma dúvida, deixa aqui que ficarei feliz em ajudar mais!!!

Se quiserem ter uma overdose boa dessa Cidade, vou deixar aqui uma coletânea de artigos para vocês se esbaldarem: https://micheleraggio.com.br/category/nova-york/

 

Dicas de Viagem

Como fazer para viajar mais? 5 dicas práticas!

Senta, separa o caderninho e a caneta e começa a anotar mais dicas para você viajar mais e de uma maneira muito melhor e mais econômica.

IMG_8201

  1. Priorize

Faça de sua viagem uma prioridade, esse é sem dúvidas o primeiro passo.

Deixa-me contar uma história. Desde adolescente eu sonhava em conhecer Nova York, e durante muitos anos eu segui sonhando e suspirando a cada vez que eu assistia a um filme, foto e qualquer coisa que tinha a Cidade como pano de fundo.  Eu havia pegado esse sonho e colocado ele no meu armário dos sonhos, na prateleira mais alta eu tinha nesse armário e por isso ele acabou se tornando um sonho inatingível! Até que eu comecei a viver uma vida que não estava me agradando, eu estava cansada, desestimulada, eu não realizava mais os meus sonhos, então eu resolvi mudar isso e comecei pelo sonho mais “impossível”. “Comprei uma escada”, comecei a subir degrau por degrau e só parei de subir quando alcancei esse sonho e o tornei realidade em 12 de novembro de 2015.

Fazer do seu sonho a sua prioridade, você terá estímulos a caminhar em direção a ele, e isso não se aplica somente a viagens, isso é pra vida!!!

  1. Destino X Orçamento

Depois de priorizar a sua viagem é hora de escolher se a sua prioridade é o destino x, y ou z ou se a sua prioridade é viajar com o orçamento xxx.  Nesse momento é preciso decidir o que é mais importante, para que a partir daí você comece a traçar suas estratégias.

Você vai fazer o seu destino se encaixar no seu orçamento, ou você vai trabalhar o seu orçamento para se encaixar no seu destino dos sonhos?

Tenha a mente aberta a essas duas possibilidades, saiba que mesmo ganhando pouco é possível trabalhar para aumentar o orçamento em busca daquele destino que te arranca suspiros (isso será assunto para um próximo artigo, fique acompanhando aqui) e também esteja certa (o) que é possível ter surpresas extraordinárias em destinos pouco conhecidos e bem mais baratos.

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

  1. Pesquise

Decidiu para onde vai ou com quanto vai? Já, então é hora de começar a pesquisar e a internet é sua maior aliada nessa fase.

Tem ótimos blogs com várias dicas interessantes sobre os destinos a serem desbravados, esse aqui é um deles, modéstia a parte. Tem também o Estevam pelo mundo, o Prefiro Viajar, o Melhores Destinos entre muito outros.

A internet ta cheia de conteúdo de qualidade que vai te ajudar na sua fase de pesquisa. E o que pesquisa? Tudooooo!!! Como chegar, como se locomover, onde comer, o que comer, o que vestir (lembre-se que tem Países onde a religião e algumas leis rígidas ditam as regras), melhores regiões para se hospedar, onde é mais seguro, documentação obrigatória, como gastar menos, qual a melhor e mais barata época de viajar para aquele destino (opte pela média e baixa temporada), e tudo mais que implicará na sua vida de turista.

Se muna do máximo de informação possível, para poder tomar as melhores decisões. Quanto mais você souber do destino, e dos valores dessa viagem, ficará até mais fácil na hora em que ver uma promoção de verdade, por exemplo.

Aliás, é nesse momento que caso a sua viagem tenha sido escolhida pelo destino, foi vai definir o orçamento que você precisará para realizar esse sonho.

É nessa hora também que você pode contar com a ajuda de um profissional especializado, em forma de consultoria. Se quiser saber mais clique aqui.

  1. Planeje com antecedência 

Agora é hora de programar a sua viagem.

Depois de saber todo o necessário pra sua viagem é hora de começar o planejamento, comece então juntando o dinheiro necessário para sua aventura. Junte de maneira inteligente, colocando esse dinheiro em um lugar onde ele ainda vai lhe render juros (Outro assunto que ficará para um próximo artigo).

Já se programe para não usar cartão de crédito, a não ser para acumular pontos de fidelidade, mas que você já tenha o dinheiro para pagar a fatura, ou então em caso de ir a algum lugar que não aceite dinheiro, pode parecer estranho, mas é mais comum do que se pensa. Não há nada mais desagradável do que não poder começar a juntar dinheiro para a próxima viagem, por ainda estar pagando a anterior.

Faça um programa de toda a sua viagem e se não conseguir desenvolver sozinha, contrate um roteiro personalizado, pois isso vai te ajudar a otimizar seu tempo focando no que realmente importa.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

5. Use Milhas

Milhas é igual a dinheiro, então faça delas as suas melhoras amigas. Use-as o máximo que puder. Use para comprar passagem, para hospedagem, para seguro viagem e tudo o que for da sua viagem.

E como acumulá-las? Simples, resumidamente se cadastre nos programas de milhagens que existe, o meu preferido é o Multiplus, mas tem outros como o smiles da gol, tudo azul, dotz e muitos outros.  Sempre peça suas milhas quando fizer uma viagem, cada viagem lhe gera milhas.  E se puder ter um cartão de crédito que gere milhas, o tenha, mas use com inteligência, não adianta sair comprando  tudo o que quiser e se endividar que assim você não conseguir viajar.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

E aí? Preparadas (os) para fazer as malas e embarcar rumo à felicidade?

