Passeios, Rio de Janeiro, Viagens

Ilha da Gigóia – Um novo olhar sob o Rio de Janeiro

Tá aí um lugar tão perto, mas que muitos cariocas não conhecem, a Ilha da Gigóia.

Esse pacato lugar no meio do Rio de Janeiro está ganhando ares de ponto turístico, e você não vai querer deixar de visitar.

A ilha tem cerca de 3.000 mil habitantes que estão acostumados com o vai e vem de pessoas em seu reduto de descanso, principalmente aos fins de semana.

Mas se você acha que vai chegar na Ilha e encontrar e encontrar inúmeras opções do que fazer, pode se decepcionar, o clima lá não é esse, mas isso não quer dizer que não seja bom! A visita a Ilha tem sinônimo de descanso e contato com a natureza, se resumindo a passar uma tarde agradável passeando pelas suas ruelas e becos, descobrindo assim alguns segredos e artes de rua, respirando ar puro, apreciando os “miquinhos” andando pelos fios e comendo e bebendo em algum dos restaurantes que permeiam a ilha.

Por favor em restaurante, nós escolhemos o Cais Bar e comemos uma anchova super fresca, com arroz de brócolis, pirão, batata canoa e salada. No cardápio dizia que o prato servia 2 pessoas, mas serviu bem 4 e pagamos por ele R$120,00. Além do Cais Bar, tem também o Bar do Cícero, o Bar Caiçara e o Laguna como os mais famosos da região.

Também é possível se hospedar na Ilha e imergir de verdade no clima bucólico do lugar.

Para chegar a Ilha da Gigóia não tem mistério. Ela fica na Barra da Tijuca, e o acesso se dá de barco. Para pegar esses barquinhos (ou chalanas), existem alguns pontos ali próximo ao Jardim oceânico. A entrada mais conhecida é a da lateral da Unimed na Armando Lombardi no Jardim Oceânico, basta  pega um dos barqueiros ali naquele ponto pagando cerca de R$5,00 o trecho. Tem também a entrada pela La Isla, ou antiga Ilha dos Pescadores, que é no Itanhangá  e dali o preço é R$4,00 o trecho.

Agora cuidado com os barqueiros que querem te oferecer um passeio completo pelas ilhas que se completam. Eles costumam cobrar de R$20,00 a R$25,00 por pessoa. Negociando nós pagamos R$16,00, porém ainda assim nos sentimos lesados, de verdade. O passeio levou cerca de 10 a 15 minutos, ele não nos falou o nome das ilhas que estávamos passando, não explicou nada sobre a região, aí nos levou até a parte do mangue, onde vimos jacarés (essa parte até foi bem legal) e depois simplesmente avisou que tínhamos chegado na Ilha da Gigóia. Então nos sentimos jogando dinheiro fora, por isso negocie preço e também questione se ele vai fazer um tour com explicações ou simplesmente passar sem falar nada.

E não esqueçam o repelente, por favor. Eu estou cheia de picadas de mosquitos e inchada, pois esqueci de passar o repelente e como é um lugar de mata tem muito mosquito por lá.

Então junte uma galera, faça uma reserva em um dos restaurantes de lá e vai passar um dia agradável longe do barulho e correria da Cidade Grande.

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

Hotéis

Aluguel por Temporada

Seguro Viagem

Alugue seu Carro

Anúncios
Dicas de Viagem, Economia, Viagens

Como economizar e viajar mais!

Mais uma vez eu venho com esse tema aqui no blog, mas é que sempre há maneiras de economizar para que você possa viajar.

Viajar é sim para todos, basta que isso seja uma meta para você, aí com um pouco de organização tudo se torna fácil. Então aqui vai algumas dicas que podem te ajudar bastante a viajar mais!

IMG_5999

Venda suas férias!

Aí você fala: “Eu trabalho um ano pra poder ter 30 dias de descanso e tu queres que eu trabalhe mais alguns dias?” SIM!

Do que vale 30 dias em casa se você pode passar 7 ou 10 dias desbravando um novo destino? Venda uma parte das suas férias e use esse dinheiro na experiência de conhecer um novo destino.

Posso te garantir que 7 dias viajando te revigoram muito mais que 30 dias em casa.

Abandone hábitos maléficos!

Qualquer hábito que te faça gastar dinheiro sem um retorno positivo é um ato maléfico.

