Destinos, Notícias

Mitos e Verdades sobre Voar – Parte 2

Volteiiii como prometido!

Hora de acabar de vez com seu medo! Ou pelo menos não permitir que ele te paralise e que você deixe de viver experiências maravilhosas por causa dele!

Poltronas na vertical e cintos afivelados, é hora de levantar voo!!!

IMG_5999

RESERVE SEU CARRO.

7- Uma fortíssima tempestade pode derrubar um avião?
Essa possibilidade, juntamente com a próxima, gela o corpo, paralisa a circulação sanguínea, da náuseas e ainda trás junto aquela sensação de desmaio que parece que o coração parou de bater. Quem mais sente isso?
Aí penso eu: A resposta da ANAC,vai acabar com esse meu medo desnecessário! Daí você descobre que ele não é tão desnecessário assim, ou seria mesmo? Já não sei mais!!!
Resposta da ANAC: “Sim, porém condições meteorológicas tão adversas a ponto de influenciar na aeronavegabilidade em cruzeiro são previstas com considerável antecedência para se proibir a decolagem da aeronave ou variar a altitude evitando as formações meteorológicas, sem consequentes riscos ao voo. Durante pouso e decolagem também são consideradas as condições meteorológicas. A decolagem não é autorizada quando não há teto e, se houver qualquer indício de insegurança durante o pouso, o processo de aproximação é cancelado e o comandante arremete para garantir uma aproximação segura.”
8- Uma fortíssima turbulência é capaz de derrubar um avião?
Resposta da ANAC: “Sim, porém condições meteorológicas tão adversas a ponto de influenciar na aeronavegabilidade em cruzeiro são previstas com considerável antecedência para se proibir a decolagem da aeronave ou variar a altitude evitando as formações meteorológicas, sem consequentes riscos ao voo. Durante pouso e decolagem também são consideradas as condições meteorológicas. A decolagem não é autorizada quando não há teto e, se houver qualquer indício de insegurança durante o pouso, o processo de aproximação é cancelado e o comandante arremete para garantir uma aproximação segura.”
O fato é que depois dessas duas últimas respostas, meu medo não passará por completo, mas prometo a mim mesma não me concentrar na parte em que os aparelhos podem falhar!!!

 

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

 

9 – Celular ligado pode interferir no sistema e derrubar um avião?
Sei que essa durante muito tempo foi o pesadelo das pessoas e hoje já foi um tanto quanto desmitificada, mas pra mim continua sendo um problema equipamentos eletrônicos ligados durante o voo. Eu fico enlouquecida quando os comissários dizem que já pode fazer uso de celulares e computadores e o povo sai logo ligando tudo. Passa por uma turbulência eu já acho que é culpa dessas pessoas hahahaha.
Eu lembro de quando eu tinha um BlackBerry. Toda vez que voava eu não só desligava o celular como tirava a bateria e ainda colocava em bolsinhas separadas, como se a bateria fosse sair andando e entrasse no aparelho no estilo: “É agora que derrubo esse avião”. Que vibe louca é essa hein huahuahuahuahua.
Resposta da ANAC: “O risco de eletrônicos em voo é avaliado pelo operador da aeronave. Assim, deve-se atentar para o comunicado realizado pelas companhias aéreas antes da decolagem, em que se determinam quais aparelhos eletrônicos portáteis têm seu uso permitido a bordo durante o voo.”
Podemos até dizer que equipamentos eletrônicos não influem nos vôos, já que diversos vôos, os de cias aéreas internacionais em território fora do Brasil, em sua maioria, podem ser usados celulares, inclusive oferecem até WI-FI. Mas que a ANAC disse para seguirmos o operador, vamos obedecer né gente, assim nos resguardamos e evitamos que a (o) coleguinha ao lado, que tem medo, infarto né.

