Ilha Grande - RJ, Roteiros, Viagens

Ilha Grande, RJ – Roteiro Completo de 2 dias

Quem me acompanha no instagram sabe que no fim de semana passado eu estive em Ilha Grande com minha irmã e uma amiga e depois dessa minha segunda experiência na Ilha eu resolvi dividir com vocês o meu roteiro de 2 dias.

Vocês sabem que tem duas coisas que eu amo: Uma é viajar e a outra é economizar e eu fiz ambas nesse fim de semana. No final conto quanto economizamos do preço inicial,  negociando. Sai do Rio com a ideia de gastar no máximo 400,00 com toda a viagem então negociar era minha arma. Será que consegui provar pra vocês que é possível viajar com pouco?

DAPO8476
Praia do Dentista

Transporte: 

Saímos do Rio de Janeiro em direção a Conceição de Jacareí, escolhemos Conceição por ser a travessia marítima mais curta das 3 opções ( Mangaratiba, Conceição de Jacareí e Angra dos Reis), as 6:15 de carro, pegamos uma “carona” com meu pai e pagamos 45,00 de combustível pra ele, cada uma, já que nosso carro é bem beberrão.

Chegamos em Conceição as 7:40 mais ou menos e saímos no flex boat das 8:00 (a praia onde tem o cais de saída é no centro). Fomos com a Vila nova tour e pagamos 55,00 ida e volta depois de negociar um pouco, já que eles estavam cobrando 60,00 a travessia. A travessia durou 17 minutos até a Vila do Abraão.

Obs: Lembrem-se de deixar a volta com data e horário em aberto, pois assim você consegue aproveitar mais o dia da volta e se mudar os planos da volta não perderá dinheiro.

Hospedagem:

IMG_3505.JPG

Ficamos hospedadas no Marlin Hostel. O hostel fica na rua de trás da rua da praia, super perto do burburinho, mas longe do barulho quando a noite cai. Vai ter um post exclusivo do hostel aqui no blog ainda essa semana, mas se já quiser garantir sua reserva clique aqui!

Nosso Roteiro de 2 dias: 

CGTA7346

Como tínhamos pouco tempo na Ilha, deixamos as bolsas e já fomos para o passeio de barco com a Mariana Tour, também vai ter post aqui no blog, específico desse passeio.

Pagamos R$120,00 para fazer Ilhas Paradisíacas. O preço pode chegar a R$150,00 então negocie. Ilhas Paradisíacas é um passeio full Day, ele começa às 10:30 e vai até 17:00.

Mas antes de embarcar tomamos café numa padaria que fica na Rua Santana, ao lado da loja da Mariana tour. Gastei cerca de 2,50 com o pão do café e comprei um sanduíche de R$11,00 para garantir a economia do almoço, já que o passeio para em uma praia para almoçarmos e os preços são meio altos. Lembra que queríamos fazer uma viagem gastando pouco?!

A noite cozinhamos no hostel e fomos dar uma volta pela Vila, já que a noite lá é bem badalada, com muitos barzinhos e restaurantes, além de estar tendo uma festinha julhina por lá. Nessa voltinha eu gastei R$9,00 com um doce que dividi com minha irmã e uma porção de batata frita também dividida.

No domingo de manhã choveu muito e não conseguimos sair pra fazer a trilha das ruínas do Aqueduto, então passamos a manhã no hostel conversando com umas brasilienses que estavam no mesmo quarto que nós. E que meninas massa! O bom de hostel é exatamente isso, poder conhecer pessoas novas e ainda gastar pouco!

Perto de 12:00 parou de chover e então resolvemos sair em direção a trilha T01, que contempla a Praia Preta, Ruínas de Lazareto, Poção e Ruínas do Aqueduto. (Depois vai ter um post detalhando essa trilha). Fizemos ela em 1:50 isso porque paramos bastante para fotos.

Almoçamos rapidinho em um Prato Feito na esquina da rua do Bicão, pagando R$15,00 por uma comida bem temperada e bem servida.

As 14:50 fomos para o cais pegar o flex de volta para Conceição. Ele deveria sair às 15:00, mas atrasou um pouco, saiu às 15:25 e levou uns 20 minutos para atravessar. Então a dica é sair com certa antecedência para não perder o “busão” em direção ao Rio, se esse for o seu caso.

Voltamos de ônibus e pagamos R$50,00 na passagem, já com taxas.