Um exemplo é fumar. A pessoa que fuma 1 maço por dia, gasta em média R$5,00 por dia, logo o gasto mensal é de R$150,00 e o anual é R$1.800,00.

Sabe o que você consegue pagar com esse valor? Seu aéreo de ida e volta para os Estados Unidos; 4 diárias em alguns resorts all inclusive no Brasil; Uma viagem completa de 7 dias para Foz do Iguaçu; Uns 15 dias (ou mais) de mochilão pela América do Sul (isso se você for um economista de plantão e souber administrar bem suas finanças), além de muitos outras opções.

Depois dessa tá faltando o que pra você largar esse vicio ou outros e começar uma vida nova?!

Venda bens passivos!

Venda tudo que não te serve, mas que pode servir pra alguém. Vale tudo que estiver em bom estado: roupa, sapato, bolsas, acessórios, móveis e até o seu carro.

Tudo isso que listei são bens que não te geram rendimentos, por isso são bens passivos, claro que se você usar o carro como seu meio de trabalho, sendo Cabify por exemplo, ele é um bem ativo.

Não tem nada de feio em vender suas peças usadas, isso não faz de você uma pessoa má. Você pode doar algumas peças e vender outras e assim continuará fazendo o bem e também adquirindo hábitos enriquecedores.

Tome banho gelado!

Agora vocês vão me chamar de maluca mesmo! Já estou imaginando vocês falando: “ Ela é louca que eu vou tomar banho gelado no frio”, principalmente os cariocas de plantão rsrsrs.

Mas vou te dar dois bons motivos para você adotar essa medida:

1) Seus resfriados, alergias e ites (rinites, sinusites e etc) irão diminuir consideravelmente.

2) A sua economia anual vai te ajudar a viajar. O chuveiro elétrico é um dos vilões da conta de luz.

Vamos fazer um cálculo rápido aqui: Se o seu chuveiro consome 5.000 watts/hora na posição inverno e em média você toma 2 banhos de 10 minutos cada por dia, você gasta diariamente: 1,65 kw/h, mensalmente: 49,5 kw/h e anualmente: 594 kw/h. Se o valor do kw na sua cidade é de 0,74 (valores aproximados do Rio de Janeiro), você está pagando por ano: R$439,56.

Esse dinheiro te leva pra fins de semana em muitos destinos, e se junto com outras economias te leva até pra Disney se esse for o seu sonho de viagem!

Tenha um cofre!

Não precisa exatamente ser um porquinho, pra você não gastar dinheiro com isso. Pega um pote grande de vidro, escreva nele qual a sua meta, por exemplo: Nova York e crie uma rotina diária de depositar algum dinheiro nele. Detalhe: deixe o pote em lugar visível para que você possa sempre olhar e lembrar do seu sonho.

Dinheiro dentro de casa não rende é verdade, mas é uma maneira extra de você se motivar para atingir aquele objetivo.

Se você se comprometer a colocar R$1,00 por dia, no fim de um ano você terá R$365,00.

12234930_918467154908623_6502147020175983990_n

É ou não é uma economia e tanto?!

Com essas poucas dicas aqui, eu te provei que é possível qualquer um viajar, basta ter força de vontade e planejamento.

Só aqui nós economizamos mais de R$2.600,00, fora as férias vendidas que vai depender do seu salário pra chegar ao valor.

Se você ainda quiser economizar mais, vou deixar 3 posts aqui embaixo:

https://micheleraggio.com.br/2017/07/11/10-maneiras-de-economizar-para-viajar/

https://micheleraggio.com.br/2017/06/27/5511/

https://micheleraggio.com.br/2017/03/21/5-dicas-para-economizar-ate-nos-detalhes/

Reflexão

O mundo pode ser seu!

IMG_6618

Quem já me conhece sabe que eu moro no subúrbio carioca. Um lugar de não muitas oportunidades, mas de muitos sorrisos mesmo sem motivos.

Passando pelas ruas do meu bairro, eu me pego me perguntando: Quais os sonhos de cada uma dessas pessoas?

Com certeza muitas nem tem grandes sonhos, mas também tenho certeza que muitas são como eu: cheias de sonhos!

Como uma carioca suburbana, uma carioca da gema, de raiz, eu aprendi dentro da minha “sociedade” que lugar dos sonhos é nos sonhos, porém com os pais que eu tenho eu fui introduzida ao ensinamento mais valioso da minha vida: Que o lugar dos sonhos é onde eu quiser e que eles só vão se tornar reais se eu colocá-los como metas e traçar estratégias para fazê-los acontecer.

