Dicas de Viagem, Notícias

Viajar traz mais felicidade que casar! Será?!

Viajar traz mais felicidade que casar! Será?!

Pois é, existe uma pesquisa que afirma isso com todas as letras!!!

snapseed-4

O Booking fez uma pesquisa em 2016 com 17 mil pessoas de 17 países e que surpreendeu boa parte das nações.

Esse levantamento mostrou o que eu já venho fazendo coro a muitos anos: Viajar é sinônimo de ser feliz!

As pessoas consideraram que viajar é mais essencial para nossa felicidade do que por exemplo: um encontro romântico, conseguir um novo emprego, noivar, ter filhos e até se casar!!!

77% afirmam que saem de férias no momento em que estão precisando de uma dose de felicidade. Isso já aconteceu com você?

70% das pessoas afirmam que viajar proporciona uma felicidade mais duradoura do que adquirir bens materiais! Acreditam? Essa é mais uma teoria que eu sempre defendi: Viajar te liberta e a liberdade de proporciona um prazer maior do que comprar coisas.

Talvez você até diga: Ah, mas a pesquisa foi feita através de um site com propósitos turísticos. Mas e se eu te disser que essa pesquisa vai totalmente de encontro com um estudo do Americano Dr. Thomas Gilovich da Universidade de Cornell, em que ele afirma que experiências, como por exemplo viagens, despertam uma sensação de realização muito mais duradoura do que a compra de um carro.

E sabe qual o sentido de tudo isso?! Bens materiais perdem valor ao longo do Tempo x Uso x Percepção, enquanto que experiências são transformadoras e te acompanham ao logo de toda a sua vida!

Quem não fica sorrindo pelos cantos só de lembrar de uma viagem, não é mesmo?!

Então, vamos viajar mais?!

 

Comece sua viagem por aqui:

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

Anúncios
Dicas de Viagem, Nova York

Nova York – um grande cenário de Sex and the City

Há alguns dias eu comecei a maratonar a minha série preferida de todos os tempos. A série que eu não podia assistir quando adolescente, já que não tinha tv a cabo e minha mãe jamais me permitira assistir séries e filmes do tipo, e que é a primeira vez na vida que sento a assisto a todos os episódios.

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI.

Apesar das inúmeras coisas atualmente inaceitáveis que a série prega, como por exemplo, o relacionamento tóxico de Carrie e Big, o fato de estereotiparem por diversas vezes a Samanta como vadia só por ela ser uma mulher livre e que sabe o que quer quando o assunto é sexo, ou de como as mulheres eram julgadas, inclusive entre elas mesmas, por passarem dos 30 sem casas, entre outras coisas, afinal feminismo ainda não era algo tão importante no fim da década de 90 e início dos anos 2000, a série é uma declaração de amor a NYC tão piegas quanto verdadeira e foi uma das coisas que me fez ficar apaixonada pela Cidade, mesmo quando eu ainda não conhecia.

E é por causa dessa clássica série, seguida de dois filmes, que abriu as portas de NYC pra mim e para o mundo que eu resolvi montar pra vocês um roteiro imperdível da Cidade que nunca dorme, passando por alguns lugares que as personagens eternizaram como cenário de Sex and The City.

IMG_8593

Two Boots

Que tal começar o seu tour comendo uma pizza?! Pizza é a cara de NYC. Pizza em fatia, barata e que você come em pé mesmo é mais ainda a cara de NYC e é bem representada em uma cena de Sex and the City em que Carrie e Miranda comem uma pizza depois de um jantar vegano que ela não gostaram muito.

A Two Boots to go West Pizza, fica no número 42 da Avenida A, entre a 3ª e 4ª street, em East Village. Além dessa existe também outra loja, two boots, ou existia, pois ao que tudo indica está permanentemente fechada então mesmo sem saber exatamente onde a cena foi gravada, vale a visita a essa que está aberta.

Columbus Circle

Aquela cena triste onde acontece fim da relação de Carrie e Aidan foi gravada bem aqui. Eles saem de um evento Black and White e o Aidan faz aquela pressão para eles casarem, quando Carrie recua mais uma vez e então aquele boy magia desiste desse amor.

Vou aproveitar esse gancho para fazer uma confissão: Meu preferido era o Aidan. Não queria ver a Carrie com o Big, eles mantinham uma relação tóxica e já com o Aidan tudo era mais leve e com amor.

Endereço: Columbus Circle, New York, NY 10019.

Onieal’s

Falando em Aidan, quem não se lembra de Carrie tentando voltar para a vida do bonitão depois que ele estava abrindo um bar com o Steve? Pois é, eles abriram o Scout nome fictício para o Onieal´s onde foram gravadas as cenas do bar.

Endereço: 174 Grand Street, New York, NY 10013

The Plaza Hotel

Um clássico dos filmes Nova-iorquinos não podia ficar de fora de Sex and the City. Big resolve fazer seu noivado com Natasha, bem no hotel mais icônico e um dos mais luxuosos de Nova York. E para encerrar aquele episódio, Carrie o encontra do lado de fora do hotel e o deixa após dizer a seguinte frase: “Your girl is lovely Hubble” (Sua garota é adorável, Hubble), uma das frases do filme The Way We Were. O problema todo é que ela não o deixa tão para trás assim né.