 

Agora vamos à última, mas não menos importante!!!
10- É verdade que voar entre as asas é mais tranquilo quando há turbulências?
Resposta da ANAC: “Não, a trepidação provocada pela turbulência na aeronave é sentida indiferentemente em qualquer posição da aeronave.”
Eu acreditei piamente nessa teoria durante toda a minha vida. Já fiz diversas pesquisas na internet sobre esse tema e já encontrei inúmeras fontes que me garantem que é verdade. Sempre escolhi assentos entre as asas para sentir menos as turbulências. Talvez eu não tenha feito a pergunta da maneira correta à Anac, mas sinceramente, não acredito na resposta deles, prefiro continuar acreditando que ali é menos pior kkkkkk. #coisasdeumapanicada

 

 

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

 

Espero que esse artigo, parte 1 e parte 2 tenham te ajudado a ter mais coragem de viajar de avião. A verdade é que esse é um dos transportes mais seguros do mundo. A manutenção é preventiva e é isso que diminui bastante a possibilidade de acidentes.

 

 

Então bora colocar esse medo de lado e vamos viajar!!!!

 

 

Se você não leu ainda a parte 1 vou deixá-la aqui: Mitos e Verdades sobre Voar – Parte 1

Aviação, Notícias

Mitos e Verdades sobre voar – Parte 1

Você é daqueles que como eu quando vai viajar de avião sofre de sincope nervosa? Se for, eu preparei esse artigo pra tentar te ajudar a se manter mais calma (o) da hora de levantar voo. Pretendo aqui desmitificar algumas crenças que nós medrosos temos e alimentamos voo após voo.

IMG_5999

Pra me ajudar nessa missão, contei com o suporte da ANAC (Agência Nacional de Avião) que respondeu prontamente de maneira técnica todas as perguntas que fiz. Então a cada mito ou verdade eu vou expor na integra a resposta da ANAC e também farei minhas colocações baseadas em experiências próprias e também em informações garimpadas em outras fontes.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

Serão 10 mitos e verdades pra nos ajudar a viajar mais e melhor!

Vamos então começar com um dos meus maiores medos durante um voo. Eu sempre acho que alguém vai ter um surto psicótico em pleno voo e vai conseguir abrir alguma das portas, colocando em risco a vida de todos no voo. Sei que pode parecer insano, mas lá em casa mesmo eu sou a única com esse medo, ou pelo menos era, já que agora não o tenho mais. Será mesmo? rsrs.

1 – É verdade que é possível alguém abrir a porta do avião, quando o mesmo em voo?

Resposta da ANAC: “Considerando a superioridade da pressão interna em relação à externa, torna-se impossível a abertura da porta do avião em voo. Adicionalmente, esclarecemos que a porta da aeronave só pode ser aberta quando o comandante a destrava, a partir de comando em seu cockpit.”

Fazendo uma breve busca no Google eu já havia encontrado essa informação, mas nada melhor do a própria agência, mestre no assunto te confirmar não é meiiixxxmo! Acho que agora estou pronta pra deixar aquela porta sem a minha atenção por praticamente todo o voo!!!

2- A descarga pode sugar uma pessoa, mesmo que ela não desça pelo duto ela pode se machucar?

Essa é boa né. Centenas de pessoas falam: “Não da descarga sentada no vaso do avião que você vai ser sugado”. Aí você fica encasquetada (o) com essa ideia e cheia (o) de medo de descer descarga abaixo.

Confesso que não nunca me preocupei em descer pelo ralo, pois nunca me sento, já que mamãe desde pequenina falava que não devemos sentar em banheiros com alta rotatividade de pessoas para não dar brecha as bactérias. Mas sempre fico olhando aquela descarga pensando em quantos estragos ela já pode ter feito com as pessoas.

Por isso perguntei a ANAC  e a resposta deles foi a seguinte: “Não, o vácuo gerado nos toilettes é calculado apenas para sua limpeza.”

Objetivos e claros! Então gente, dá uma relaxada que ninguém vai parar no reservatório em meio as coisas obscuras que fazem nos banheiros dos aviões kkkkk. Além da resposta da soberana Anac, em uma rápida varredura na internet encontramos artigos que corroboram essa negativa.

A próxima vai para os supersticiosos!!! Eu tenho trabalho duro o meu cérebro para deixar superstições de lado e tenho tido algum sucesso. Confesso que essa nunca foi algo considerável para mim, tanto que nunca reparei isso, mas sei lá né, na dúvida sempre preferimos não arriscar.

RESERVE SEU CARRO.

3- É verdade que a fileira 13 não existe por ser considerada má sorte?

