Roteiros, Santa Catarina

Roteiro Completo do Beto Carrero e Balneário Piçarras – SC

Você me acompanha no instagram? Não?! Então você perdeu em tempo real a viagem ao Beto Carrero e Balneário Piçarras. Então já muda isso e me segue lá no @micheleviaja pra acompanhar tudooo!!!

Já seguiu lá? Se já seguiu vamos continuar aqui, que vou te contar todo o meu roteiro de 3 dias em Santa Catarina.

Aqui você verá:

  1. Sobre o Beto Carrero e Balneário Piçarras;
  2. Como chegar e sair;
  3. Transporte;
  4. Hospedagem;
  5. Alimentação;
  6. Passeios;
  7. Roteiro Detalhado;
  8. Gastos Totais;
  9. Dicas importantes.

SOBRE O BETO CARRERO WORLD

Em 28/12/1991 na Cidade da Penha nasce o Beto Carrero World, com alguns brinquedos e duas lonas de circo.

Hoje o Beto Carrero World é o maior e melhor parque temático da América Latina e um dos melhores do mundo.

Tem muita adrenalina para quem gosta de brinquedos radicais, muita música para quem quiser curtir os espetáculos, tem o maior portal de entrada em parque no mundo: O Castelo das Nações, mais de 3 milhões de metros quadrados de Mata Atlântica preservada, e a garantia de momentos incríveis a viver.

SOBRE BALNEÁRIO PIÇARRAS

Situada no litoral norte de Santa Catarina, Balneário Piçarras fica a 110 quilômetros da Capital Florianópolis e a aproximadamente 35 km de Balneário Camboriú e 20km do Beto Carrero que fica em Penha.

Balneário Piçarras é uma cidade relativamente nova, sua emancipação aconteceu em 14/12/1963.

A Praia de Piçarras está em seu terceiro ano consecutivo com a Bandeira Azul, em prêmio ecológico que avalia a qualidade da água, gestão ambiental, educação ambiental, segurança, serviços, responsabilidade social e turismo sustentável.  

COMO CHEGAR E SAIR

De São Paulo tem voos diretos e diariamente para a Capital Florianópolis ou para Navegantes, que foi o aeroporto que usamos lá por ser mais próximo a Penha e Balneário Piçarras.

Do Rio de Janeiro e outras capitais no sudeste, norte e nordeste não estão tendo voos diretos, mas também dá pra ir de avião.

Ir de avião é a melhor opção sem dúvidas, mas não é a única , também é possível ir de carro através da BR 116.

Além disso também saem ônibus regulares de diferentes capitais brasileiras, mas atenção que dependendo da Capital que você sair não vai ter passagem direto para Floripa e você precisará percorrer um caminho mais demorado.

Minha passagem aérea para essa aventura custou: R$471,10 ida e volta já com taxas pela Latam.

TRANSPORTE

Para ir do aeroporto de Navegantes até Balneário Piçarras e voltar nós optamos por fechar com um transfer que custou: R$400,00 os dois trechos.

No nosso deslocamento entre Balneário Piçarras e o parque do Beto Carrero, optei por uber e por causo do número de pessoas em nosso grupinho dividimos em dois. o custo foi de aproximadamente R$ 300,00 para os dois dias.

HOSPEDAGEM

Dessa vez a escolha foi um Airbnb. Escolhemos dois apartamentos incríveis em Balneário Piçarras e ficamos todos lado a lado.

No condomínio que ficamos tinha piscina, salão de jogos, churrasqueira e outras áreas de lazer que tínhamos acesso.

Fomos recebidas (o) pelo Artur que já foi 8x super host no Airbnb.

Mais detalhes eu conto nesse post AQUI!

Em média a hospedagem nesses dois apartamentos para 3 diárias custa, R$1.686,00 para até 10 pessoas no total.