Obs: se comprar a passagem de ônibus online você precisa imprimir o voucher e para isso existem 2 guichês automáticos da Costa Verde (empresa que realiza o trajeto da região para o Rio), um logo ao lado direto de quem desce o cais e outro na avenida principal sentido Angra dos Reis.

NACX1279.JPG

Resumo do Roteiro: 

DIA 1 – Passeio Ilhas Paradisíacas (esse roteiro pode sofrer alteração)

  • Praia do Dentista
  • Ilha Botinas
  • Ilha da Gipóia – Praia da Piedade
  • Ilha de Cataguases
  • Lagoa Azul
  • Praia de Japariz – parada para almoço

DIA 2 – Trilha T01 

  • Praia Preta
  • Ruínas de Lazareto
  • Córrego do Abraão
  • Ruínas do Aqueduto
  • Poção

Quanto eu gastei? 

  • Transporte terrestre e aquático ida e volta: R$ 150,00
  • Hospedagem: R$ 70,00
  • Passeio de barco Ilhas Paradisíacas: R$ 120,00
  • Alimentação: R$ 47,50
  • Trilha T01: R$ 0,00

TOTAL: R$ 387,50

Quanto eu teria gasto sem negociar descontos?

  • Transporte terrestre e aquático ida e volta: R$ 165,00
  • Hospedagem: R$ 70,00
  • Passeio de barco Ilhas Paradisíacas: R$ 150,00
  • Alimentação: R$ 105,00
  • Trilha T01: R$ 0,00

TOTAL: R$ 490,00

Economia de R$ 102,50

Cumpri minha meta! Gastei menos de R$ 400,00, e provei que é possível viajar com pouco, basta ter vontade e criatividade!!!

Anúncios
Dicas, Dicas de Viagem, Viagens

Emirados Árabes aí vou eu!

 

12234930_918467154908623_6502147020175983990_n

Desde o último dia 03 de junho é possível entrar nos Emirados Árabes Unidos (EAU) sem precisar de visto, para nós brasileiros.

Esse acordo bilateral se aplica para viajantes a turismo, não para quem quer estudar ou trabalhar.

A partir de agora é possível visitar países como Abu Dhabi e Dubai sem precisar tirar um visto previamente. A ideia é fortalecer o as relações turísticas entre Brasil e EAU com o aumento do fluxo de turistas e de comercio exterior.

Essa isenção de visto é válida para visitas de até 90 dias no período de 12 meses e a única exigência a partir de agora é que os viajantes tenham em mãos um passaporte com validade para até 6 meses após a visita.

A Emirates já está apostando nesse aumento de viajantes e vai começar a operar mais 5 voos que passarão pelo Brasil. Esse aumento na oferta com o passar do tempo pode fazer o preço das passagens ficarem mais baratas, quem sabe?

E aí, bora arrumar as malas e #partiuemiradosárabes

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

Hotéis

Aluguel por Temporada

Seguro Viagem

Alugue seu Carro

Dicas, Dicas de Viagem, Viagens

Cartão de embarque – O perigo da foto

Quando vamos viajar, queremos compartilhar cada momento. Desde o cartão de embarque até o último jantar no nosso destino. Principalmente quem trabalha com mídias sociais, não é mesmo?!

BdkTfFnCIAA8hUB
Imagem: Reprodução Latam

Mas existe um problema em compartilhar aquele “lindo e feliz” cartão de embarque. Eu mesma já cometi esse erro e ainda bem que não aconteceu nada.

O Cartão de Embarque é aquele “ticket” que o atendente ou a máquina te entrega quando você faz o seu check in.

Qualquer informação no cartão de embarque diz muito sobre você e a sua viagem. Com um simples número de portão e horário aproximado é possível saber o destino, número do voo, cia aérea entre outras informações. Com isso você não gera nenhum problema para a pessoa, mas se alguém mal intencionado pegar o seu número e-ticket ou o seu localizador, por exemplo, essa pessoa pode ter acesso a dados importantíssimos seu, como o seu CPF ou até mesmo alterar e cancelar a sua viagem, sabia?!

O código de barras no cartão de embarque revela ainda mais informações, como seu endereço completo.

Pois é, aquela fotinho inofensiva de start de viagem, pode se tornar um pesadelo nas mãos de pessoas de má fé.

Então cuidado!

Você pode postar foto do seu cartão de embarque, mas cuidado com as informações que você deixa aparecer!!!