Eu demorei pra aprender isso, eu demorei pra aceitar que eu tinha o mundo de possibilidades, bastava que eu quisesse.

Sabe por que eu demorei?! Porque eu hesitava em sair da minha zona de conforto. Eu tinha medo do fracasso, até compreender que derrotas fazem parte do caminho dentro ou fora da zona de conforto e que o fracasso não existe até que você permita. Me entenda bem, problemas virão, derrotas virão, não quis dizer que tudo será um mar de flores, só disse que é você quem escolhe se aquele contra tempo vai ter dimensões que façam você se sentir fracassado com foco total no problema ou vai ter apenas a atenção que merece para a solução dele, com seu foco sempre no próximo passo.

Eu aprendi que o mundo pode ser meu, basta que eu queira de verdade e trabalhe pra isso, que o universo vai se encarregar de dar uma mãozinha quando eu menos esperar.

Assim aconteceu com minhas maiores realizações. Eu tinha o sonho de morar em NYC, mas não achava possível, até que eu decidi que iria. Foi da noite para o dia? NÃO. Foi fácil? NÃO. Foi pelo tempo que eu queria? NÃO. Foi melhor do que em sonho? COM CERTEZA FOI. Sabe por quê? Porque foi REAL! E como eu consegui? Eu tornei meu sonho uma meta e me planejei para a realização!!!

A gente tem um outro grande problema. O de ser imediatista. Achamos que tudo que desejamos hoje deve acontecer hoje mesmo e como não acontece nos sentimos fracassados e colocamos o desejo de lado. Mas tudo tem um tempo de planejamento, de programação. Os maiores exemplo disso são os milionários, você acha que o dinheiro caiu do céu pra eles? Você acha mesmo que eles foram escolhidos por Deus para ter dinheiro e você não? Se você acredita em Deus deveria compreender que ele não faz distinção e que cada colhe o que planta.

O que eu quero com esse texto é que você também entenda que é dono do seu próprio destino e que não importa onde você viva ou com quem você viva, tudo é uma questão de escolha, e se a vida não te da uma oportunidade, faça você a sua oportunidade, como já diz o velho ditado popular: “Se a vida te der um limão, faça uma limonada” e eu acrescento ou deixe ele estragar por falta de criatividade. É você quem decide!!!!

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro

 

Viagens

Chapecó -a Cidade do Chapecoense!

Hoje eu e o mundo acordamos com uma notícia muito triste. O avião que levava o time de futebol e dirigentes do Chapecoense, além de pessoas da mídia, caiu em Medelin, na Colômbia, onde o clube iria participar da final do campeonato SulAmericano de futebol, deixando quase todos mortos. Um acontecimento desses com certeza nos faz refletir e rever muitas atitudes que tomamos no dia a dia. Confesso que fui a lacrimas diversas vezes no dia de hoje e por isso me inspirei a escrever cobre a Cidade de Chapecó em Santa Catarina e seu potencial turístico.

402fc8ec6a3d145cdb7f66a38211efa9
Foto: http://www.belasantacatarina.com.br

Chapecó em um município de Santa Catarina e é considerada a capital da agroindústria por isso tem muitos eventos culturais agropecuários e festas típicas que acontecem no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves, além disso, a Cidade é rica no quesito ecoturismo.

A Cidade oferece trilhas com belíssimas recompensas como o mirante da ferradura. A trilha do Pitoco é bastante famosa e nos permite um legítimo contato com um paraíso as margens do Rio Uruguai. Outra boa opção para Chapecó e aproveitar as belezas da Cidade é fazer Trekking, Canyoning, Rapel, Cascading, Tirolesa, Pesca e visitar estâncias termais.

Além desse grande contato com a natureza, tem também muita opção de artesanato da Região para lembrancinhas e visitar os museus é uma das melhores formas de entender e aprender mais sobre a história da Cidade.

casa-rural-kaardel-navarra-fuente-escapadarural-com_-710x450
Foto: http://www.chapecoeregiaocvb.com.br

A Cidade também valoriza o turismo rural, pelas comunidades rurais é possível ver traços da cultura dos colonizadores e muito mais belezas naturais.