Endereço: 768 5th Avenue, New York, NY 10019 – Em frente ao Central Park

Louis K. Meisel Gallery

Vamos ao lugar que era a “casa” de Charlotte. Charlotte era uma mulher realizada profissionalmente e que trabalhava em uma galeria de arte, até conhecer seu primeiro marido, Trey.

Quando a mais intocada das amigas disse que iria parar de trabalhar para ser esposa em tempo quase integral, as outras amigas foram contra ela, mas ela seguiu o plano e deixou de lado sua vida profissional. Mas dizem os tabloides da época, que Charlotte parou de trabalhar não para abordar esse tema na série, mas para a produção não ter que pagar o aluguel absurdo que começaram a cobrar pela locação do espaço para a gravação das cenas.

The New York Public Library

Esse clássico lugar de Nova Iorque passou algumas vezes em Sex and the City, mas ficou eternizado como o local que Carrie iria se casar com Big, já no primeiro filme da sequencia da série.

Carrie não chega a se casar, já que Mr Big, precisava ser Mr Big e mais uma vez dilacerar o coração da escritora Carrie Bradshaw.

Meatpacking District

Quem não lembra quando Sam comprou seu apartamento na área que estava ficando na moda em Nova York. Aquele apartamento de tantos amores numa região comercial no extremo oeste de Manhattan.

No terraço de seu prédio acontece um churrasco que Sam ofereceu a suas novas amigas transexuais que faziam programa na região.

A região conta com um trecho do parque elevado, o high line e bem pertinho do Chelsea Market.

The  Loeb Boathouse

IMG_1753
Esse é o lago – Parte do restaurante pode ser visto no canto direito da foto

Lembra daquela cena em que Carrie e Miranda brigam, pois Carrie conta que irá ao Central Park se encontrar com Big e Miranda acha que ela esta se rebaixando a ele? Carrie então resolve mesmo assim ir ao encontro, mas promete à Miranda que não beijará Big, só que quando eles se encontram aquela tensão rola e para não beijá-lo ela se desvencilha e os dois acabam se desequilibrando e caindo no lago.

Essa cena de dois patinhos na lagoa, rsrsrs, acontece nesse restaurante que fica dentro do Central Park.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

Jefferson Market Garden

Falando em Miranda, quem aqui gostava do jeito sistemático da advogada? Eu preciso confessar que tenho certa afinidade com ela, talvez por ser virginiana eu me identifique com algumas neuroses que a personagem alimentava.

E uma delas era se casar em um lugar que não fosse tão clichê, então é quando ela encontra esse jardim comunitário ao lado Jefferson Market Library, um marco da Cidade.

O jardim fica na Greenwich Ave, entre a 6th Avenue e a West 10th street.

Cafeteria

As quatro amigas tinham o compromisso de estarem juntas regularmente e os inúmeros almoços/brunchs aconteciam na Cafeteria onde elas falavam sobre sexo, amores, desamores e muitos outros temas.

A cafeteria fica no número 119 da 7th avenida, esquina com a w 17th street.

Magnólia Bakery

IMG_9043
Cupcake red velvet da Magnólia Bakery

Sem dúvidas ficou eternizada por causa de Sex and the City e por isso é a padaria mais famosa da Cidade, mas nem de perto eu diria que tem o melhor cupcake ou o melhor banana pudding (Alias, eu já deixei nesse artigo aqui o meu preferido da Cidade), porém o lugar vale sua visita.

Quando for visitar a Magnólia, certifique-se de que está indo na original da série, a loja da Bleecker com a 11th street , assim de lá você poderá caminhar um pouquinho até sua próxima parada, a Perry street.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

Perry Street, 66, em West Village

IMG_9017

 

A famosa casa de Carrie Bradshaw. Aqui Carrie escrevia sua coluna a cada episódio, escreveu também seu livro, morou com Aidan, viveu outros amores, esperou e encontrou o Big, dividiu confidências com as amigas, chorou, sorriu e viveu boa parte da série nesse cantinho especialmente eternizado.

É possível visitar a casa pelo lado de fora, mas não é permitido subir as escadas, é também educado falar baixo e não demorar muito por ali, já que moram pessoas reais e que pagaram cerca de 9 milhões de dólares para morar no apartamento de Carrie Bradshaw. Ou isso é muito amor à série ou eu não sei o que seria 🙂

 

 

Aviação, Dicas

Tudo sobre Milhas Aéreas

Milhas Aéreas: O que são? Como vivem? O que comem? Tudo isso e muito mais aqui no Michele Viaja. Rsrsrs

Brincadeiras a parte, vamos falar hoje sobre as milhas aéreas e como você deve usá-las a seu favor.

GARANTA SUA HOSPEDAGEM

Eu fiz uma enquete no Instagram, onde 67% das pessoas responderam que não sabem o que são ou como usar as milhas. E é por isso que eu resolvi esmiuçar esse tema para vocês.

BFQA3000.JPG

O QUE SÃO MILHAS AÉREAS?

As Cias Aéreas encontraram uma maneira de fidelizar os clientes e o fazem através das milhas aéreas.