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

Hotéis

Aluguel por Temporada

Seguro Viagem

Alugue seu Carro

Dicas, Economia, Viagens

Em que não vale economizar na sua Viagem!

Eu sempre dou dicas aqui de como economizar sem deixar de curtir sua viagem, mas hoje eu quero listar alguns itens nos quais você não deve economizar, pois o prejuízo pode ser maior que a economia!

IMG_5999

Seguro Viagem

Vale pesquisar muito, pechinchar bastante, e ler bem as letrinha miúdas. O que não vale é ficar sem o seguro.

Muita gente acha que esse item da viagem é um gasto desnecessário, mas ninguém tem como prever o que pode acontecer em uma viagem e ter um bom seguro pode te fazer economizar milhares de reais caso seja necessário fazer o uso de algum serviço de saúde.

Além do mais ele pode ser pré requisito para sua entrada em um País, como é o caso dos EUA, e se o oficial da imigração te pedir o comprovante e você não tiver, isso pode te custar a viagem inteira te fazendo voltar para o Brasil sem nem pisar fora do aeroporto.

Aliás, Nesse site www.seguroviagem.srv.br você consegue fazer uma simulação e encontrar o melhor seguro para a sua viagem. Depois é só contratar o serviço.

Voos com muitas conexões

A não ser que você esteja programando um Stopover (se não sabe o que é clica aqui), ter muitas conexões em uma viagem pode ser uma grande furada na sua economia. Tenha em mente que quanto mais paradas, mais gastos você poderá ter.

Se você tem algumas horas entre um voo e outro, é possível que precise comer algo, e se não der pra sair do aeroporto aí é que vai ficar mais caro esse lanchinho. Outro gasto seria pernoitar em uma Cidade sem ter tempo para aproveitá-la, já vai ter que gastar com hospedagem, a não ser que consiga um canto no aeroporto pra dormir sem ser importunado por uma decolagem, pouso ou funcionários mesmo.

Então faça contas e veja se vale ou não a pena, pode ser que valha, mas pode ser um baita prejuízo.

Bagagem

Esse item pode valer ou não a sua economia. Se você vai fazer uma viagem curta, vale se organizar e tentar levar tudo em uma bagagem de mão, mas se a sua viagem vai levar mais de uma semana e se você já for uma pessoa um tanto quanto compulsiva, vai usar isso pra sair comprando desenfreadamente, então capricha na mala e use todos os quilos disponíveis a sua disposição. Só não vale se auto sabotar e sair comprando feito um louco e ainda ter que comprar uma nova mala pra voltar. Rs

Energia

Esse item é intangível, eu sei, e você deve até estar se perguntando: Ela é louca? O que ela quer dizer com isso? Mas tem gente que já viaja com aquela preguiça. Já pensando nos táxis que vai pegar para andar menos. Não faça isso, se prepare para longas caminhadas, elas te farão ver e viver coisas que você jamais veria ao entrar em um táxi na porta do hotel e só saltar no ponto turístico.

Hospedagem muito distante

Eu sou uma defensora da economia com hospedagem, afinal você pouco fica no hotel a não ser que ele seja o destino, mas não adianta também escolher um hotel mal localizado. É preciso que ele seja localizado em uma área onde você tenha pelo menos fácil acesso ao transporte público. Se você se hospedar em um hotel longe demais dos centros turísticos, ou em uma área perigosa, ou até mesmo em uma região precária de acesso, seus gastos com locomoção e alimentação, vão subir consideravelmente, então pesquise e mais uma vez faça cálculos.

Eu espero de verdade ter ajudado com mais essas dicas. Agora é só escolher o destino, cuidar dos itens indispensáveis e cair nesse mundão!!!

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro

 

Nova York, Passeios, Viagens

MET – Metropolitan Museum of Art em New York

Quem foi, foi! Quem não foi, vai ter que pagar mais caro a partir de 1° março.

Até o fim de fevereiro ainda será possível ir ao MET (Metropolitan Museum of Art) em Nova York pagando 1 dólar por exemplo, mas assim que março começar a entrada terá o preço fixo de U$25,00.

IMG_2650

O Museu funciona no sistema “Pague quanto quiser” desde a década de 1970. Esse sistema só vai valer agora para moradores de Nova York e os que quiserem fazer uso desse benefício precisarão comprovar a residência através de algum documento que prove a moradia no estado de Nova York.