ALIMENTAÇÃO

Como ficamos em apartamento tínhamos a opção de cozinhar, então fizemos isso uma vez a noite e nosso café da manhã era em casa. Além disso pedimos lanche e pizza, almoçamos nos dois dias de parque no parque e no dia em que chegamos almoçamos num restaurante beira mar na praia de Piçarras.

Comida em parque não é muito barata então gastei em todos esses dias aproximadamente R$300,00 entre comida e bebida.

PASSEIOS

Essa viagem foi para o Beto Carrero e nós tínhamos 3 dias na região e dois deles seriam no parque por isso o único dia de passeios em Balneário Piçarras nós só caminhamos pela praia de Piçarras, e esse passeio foi gratuito, claro.

O ingresso para dois dias na época da viagem foi R$240,00 por pessoa.

ROTEIRO DETALHADO

Dia 1 – Dia da nossa chegada e passeio na Praia de Piçarras

Dia 2 – 1º Dia no Parque Beto Carrero

Dia 3 – 2º Dia no Parque Beto Carrero

Dia 4 – Dia do nosso retorno logo pela manhã

GASTOS TOTAIS

  • Passagem: R$471,10
  • Alimentação: R$300,00
  • Hospedagem: R$240,00
  • Transporte: R$130,00
  • Passeios: R$240,00
  • Comprinhas/lembrancinhas: R$0,00

DICAS IMPORTANTES

  • Beber água é essencial. Andamos muito e hidratar é importante;
  • Leve protetor solar e repasse a cada 2 horas. A gente vai brincando e não percebe que está queimando.
  • Tênis é o melhor calçado. Parece besteira falar, mas vi gente de sapatilha por lá e esse calçado não dá nenhum conforto para o dia inteiro andando.
  • Tem várias outras dicas lá no meu instagram então corre lá pra conferir.

E-BOOK: Viajando Mais, com menos. Um guia de como viajar muito, gastando pouco.

Comece sua viagem com DESCONTOS aqui:

Passeios pelo Brasil e Mundo

Hotel e Pacotes

R$179,00 de desconto no AIRBNB

Seguro Viagem

Aluguel de Carro

Acompanhe minhas viagens passadas e futuras:

Facebook Michele Viaja

Instagram @micheleviaja

Youtube Michele Raggio

Blog: https://micheleraggio.com.br/

Contato comercial: micheleviaja@gmail.com

Aviação, Videos

Como está sendo voar na pandemia?

Como está sendo voar na pandemia

Uma das grandes curiosidades dessa retomada do Turismo é: Como está sendo voar de avião na pandemia?

Bom, eu peguei 4 voos durante um período de 4 dias em novembro de 2020, para viajar do Rio de Janeiro ao Beto Carrero e voltar.

Do Rio para Navegantes (aeroporto mais próximo a Penha – SC, onde fica o Beto Carrero) só existe voo com conexão em São Paulo, por isso as 4 decolagens e 4 pousos.

Já no aeroporto para o primeiro voo, Rio de Janeiro x São Paulo, foi possível perceber que tudo está muito diferente. Saímos do Galeão (aeroporto internacional Tom Jobim) e o primeiro impacto foi com a movimentação, tudo bem que saímos às 04:20 da manhã, mas ainda assim o aeroporto estava muito mais vazio do que de costume.

Andando pelos corredores até nosso portão foi possível ver muitos dispensers com álcool 70%, adesivos no chão e também intercalando poltronas, reforçando o distanciamento.

Na hora do embarque os funcionários reforçaram a importância do distanciamento e por isso foi tudo até mais lento.

Já no avião eu pedi a aeromoça para visitar a cabine do piloto, porém infelizmente por causa do corona vírus não está sendo permitido. Tentei em 3 voos, mas realmente não consegui.

A todo momento piloto e comissários reforçavam além das habituais medidas de segurança, novas regras como o uso obrigatório de máscaras, o não compartilhamento de itens pessoais e a higienização incansável das mãos.

Serviço de bordo também estava suspenso em todos os 4 voos que peguei. Caso queira água, você precisa pedir que eles servem e no desembarque nos dão um pacotinho de dois biscoitos.