Resposta da ANAC: “A numeração das fileiras é definida pelo proprietário da aeronave. Caso tenha viajado em uma aeronave sem a fileira 13, sugere-se o questionamento à companhia aérea sobre os motivos que a levaram a não utilizar a numeração.”

Essa dúvida chegou a mim, através de uma pesquisa sobre aviação que eu estava fazendo, onde eu descobri que a KLM não tem fileiras 13 em suas aeronaves, por associar o número a má sorte. Como fiquei curiosa se era uma prática comum, resolvi perguntar à ANAC.

Acho que aqui no Brasil temos uma boa relação com o número 13, né. Já que quem viveu a era Zagallo, se acostumou a vê-lo associando as conquistas e vitórias ao número que ele considerava ser de boa sorte.

4- Quando em voo longo existe duas tripulações? Vôos de quantas horas?

Essa é uma clássica preocupação entre nós, os viajantes apavorados. Sempre queremos saber se os pilotos não dormem durante todo o voo e se isso não pode levá-los ao erro. Bom, para acalmar nossos ânimos, vai a resposta da ANAC:

“A segurança operacional é baseada, entre outros, no gerenciamento de risco de fadiga humana, a fim de garantir a integridade física e cognitiva da tripulação. Se as condições do voo impuserem esforço excepcional à tripulação, o voo pode contar com uma tripulação de revezamento.”

5 – Se um vidro da janela sofrer um trinco coloca em risco o voo?

Mano do céu, eu não curto nada sentar na janelinha, mas minha irmã curte demais e ela fica pra mim: “Mi, olha que lindo”, “Mi, fica calma e aprecia” e a primeira coisa que eu reparo quando olho para a janela é se tem algum arranhão ou trinco. Certa vez eu estava sentada na janela e tinha um arranhão e eu quase pari sem estar grávida, só de pensar que a pressão atmosférica poderia romper aquele vidro (que viagem, não!?). Fechei rapidamente a janela e me senti um pouco mais aliviada. Como se isso pudesse fazer alguma diferença!!!

Então veio a resposta da ANAC pra eu ficar um pouco mais calma: “Não, as aeronaves são certificadas para operarem de forma segura, mesmo com eventuais comprometimentos.”

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

6- Sempre que um avião despressurizar o risco de queda é iminente?

Só a ideia das máscaras caírem do teto do avião já me faz ter mini ataques cardíacos. Essa imagem rondando meus pensamentos põe em risco a minha sanidade mental. Sei que pode parecer um exagero, mas também sei que não estou sozinha nessa!!!

Mas deixa eu te apresentar a resposta para ANAC e depois concluo: “Não, as aeronaves são certificadas para operarem de forma segura, mesmo com eventuais comprometimentos.”

É, você não se enganou, a resposta é a mesma da anterior. Apesar desta resposta controlar a minha sanidade mental mesmo com minha imaginação fértil, eu não posso garantir que ela me deu confiança suficiente para me controlar caso eu viva algo do tipo. Na dúvida eu prefiro que nada desse tipo aconteça sempre que eu estiver em voo.

Uma rápida pesquisa na internet reforça a resposta da Anac para as duas últimas respostas, então vamos relaxar!!!!

Esse artigo ficou tão grande que  precisei dividir em dois, então na próxima quarta volta aqui que tem mais!

 

 

 

 

Notícias

Sleeping Pod – Cápsula de dormir

Tirar um cochilo enquanto aguarda uma conexão pode ser tornar ainda mais fácil com a criação da Airpod.

default
Imagem: Divulgação AirPod

Na Eslovênia, a empresa criou uma espécie cápsula ou casulo de dormir, chamada Sleeping Pod. Essa capsula ocupará um espaço pequeno e poderá ser alocada bem próxima dos portões de embarque, já que também é projetada para reduzir ruídos.

A cabine será mais do que uma estação para dormir. Ela será equipada com Wi-Fi, Netflix, tomadas, terá atualização de status de voos, uma estação de trabalho, além de ter é claro de uma poltrona que virá cama.

A previsão de lançamento é para o outono Europeu deste ano.

A ideia é dar mais privacidade, praticidade e segurança. E a empresa já está mirando além dos aeroportos, terminais de ônibus e trens.

Já se imaginou tirando uma soneca ou trabalhando em uma dessas cápsulas?