15241190_1503083466387401_7400566272436966969_n
Foto: https://www.facebook.com/AChapeF/

Esse post é em homenagem a todos os que morreram nesse terrível acidente de avião, aos familiares e amigos que perderam seus entes queridos nesse dia de hoje. Também para todos os moradores da Cidade que hoje sofre essas perdas irreparáveis. E também a todos os que sobreviveram e terão uma nova chance de recomeçar!

A vida é feita de recomeço e nesse momento eu me coloco solidária a toda dor e desejo amor de luz a todos os envolvidos!

Viagens

Hotel Altos de Santa Teresa

sam0327.jpg

Quem me acompanha pelas redes sociais e pelo YouTube, sabe que fui com minha irmã passa um dia no hotel Altos de Santa Teresa, aqui mesmo em Santa Teresa no Rio de Janeiro. Eu não conhecia o hotel e quando soube que íamos passar um dia lá comecei a pesquisar sobre e já de cara fiquei louca vista que proporciona da Cidade do Rio de Janeiro.

O hotel é uma casa construída no início do século xx, ou seja, o lugar já tem mais de um século de história e seus proprietários são Jorge e Edson. Claro que toda a construção passou por reformas para se adequar a modernidade, mas o estilo permaneceu e é quase que uma viagem no tempo se hospedar lá, claro que de uma maneira super positiva.

Ele está localizado bem no alto de Santa de Teresa e por isso a internet não é muito boa por lá, nem o Wi-Fi do hotel e nem o nosso 4G, e isso é ótimo pois quem vai pra lá quer mais é saber de paz e sossego e esquecer que existe esse mundo que só nos distancia dos prazeres da vida.

O hotel é bastante intimista e só possui 8 suítes, sendo duas máster e as demais standard. Todas as suítes são bem espaçosas e bastante confortáveis, com banheiros grandes e até um closet. Nós ficamos na suíte 6 com a melhor vista do hotel, ao abrir a porta nós tínhamos o Pão de Açúcar nos dando boas vindas.

sam0293.jpg

Ao chegarmos ao hotel recebemos um drink de boas vindas, uma caipirinha que por sinal estava uma delícia. Aproveitamos bastante a Jacuzzi de água quente com um vista do Pão de Açúcar de tirar o fôlego. Além dessa jacuzzi maravilhosa, também é possível tomar um bom banho de piscina e ler bons livros na pequena biblioteca que o hotel dispõe. O deck onde podemos desfrutar de bons momentos tem vista para o Pão de Açúcar e também para o Cristo Redentor, que esteve a maior parte desse dia encoberto.

sam0354.jpg

14333752_1120529971369006_3877575078061062217_n

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

Infelizmente o dia que fomos estava bem nublado e choveu bastante a partir do fim da tarde e não pudemos sair do hotel para jantar e passear em Santa Teresa, então já que o hotel não dispõe de refeições tivemos que pedir uma comida em umas das opções restaurantes que eles disponibilizam. No café da manhã está tudo arrumado com muito cuidado e feito com muito carinho, tudo bastante saboroso e com uma variedade boa. Tinha frutas, pães, pão de queijo (que eu amoooo e comi muito), suco e até polenguinho.

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

Após o café nós liberamos o quarto, pois continuava com aquele tempinho chuvoso então resolvemos vir pra casa já que não dava mais para aproveitar a Jacuzzi.

Todos os funcionários do hotel são super prestativos e atenciosos. A Mônica é um amor e nos deu todo o suporte necessário para tornar nossa estadia ainda mais especial.

Então se você está a procura de um lugar lindo para descansar esse é o hotel que você precisa. Ótimo para casais, famílias e até amigos que precisam de sossego. O contato com a natureza pulsa nesse lugar e isso é estonteante.

img_8336

Quem não viu o vlog, é só clicar aqui!!!

 

Passeios, Viagens

Campos do Jordão e a Natureza – O que fazer?

Campos do Jordão é uma Cidade pequena, mas por ser uma Cidade Turística oferece muitas possibilidades de passeios. Por uma Cidade no meio da Serra da Mantiqueira boa parte dos passeios é bem ligado a natureza e oferece uma belíssima apreciação da natureza.

Nesse post vou enumerar alguns dos pontos de beleza natural  a serem visitados em Campos do Jordão.