Milhas Aéreas nada mais são do que seu dinheiro voltando pra você em forma de pontos que podem ser trocados por passagem aérea. Deixa-me explicar melhor: Toda vez que compramos uma passagem aérea, se estivermos cadastrados no programa de fidelidade daquela companhia aérea, ela converte o valor total pago em pontos que ao acumularmos, poderemos viajar de graça por essa mesma Cia aérea ou suas parceiras.

ALUGUE SEU CARRO AQUI

COMO ACUMULAR MILHAS AÉREAS?

Para acumular esses pontinhos lindos que nos ajudam a viajar mais e mais, é bem simples!!!

O primeiro passo é estar cadastrada no programa de fidelidade da Cia Aérea, assim toda vez que comprar uma passagem aérea com ela, ou com as cias que fazem parte de uma mesma aliança, você automaticamente acumulará milhas para usar no futuro.

Outra maneira de acumular as milhas é trocando os pontos acumulados no seu cartão de crédito por milhas, transferindo esses pontos para o programa de fidelidade parceiro da sua bandeira e aquele que mais lhe for conveniente.

Mais uma forma é comprando em parceiros dos programas de fidelidade. Toda vez que você fizer uma compra que esteja linkada a um parceiro você vai acumular pontos que virarão milhas.

PROGRAMAS DE FIDELIDADE

Existem diversos programas de fidelidade que podem te ajudar a acumular milhas, mesmo sem ser diretamente através da compra de passagens aéreas e por isso vou listar alguns.

MULTIPLUS – Programa de Fidelidade da Latam, onde é possível acumular pontos comprando em diversos parceiros da empresa.  Esse é um dos programas que eu mais gosto e mais uso.

SMILES – Programa de Fidelidade da Gol, onde é possível acumular pontos até usando uber.

TUDO AZUL – Programa de Fidelidade da Azul, onde é possível acumular pontos até com o programa Petrobras Premia.

DOTZ – Programa de fidelidade que acumula pontos através de gastos com os parceiros. Atualmente ainda não permiti transferir os pontos para nenhuma Cia aérea, mas você pode usar os pontos como desconto para abater alguns dos outros gastos de uma viagem.

KM DE VANTAGENS – Programa de fidelidade da Rede de combustível Ipiranga, onde você acumula pontos em qualquer consumo ligado à marca Ipiranga. Permite transferir os pontos para o programa da multiplus.

LIVELO – Atualmente considerado um dos melhores programas de fidelidade, com uma grande rede de parceiros é possível acumular pontos através de seus gastos e um dos grandes benefícios do programa é poder transferir os pontos para diversos programadas de diferentes cias aéreas, como Latam, Gol, Azul, Tap entre outros.

CARTÃO DE CRÉDITO – Grande parte dos cartões de crédito oferece um programa de fidelidade, onde se acumula pontos conforme seu consumo na fatura. Nesse caso é bem importante ler bem as entrelinhas do programa do seu cartão, pra não cair em algumas armadilhas, como uma anuidade muito alta por exemplo. Esses pontos podem ser transferidos para alguns programas das cias aéreas.

GARANTA SEU SEGURO VIAGEM AQUI!

COMO TROCAR MILHAS POR PASSAGEM?

Isso é muito fácil e um momento muito feliz para todo viajante! A passagem aérea pode comprometer grande parte do seu orçamento de viagem e usar as milhas para viajar de graça é motivo de felicidade sim!!!

Ao acumular uma quantidade de pontos, essa quantidade varia de Cia aérea para Cia aérea, você poderá fazer uma busca no site da mesma e se os seus pontos forem suficientes, é só trocar pelos bilhetes aéreos.

Obs.: Em caso de passagens com milhas, você paga apenas o valor das taxas de embarques que são dos aeroportos.

POSSO USAR MEUS PONTOS SOMENTE COM PASSAGENS?

Não!!! Você pode usar seus pontos também para trocar por produtos e experiências, basta você pesquisar no site do seu programa de fidelidade.

POSSO FAZER DINHEIRO COM MILHAS?

Sim!!! Existem empresas que compram milhas aéreas e transformam elas em passagens a serem vendidas, muitas vezes por um preço mais em conta do que na Cia Aérea.

Você pode vender suas milhas para essas empresas. Essa é uma ação legal e com benefícios para todos os lados.

MINHAS MILHAS DURAM PARA SEMPRE?

Não!!! Infelizmente as milhas tem um prazo de validade e você precisa ficar de olho nisso no site do programa.

As suas milhas expiram e assim você perde dinheiro e oportunidades.

Agora que você já sabe dos benefícios das milhas aéreas, que tal começar a colocar em prática e a viajar mais?!

Nos vemos no próximo destino!!!

 

 

 

 

 

 

Chile, Dicas de Viagem, Economia

Aluguel de Malas – Economia de espaço e dinheiro!

Já ouviu falar que é possível economizar dinheiro alugando malas de viagens? Pois é!!!

Como eu sempre trago maneiras de economizar e viajar eu não podia deixar de compartilhar com vocês essa forma de economia.

Pensa comigo: Uma mala de boa qualidade custa cerca de R$400,00. Um investimento bem alto para quem faz uma viagem por ano, por exemplo. Além disso fica aquele “trambolho” ocupando um espaço que você não tem em casa e até acumulando ácaros em cima do guarda roupa.  Então por que não alugar a mala e economizar seu suado dinheiro?!