Destinos, Notícias

Mais voos para Lisboa – Portugal

É oficial! A Azul anunciou que a partir de 15 de dezembro desse ano vai operar mais 5 voos semanais entre o aeroporto de Viracopos em Campinas, SP e Lisboa em Portugal.

Azul-Airbus-A330-035-620x413
Imagem Divulgação Azul Linhas Aéreas

Atualmente a Azul tem saídas diárias de Campinas para Lisboa. O horário de saída é as 18:35 chegando ao destino às 06:25 do dia seguinte. Com essa novidade a Cia aérea vai operar dois voos por dia nas segundas, quartas, sextas, sábados e domingos e as terças e quintas a Cia continuará operando com um voo Brasil x Lisboa.

Os novos voos terão horário de saída às 09:20 da manhã e chegada às 21:10 em Lisboa. Essa é uma ótima oportunidade para os passageiros que preferirem viajar durante o dia.

Os voos serão realizados com a aeronave A330 da Airbus com capacidade para até 274 passageiros e os bilhetes já começaram a ser vendidos desde o último dia 11.

O que acharam de mais essa opção para viajar à Portugal?

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

Hotéis

Aluguel por Temporada

Seguro Viagem

Alugue seu Carro

Destinos, Dicas de Viagem

5 Dicas para não perder o voo!

Perder um voo, pode gerar uma dor de cabeça tremenda para o viajante, já que isso pode acabar com toda a sua programação de viagem. Existem voos que só saem uma vez por dia e se você perder atrasará no mínimo um dia da sua viagem e isso se conseguir vaga para o dia seguinte.

Além do transtorno que isso causará na sua viagem, isso também poderá lhe causar um transtorno no bolso, já que dependendo do tipo de passagem que comprou poderá perder boa parte do valor investido.

Mas para te ajudar com esse pequeno/grande problema eu trouxe hoje 5 dicas para você se precaver e chegar adiantado no aeroporto.

1. Verifique o Aeroporto de decolagem

Assim que comprar a sua passagem aérea cheque o aeroporto de onde sairá seu voo. Muitas Cidades tem dois aeroportos e essa pequena confusão pode fazer você perder um tempo precioso de deslocamento e até perder o seu voo. Então cheque ao comprar e quantas vezes mais se fizer necessária, mas antes de sair de casa!

  2. Verifique se os documentos estão na validade e os deixe separados

Deixe todos os documentos necessários separados em uma pasta, ou em uma carteira de documentos. Isso claro depois de verificar atentamente se estarão válidos por no mínimo até 90 dias após o seu retorno para casa (É importante saber a exigência de cada País a ser visitado com relação a validade do seu passaporte).

    3. Arrume as malas com antecedência

Eu concordo que antecedência demais pode te fazer esquecer alguns itens que você precisava usar no seu dia a dia, mas deixar para arrumar as malas no dia da viagem é uma péssima ideia. Vai te fazer perder um tempo que você não tem! Arrume tudo com alguns dias de antecedência e faça uma lista do que precisa ser acrescentado de última hora, assim você poderá focar só no essencial.

4.  Faça o check in online

Normalmente as Cias Aéreas disponibilizam essa opção uma semana antes do dia de embarque, você não precisa fazer logo que for liberada, mas uns dois dias antes é interessante. Isso economiza tempo no aeroporto já que não precisará encarar aquelas filas enormes de check in.

5. Planeje-se

Eu sempre bato nessa tecla, pois realmente acho muito importante se planejar. Se você sabe que precisa chegar ao aeroporto com duas horas de antecedência do horário do seu voo, como você vai sair da sua casa faltando 3 horas para o seu voo? Não dá para contar com o trânsito, principalmente nas grandes metrópoles. E não adianta dizer que a culpa foi daquele engarrafamento fora do habitual, a culpa foi toda sua que não se programou para sair com antecedência.

Se você fizer  o planejamento de toda a logística da sua viagem não vai ter erro e você não precisará se desesperar antes mesmo da sua tão sonhada trip começar!!!

 

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Booking

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro

 

Destinos, Dicas de Viagem, Mundo

Como é a Imigração na Espanha!