O primeiro deles é o Pico do Itapeva. Esse lugar mereceu um post exclusivo, se você ainda não leu clique aqui. É o quinto cume mais alto do País e oferece uma vista espetacular do Vale do Paraíba.

img_7947

Outro lugar é o Parque Amantikir. Infelizmente não tivemos a oportunidade de visitar, pois faltou tempo e é um local de difícil acesso. Inaugurado em 2007 o parque reúne 26 jardins com 700 espécies de plantas. O parque está aberto todos os dias e é um dos lugares que mais recebem visitantes em Campos do Jordão. É sem dúvida alguma, um dos motivos para querermos muito voltar a Campos do Jordão.

O Horto Florestal foi outro lugar que também não conseguimos visitar, mas é uma parada obrigatória para quem visita Campos do Jordão. Lá está a maior reserva de Araucárias de São Paulo, além da grande diversidade da flora e fauna da região.

O Mosteiro de São João das Monjas Beneditinas, também é um lugar belíssimo para visitar. Um lugar de paz e tranqüilidade que merece uma visita independente de religião. Lá é possível encontrar um laguinho e muitas árvores nativas, além de uma capela e também uma gruta da Imaculada Conceição onde os Cristãos Católicos podem orar.

img_7995

Outro ponto que não pode ficar de fora é o Auditório Claudio Santoro e o Museu a céu aberto Felícia Leiner. Eles estão localizados no mesmo espaço e sincronizam perfeitamente entre si em meio à natureza. No auditório Claudio Santoro é realizado o festival de inverno de Campos de Jordão que acontece no mês de Julho, além de outros eventos ao longo do ano. O museu foi instalado ali pela própria artista Felícia que foi levando e criando seu acervo pensando naquele espaço.  Suas obras são especialmente ligadas aos animais, a natureza e à família que era por quem a artista tinha verdadeira paixão.

img_8014

O Morro de Elefante é o ponto turístico natural mais próximo do Centro Turístico alias, ele fica no centrinho. Nós não subimos o morro, pois a subida é feita por um teleférico com cadeirinha individual e o medo de altura nos impediu. Também é possível subir de trenzinho ou de carro. De lá é possível ter uma visão privilegiada do Centro de Capivari.

Campos do Jordão tem muito mais a oferecer, mas eu acredito que esses são pontos cruciais na sua visita a Cidade.

Espero que tenham gostado!

 

 

Passeios, Viagens

Pico do Itapeva – Vale do Paraíba

Um lugar lindo para visitar durante sua estadia em Campos do Jordão é o Pico do Itapeva.

img_7947

O Pico do Itapeva é o quinto maior cume do Brasil com 2.030 metros de altitude e pertence à Cidade de Pindamonhangaba, porém o único acesso por estrada é via Campos do Jordão. O nome Itapeva significa Pedra Achatada em Tupi Guarani.

Lá de cima é possível apreciar toda a beleza do Vale do Paraíba Paulistano (Cidades do Vale: Tremembé, Taubaté, Caçapava, São José dos Campos, Pindamonhangaba, Guaratinguetá, Aparecida, Roseira, Lorena, Potim, Cruzeiro, Piquete, Moreira César, Cachoeira Paulista e Eugênio de Melo).  Por ser um lugar turístico havia ali uma feirinha de artesanato que foi retirada por determinação da justiça já que o local é de propriedade privada e área de proteção ambiental.

Apesar de ser propriedade privada a entrada é gratuita e o dono de toda aquela região está construindo um pólo comercial cerca de 300 metros abaixo do cume onde há um lago belíssimo que também é um dos lagos mais altos do Brasil.

Quem está em Campos do Jordão precisa separar um tempinho para visitar esse cume. No dia em que fomos estava com muitas nuvens e não conseguimos ver nenhuma das Cidades do Vale do Paraíba, mas como eu sempre digo, até os dias chuvosos tem sua beleza, foi possível ver as nuvens encobrindo o vale e se perceber acima delas com uma visão privilegiada de como a natureza é mutante e linda em suas diversas formas.

img_7958

Como chegar ao Pico:

Saindo da Praça da Vila Capivari, centro turístico, entrar na primeira à direita e seguir as placas que indicam o Tênis Clube e a Ducha de Prata na Av. Senador Roberto C. Simonsen. Mais a frente você irá avistar o Hotel Quatre Saison ali vire à direita e siga em frente até o fim do asfalto onde poderá estacionar e subir certa de 30 metros até o Pico do Itapeva.

Visitem esse lugar, parece que você está mais perto de Deus!