Se quiser ver mais postagens com dicas de economia para viagem como essa, vou deixar alguns links aqui embaixo:

https://micheleraggio.com.br/2018/08/09/como-viajar-com-200-reais/

https://micheleraggio.com.br/2017/07/11/10-maneiras-de-economizar-para-viajar/

https://micheleraggio.com.br/2018/04/18/como-economizar-e-viajar-mais/

Dicas, Passeios, Rio de Janeiro, Viagens

Municipal a um real!

CDYZE2953.JPGO Theatro Municipal do Rio de Janeiro me pareceu por muito tempo um lugar intocável, um lugar que não era para uma pessoa da minha classe social. Mas meus pais sempre nos deram acesso a cultura, viagem e conhecimento e sempre nos falaram que podíamos viver o que quiséssemos, então eu me tornei numa incansável desbravadora, principalmente quando o assunto é se divertir/viajar gastando pouco, foi aí que esse tempo de um lugar inatingível passou e hoje eu vou te contar que o Theatro Municipal é para todos!!!!

NLJKE4847.JPG

Mas antes eu vou contar uma pouco da história desse lugar magnífico. O Theatro Municipal do Rio de Janeiro foi inaugurado em 14 de julho de 1909, sendo considerado até hoje a principal casa de espetáculos do Brasil e uma das mais importantes do América do Sul. A sua história se funde a história do nosso País, tendo sua belíssima arquitetura escolhida através de um concurso, onde decidiram pela junção de dois projetos que se inspiravam na ópera de Paris. Atualmente o Theatro pode receber até 2.252 pessoas e desde a década de 30, conta com seu próprio corpo artístico, composto de Ballet, Coro e Orquestra Sinfônica.

DNKQE1382.JPG

Agora voltamos ao fato do Theatro ser para todos. O Municipal em parceria com seus patrocinadores e apoiadores, realiza o “Domingo no Teatro” com Municipal a um real, que são espetáculos que acontecem fora do horário nobre, mas com a pompa merecida, a um valor de ingresso simbólico, R$1,00. Essa é a maneira que a mais imponente arquitetura teatral do país contribui para popularização da cultura.

No domingo dia 11/11/2018, eu fui assistir às 11:00 da manhã, ao espetáculo: “A modinha que não sai de moda” e paguei apenas R$1,00 pelo ingresso. Eu nunca tinha ouvido falar desse gênero musical, modinha, mas me permiti ser surpreendida pelo novo e me emocionei com o espetáculo, apresentado junto ao clima do lugar. Esse gênero musical foi cantado por 4 mulheres sopranas,  mezzo-soprana e contralto (da um Google pra ver o que cada um significa), então imagina a sensação boa que vozes maravilhosas são capazes de causar em quem as ouve.

WFZWE4465.JPG

O Teatro arranca suspiros de quem aprecia arte. Ele é a simbologia de cultura para todos. Foi a minha primeira vez naqueles corredores e escadarias e eu acredito que não tenha sido a última.

SQHTE8313

Se você quiser saber mais sobre os espetáculos, vou deixar o site oficial para que consulte a programação. Se permita viver experiências novas, o seu corpo e sua mente agradeceram e por esse preço o seu bolso também.

 

 

Reflexão, Viagens

A Volta pra casa!

IMG_6642.JPG

Um dia eu pisquei e percebi que era hora de voltar pra casa! Voltar pra casa depois de um período de inúmeros acontecimentos parecia algo mais perturbador do que acalentador.

Voltei e percebi que tudo estava no lugar, ou quase tudo. Os mesmos e melhores amigos, a família maravilhosa, a casa, as roupas, os sapatos, o ritmo da Cidade, os vizinhos, e quase tudo que não tinham embarcado comigo para uma aventura de três meses estava ali.

Tudo isso devia ser acolhedor, mas era assustador! Algo muito grande havia mudado, algo que mexia com tudo aquilo em volta, e eu levei algum tempinho pra entender que não era o que tinha mudado, na verdade era quem. E esse quem era EU.

Eu mudei, eu me reinventei, eu me transformei!!!

Sabe aquela peça de roupa que você ama, mas que não lhe serve mais? Então, não foi a peça que mudou, foi você! Você cresceu, emagreceu, engordou, não sei, mas algo mudou.

Eu voltei assim, tentando fazer servir uma roupa que não serve mais.

O curto espaço de tempo que eu vivi fora, me fez perceber que o mundo é meu e eu posso estar aonde eu quiser estar. Aprendi que criar raízes é bom, mas que tirar uma muda e plantá-la em outro lugar é melhor ainda.

Aprendi que se pode ter sim tudo nessa vida. Tudo o que verdadeiramente se quer, é claro que com algumas adaptações e criatividade pelo caminho.

Aprendi na volta que ter sonhos é de extrema importância, mas que transformá-los em metas e traçar estratégias para realizá-los é indispensável para que se tornem reais.

Hoje eu estou aqui, mas amanhã posso estar do outro lado do globo terrestre, pois eu entendi que aquela roupa que não serve mais, pode sim servir com alguns ajustes e que mesmo assim,  quando eu quiser, eu posso simplesmente…   Trocar!!!

Escrito por Michele Raggio do Rêgo