Ilha Grande - RJ, Viagens

Trilha: Circuito da Vila do Abraão

Um fim de semana em Ilha Grande rende muitos momentos, inúmeras fotos e uma infinidade de dicas, e é por isso que hoje tem mais um post desse pedacinho de paraíso chamado Ilha Grande.

Pra quem quiser ver roteiro completo, hospedagem, vlog da Ilha e passeio de barco é só clicar nos links que deixei aqui!

Hoje o assunto é com os trilheiros de plantão. Quem aqui ama uma boa trilha levanta a mão! 🤚🏻

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

XWLR1201

Ilha Grande é repleta de trilha pra todos os gostos e condicionamento físico. Você pode encontrar as diversas opções aqui, que hoje eu vou falar só da T01, o primeiro circuito trilheiro, o Circuito da Vila do Abraão.

A T01 é a trilha que vai da vila do Abraão, principal Vila da Ilha, passando pela Praia Preta, córrego do Abraão, Ruínas de Lazareto, Ruínas do Aqueduto e Poção.

Essa trilha é parada obrigatória pra quem visita a Ilha pela primeira vez e eu diria que dever ser a sua primeira trilha por lá.

Essa é uma trilha super fácil, com o tempo de duração bem curto. Eu, minha irmã e Nossa amiga fizemos esse circuito em 1:30 já considerando nossas longas paradas para fotos.

Obs: Se você quiser dar uma esticada na trilha poderá fazer a T02 que vai pra Cachoeira da Feiticeira, ela começa no Aqueduto!

A trilha pode ser feita em dois sentidos: Poção, Ruínas do Aqueduto, Ruínas de Lazareto, Praia preta e córrego do Abraão ou Praia Preta, Córrego do Abraão, Ruínas de Lazareto, Ruínas do Aqueduto e Poção.

REET5826
Pedras da Praia Preta 

Eu indico fazer conforme minha segunda menção. Só uma observação quanto ao córrego é que pra passar na ponte de onde poderá vê-lo será necessário que você volte um pouco na trilha já que ele fica acima da praia preta antes do Lazareto ou faça como fizemos seguindo a segunda opção, mas voltando para passar no córrego no final.

Para visitar a Ilha é importante estar com a vacina de febre amarela em dia, pois a região teve caso registrado. E infelizmente se tornou quase impossível ouvir ou ver macacos por lá, pois a ignorância do ser humano causou um desequilíbrio ecológico com a matança desses animais.

Dica bônus: Vá de biquíni pra se banhar na praia preta e no Poção e passe repelente (aliás passe o tempo todo), pois os mosquitos borrachudos de lá atacam sem dó nem piedade.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

Breve história sobre cada parada:

Praia Preta: A praia tem esse nome, pois sua areia é escura devido a alta concentração de minerais pesados. Nela deságua o córrego do Abraão, formando uma piscina natural de água doce e bem gelada.

Ruínas de Lazareto: Seguindo pela praia é possível chegar as Ruínas de Lazareto. Essas ruínas são de um hospital de quarentena que funcionou entre  1886-1913 para receber imigrantes infectados pela cólera. Em 1940 depois de outra reforma ele passou a presídio para receber presos comuns, funcionando até 1954 quando teve parte de sua construção destruída.

Ruínas do Aqueduto: Construído em 1896, o aqueduto servia para transportar água da represa da montanha para o Presídio de Lazareto. Hoje a construção é parada certa para lindas fotos.

HKNT9786
Aqueduto

Poção: Conta a história que grupos de escravos eram levados até esse poção para se banharem. Ele fica logo a esquerda do aqueduto.

o Circuito Vila do Abraão vale muito a pena!!!

Anúncios
Ilha Grande - RJ, Passeios

Ilhas Paradisíacas com a Mariana Tour

Se prepara que lá vem dica fervendo de tão quente que é rsrs.

Hoje o assunto é o passeio de barco das Ilhas Paradisíacas que fizemos com a Mariana Tour em Ilha Grande.

Primeira coisa a falar: Que Pas-sei-o!!! Top demais. Ilhas Paradisíacas é um circuito de lugares dentro e fora de Ilha Grande, mas dentro da baía,  que tiram nosso fôlego de tanta beleza.