Durante muito tempo entrar na Espanha era um pesadelo para brasileiros tamanho era a não autorização de visto que acontecia por lá. O aeroporto de Barajas em Madrid era o caminho mais comum da deportação de brasileiros, o que nos assustava bastante. Todo brasileiro que ia viajar para a Europa evitava voos que chegassem pela Espanha, já com medo de ter que voltar dali mesmo, mas depois que o Brasil começou a adotar o princípio da reciprocidade e começou a barrar sem dó grande parte dos espanhóis que vinham para cá, as coisas começaram a mudar até terem um fim quando em Junho de 2012 o Rei da Espanha visitou o Brasil e chegou a um acordo com o governo para facilitar o turismo entre os Países. Mas também não pensem que ele fez isso por ser bonzinho não, ele só fez isso, pois a economia da Espanha precisava do nosso dinheiro, já que a Europa vinha enfrentando uma crise gravíssima, como vocês devem se lembrar.

Muitos Brasileiros ainda tem medo de chegar a Europa pela Espanha e evitam essa passagem, e até por isso é comum encontrar passagens que do Brasil para a Espanha com preços melhores do que se entrar no velho continente por outro País.

Então é para ajudar a vocês a deixarem de lado esse medo que eu resolvi preparar esse post. É para que você assim como eu, esteja precavido e seguro quando chegar à tão temida imigração, mesmo sem falar espanhol. Eu e minha irmã quando chegamos lá, estávamos com toda a documentação necessária e não tivemos nenhum problema com a imigração.

Não é necessário preencher nenhum formulário, você em posse dos seus documentos vai direto a fila da imigração para passaportes não europeus.

É claro que se você já tiver um passaporte com alguns carimbos ao redor no mundo isso vai te facilitar muito, mas assim como isso não é garantia de nada, ter um passaporte vazio também não é garantia de deportação.

A primeira coisa que você precisa é controlar a sua ansiedade. Não chegue no quiche pilhado. Tente manter a calma.

Outra coisa muito importante é que o seu passaporte tenha validade para até 3 meses após a sua saída do País, essa é uma exigência da imigração espanhola e não uma opção que pode ou não ser cumprida.

Na Espanha, diferentemente dos Estados Unidos, eles exigem que o visitante possua o valor d específico de 70,77 Euros por dia/por pessoa, com o montante mínimo de 636,93 euros.  Esses valores podem ser diluídos em parte em espécie e parte em cartão de crédito e para comprovar que seu cartão tem esse limite disponível você precisa levar extratos que comprovem (se possível dos últimos 3 meses).

Seguro Viagem Obrigatório Europa. A Europa exige um seguro específico, então antes de embarcar faça o seu.

Outros documentos podem ou não ser exigidos, mas é bom que você os tenha em mãos para evitar quaisquer transtornos.

São eles:

Comprovação de Reserva em meios de hospedagem (pode ser um voucher do hotel, uma carta convite de alguém que vá lhe receber, ou qualquer documento que prove que você tem um lugar para ficar);

Passagem de volta já com data marcada;

Um roteiro por escrito de como será a sua viagem;

Se sua viagem for a trabalho, estudo ou outra razão que não seja fazer turismo, é preciso ter em mãos todos os convites ou documentos comprobatórios das atividades que irá realizar em solo Espanhol, ou em outro País da Europa.

No mais esteja calmo, solicito para responder as perguntas que podem ser variadas e não minta (eles tem faro para detectar mentiras) que tudo correrá bem.

Lembre-se que brasileiros podem ficar no máximo 90 dias no País.

Obs: Valores citados nesse post são atuais (10/10/2017) e podem sofrer alteração a qualquer momento, por isso é preciso checar no site do governo da Espanha, nesse link aqui:  http://www.exteriores.gob.es/Consulados/RIODEJANEIRO/es/InformacionParaExtranjeros/Paginas/RequisitosDeEntrada.aspx

 

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Booking

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro

Destinos, Dicas

Voando Iberia – Minha experiência com a Cia Aérea

Hoje vou falar de como foi minha experiência voando Ibéria.

Alguns de vocês já devem saber que essa não é das melhores cias aéreas que temos em atividade no mundo. A Ibéria é a Cia mais barata para voarmos a Europa, porém coleciona má fama no meio por causa do seu atendimento por parte dos comissários, pelo pouco espaço dentro de seus aviões e por até bem pouco tempo atrás não ter um entretenimento de qualidade a bordo, então eu já me preparei para uma viagem de péssima qualidade.