Além disso o piloto nos fala que o ar do avião é filtrado a cada 3 minutos eliminando 99% de todos os vírus e bactérias (aqui vou deixar um artigo que afirma que a contaminação dentro do avião é baixa).

Quando chegamos no aeroporto de Guarulhos para esperar nosso voo à Navegantes, achei um pouco mais confuso. Guarulhos é o maior aeroporto do Brasil, recebendo em média 120 mil passageiros por dia em condições normais e é claro que essa lotação causa certos problemas. Alguns que eu identifiquei na minha experiência: Pouca sinalização de distanciamento social, pouco dispenser de álcool e muita aglomeração nas filas de embarque, mesmo com os funcionários falando no alto falante. Acredito que funcionaria melhor com funcionários orientando pessoa a pessoa.

Já no aeroporto de Navegantes, cuja estrutura é muito menor, tem somente 4 portões de embarque, que inclusive são feitos na pista e um corredor de desembarque que também é feito pela pista, alguns poucos totens de álcool estavam disponíveis, além de profissionais do aeroporto com álcool 70% oferecendo para nossa higienização.

Nos dois raios-x que passei (embarque no Galeão e embarque em Navegantes), todos os funcionários estavam de máscaras e também de luvas.

Em todos os voos o desembarque foi feito fileira a fileira. Os comissários iam liberando uma a uma para evitar as aglomerações no corredor do avião.

Viajar na pandemia é um pouco mais estressante que o habitual. Cuidados e atenção redobrados, por isso a segurança é ainda maior.

Acredito verdadeiramente que essa retomada é importante e já é sim possível voltarmos a viajar. É muito importante para o setor de turismo que é responsável por 8% do PIB nacional e emprega quase 3 milhões pessoas (números pré-pandemia). Além do que viajar é bom também pra nossa saúde física e mental o que já foi comprovado por diversos estudos no mundo inteiro.

Para saber um pouco mais como está sendo viajar e avião, assista esse vídeo, onde divido minha experiência com vocês.

Até a próxima e boa viagem!!!

Videos

NÃO faça isso durante suas viagens!!!

Um vídeo para você saber o não deve fazer de jeito nenhum durante suas viagens 😉

Aperte o play e anote tudo!!!

 

————————————————————–
Comece sua viagem por aqui:
Notícias, Videos

Disney por R$999,00 – Será verdade?

Acredita que dá pra viajar para a Disney por menos de R$1.000,00?

Será que é verdade?

Será que é confiável?

Explico tudo e falo minha opinião nesse vídeo:

 

VEJA MAIS SOBRE OS PACOTES AQUI:

ORLANDO – http://viajar.hu/18rsg

Maceió – http://viajar.hu/18r2q

Natal – http://viajar.hu/18r2u

Porto Seguro – http://viajar.hu/18r2s

Porto de Galinhas: http://viajar.hu/18r2r

Fortaleza: http://viajar.hu/18rse

OBS: As promoções podem podem ser suspensas a qualquer momento de acordo com regras definidas pelo próprio Hurb.

Comece sua viagem por aqui:

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

Notícias

Coronavírus e as Viagens!

O tema de maior preocupação da vez é o Coronavírus e o motivo é indiscutível. De fato essa nova doença se espalhou de maneira muito rápida e é natural que o medo do desconhecido se instale entre nós.

E é esse medo, o maior responsável pelo prejuízo no mercado de turismo ao redor do mundo.

size_960_16_9_mers1
Partículas do coronavírus da MERS (National Institute for Allergy and Infectious Diseases/Handout via Reuters/Reuters)

O Turismo já representa mais de 10% do PIB mundial e com a disseminação desse novo vírus vem sofrendo perdas amargas.

Cias aéreas cancelando cerca de 50% de suas operações, como acontece com a Lufthansa, navios de cruzeiros lotados em quarentena sem poder atracar, agências tendo que cancelar pacotes e com o caos instalado, como ficam as pessoas que já estão com viagem marcada, mas que querem cancelar ou adiar essa viagem?