QUAIS AS VANTAGENS DE ALUGAR MALA

Ao alugar malas para sua viagem você não só economiza dinheiro, como também tem outras vantagens, por exemplo:

Praticidade e ganho de espaço – Você não mais precisa ficar com aquele volume atravancando o caminho, ou guardada em um lugar onde outras coisas poderiam estar guardadas;

Higiene – As malas alugadas passam por higienização a cada uso, então você usará malas limpas e livres de bactérias, ao contrário do que acontece com aquela sua mala parada em cima do guarda roupa 😉

Consumo sustentável – Você estará fazendo parte de uma grupo de pessoas que pensa no mundo como um lugar melhor pra viver, onde o consumo precisa ser pensado para evitar exageros e desperdícios. Pra que comprar uma mala que será usada 1 x por ano, por exemplo, se você pode compartilhar com outras pessoas e ajudar o meio ambiente.

Economia Financeira – Já falei sobre a economia financeira, mas não mostrei, então vamos as provas. Uma mala média/grande de qualidade custa no mínimo R$400,00. Alugar uma mala média/grande de alta qualidade com a Rent a Bag custa R$75,00 (valor retirado de orçamento online no dia 18/06/19, na categoria econômica para 10 dias. Esse valor pode variar para mais ou menos). Ou seja, alugar malas pode gerar uma economia de 80% no seu orçamento.

SOBRE A RENT A BAG

A Rent a Bag é uma empresa de locação de malas de alta qualidade, com a proposta de trazer valores justos aliados a uma maneira simplificada de viajar.

SOBRE NOSSA VIAGEM COM A RENT A BAG

Na nossa viagem ao Chile, eu e minha irmã, pegamos duas malas com a Rent a Bag. Uma mala de mão e uma mala de vinhos, isso mesmo uma mala de vinhos!

Como não iríamos trazer 12 garrafas, usamos metade da mala para roupas e na outra metade mantivemos a estrutura para acomodar com segurança os nossos rótulos Chilenos.

As malas chegaram para gente com alguns dias de antecedência e pudemos arrumar com bastante calma. Todas de material resistente, bonitas e devidamente higienizadas.

Quem acompanhou nossa viagem, viu que fomos para Santiago, depois para o Deserto do Atacama e depois voltamos à Santiago, antes de retornar ao Rio de Janeiro de onde saímos, então elas viajaram na mesma proporção que nós e foram super resistentes as nossas adversidades. A mala de vinhos já começou a acomodar vinho, ainda nos primeiros dias, então fizemos 4 trechos com vinhos na mala e todos chegaram ao Brasil, 10 dias depois intactos dentro da mala de vinhos da Rent a Bag.

Foi a primeira vez que aluguei malas e não acredito mesmo que será a última. Super aprovado e recomendado!!!

Saiba mais aqui!

 

Aviação, Chile

Viagem ao Chile – Como foi voar Latam!

Apesar de algumas pessoas reclamarem, eu gosto da Latam (antiga TAM). Sempre tive experiências agradáveis e não tenho muito do que reclamar e esse foi um dos motivos para comprarmos nossa passagem Brasil x Chile x Brasil pela cia aérea.

IMG_8719
Malas alugadas na Rent a Bag

Passagem comprada, assentos marcados (acho absurdo termos que marcar o assento, não há opção para deixar em aberto, e ainda pagarmos mais um valor pela marcação. Poderiam ser mais camaradas né Latam), dia da viagem e é hora do check in.

Na ida do Rio de Janeiro para Santiago o Check in pelo autoatendimento estava com erro e tivemos que enfrentar uma filinha, já que ninguém conseguia fazer online. Ao fazer o check in no quiche, a atendente já ofereceu para despacharmos a minha mala de mão sem custo extra, como eu e minha irmã já havíamos despachado uma mala mesmo, não custava despachar outra, já aí um primeiro sinal de voo cheio.

SEGURO VIAGEM – GARANTA O SEU

Na volta fizemos o check in pelo autoatendimento no aeroporto de Santiago, aliás éramos obrigados a fazer pelo autoatendimento e depois só entrávamos na fila para despachar a mala. Isso adianta bastante já que assim quem não vai despachar mala, faz o check in e nem entra na fila, vai logo para o setor de embarque!

Tanto na ida quanto na volta o avião era um Airbus 320-200 da cia LAN. Uma aeronave relativamente grande que acomoda 156 passageiros  e é organizada no esquema 3-3 com duas colunas separaras por um corredor tendo 3 poltronas em cada fileira. Tá aí um conceito de grande, mas apertado. Espaço para as pernas quase não havia (mas achei que tinha mais espaço que na Ibéria quando fomos a Espanha, por exemplo), reclinação do banco? ixi bem pouca, entretimento a bordo: somente a revista espanhol/português Vamos, da própria cia e no kit econômica somente uma mantinha e um travesseiro bem basiquinho.

IMG_8764.JPG
Airbus 320 da Latam

No início desse corredor tínhamos um banheiro e no fim do corredor mais dois. Banheiros de tamanho normal com espelho, sabonete líquido e até um hidratante para as mãos.

Na ida deixamos para embarcar depois que a fila havia se dissipado, quando chegamos na porta do havia não havia mais espaço no bagageiro interno para as malas de mão e a minha irmã, assim como alguns outros passageiros, foi obrigada ali mesmo a despachar a mala de mão dela.