A330-carreteo-02
Imagem: http://www.melhorembarque.com.br

Meu voo saiu do Rio de Janeiro com destino a Madrid, na Espanha, as 19:05. Aqui no aeroporto Internacional do Rio o guichê de despacho de mala e check in da Cia é o último do terminal de embarque, então a gente anda muito já ali. Depois desse primeiro passo andamos demais até o portão de embarque que estava destinado a esse voo, claro que como o aeroporto mudou e isso faz com que andemos mais, mas o voo saiu de um dos últimos portões.

Já no avião pude perceber que realmente os espaços na classe econômica conseguem ser mais econômicos que o normal. É extremamente apertado e na coluna do meio as fileiras tem 4 assentos e não 3 como normalmente encontrado nos aviões da Latam. Não sei se essa diferença se dá pelo tipo de avião também, já que dessa vez viajamos em um Airbus e sempre viajei de Boeing.

Entretenimento a bordo pra mim é extremamente importante, principalmente em uma viagem de 10 horas, pois eu não consigo dormir, então preciso me ocupar com algo. O conteúdo de filmes, séries e até jogos é bem interessante e atual. Consegui assistir filmes que acabaram de sair do cinema como o filme Fragmentado.

Logo que levantamos voo, minha irmã começou a passar mal, com bastante dor de cabeça e nosso kit com remédios estava todo na mala despachada, então precisei pedir a um comissário. Apesar de ter mais de um voo por dia entre Brasil x Espanha, ninguém ali falava português, apenas espanhol e um inglês bem enrolado. Pedimos então um remédio e eles só tinham Paracetamol, até aí tudo bem, o problema foi na demora em trazer, quase 30 minutos, até a farmácia onde costumo pedir os remédios aqui de casa entrega em menos tempo. O jantar foi servido em meio a uma fraca, mas chata turbulência que levou cerca de 2 horas para acabar, isso causou um certo enjôo em mim e na minha irmã, e não conseguimos comer muito, o sabor também não contribuiu. Após algumas horas minha irmã seguiu passando mal e nós solicitamos o atendimento dos comissários pelo painel de entretenimento, naquele momento uma senhora a nossa frente também solicitou, as luzes de atenção a eles se acenderam, e estamos aguardando o atendimento até agora. Eles passavam ao nosso lado, nós chamávamos e éramos completamente ignoradas, nós duas e a senhora na nossa frente. Cansei de esperar, desistimos de pedir outro comprimido, e então fui até o final do avião solicitar água, que me foi servida de má vontade como se eu estivesse atrapalhando algo.  Na hora do café da manhã eles serviram toda a comida dentro de uma caixinha, que para algumas pessoas (como para a mulher ao meu lado), não era entregue em mãos e sim arremessada em cima da mesinha. As bebidas foram servidas logo atrás, mas somente bebidas geladas, o café mesmo só passou depois que já tínhamos acabado de comer.

flights-airlines--pantallas-iberia--620x300
Imagem: http://www.tripsta.co.uk/airlines/iberia-cheap-flights

Chegamos a Madrid já pela manhã e nosso vôo a Málaga só aconteceria no fim daquela tarde então aproveitamos para ir ao centro de Madrid como eu contei aqui e aqui. O vôo para Málaga foi operado pela Air Nostrum, essa Cia é da Ibéria, é a Ibéria regional. O avião era bem menor, mas até que confortável, porém como era um vôo de uma hora nada de alimentos e bebidas estavam inclusos no trajeto, nem mesmo água, tudo era pago e também o avião não contava com um sistema de entretenimento. A equipe tinha apenas 2 comissárias de bordo que foram bastante simpáticas durante todo o percurso.

