Ilha Grande - RJ, Viagens

Trilha: Circuito da Vila do Abraão

Um fim de semana em Ilha Grande rende muitos momentos, inúmeras fotos e uma infinidade de dicas, e é por isso que hoje tem mais um post desse pedacinho de paraíso chamado Ilha Grande.

Pra quem quiser ver roteiro completo, hospedagem, vlog da Ilha e passeio de barco é só clicar nos links que deixei aqui!

Hoje o assunto é com os trilheiros de plantão. Quem aqui ama uma boa trilha levanta a mão! 🤚🏻

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

XWLR1201

Ilha Grande é repleta de trilha pra todos os gostos e condicionamento físico. Você pode encontrar as diversas opções aqui, que hoje eu vou falar só da T01, o primeiro circuito trilheiro, o Circuito da Vila do Abraão.

A T01 é a trilha que vai da vila do Abraão, principal Vila da Ilha, passando pela Praia Preta, córrego do Abraão, Ruínas de Lazareto, Ruínas do Aqueduto e Poção.

Essa trilha é parada obrigatória pra quem visita a Ilha pela primeira vez e eu diria que dever ser a sua primeira trilha por lá.

Essa é uma trilha super fácil, com o tempo de duração bem curto. Eu, minha irmã e Nossa amiga fizemos esse circuito em 1:30 já considerando nossas longas paradas para fotos.

Obs: Se você quiser dar uma esticada na trilha poderá fazer a T02 que vai pra Cachoeira da Feiticeira, ela começa no Aqueduto!

A trilha pode ser feita em dois sentidos: Poção, Ruínas do Aqueduto, Ruínas de Lazareto, Praia preta e córrego do Abraão ou Praia Preta, Córrego do Abraão, Ruínas de Lazareto, Ruínas do Aqueduto e Poção.

REET5826
Pedras da Praia Preta 

Eu indico fazer conforme minha segunda menção. Só uma observação quanto ao córrego é que pra passar na ponte de onde poderá vê-lo será necessário que você volte um pouco na trilha já que ele fica acima da praia preta antes do Lazareto ou faça como fizemos seguindo a segunda opção, mas voltando para passar no córrego no final.

Para visitar a Ilha é importante estar com a vacina de febre amarela em dia, pois a região teve caso registrado. E infelizmente se tornou quase impossível ouvir ou ver macacos por lá, pois a ignorância do ser humano causou um desequilíbrio ecológico com a matança desses animais.

Dica bônus: Vá de biquíni pra se banhar na praia preta e no Poção e passe repelente (aliás passe o tempo todo), pois os mosquitos borrachudos de lá atacam sem dó nem piedade.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

Breve história sobre cada parada:

Praia Preta: A praia tem esse nome, pois sua areia é escura devido a alta concentração de minerais pesados. Nela deságua o córrego do Abraão, formando uma piscina natural de água doce e bem gelada.

Ruínas de Lazareto: Seguindo pela praia é possível chegar as Ruínas de Lazareto. Essas ruínas são de um hospital de quarentena que funcionou entre  1886-1913 para receber imigrantes infectados pela cólera. Em 1940 depois de outra reforma ele passou a presídio para receber presos comuns, funcionando até 1954 quando teve parte de sua construção destruída.

Ruínas do Aqueduto: Construído em 1896, o aqueduto servia para transportar água da represa da montanha para o Presídio de Lazareto. Hoje a construção é parada certa para lindas fotos.

HKNT9786
Aqueduto

Poção: Conta a história que grupos de escravos eram levados até esse poção para se banharem. Ele fica logo a esquerda do aqueduto.

o Circuito Vila do Abraão vale muito a pena!!!

Anúncios
Dicas, Dicas de Viagem, Viagens

Cartão de embarque – O perigo da foto

Quando vamos viajar, queremos compartilhar cada momento. Desde o cartão de embarque até o último jantar no nosso destino. Principalmente quem trabalha com mídias sociais, não é mesmo?!

BdkTfFnCIAA8hUB
Imagem: Reprodução Latam

Mas existe um problema em compartilhar aquele “lindo e feliz” cartão de embarque. Eu mesma já cometi esse erro e ainda bem que não aconteceu nada.

O Cartão de Embarque é aquele “ticket” que o atendente ou a máquina te entrega quando você faz o seu check in.