Na volta estavam fazendo uma checagem das malas de mão antes do embarque, mas correu tudo bem e teve espaço para todos!

A tripulação era chilena, para os dois trechos. Todo educados, na ida 4 aeromoças, duas em especial mais sociáveis que as outras duas, fazendo imensa questão de serem compreendidas por quem não falava espanhol, sempre falando pausadamente e olhando nos olhos dos passageiros. Na volta 3 aeromoças e 1 comissário, todos bem educados e solícitos!

ALUGUE SEU CARRO AQUI

Na hora do serviço de bordo, nada de jantar, afinal é um voo com previsão de 4 horas aproximadamente,  realmente não precisa de refeição completa, por isso o que nos foi servido foi um sanduíche de queijo com peito de peru e algum creme, bem saboroso por sinal, mas sem outra opção, e para beber podíamos escolher entre refrigerante, suco de laranja ou pêssego, café puro ou com crema e também tinha disponível água. O lanche foi o mesmo nos dois trechos, só o pão da volta que parecia ser integral. Depois passaram uma segunda rodada que continha água, café com ou sem crema e Té (chá em espanhol).

Na ida provamos da água mineral servida no avião, a Vital (marca de água Chilena) e é bem boa. Parecida com a nossa no Brasil! – Já anota essa dica, pois as águas no Chile são bem mineralizadas e podemos sentir diferença ao bebê-las.

Na volta era da marca Crystal Geyser, também Chilena, bem boa também.

Apesar do espaço reduzido, como se preza em uma econômica, o lanche sem muitas opções e a ausência de entretenimento a bordo tive uma experiência boa para ambos os trechos.

GARANTA SUA HOSPEDAGEM

Voos tranquilos de pouca turbulência tanto para ir ao Chile quanto para voltar ao Brasil e o mais importante: on time!

 

Destinos, Dicas de Viagem

Buser – Uma maneira diferente de viajar

Quem aqui já ouviu falar da Buser?!

            Imagem divulgação da marca

Quem me acompanha nas redes sociais, já ouviu falar! Se tu não me acompanhas, aproveita pra fazer isso agora, é de graça, não dói, me ajuda e te ajuda!

Facebook: https://www.facebook.com/micheleviaja/?ref=bookmarks
Instagram: https://www.instagram.com/micheleviaja/
Youtube: Michele Raggio

Vocês sabem que eu amo economia inteligente e sempre trago ótimas dicas para vocês de como economizar e viajar ainda mais e com esse artigo não seria diferente!

Mas vamos a essa empresa brasileira que revolucionar o mercado de viagens terrestres no Brasil.

GARANTA SUA HOSPEDAGEM

Começaremos pelo nome, já que é a dúvida mais frequente. Como se fala? Se fala como se escreve em português ou se fala como em inglês? Também tinha essa dúvida até que no instagram da marca eles explicaram que BUSER vem de busão, portanto se fala como se escreve em português mesmo. Aí já criei uma empatia pela marca, que abrasileirou o nome indo na contra mão do que vem sendo praticado.

O que é a Buser?

A Buser é uma empresa de compartilhamento de viagens terrestres!

Aqui no Brasil, não existem muitas empresas de ônibus que operam a nossa viação terrestre. Temos quase que um monopólio nas mãos de poucas empresas que cobram o preço que bem entenderem por não haver concorrência.

Sempre que vamos para região dos lagos saindo do Rio de Janeiro, por exemplo, temos que comprar passagem com a única empresa que opera o trecho a 1001 e temos que pagar o preço que eles cobrarem sem ter direito a reclamar. É por esse motivo que muitas pessoas acabam se arriscando em transportes clandestinos.

A Buser então é uma opção segura, mais confortável e super moderna de viajarmos pagando um preço mais justo.

SEGURO VIAGEM – GARANTA O SEU

Vou dar um exemplo de como o fretamento de ônibus funciona: Várias pessoas querem sair do Rio de Janeiro e ir para Belo Horizonte. Essas pessoas então fretam o ônibus através do aplicativo e rateiam a viagem. Esse rateio faz com que as viagens fiquem até 60% mais baratas que o convencional.

As viagens, com dia e hora, ficam disponíveis através do aplicativo e site e podemos comprar conforme disponibilidade e nossa vontade de viajar.

                           Em Vitória – ES

Eu já usei o aplicativo e fui do Rio de Janeiro para Vitória no Espírito Santo com a Buser. Se você ainda não viu o Viaje com R$350,00-destino Vitória, vou deixar aqui! A viagem foi maravilhosamente confortável em ônibus leito e com a segurança de uma empresa cadastrada e regulamentada no órgão federal.

Se você quiser aproveitar essa dica e já se cadastrar para viajar mais, melhor e mais barato, entra nesse link https://www.buser.com.br/convite/8xo34i e já comece ganhando R$10,00 pra te incentivar a colocar o pé na estrada e rodar esse Brasilzão de Buser!!!

Eu uso e aprovo!!!

Aviação, Destinos, Dicas

Volta ao Mundo – Quanto custa?

Quem aqui nunca teve vontade de dar a volta ao mundo?!

É um sonho quase que unanime de todo viajante, não é mesmo?!