 

Hospedagem, Viagens

Chá da tarde na Pousada La Toscana

No dia em que cheguei a Campos do Jordão umas das primeiras coisas que fiz com minha irmã, foi ir até a Pousada La Toscana para tomar um chá da tarde a convite deles.

img_7883

A pousada La Toscana fica a aproximadamente 10 minutos de caminhada da praça central de Capivari. Ela fica na parte alta do centro turístico de Campos do Jordão e em meio à mata é possível fazer contato direto com a natureza. A pousada tem atendimento 24 horas na recepção e possui 20 apartamento e 2 dois deles tem varanda. Tem também como área comum um salão com televisão e diversas opções de filmes em DVD.

Fomos ao hotel na sexta feira por volta das 16:30 e pudemos apreciar um por do sol espetacular que nos foi proporcionado pelo posicionamento do salão onde é servido o café da manhã e o chá da tarde que é um lugar bem aconchegante onde ainda é possível ouvir o canto de alguns pássaros.

No chá da tarde foi servido uma variedade de bolos e torta salgada, além de café, leite e chá. Eu comi um bolo de maracujá que estava maravilhoso, eu nunca havia comido bolo de maracujá que eu me lembre e não me arrependi de tê-lo feito, e também comi uma torta de abobrinha que nesse dia era a única opção salgada do Buffet. Quem me conhece sabe que sou muito mais por alimentos salgados do que doces, mas minha irmã que ama doces ficou bem feliz com as opções de bolos doces. A torta de abobrinha estava tão saborosa que eu até repeti, até quem não é muito fã de abobrinha eu aconselharia provar, pois não tem o sabor forte e desmancha na boca.

img_7864

img_7865

O café da manhã e o chá da tarde são servidos apenas para hóspedes, então se quiser provar uma dessas delícias terá que ficar hospedado na pousada.

Se você tem um idoso no grupo ou tem problemas de mobilidade e não estão de carro, a pousada talvez não seja o lugar mais indicado para se hospedar, já que ela fica no alto dificulta o acesso a pé a pessoas com problemas de mobilidade.

Se quiser saber mais da pousada clique aqui!

 

 

Viagens

Campos do Jordão, SP

Hoje estou muito feliz. Quem me acompanha pelas redes sociais viu que esse fim de semana eu realizei um desejo de muitos anos e que eu inclui na minha lista para realizar em 1 ano. Eu conheci Campos do Jordão.

img_8051

A viagem foi rápida, mas foi maravilhosa e é por isso que já vou começar a semana falando dessa Cidade encantadora.

Campos do Jordão é a Cidade mais alta do Brasil, ela está a 1.628 metros acima do nível do mar na Serra da Mantiqueira em São Paulo, onde está localizada a sede da prefeitura, mas em seus arredores a Cidade chega a ter 2.000 metros de altitude.

Campos do Jordão viveu 3 ciclos. O ciclo do Ouro, onde no século XVIII Gaspar Vaz da Cunha desbravou a Serra da Mantiqueira em busca de ouro. O ciclo da Cura, já no fim do século XIX à primeira metade do século XX, quando as pessoas com tuberculose subiam a serra da Mantiqueira para se tratarem da doença. O ciclo do Turismo que aconteceu de 1940 (com o fim do ciclo da cura) a 1980, quando a Cidade começou a “vendida” como uma Cidade Turística. É bem verdade que esse último ciclo dura até hoje, já que sua principal fonte econômica é o turismo.

Conhecida como a Suíça Brasileira, a temperatura na Cidade é maravilhosa. Com o clima ameno foi possível aproveitar bastante. Campos do Jordão tem dois centros, o centro comercial que fica em Abernéssia, onde tem um forte comércio com bancos, supermercados, lojas e muito mais. O outro Centro é o turístico e sem dúvidas é o mais visitado. O centro turístico é no bairro de Capivari, um bairro com requintes europeu.

É em Capivari que você encontra os melhores restaurantes da Cidade, a famosa Cervejaria Baden Baden, o famosíssimo pastel do Maluf, O teleférico do Morro do Elefante, a chocolateria Montanhês, a estação Emílio Ribas de onde partem os passeios de trem, feirinhas de artesanato, além das lojas onde é possível comprar de lembrancinhas a roupas de grife.

img_7915

As moradores e trabalhadores da Cidade são pessoas super simpáticas e muito prestativas.