Qualquer informação no cartão de embarque diz muito sobre você e a sua viagem. Com um simples número de portão e horário aproximado é possível saber o destino, número do voo, cia aérea entre outras informações. Com isso você não gera nenhum problema para a pessoa, mas se alguém mal intencionado pegar o seu número e-ticket ou o seu localizador, por exemplo, essa pessoa pode ter acesso a dados importantíssimos seu, como o seu CPF ou até mesmo alterar e cancelar a sua viagem, sabia?!

O código de barras no cartão de embarque revela ainda mais informações, como seu endereço completo.

Pois é, aquela fotinho inofensiva de start de viagem, pode se tornar um pesadelo nas mãos de pessoas de má fé.

Então cuidado!

Você pode postar foto do seu cartão de embarque, mas cuidado com as informações que você deixa aparecer!!!

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

Hotéis

Aluguel por Temporada

Seguro Viagem

Alugue seu Carro

Dicas, Dicas de Viagem, Viagens

Vacinação Febre Amarela – Dose Fracionada x Certificado Internacional de Vacinação

img_3663

Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, começarão nessa quinta (25/01/2018) a vacinar contra a febre amarela. Nesses municípios a dose será fracionada, sou seja, 0,1 ml da dose padrão que é de 0,5 ml.

Você sabia que a dose fracionada da vacina contra a febre amarela não te dá direito ao certificado internacional de vacinação? Pois é!

A Fiocruz informa que a dose fracionada é suficiente para imunizar por até 8 anos, porém a Anvisa afirmou que não irá emitir em hipótese alguma o certificado internacional para quem tomar essa dose.

Então se você irá uma viagem para algum lugar que exija o certificado você precisa tomar a dose padrão da vacina e para isso será necessário que você apresente um comprovante da sua viagem no posto de saúde e solicitar assim que eles apliquem a dose padrão!

Maiores informações:

https://micheleraggio.com.br/2017/11/14/civp-certificado-internacional-de-vacinacao-ou-profilaxia/

http://portal.anvisa.gov.br/rss/-/asset_publisher/Zk4q6UQCj9Pn/content/id/3931914

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Booking

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro

Dicas de Viagem, Mundo, Viagens

Jet Lag – Como amenizar os efeitos

Quando viajamos para algum lugar com o fuso horário diferente do nosso, sentimos os efeitos dessa mudança, sejam esses sintomas físicos os psicológicos. Esses efeitos são o famoso JET LAG, que muito se fala e pouco se entende.

Resumidamente o Jet Lag é uma fadiga de viagem, e algumas pessoas podem sentir mais do que outras. Isso acontece, pois enquanto estamos sentados naquela poltrona, não tão confortável assim, daquele avião que atravessa um oceano em poucas horas, do lado de fora daquela janelinha também estamos atravessando os fusos horários de Países, Cidades e até de continentes. E não há tempo hábil para o nosso corpo e mente compreender o que está acontecendo e por isso os sintomas mais comuns são sono durante o dia e insônia durante a noite, mas têm alguns outros que podem surgir como: irritação na pele, mudança de humor, inchaço, pequenas e momentâneas falhas de memória, problemas digestivos, dores de cabeça, dificuldade de concentração, aparência de cansaço, entre outros.

Eu sou uma dessas pessoas que mais sofrem com o Jet Lag, provavelmente porquê viajar de avião me causa muito estresse e eu fico sem dormir direito uns 2 dias antes da viagem e também não durmo durante o voo, mas estou aprendendo a usar alguns truques que ajudam muito. Então no post de hoje eu vou te ajudar a diminuir os efeitos desse desconforto com algumas dicas.

Em Madrid com 5 horas de diferença de Fuso

Entrar no Fuso antes de Embarcar

Se você puder já vai tentando entrar no Fuso Horário do destino uns 3 ou mais dias antes do seu embarque. Mude o seu horário de dormir, de se alimentar e vai adaptando suas funções diárias de acordo com o horário do seu destino. Claro que se a diferença for de 15 horas, por exemplo, você não irá fazer isso bruscamente, faça a mudança aos pouco, comece um dia alterando 2 horas, no dia seguinte 4 horas e assim sucessivamente. Quanto antes você começar será melhor.

Evite Bebidas Alcoólicas

O consumo de álcool é um grande problema para o corpo, principalmente nessa situação de viagens. Ele confunde o nosso organismo e vai dificultar ainda mais a sua adaptação ao novo horário.

Beba muita Água

O Jet Lag costuma fazer com que fiquemos desidratados, então beber muita água ajuda a manter nosso corpo em equilíbrio.