Esse é um tema bastante delicado, já que sabemos que existem regras para cancelamentos. Contratos são assinados e com eles multas podem ser aplicadas aos consumidores, porém esse é um caso excepcional e existem meios legais para resolver essa situação.

Alguns artigos do código de defesa do consumidor podem lhe ajudar nessa tarefa:

Art. 49 – O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 07 (sete) dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.

Parágrafo único – Se o consumidor exercitar o direito de arrependimento previsto neste artigo, os valores eventualmente pagos, a qualquer título, durante o prazo de reflexão, serão devolvidos, de imediato, monetariamente atualizados”.

Porém é provável que esse não seja o seu caso e se você já tiver mais de 7 dias que comprou seus serviços turísticos e quiser cancelar por causa do coronavírus, você pode seguir a recomendação do Procon e usar outro artigo do código de defesa do consumidor.

“Art. 6º  – São direitos básico do consumidor:

Inciso I – A proteção da vida, saúde e segurança contra os riscos provocados por práticas no fornecimento de produtos e serviços considerados perigosos ou nocivos”.

Nesse caso, o risco a saúde e segurança, seria a contaminação e propagação de COVID-19.

“Inciso V – a modificação das cláusulas contratuais que estabeleçam prestações desproporcionais ou sua revisão em razão de fatos supervenientes que as tornem excessivamente onerosas.”

Já esse inciso garante ao consumidor que a multa, que é uma cláusula contratual, pode ser revista diante de algo superveniente, ou seja, algo excepcional que aconteceu posteriormente.

“Inciso VI –  a efetiva prevenção e reparação de danos patrimoniais e morais, individuais, coletivos e difusos;”

Infelizmente não há garantias de que as empresas vão seguir essa interpretação do código, já que a lei não é tão específica. Porém caso não consiga diretamente com as agências de viagem, companhias de avião e nem com demais empresas envolvidas na sua viagem, você deve notificar o Procon para tentar resolver essa situação.

É importante formalizar o seu pedido de isenção de multa junto as empresas, de alguma maneira e ter também o registro por escrito da negativa deles em lhe conceder essa isenção, pois só com esses documentos poderá acionar o Procon da sua Cidade.

A ABAV – Associação Brasileira de Agências de Viagens, afirma que as empresas devem informar e prestar assistência aos seus clientes em caso de cancelamento ou adiamento das viagens, tanto por parte das empresas ou até mesmo por parte do cliente.

Agora com certeza a melhor maneira de resolver tudo isso será apelando para o seu bom senso e o bom senso das empresas envolvidas, afinal ninguém tem culpa e deve arcar com qualquer prejuízo. Então a conversa poderá ser o melhor caminho.
Se você está passando por algo do tipo e não está conseguindo resolver, procure os orgãos regulamentadores e se proteja desse caos.

Mas se você decidir seguir com sua viagem, não se esqueça de começar por um bom seguro viagem:    SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

 

Brasília, Viaje com R$350,00

Roteiro Completo de 4 dias em Brasília

Quem me segue no instagram pôde acompanhar em tempo real a minha viagem à Brasília no fim de novembro de 2019.

Eu e minha irmã fizemos uma viagem de baixo custo, no projeto #Viajecom350, que tem o orçamento limite de R$350,00 para todos os gastos da viagem.

Essa viagem, teve o intuito de mostrar pra vocês que é possível conhecer a Capital Federal sem gastar muito dinheiro e também te provar que quanto mais você viaja, mais oportunidade de viagens podem surgir.

Aqui você verá:

  1. Sobre Brasília;
  2. Como chegar e sair de Brasília;
  3. Transporte;
  4. Hospedagem;
  5. Alimentação;
  6. Passeios;
  7. Roteiro Detalhado;
  8. Gastos Totais;
  9. Dicas importantes.