Também terá um benefício para os turistas que são estudantes e idosos, esses poderão pagar U$ 12,00 e U$ 17,00 respectivamente.

Tem uma outra novidade, só que essa bem legal! Agora o ingresso valerá por 3 dias consecutivos. O que é ótimo já que um dia é pouco para explorar o museu.

IMG_2662

O Metropolitan é um dos museus mais visitados do mundo e vem sofrendo com o déficit de contribuições voluntárias. Eu mesma quando fui, paguei U$1,50. Injusto por tudo que o museu oferece, concordo, mas quando somos estudantes em uma das Cidades mais caras do mundo, qualquer economia é válida.

Agora fica aqui um apelo pessoal: Alguma empresa privada poderia fazer como a UNIQLO faz no MOMA. Patrocinar um dia da semana com visitação gratuita.

A ARTE PRECISA SER POPULAR. Já é muito difícil fazer as pessoas entenderem a importância da arte em nossas vidas, mesmo quando o acesso é gratuito, imagina quando o valor é alto assim?!

 

Dicas de Viagem, Mundo, Viagens

CIVP – Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia.

Hoje resolvi abordar esse assunto por aqui já que alguns brasileiros andaram sendo impedidos de viajar pela falta do comprovante de vacinação internacional, a CIVP.

Depois da de alguns casos de febre amarela que apareceram no Brasil no início desse ano, países que nunca exigiram essa vacinação de nós, passaram a exigir e por causa dessa dúvida que pairava no ar, eu e minha irmã nos precavemos e resolvemos emitir nossa carteira internacional de vacinação antes da nossa viagem para a Espanha em maio deste ano. Não que a Espanha estivesse exigindo esse certificado, mas nós preferimos prevenir.

O processo não é burocrático, aliás é bem simples, mas pode ser um pouco demorado.

O primeiro passo a ser tomado é tomar a vacina. Seja de maneira particular ou nos postos de saúde públicos.

Logo em seguida você deve realizar um pré cadastro no site da ANVISA, nesse link: https://viajante.anvisa.gov.br/viajante/index.asp?Cadastro=Cadastro. Podem até falar pra você que não é obrigatório para esse pré cadastro, mas se você não o fizer previamente terá que fazer lá na hora, então pra agilizar o processo é melhor que o faça antes.

Depois basta comparecer a um Centro de Orientação oficial com os documentos necessários (documento original com foto e a carteira nacional de vacinação com a vacina em dia é claro.) e lá será feito e emitido na hora o seu Certificado Internacional de Vacinação.

Para saber o endereço do Centro de Orientação mais próximo de você, basta entrar nesse link: http://www.anvisa.gov.br/hotsite/viajante/centros.pdf e procurar pelo local mais próximo de você no seu Estado. Ah, e uma dica é ligar para confirmar o horário de funcionamento.

E se você quer saber quais Países exigem algum tipo de vacinação, nesse site da OMS você encontrará uma lista completa: http://www.who.int/ith/en/

Dicas de Viagem, Mundo, Viagens

Jet Lag – Como amenizar os efeitos

Quando viajamos para algum lugar com o fuso horário diferente do nosso, sentimos os efeitos dessa mudança, sejam esses sintomas físicos os psicológicos. Esses efeitos são o famoso JET LAG, que muito se fala e pouco se entende.

Resumidamente o Jet Lag é uma fadiga de viagem, e algumas pessoas podem sentir mais do que outras. Isso acontece, pois enquanto estamos sentados naquela poltrona, não tão confortável assim, daquele avião que atravessa um oceano em poucas horas, do lado de fora daquela janelinha também estamos atravessando os fusos horários de Países, Cidades e até de continentes. E não há tempo hábil para o nosso corpo e mente compreender o que está acontecendo e por isso os sintomas mais comuns são sono durante o dia e insônia durante a noite, mas têm alguns outros que podem surgir como: irritação na pele, mudança de humor, inchaço, pequenas e momentâneas falhas de memória, problemas digestivos, dores de cabeça, dificuldade de concentração, aparência de cansaço, entre outros.

Eu sou uma dessas pessoas que mais sofrem com o Jet Lag, provavelmente porquê viajar de avião me causa muito estresse e eu fico sem dormir direito uns 2 dias antes da viagem e também não durmo durante o voo, mas estou aprendendo a usar alguns truques que ajudam muito. Então no post de hoje eu vou te ajudar a diminuir os efeitos desse desconforto com algumas dicas.