Existem outros pontos turísticos que não estão localizados no centro turístico, mas deles eu vou falar em outros posts. Então fiquem ligados aqui no blog que durante essa semana ainda vai ter muito assunto sobre Campos do Jordão. Amanhã o vlog vai ao ar como um vídeo extra no canal.

Espero que tenham gostado!

Passeios, Viagens

O que é imperdível em Nova York

Estou aqui lembrando saudosa do meu intercâmbio em Nova York e resolvi fazer um post sobre lugares que você não pode deixar de fazer quando estiver por lá.

Na verdade Nova York é uma Cidade imperdível. Tudo lá precisa ser vivido com muita intensidade. A Cidade vibra e nós vibramos juntos com ela.

A maioria dos itens da minha lista são programas bem de turistas mesmo, mas são programas que não podem ficar de fora.

  1. Central Park

Esse é um lugar que dispensa comentários, né. Todos que vão à NYC sabem que devem passar por lá. Mas o que ninguém fala é que mesmo no inverno o parque é um ótimo lugar para sentar e deixar a vida a passar, para ver esquilinhos (um tanto ferozes hahaha) e até patinhos. É o lugar perfeito para ver pessoas, algumas que só estão de passagem e outras que estão contemplando momentos.

  1. Ir a um Rooftop

img_3109

Escolher um rooftop é bastante pessoal, eu mesma aconselharia o Top Of the Rock, mas tem muitos que você pode escolher, apenas para ver a Cidade de cima. Algumas opções são o Empire State, o One World Observatory, o 230 Fifth, o Mr. Purple entre muitos outros. Esses dois últimos são terraço/bar e você não paga para entrar, mas deve ter mais de 21 anos.

  1. Atravessar a ponte do Brooklyn a pé

IMG_0312

Atravessar aquela ponte pode ser bem cansativo para quem anda sem praticar exercícios, pior ainda durante o inverno, mas vale muito a pena pela história turística e pela vista que temo de Manhattan e também do Brooklyn.

  1. Andar pelo High Line

IMG_8548

Ande do início ao fim. Posso te adiantar que é um trajeto enorme, mas que vai te garantir bons momentos e belas vistas. O parque ora estreito, ora mais largo é uma antiga linha férrea que desativada que vem se transformando em um belíssimo parque elevado. Ele começa na Gansevoort, abaixo da rua 13,  e vai até depois da rua, sempre com a 10ª Av, na altura da rua 23 tem uma subida, e além de ser um dos pontos mais movimentados do parque  tem a garantia de um dos mais bonitos por do sol de Manhattan. O parque abre todos dos dias das 07:00 hrs às 23:00 hrs, e tem entrada gratuita. No inverno tente não ir depois as 17:00 hrs pelos menos nas partes menos movimentadas.

  1. Apreciar belíssimas artes no MOMA

IMG_0233

Sabemos que brasileiro quando vai a NY, só quer saber de comprar e as vezes perde lugares e momentos inesquecíveis nessa Cidade. O Museu de Arte Moderna é um desses lugares que não pode ficar de fora. Quando você terá a oportunidade de ver de pertinho obras originais de grandes artistas como Vincent Van Gogh, Salvador Dalí, Picasso e muitos outros, e ainda de graça? É que as sextas feiras das 16:00 as 20:00 a entrada é gratuita.

  1. Visitar a Grand Central Terminal

Esse terminal de passageiros faz parte de história da Cidade e entrar no salão principal é se sentir em um majestoso salão de algum palácio dos séculos passados. Vale a pena só pra observar a arquitetura do prédio e se quiser fazer alguma refeição, na parte de baixo da estação tem boas e diversas opções.

  1. Passar uma tarde no Bryant Park

Uma praça arborizada quase no coração de uma selva de pedra onde é possível sentar e viver momentos de contemplação e de descontração. Ali uma simples conversa pode se tornar muito mais agradável pelo contraste pulsante dessa Cidade.

  1. Andar de metrô

Esqueça o táxi, esqueça os transfers, esqueça até o uber e aposte no metrô. Existem apps hoje que ajudam bastante a se localizar dentro do metrô de NY, e sem dúvidas esse é o melhor transporte público da Cidade. Ele simplesmente é capaz de te levar pra qualquer lugar da Cidade. Eu fiz um post falando do metrô de NYC, se não leu clique aqui e leia que tem dicas bem legais.

Espero que esse post inspire vocês em suas viagens para essa Cidade indescritível!