IMG_8201

Só que todo mundo esbarra em algo muito importante, o custo dessa viagem! Mas é possível fazer essa viagem de uma maneira mais barata. Eu descobri como e vou dividir com vocês.

É claro que não é uma volta ao mundo do tipo, estou passando em todos os países que existem, mas é uma volta ao mundo que pode caber em um orçamento e tempo mais enxuto e que vai te render experiências incríveis.

Poucos conhecem, mas existe um bilhete aéreo chamado RTW ticket, que significa Round The World, que em tradução livre seria algo como: Bilhete de Volta ao mundo!

ALUGUE SEU CARRO AQUI

E como eu compro?

Esse ticket é possível através de alianças entre cias aéreas que vendem o pacote dos sonhos.

Existem algumas regras para comprar esse tipo de bilhete e vou te explicar: Você monta o seu roteiro (ou pode adquirir um já pré-estabelecido) com origem e destino no mesmo País, voando apenas em um sentido (Ocidente – Oriente ou vice versa. Você não pode, por exemplo, sair do Brasil, ir aos Estados unidos, ir a Europa, depois voltar ao Canadá e depois ir à Ásia), respeitando o limite máximo de tempo e trechos.

Atualmente é possível encontrar o RTW em 3 diferentes alianças aéreas: One World, Star Alliance, Sky Team. E as compras podem ser feitas diretamente pelo site dessas alianças. É só clicar na aliança mencionada acima que já deixei o site pra vocês.

E os valores?

Quanto a valor total, é sabido que não será algo baratinho, mas é bem mais barato do que comprar cada trecho separado. É possível comprar 6 países por cerca de R$7.000,00, por exemplo. Barato, talvez sim. Já que todo viajante sabe que às vezes uma viagem para apenas um País a Ásia custa mais da metade desse valor.

Agora tenha em vista que uma volta ao mundo vai consumir seu dinheiro também e principalmente com hospedagem, alimentação, locomoção, seguro viagem, necessidades que surgem pelo caminho e etc., por isso o planejamento é a parte mais importante nisso tudo.

SEGURO VIAGEM – GARANTA O SEU

Então quanto custa uma volta ao mundo?

O custo total é bem relativo. Vai depender diretamente de quanto tempo vai passar viajando, quais Países vai visitar, tipo de hospedagem, alimentação e etc. Pode ser que custe o preço de um carro popular, ou pode ser que custe um pouco mais ou até um pouco menos.

Mas e a experiência vivida, as histórias criadas e contadas e a alma restabelecida, quanto custa? Pra mim, não tem preço!

GARANTA SUA HOSPEDAGEM

E aí se animou para fazer as malas e colocar o pé na estrada?!

Dicas de Viagem

Um Alfabeto diferente…

Você já percebeu que quando um piloto de avião, por exemplo, quer falar sobre a identificação da aeronave ele não fala letras?! Ou quando o atendente vai buscar o localizador da sua passagem?! Eles usam o alfabeto fonético internacional ou Mundial!

JÁ RESERVOU SUA HOSPEDAGEM?

IMG_8201

O uso desse alfabeto é necessário para evitar confusões de sotaques e letras parecidas, além de deixar a comunicação mais rápida e minimizar a possibilidade de erro humano, ou seja, é uma questão de segurança.

Mas não é só na aviação que esse alfabeto é usado não! No mercado de turismo como um todo, nós usamos ele quando precisamos soletrar algo!

Já está tão fixado no meu subconsciente que eu uso direto até fora da área, só que na maioria das vezes a pessoa não entende e eu tenho que repetir tudo novamente no estilo: M de Maria, i de igreja e etc… rsrs. E é óbvio que ninguém é obrigado a saber algo que não tem a menor divulgação, mas se todos os setores usassem acredito que a comunicação seria beeeem mais rápida!

Então a partir de agora sempre q estiver em um voo ou em um hotel e ouvir essas palavras, vai saber exatamente o que estão falando e acabar com qualquer curiosidade.

Vamos ao alfabeto!

A -Alpha

B – Bravo

C – Charlie

D – Delta

E – Echo (se fala eco)

F – Foxtrot (ou Fox mais usado em meios de hospedagem)

G – Golf

H – Hotel

I – India

J – Juliet

K – Kilo

L – Lima

M – Mike

N – November

O – Oscar

P – Papa

Q – Quebec

R – Romeu

S – Sierra

T – Tango

U – Uniform

V – Victor

W – Whiskie

X – X-Ray

Y – Yankee

Z – Zulu

RESERVE SEU CARRO AQUI

Difícil decorar? Então vou te contar uma estória sem pé nem cabeça que foi criada por alguém muito criativo que provavelmente estava com dificuldades em memorizar!

“ALFA ficou BRAVO ao saber que CHARLIE comissário da DELTA, dono de um ECHO esporte e um FOXTROT, foi de GOLF para o HOTEL onde conheceu uma linda ÍNDIA chamada JULIET.

Ela era de LIMA, largou-o e casou-se com MIKE em NOVEMBER. Ganhou o OSCAR e foi abençoada pelo PAPA em QUEBEC.

Outro azarado foi ROMEU que subiu a SIERRA, dançou TANGO de UNIFORM com VICTOR depois de tanto WHISKY, acordando com o X-RAY de um YANKEE chamado ZULU”

FAÇA SEU SEGURO VIAGEM

Gostou de saber um pouco mais da comunicação prática e rápida que adotamos nesse meio? E dessa estória que parece letra de Renato Russo? Eu gostei de dividir com vocês!!!