Em Madrid com 5 horas de diferença de Fuso

Entrar no Fuso antes de Embarcar

Se você puder já vai tentando entrar no Fuso Horário do destino uns 3 ou mais dias antes do seu embarque. Mude o seu horário de dormir, de se alimentar e vai adaptando suas funções diárias de acordo com o horário do seu destino. Claro que se a diferença for de 15 horas, por exemplo, você não irá fazer isso bruscamente, faça a mudança aos pouco, comece um dia alterando 2 horas, no dia seguinte 4 horas e assim sucessivamente. Quanto antes você começar será melhor.

Evite Bebidas Alcoólicas

O consumo de álcool é um grande problema para o corpo, principalmente nessa situação de viagens. Ele confunde o nosso organismo e vai dificultar ainda mais a sua adaptação ao novo horário.

Beba muita Água

O Jet Lag costuma fazer com que fiquemos desidratados, então beber muita água ajuda a manter nosso corpo em equilíbrio.

Escolha um vôo noturno que chega pela manhã no destino

Conseguir um vôo noturno e que chega pela manhã ao seu destino é uma ótima opção para ajudar a driblar o Jet Lag. E nem pensar em dormir quando chegar tente dormir durante o vôo (eu sei bem o quanto é difícil, mas tente ao cochilar e quando chegar vá aproveitar).

Pratique Exercícios

Que atividade física é bom todo mundo já sabe, mas que ela ajuda o seu corpo a diminuir os sintomas do Jet Lag, eu aposto que poucos sabiam. Há estudos que comprovam que se exercitar ao ar livre ajuda o corpo a se adaptar à medida que permitimos ao nosso corpo o contato com a luz do dia, já que se tem luz nosso cérebro interpreta que é hora de se manter ativo.

Na hora de dormir, evite qualquer contato com luz

Quando for a hora de dormir, apague tudo, absolutamente TUDO! Evite mexer no celular, computador, televisão e qualquer iluminação que possa mandar a mensagem errada para o seu cérebro. Mantenha o ambiente bem escuro para que descanse bem, uma boa noite de sono ajusta tudo.

Em New York com diferença de fuso de 2 horas e vários dias anteriores sem dormir.

 

Espero de verdade ajudar vocês com esse post!

Hospedagem, Viagens

Resort Atlantis The Palm – Dubai

Quem aqui nunca desejou conhecer Dubai? Acho que todo o mundo já desejou isso pelo menos uma vez, né! Também como não desejar conhecer um lugar onde a riqueza está totalmente ligada a excentricidade de seus Sheiks.

Dubai, apesar de não ser o País mais rico dos Emirados Árabes, virou  símbolo de riqueza e de luxo e viajar para lá te garante um status na “society”, mas e que tal viajar para lá e ainda de hospedar em um dos hotéis mais famosos do mundo? O Resort Atlantis The Palm!

atlantis_the_palm_dubai2
Imagem: bestluxuryhotel.net

Esse resort fica naquela ilha artificial em forma de palmeira que é uma das criações mais famosas de Dubai, a Palm Jumeirah.

palmjumeirah
Foto: dzooom.com)

Com o título de maior resort de Dubai, o hotel que teve suas portas abertas em 2008, tem mais de 1.500 quartos com temas náuticos e sua extensão se dá pelo parque aquático aquaventure e pela Nasimi Praia. Além disso, é possível escolher entre 20 restaurantes para fazer sua refeição, se pratica algum esporte pelas quadras esportivas ou aproveita um SPA com academia, ou mesmo se aprecia ávida marinha no aquário ou se mergulha em meio ela.

Se hospedar lá não é tão caro para a magnitude do hotel, estou falando de uma diária de cerca de R$ 1.200,00 para duas pessoas sem café da manhã. Claro que é caro, mas já falei de diárias mais caras por aqui e como falei na frase acima, pela magnitude do resort, não é tão caro quanto achei que fosse.

dubai-449
Foto: meusroteirosdeviagem.com

Também há outras formas de conhecer esse imponente resort, sem precisar se hospedar por lá. Você poderá acessar o hotel se fizer reserva em algum restaurante do complexo ou também, escolhendo algumas das atividades que o hotel oferece.

Não deu mais vontade ainda de conhecer esse País surpreendente?!