 

Sobre Brasília

Capital Federal do nosso País, Brasília já foi construída com essa finalidade. Sabiam que Brasília é a maior Cidade do mundo construída no século XX.

Desde a primeira constituição da república, de 1891, já havia a perspectiva de mudança da Capital para uma Cidade do interior, muitas águas rolaram até que Juscelino Kubitschek, recém eleito definiu como principal meta  a construção de Brasília. Em 1957 o projeto de Lúcio costa venceu o concurso para construção da Capital Federal, e assim surgiu o Plano Piloto da Cidade em formato de avião, porém com controvérsias já que o próprio arquiteto teria dito que a ideia inicial seria uma cruz.

Junto com Oscar Niemeyer, arquiteto responsável pelos principais prédios públicos e Joaquim Cardoso, engenheiro estrutural se projetaram ainda mais no Brasil e no mundo.

Inaugurada em 21 de abril de 1960, Brasília se localiza entre 1.000 e 1.200 metros acima do nível do mar no chamado Planalto Central, onde o relevo é plano, com poucas e eleves elevações, e cujo bioma é o Cerrado.

Como chegar e sair de Brasília

Rio de Janeiro e São Paulo tem voos diários para a Capital Federal, assim como ônibus via rodoviárias e também o Buser  (já falei dele nesse post).

Os voos dessas duas Cidades custam em média R$150,00 por trecho. Valores esses que podem variar para mais ou para menos. Porém eu e minha irmã fomos através de milhas aéreas pagando somente as taxas de embarque e usando 3.000 milhas por trecho no programa LATAM PASS.

Transporte

Já em Brasília nós ficamos o tempo quase todo de carro, já que estávamos na casa de um casal de amigos que nos recebeu tão bem por lá.

Mas para quem vai sem esse suporte o ideal é alugar um carro (nesse link você tem ótimos preços),  ou usar uber pra quase tudo e caminhar bastante em regiões como o centro cívico.

Transporte público em Brasília é bem precário e não te atende em todas as regiões.

Hospedagem

Nós ficamos hospedadas na casa de um casal de amigos que fizemos em nossa viagem ao Chile, por isso não gastamos com hospedagem, porém as opções na Cidade são as seguintes:

  • Hotéis no setor hoteleiro da Asa Sul e Asa Norte – É possível encontrar diárias por R$180,00 para duas pessoas. Essa é a melhor região já que fica mais próxima dos principais pontos turísticos.
  • Hotéis e Hostels na Asa sul e Asa Norte – Aqui já tem hospedagens um pouco mais em conta, porém é um pouco mais distante, mas não é tão distante assim, cerca de 10 km. Lembre-se que Brasília foi projetada e por isso tem vias largas e o transito flui super bem. Aqui encontramos hospedagem por cerca de R$120,00 para duas pessoas por dia.
  • Hotéis e afins nas Cidades Satélites ou RA – Em algumas dessas RAs, por exemplo Águas Claras, encontra-se hospedagem por cerca de R$60,00 para duas pessoas a diária. Mas atenção que a distância é um pouco maior, cerca de 15 km e com um pouco de trânsito para esse deslocamento, então é importante pesquisar antes se é perto de metrô, o que tem nas redondezas e a segurança do bairro.

Alimentação

snapseed-3
Restaurante Sallva

 

Brasília não tem uma comida típica, mas tem alguns restaurantes tradicionais que não podem faltar no seu roteiro. Tem um artigo inteiro sobre onde comer em Brasília, aqui!

Passeios

Todos os pontos turísticos de Brasília são gratuitos, a exceção do Memorial de JK que  precisa pagar R$10,00.