Dicas de Viagem, Hospedagem

Regras para se hospedar na casa dos outros.

img_8336
Hotel em Santa Teresa

Quem aqui nunca viajou para ficar na casa de um parente ou amigo?! Isso é bem comum e ajuda bastante na economia com a viagem, mas é preciso bom senso para ficar hospedado na casa de alguém, seja essa casa a de uma pessoa próxima ou não, como em casos como Airbnb, Couchsurfing e outros.

Para evitar constrangimentos e que corra a boca miúda ou nem tão miúda assim, vamos aqui falar sobre algumas regrinhas que devem ser seguidas por você caso esteja indo passar uma temporada de férias na casa de alguém.

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

Pergunte antes a disponibilidade!

Não chegue de surpresa na casa de alguém assim para se aboletar por alguns dias. Isso é uma tremenda falta de educação. É preciso saber se a pessoa está disponível para receber naquele período. E se o anfitrião deixar subtendido uma data respeite-a, afinal é nesse período que ele está disposto a lhe receber.

Somente após a confirmação do anfitrião é que é dada a hora de comprar a passagem e fazer as malas.

Pergunte se querem algo. E mesmo que digam que não leve um agrado!!

Não vá chegando de mãos abanando. Pense que aquelas pessoas estão te oferecendo o aconchego do lar delas por uns dias e que farão o possível para te agradar, então não lhe custa nada já chegar causando uma boa impressão.

Pergunte se eles querem algo da sua Cidade e mesmo que digam que não precisa, leve um mimo pelo menos ao anfitrião. Pode ser algo regional, ou um chocolate, vinho ou até mesmo algo que você possa ter feito com suas próprias mãos.

Pergunte como será a contribuição com alimentação e se precisa levar toalhas e lençóis, por exemplo.

Provavelmente vão lhe dizer que não precisará contribuir e que também não precisa levar toalhas e lençóis, mas em todo caso pergunte e se disserem que precisa comprar ou levar algo, o faça sem aborrecimento tá, lembre-se que estás gerando custo as pessoas.

Caso lhe digam mesmo que não precisa contribuir com nada, você o fará em algumas gentilezas. Compre o pão um dia ou outro, leve-os para um jantar legal. Agrade, e dessa maneira será lembrado positivamente e poderá até ser convidado mais vezes. Eu apostaria nisso!

RESERVE SEU CARRO.

Não atrapalhe a rotina e deixe tudo em ordem!

Lembre-se que você está de férias, mas os residentes daquela casa provavelmente não. Eles têm a rotina deles e você não pode atrapalhar, você é quem precisa se adaptar. Então nada de acordar meio dia querendo café da manhã se sabe que eles levantam as 05:00 horas da manhã, por exemplo.

Não deixe suas coisas espalhadas e mantenha seu quarto e banheiro em ordem, mesmo que eles tenham empregada. E se não tiverem, ajude com algumas tarefas, como lavar a louça, por exemplo, isso será de muita empatia.

Não leve visitas inoportunas!

Não chegue com algum convidado sem avisar, mesmo que seja só para um jantar. Isso é muita falta de educação. Convidado NÃO convida!

Seja Honesta (o)!

Quebrou ou perdeu algo?! Conte a verdade e se ofereça para ressarcir. Isso é o mínimo a ser feito, não precisaria nem entrar em pauta aqui, mas infelizmente tem gente que tenta varrer a sujeira para debaixo do tapete.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

Seja uma Cia Agradável!

Você não vai para a casa dos outros pra ficar se lamentando não é mesmo?! Seja uma pessoa alto astral, solicita. Seja aquele tipo de pessoa que todos querem por perto! Aproveita e leve isso pra vida!!!

Seguindo essas regrinhas você será uma visita bem vinda sempre!!!

Aviação, Notícias

Mitos e Verdades sobre voar – Parte 1

Você é daqueles que como eu quando vai viajar de avião sofre de sincope nervosa? Se for, eu preparei esse artigo pra tentar te ajudar a se manter mais calma (o) da hora de levantar voo. Pretendo aqui desmitificar algumas crenças que nós medrosos temos e alimentamos voo após voo.

IMG_5999

Pra me ajudar nessa missão, contei com o suporte da ANAC (Agência Nacional de Avião) que respondeu prontamente de maneira técnica todas as perguntas que fiz. Então a cada mito ou verdade eu vou expor na integra a resposta da ANAC e também farei minhas colocações baseadas em experiências próprias e também em informações garimpadas em outras fontes.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

Serão 10 mitos e verdades pra nos ajudar a viajar mais e melhor!

Vamos então começar com um dos meus maiores medos durante um voo. Eu sempre acho que alguém vai ter um surto psicótico em pleno voo e vai conseguir abrir alguma das portas, colocando em risco a vida de todos no voo. Sei que pode parecer insano, mas lá em casa mesmo eu sou a única com esse medo, ou pelo menos era, já que agora não o tenho mais. Será mesmo? rsrs.

1 – É verdade que é possível alguém abrir a porta do avião, quando o mesmo em voo?