Para a nossa volta tínhamos mais trechos que para a ida (Málaga X Madrid X São Paulo x Rio de Janeiro), então sabíamos que seria uma viagem ainda mais cansativa e estressante, porém para nossa surpresa o voo de Madrid para São Paulo contou com uma equipe bem mais agradável e atenciosa, além de não ter tido nenhuma turbulência sequer. Apenas a minha TV que não estava funcionando, mas por sorte não tinha uma pessoa sentada ao meu lado então eu usei a TV do vizinho rsrs. O nosso voo de São Paulo para o Rio de Janeiro seria operado pela LaTam, então eu já estava bem mais tranqüila quanto ao atendimento e em nada me decepcionei, pelo contrário até me surpreendi, pois não sabia que em um voo tão curto eu teria um sistema de entretenimento a bordo para assistir filmes.

Se eu voaria novamente Ibéria? Sim, se a diferença de valor for grande, mas se diferença for pouca com certeza escolheria outra Cia Aérea.

Destinos

Dicas para se sair bem na Imigração!

Quem nunca ficou tenso só de ouvir a palavra Imigração? Pois é, sempre que vamos viajar para um País estrangeiro precisamos obrigatoriamente passar pela imigração desse País, e isso pode ser um problema. Mas nesse post eu vou te ajudar com dicas para que você passe tranquilamente por esse momento da sua viagem.

5246726364_0121691ed3_b-1-620x413
foto: divulgação U.S. Customs and Border Protection
  • Seu passaporte deve ter pelo menos 6 meses de validade a partir da data de sua viagem. Alguns Países não aceitam passaporte com validade menor e se você só perceber isso na Imigração pode ser tarde demais!
  • Verifique se o País de destino exige que o visitante esteja em dia com alguma vacina. Existem Países que exigem vacina contra Febre Amarela, por exemplo, e você deve levar o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia. Fique atento também ao prazo para a vacinação, contra a febre amarela, por exemplo, deve-se vacinar com pelo menos 10 dias de antecedência da sua viagem.
  • Se o seu voo tem conexões, verifique se existe alguma documentação exigida pelo País de conexão. A ausência dessa documentação pode fazer você, caro viajante, a perder o seu voo para o destino original e pode até culminar na sua volta pra casa antecipadamente, então Fique Atento!
  • Tenha um seguro saúde de viagem, diversos Países ao redor do mundo exigem um seguro saúde internacional e mesmo para os que não exigem é sempre bom ter um. Eu falei os motivos de se ter um seguro saúde de viagem aqui nesse post!
  • Viaje com o montante de pelo menos U$80,00 por dia/por pessoa da estadia, para provar que tem dinheiro suficiente para se sustentar durante sua viagem, claro que esse valor não deve ultrapassar o limite da receita federal brasileira, ou então você poderá responder por evasão de divisas, preste atenção a isso!
  • Leve em mãos a passagem de saída do País de destino e também voucher de hospedagem do hotel em que vai ficar, caso fique hospedado na casa de alguém, peça ao dono da casa para fazer uma carta convite assinada para que você possa apresentar uma cópia na imigração caso seja necessário.
  • Não faça muito barulho ou demonstre inquietude durante a fila da imigração, os oficiais migratórios podem ficar atentos a um comportamento inadequado.
  • Seja Simpático! Não é pra escancarar um sorriso, mas um sorriso sincero e simpatia cotam a favor
  • Vá sozinho ao balcão de imigração, só vá acompanhado caso alguém mais com você divida toda a documentação ou, seja menor de idade.
  • É normal se o oficial começar a lhe fazer perguntas e caso você não consiga entender e nem responder tem o direito de solicitar um intérprete.

Essas dicas ajudam bastante a passar pela imigração de maneira tranqüila, mas se ainda assim você for barrado saiba que tem o direito de saber o motivo de não poder entrar no País e tem também direito a um intérprete, a ligar para um representante da embaixada ou consulado brasileiro, enquanto estiver “preso” tem também direito a se alimentar, beber água, acesso ao banheiro e a meios de comunicação, além de só poder ficar retido por no máximo 48 horas.

Tomem os cuidados necessários, façam as malas e Boa Viagem!!!

 

Destinos

Como viajar de avião com seu Pet!

Sei que deixei vocês não mão ontem já que não teve post aqui no blog, mas foi por uma boa razão. Foi aniversário do meu pai e passeio o dia dedicado a ele, e já que saímos para almoçar em um restaurante bem legal, podem esperar que vai ter post aqui sobre esse passeio que fizemos ontem. Agora vamos ao post de hoje, você tem animalzinho de estimação, vai viajar de avião e quer levar seu pet? Vem que hoje vou esclarecer algumas dúvidas!!!

thinkstockphotos-89791623
Imagem: Thinkstock

Eu quero levar meu pet comigo na cabine, eu posso?