Roteiro Detalhado

Dia 1 – Dia da nossa chegada

  • Pontão do Lago Sul para almoço e passeio
  • Palácio da Alvorada
  • Palácio do Jaburu
  • Passeio de reconhecimento de carro
  • Pontão do Lago Sul à noite

Dia 2

  • Congresso Nacional – visitação interna guiada gratuita
  • Palácio Itamaraty
  • Praça dos Três Poderes – Supremo Tribunal Federal, Congresso Nacional e Palácio do Planalto. Panteão da Pátria, Pavilhão Nacional do Brasil onde fica a maior Bandeira do Brasil, Espaço Lúcio Costa, escultura dos Candangos.
  • Catedral Metropolitana de Brasília
  • Igrejinha de Nossa Senhora de Fátima
  • Restaurante Xique Xique para almoço
  • Primeira quadra de Brasília
  • Primeira banca de Brasília
  • Ermida Dom Bosco
  • Mosteiro de São Bento
  • Pizzaria Dom Bosco

Dia 3

  • Memorial JK
  • Museu dos Povos Indígenas
  • Parque da Cidade
  • Feira da Torre de tv e Torre de tv
  • Torre digital de tv

Dia 4

Volta pra casa

Custos Totais

  • Passagem: 3.000 milhas por trecho + R$63,00 de taxas
  • Alimentação: R$146,50
  • Transporte: R$0,00 – ficamos de carro com a família que nos recebeu lá
  • Passeios: R$0,00 – os lugares tem visitação gratuita
  • Comprinhas/lembrancinhas: R$60,00

É claro que nossa viagem ficou mais barata por termos ficamos na casa de amigos e ter andado com eles de carro, mas é possível você buscar hospedagem pelo couchsurfing e se locomover o máximo possível a pé.

Dicas Importantes

  • Brasília tem o clima muito seco então tem que ter uma garrafinha de água sempre com você.
  • O sol queima lá hein, mesmo com o tempo nublado então o protetor solar  é extremamente necessário.
  • Tenha em mente que as edificações são enormes e que ao optar por andar fará caminhadas longas para visitar diferentes atrações na mesma região.

Comece sua viagem por aqui:

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

 

Brasília, Gastronomia

Onde comer em Brasília

Brasília é famosa pelos restaurantes de qualidade e realmente são inúmeros, o que não poderia ser diferente já que a Cidade foi pensada em quadras e que cada quadra tivesse todo o necessário para se viver bem e isso inclui restaurantes.

Confesso que só comi fora da Asa Sul uma vez, então essa minha lista sofrerá um pouco dessa influência, mas posso te garantir que os restaurantes mais tradicionais da Cidade também se encontram nesse pedaço, já que também fica na Asa Sul a primeira quadra de Brasília.

Mas vamos então aos restaurantes que em minha opinião não podem faltar no seu cardápio de Brasília:

1 – Sallva Bar e Restaurante

O Sallva é um restaurante que tem o cardápio assinado pelo Chef Luis Veronese com 16 estrelas Michellin. Esse fica no Pontão do Lago Sul e sua posição nos proporciona uma vista belíssima.

De ambiente bem decorado e aconchegante e com atendimento agradável o Sallva é um restaurante um pouco mais requintado, mas que tem uma opção que pode caber no seu bolso: o menu executivo. O Mebu Executivo é servido no almoço e é composto por: Entrada + Prato Principal + Sobremesa,  custando somente R$59,00.

2 – Xique Xique

Tradicional carne de sol de Brasília, o restaurante possui algumas unidades na Cidade, e apesar da primeira unidade ter sido na Asa Norte ouvimos dizer que a mais famosa é a da Asa Sul, localizada na quadra 107, sul Bloco E 2 e foi nessa que fomos.

Bom atendimento e de serviço rápido, a carne de sol, prato mais pedido do restaurante, é saborosa, mas pra mim não é a estrela do prato. Em minha opinião quem ganhou o destaque foi a paçoca salgada que é servida junto da carne de sol como um de seus acompanhamentos.

Essa carne de sol serve bem 3 pessoas, já para 4 pessoas é preciso pedir mais uma, e cada uma custa cerca de R$130,00. No dia em que fomos pagamos R$80,00 por uma promoção de Black Friday, acreditam?!