Escolha um vôo noturno que chega pela manhã no destino

Conseguir um vôo noturno e que chega pela manhã ao seu destino é uma ótima opção para ajudar a driblar o Jet Lag. E nem pensar em dormir quando chegar tente dormir durante o vôo (eu sei bem o quanto é difícil, mas tente ao cochilar e quando chegar vá aproveitar).

Pratique Exercícios

Que atividade física é bom todo mundo já sabe, mas que ela ajuda o seu corpo a diminuir os sintomas do Jet Lag, eu aposto que poucos sabiam. Há estudos que comprovam que se exercitar ao ar livre ajuda o corpo a se adaptar à medida que permitimos ao nosso corpo o contato com a luz do dia, já que se tem luz nosso cérebro interpreta que é hora de se manter ativo.

Na hora de dormir, evite qualquer contato com luz

Quando for a hora de dormir, apague tudo, absolutamente TUDO! Evite mexer no celular, computador, televisão e qualquer iluminação que possa mandar a mensagem errada para o seu cérebro. Mantenha o ambiente bem escuro para que descanse bem, uma boa noite de sono ajusta tudo.

Em New York com diferença de fuso de 2 horas e vários dias anteriores sem dormir.

 

Espero de verdade ajudar vocês com esse post!

Viagens

Stopover – Você sabe o que é?

Você já ouviu falar em Stopover? Não né! Muita gente nunca ouviu falar e outras que já ouviram não fazem ideia do que significa. Mas isso acaba agora com esse post!!!!!

Hoje eu vou falar um pouco dessa modalidade de viagem, pouco divulgada e ainda menos praticada.

O Stopover, nada mais é do que você viajar a um destino fazendo uma ou mais conexões de um ou mais dias voluntariamente. Essa palavra significa em tradução livre: Parada.

IMG_5999

Diversos vôos nacionais e internacionais fazem escalas (parada sem troca de avião) e conexões (quando há troca de avião), e é nesses trechos que você pode fazer um Stopover.

Então como funciona na pratica? Funciona assim: Você pretende viajar para Londres, por exemplo, mas no meio de caminho o seu vôo fará conexão em Lisboa. Então ao invés de você permanecer apenas algumas horas na Cidade mais visitada de Portugal, você pode solicitar um Stopover e permanecer por lá de um a três dias.

Para praticar essa parada estratégica é preciso da autorização das Cias Aéreas. Em algumas delas como a TAP, por exemplo, você pode fazer diretamente pelo site na compra da sua passagem, mas em outras como a Latam, por exemplo, não é possível fazer direto pelo site, você precisará entrar em contato com a Cia Aérea para solicitar a autorização.

O tempo de permanência na Cidade intermediaria depende de Cia Aérea, cada uma tem suas regras que precisam ser consultadas. Outra coisa que também depende da Cia Aérea é a taxa cobrada por essa parada, cada empresa cobra ou não uma taxa que precisará ser consultada.

O Stopover é uma ótima oportunidade de conhecer outros destinos, mas não pense que você pode decidir praticá-lo quando chegar a sua conexão. É preciso acertar essa prática previamente com a Cia Aérea contratada.

Depois dessa só falta você escolher seus destinos e fazer as malas!!!

 

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro

 

 

 

 

Viagens

Viagem: Não posso ser clichê? 

Com essa explosão da internet, agora todo mundo se sente no direito de criticar e achar que é o dono da verdade, e com isso tirar fotos clichês acabou se tornando algo ruim para alguns, mas só para alguns! Aqueles que não tem muito com o que se preocupar e a eles só interessa criticar!

firenze-011.jpg
Imagem: http://www.aprendizdeviajante.com/

Quando fazemos uma viagem, normalmente sonhamos demais com aqueles momentos, antes deles acontecerem! Muitas viagens são realizações de grandes sonhos e nelas investimos muito tempo e dinheiro, então por que eu não poderia ser clichê?!

Sim, eu posso sim fazer aquelas fotos que todo mundo faz! Aquela se apoiando ou empurrando a Torre de Pisa, aquela de braços abertos abaixo do Cristo Redentor, ou até mesmo aquela clássica segurando a ponta de algum monumento histórico!

Louvre-Paris
Imagens: http://inroutes.com/

Seja clichê sim, não se incomode com os outros, viva sempre os seus sonhos intensamente!!!!

Quem nunca?? Eu sempre!!!!!