Sim, você pode! Mas isso depende das regras individuais de cada Cia aérea. Algumas companhias têm limite de peso do animal em 10 kg, já outras não deixam muito claro esse limite. Então leia atentamente as restrições de cada Cia para escolher a que lhe atende melhor!

Eu preciso de alguma documentação?

Sim! Esses documentos devem ser emitidos por um médico veterinário com registro, depois de uma avaliação no seu pet. Para viagens nacionais é necessário carteira de vacinação atualizada e de tratamento com vermífugo, já para viagens internacionais  é exigido o Certificado Zoossanitário Internacional que só pode ser emitido por um médico veterinário do Ministério da Agricultura, que você encontra nos aeroportos internacionais. Se o animal for silvestre, aí será necessária a autorização emitida pelo IBAMA. Além de todos esses cuidados, você ainda deve verificar as exigências do País de destino, pois alguns Países exigem ainda outros documentos.

Eu preciso de uma caixa de transporte?

Com certeza! Esse é um item muito importante e que é de total responsabilidade do proprietário. A caixinha deve ter dimensões bem confortáveis para seu animalzinho, ela deve permitir que o pet dê um giro de 360° em torno de si mesmo. A caixa deve ter abertura para ventilação, de material rígido que agüente impactos, o piso deve absorver urina e fezes, a tranca deve ser bem segura para evitar fuga e na parte de fora da caixa de maneira visível deve ter nome, endereço e telefone do proprietário. Mesmo que esse animal esteja na cabine com você ou despachado no bagageiro. O que nos leva a próxima questão!

thinkstockphotos-522521147
Imagem: Thinkstock

Como é a viagem no compartimento de carga?

Não é tão ruim assim! Claro que seu animal pode até ficar mais agitado por estar sozinho, por isso é ideal que você o treine para isso, mas lá no compartimento de carga ela vai até ter mais espaço par acomodo da caixa. O compartimento de carga também é pressurizado e climatizado assim como a cabine. Não pense também que eles serão jogados lá como as malas, não é assim que funciona. Eles serão levados por último para o compartimento e sairão primeiro, tudo isso por um funcionário da Cia.

Eu preciso de cão-guia, como faço?

Você deve avisar a Cia aérea com antecedência e o seu amigo de todas as horas vai viajar ao seu lado na coleira, normalmente. Além de avisar a Cia e ter os documentos do animal, você também precisará de um atestando médico informando sua condição e a necessidade de um cão guia.

Depois de tomar os devidos cuidados é só escolher a Cia que se encaixa melhor com você e seu amigo e seguir viagem!

Destinos

Cia Aérea Flyways

No fim do ano passado entro em serviço uma nova Cia aérea. A Flyways é uma Cia de porte pequeno que está operando em alguns aeroportos brasileiros, Brasília, Belo Horizonte, Araxá, Patos de Minas, Ipatinga, Uberaba e Rio de Janeiro.

Flyways_ATR.jpg
Imagem: airway.uol.com.br

Ela opera com aeronaves ART 72-500, que tem capacidade para 68 passageiros e se diz a aeronave com menor consumo quando comparada a aeronaves de outras Cias Aéreas.  Elas são menores, menos confortáveis e um pouco mais lentas, mas isso é um ponto positivo quando se pensa em distâncias e aeroportos menores.

Eles trabalham com preços bem competitivos no mercado e por tudo que já tenho ouvido falar, está valendo super a pena voar pela Flyways. Ela segue os padrões brasileiros de oferecer lanches gratuitos, mas não são grandes refeições.

Algo que pode incomodar visualmente, é que as aeronaves não são novinhas, elas foram adquiridas de outras Cias Aéreas, então já tem alguns anos de uso. Também não há entretenimento a bordo, talvez por serem viagens curtas.

Eu não voei com essa Cia ainda, mas pretendo e com certeza contarei minhas impressões a vocês. Eu acho que vale a pena buscar novas e econômicas alternativas, então fica aí a dica para ao menos uma consulta pra sua próxima viagem.