3 – Pizza Dom Bosco

Não chegue pensando que é uma pizzaria com vários sabores para você ficar na dúvida do que pedir. Não, é apenas um sabor e muito bem feito desde 1960. Desde que Brasília é Brasília que essa família está a frente dessa riqueza da Capital Federal.

Uma fatia simples ou dupla de pizza de mussarela com molho de tomate por cima e um caju (refresco de caju) são o carro chefe do lugar que recebe pessoas de todas as classes sociais.

Em pouco mais de 10 minutos ali em pé enquanto lanchávamos a noite, saíram mais de 6 tabuleiros com 10 fatias cada, imagina a quantidade vendida durante todo o dia.

Uma fatia custa R$3,50 e a dupla custa R$7,00. Com certeza a pedida certa é a dupla, que vira uma fatia na outra formando um “sanduíche de pizza” evitando-se assim a lambança e garantindo a saciedade do freguês.

A Pizzaria também vende um mate bem saboroso, que qualquer carioca vai gostar bastante.

Endereços:

SCLS 107 Bloco D Loja 20 – Asa Sul

SCLS 103 Bloco B Loja 36 – Asa Sul

SCLN 306 Bloco C Loja 46 – Asa Norte

CLSW 303 Bloco A Loja 18 – Sudoeste

CNB 01 Lote 1 Loja 1 – Taguatinga

Av. Castanheiras Lote 820 Loja 2 – Águas Claras

4 – Miau que Mia

Confesso que esse restaurante eu não tinha ouvido falar antes de estar lá. Quem nos falou dele foram nossos anfitriões na Capital Federal e valeu muito a pena o nosso almoço.

Até esse momento eu não tinha ido a um restaurante, ou ouvido falar, onde o rodízio é de guarnição. Vou explicar melhor: Você escolhe uma carne, a que escolhemos foi Filet Mignon à Parmegiana, que serviu bem 5 pessoas e as guarnições vem em sistema de rodízio. Arroz, batata frita, pastel, saladas e etc. ficam sendo servidas à mesa durante a sua refeição.

Achei bastante interessante isso, não?!

O restaurante de decoração burlesque, está localizado na quadra 304 bloco d, Asa Sul,

Quando forem lá, peçam para ser atendidos pelo Ney. Um atendente super atencioso e preocupado com o cliente.

5 – Casa de Biscoitos Mineiros

Aquele lugar para sentar e tomar um cafézin da tarde. Não é baratin, então prepare o bolso, mas os quitutes são de lamber os dedos.

A broinha de milho desse lugar é espetacular. Doce na medida certa (quando falo assim é por não ser muito doce, já que eu não sou fã de coisas muito doce), macia e suculenta vale muito a pena.

Espero que essas 5 dicas te ajudem a se alimentar bem enquanto estiverem por Brasília.

E se você tem outros lugares a compartilhar, responde aqui embaixo que vou gostar de saber.

Obs: Os valores são referentes ao mês de novembro de 2019 e podem sofrer alterações.

Economia

Onde investir para viajar?

Realizar aquela viagem dos sonhos pode ser bem antes do que o plano original e eu vou te explicar como nesse artigo!

CIFT6397
Sobrevoando a Cordilheira dos Andes

Eu já fiz diversos posts aqui no blog mesmo de como você pode economizar para conseguir realizar o seu sonho de viagem e vou deixar-los nessa playlist, mas hoje eu vou falar de como você pode fazer o seu dinheiro crescer sem muito esforço e chegar ao seu destino antes do que você pensa.

Antes de saber onde investir seu rico dinheirinho, você precisa saber de quanto você precisará para realizar sua viagem dos sonhos e quando você quer realizá-la.

Tendo essas duas coisas definidas vamos escolher o melhor investimento para você, mas não sem antes definir quanto você vai investir por mês para chegar ao seu objetivo. Para isso basta pegar o valor total necessário e dividir pelo número de meses que você tem até a sua viagem.

1 – Cofrinho?!