Resposta da ANAC: “Considerando a superioridade da pressão interna em relação à externa, torna-se impossível a abertura da porta do avião em voo. Adicionalmente, esclarecemos que a porta da aeronave só pode ser aberta quando o comandante a destrava, a partir de comando em seu cockpit.”

Fazendo uma breve busca no Google eu já havia encontrado essa informação, mas nada melhor do a própria agência, mestre no assunto te confirmar não é meiiixxxmo! Acho que agora estou pronta pra deixar aquela porta sem a minha atenção por praticamente todo o voo!!!

2- A descarga pode sugar uma pessoa, mesmo que ela não desça pelo duto ela pode se machucar?

Essa é boa né. Centenas de pessoas falam: “Não da descarga sentada no vaso do avião que você vai ser sugado”. Aí você fica encasquetada (o) com essa ideia e cheia (o) de medo de descer descarga abaixo.

Confesso que não nunca me preocupei em descer pelo ralo, pois nunca me sento, já que mamãe desde pequenina falava que não devemos sentar em banheiros com alta rotatividade de pessoas para não dar brecha as bactérias. Mas sempre fico olhando aquela descarga pensando em quantos estragos ela já pode ter feito com as pessoas.

Por isso perguntei a ANAC  e a resposta deles foi a seguinte: “Não, o vácuo gerado nos toilettes é calculado apenas para sua limpeza.”

Objetivos e claros! Então gente, dá uma relaxada que ninguém vai parar no reservatório em meio as coisas obscuras que fazem nos banheiros dos aviões kkkkk. Além da resposta da soberana Anac, em uma rápida varredura na internet encontramos artigos que corroboram essa negativa.

A próxima vai para os supersticiosos!!! Eu tenho trabalho duro o meu cérebro para deixar superstições de lado e tenho tido algum sucesso. Confesso que essa nunca foi algo considerável para mim, tanto que nunca reparei isso, mas sei lá né, na dúvida sempre preferimos não arriscar.

RESERVE SEU CARRO.

3- É verdade que a fileira 13 não existe por ser considerada má sorte?

Resposta da ANAC: “A numeração das fileiras é definida pelo proprietário da aeronave. Caso tenha viajado em uma aeronave sem a fileira 13, sugere-se o questionamento à companhia aérea sobre os motivos que a levaram a não utilizar a numeração.”

Essa dúvida chegou a mim, através de uma pesquisa sobre aviação que eu estava fazendo, onde eu descobri que a KLM não tem fileiras 13 em suas aeronaves, por associar o número a má sorte. Como fiquei curiosa se era uma prática comum, resolvi perguntar à ANAC.

Acho que aqui no Brasil temos uma boa relação com o número 13, né. Já que quem viveu a era Zagallo, se acostumou a vê-lo associando as conquistas e vitórias ao número que ele considerava ser de boa sorte.

4- Quando em voo longo existe duas tripulações? Vôos de quantas horas?

Essa é uma clássica preocupação entre nós, os viajantes apavorados. Sempre queremos saber se os pilotos não dormem durante todo o voo e se isso não pode levá-los ao erro. Bom, para acalmar nossos ânimos, vai a resposta da ANAC:

“A segurança operacional é baseada, entre outros, no gerenciamento de risco de fadiga humana, a fim de garantir a integridade física e cognitiva da tripulação. Se as condições do voo impuserem esforço excepcional à tripulação, o voo pode contar com uma tripulação de revezamento.”

5 – Se um vidro da janela sofrer um trinco coloca em risco o voo?

Mano do céu, eu não curto nada sentar na janelinha, mas minha irmã curte demais e ela fica pra mim: “Mi, olha que lindo”, “Mi, fica calma e aprecia” e a primeira coisa que eu reparo quando olho para a janela é se tem algum arranhão ou trinco. Certa vez eu estava sentada na janela e tinha um arranhão e eu quase pari sem estar grávida, só de pensar que a pressão atmosférica poderia romper aquele vidro (que viagem, não!?). Fechei rapidamente a janela e me senti um pouco mais aliviada. Como se isso pudesse fazer alguma diferença!!!

Então veio a resposta da ANAC pra eu ficar um pouco mais calma: “Não, as aeronaves são certificadas para operarem de forma segura, mesmo com eventuais comprometimentos.”

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI. 

6- Sempre que um avião despressurizar o risco de queda é iminente?

Só a ideia das máscaras caírem do teto do avião já me faz ter mini ataques cardíacos. Essa imagem rondando meus pensamentos põe em risco a minha sanidade mental. Sei que pode parecer um exagero, mas também sei que não estou sozinha nessa!!!

Mas deixa eu te apresentar a resposta para ANAC e depois concluo: “Não, as aeronaves são certificadas para operarem de forma segura, mesmo com eventuais comprometimentos.”

É, você não se enganou, a resposta é a mesma da anterior. Apesar desta resposta controlar a minha sanidade mental mesmo com minha imaginação fértil, eu não posso garantir que ela me deu confiança suficiente para me controlar caso eu viva algo do tipo. Na dúvida eu prefiro que nada desse tipo aconteça sempre que eu estiver em voo.

Uma rápida pesquisa na internet reforça a resposta da Anac para as duas últimas respostas, então vamos relaxar!!!!

Esse artigo ficou tão grande que  precisei dividir em dois, então na próxima quarta volta aqui que tem mais!