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

FVEQ6517.JPG
Antes que perguntem: Na maioria das fotos eu apareço segurando o chapéu  pois venta muito e também dá um charme né rsrs

Partimos às 10:35 da manhã em lancha saindo da Vila do Abraão, fomos em direção a primeira a mais distante parada a Praia do Dentista.

A praia do Dentista tem esse apelido, pois ali um famoso dentista teve casa durante muito tempo, sendo seu verdadeiro nome Jurubaíba. A praia é bem cheia na alta temporada, finais de semana e feriado, mas sempre há um lugarzinho para encostar a sua lancha e esticar a sua canga.

AAFW3474

A praia tem água cristalina e areia branquinha, essa combinação permite vermos de fora d’àgua os peixinhos nadando em torno de nós.  Um dos pontos altos da Praia é o coqueiro “deitado” que é a sensação dos amantes de fotos de plantão (confesso que fizemos várias fotos nele rsrs). E depois de 40 minutos, partimos em direção as Ilhas Botinas.

As Ilhas Botinas, são como irmãs gêmeas de placentas diferentes. Duas ilhas de rochas com vegetação no meio do mar. Um cenário digno de filmes de hollywood, mas ainda bem que eles não as descobriram e ela permanecem resguardadas para a natureza e para os visitantes.

KTDU4046
Tô sim com uma barriguinha saliente, mas estou focada é na alegria de estar nesse lugar…

Como não tem faixa de areia, o barco para, você nada com cardumes enormes ao seu lado e depois navega em direção a próxima parada que no nosso roteiro foi a Praia da Piedade – Ilha da Gipóia.

13040031.JPG
Cardumes nas Ilhas Botinas

Sabe o motivo da praia ser parada obrigatória no passeio? A praia da Piedade ficou famosa por já ter sido sede da cobiçadíssima Ilha de Caras. A praia em si é pequena, sendo o mar calmo dividido por uma estreita faixa de areia.

CTIL8013

De um lado a Igrejinha dá o tom gracioso do lugar e do outro um complexo de casas outrora frequentado por famosos que eram convidados da Caras.

Seguimos em direção a mais um lugar encantador, a Ilha de Cataguases. Fiquei de queixo caído pela beleza de lá. A água em tom esverdeado bailando em contraste com a cor marrom onde ela cobria as rochas. Simplesmente um espetáculo da natureza.

CGTA7346

A Ilha tem uma boa faixa de areia repleta de sombras das inúmeras árvores que tem por lá. Além disso também é possível sentar em meio as rochas para ver o mar calmo se fazendo imponente.

WDSS1092

Ao sairmos da Ilha de Cataguases em direção a famosa Lagoa Azul, enfrentamos um sudoeste que vez a lancha bater bastante. Confesso que tive um pouco de medo, sei que minha irmã e nossa miga também, mas estávamos confiantes em Deus é claro, e no marinheiro da Mariana Tour que estava no comando daquela embarcação.

Ao passarmos pela “tormenta” chegamos a Lagoa Azul e lá tudo estava tão calmo que nem parecia ter passado um vento forte por lá. Acabamos não descendo, pois todos no barco estavam um pouco marejados e em consenso optamos por apenas tirar umas fotos de cima do barco mesmo e zarpar.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

Fomos então em direção a praia de Japariz, já em Ilha Grande mesmo. Essa não é uma praia muito famosa, ou das mais belas que vimos. Ela é um local de parada para almoço já que tem algumas opções de restaurantes.

Agora sabe o que me deixou encantada com Japariz?!  O por do sol atrás da mata. Um dos mais belos que já presenciei, é sem dúvidas um belíssimo presente da natureza.

JKXO0920

Voltamos para Vila do Abraão, chegando por lá umas 17:30 mais ou menos, com a sensação de um dia maravilhoso e muito bem aproveitado. O que me faz ser ainda mais grata e agradecer até pelos percalços no caminho, pois é passando por eles que aprendemos e valorizamos ainda mais o que realmente importa.

Para fazer esse passeio com a Mariana Tour, entre em contato com eles através do instagram: https://www.instagram.com/ilhagrandemarianatour/

Roteiro completo dessa viagem, gratuito!