NO WAY! Já está fora de moda e faz o seu dinheiro perder valor já que os R$100,00 de hoje não compram as mesmas coisas que os R$100,00 de daqui a um mês, tudo por causa de uma coisinha chamada inflação!!!!!

Eu mesma já dei dicas de cofrinho por aqui, mas os tempos são outros e ainda bem que a gente pode sempre aprender melhores opções.

Então esquece esse negócio de guardar dinheiro em casa!

2- Poupança?!

Sinto cheiro de polêmica no ar!!! Poupança é o investimento preferido dos brasileiros, mas o que muitos brasileiros não sabem ou não acreditam é que a poupança não rende nada mais que umas pequenas migalhas, fazendo você desperdiçar tempo deixando de ganhar mais.

Vou te explicar melhor: Existe uma regra na poupança que quando a Taxa Selic (a taxa “mãe” do País) está abaixo de 8,5% a poupança renderá 70% da Selic + TR (taxa referencial) que nos últimos 25 meses tem sido 0,0000.

A pergunta que não quer calar: Se eu posso investir diretamente na Selic a 100% dela, porque eu investiria à 70%?

Além disso a rentabilidade acontece somente no “mesversario”, ou seja, você colocou R$100,00 no dia 30 de um mês então ele só vai gerar rentabilidade no dia 30 do próximo mês, isso significa que se você tirar o dinheiro no dia 29, vai resgatar rentabilidade zero naquele mês!!!

A única vantagem por aqui é a isenção do IR, que incide nos próximos investimentos que vou falar, mas que é compensada pela rentabilidade maior.

Tesouro direto – Esse não é um título de investimento, mas eu preciso que você entenda o que ele é para que eu possa de dar as opções de títulos dentro dele. O Tesouro Direto nada mais é do que um programa onde pode emprestar dinheiro para o governo federal e ele te pagará com juros através de basicamente 3 títulos: Tesouro Selic, Tesouro IPCA e Tesouro Pré fixado.

3 – Tesouro Selic

Como eu contei acima, temos uma taxa de referência para todas as outras taxas e ela é a taxa Selic. E existe um investimento do Tesouro Direto que é indexado à essa taxa, que atualmente está em 5,5% ao ano (16/10/2019), mas é preciso que saibam que ainda esse ano ela deve cair ainda mais, já que a inflação está controlada e a economia vem se estabilizando.

O bom nesse investimento é que ele tem alta liquidez e bastante segurança. Ele pode ser o ideal para quem pretende tirar o dinheiro assim que completar o valor necessário, por exemplo.

Ele tem rentabilidade diária o que te permite resgatar o dia que quiser. Só é preciso fazer as contas para ver a alíquota do IR, já que sobre todos os investimentos em tesouro direto incidem imposto de renda descontado no momento do resgate.

É importante lembrar que o IR é sobre o valor que rendeu e não sobre o valor que você depositou e que o IR é regressiva, ou seja, quanto mais tempo menor o imposto. Vide tabela no site do próprio Tesouro Direto.

Ex: Eu depositei R$100,00 e resgatei R$105,00. O IR incidirá sobre os R$5,00 de rentabilidade.

4 – Tesouro IPCA+

Esse título público está indexado ao IPCA que é uma taxa que segue a inflação, ou seja, ele te pagará basicamente a inflação + uma porcentagem que estará lá disponível para você ver na hora de escolher. Como esse investimento tem um vencimento mais longínquo é preciso que avalie bem antes de resgatar para não perder dinheiro.

Esse investimento pode ser bom para quem tiver uma data para a realização da viagem próxima ao vencimento do título, por exemplo, você vai viajar para a copa de 2024 então tem a opção de escolher o IPCA+ 2024 que te possibilitará resgatar às vésperas da viagem com a garantia de ganhar da inflação.

5 – Tesouro Prefixado

Como o nome já diz, ele é pré definido. Ao comprar esse título você saberá exatamente quanto ele vai render.

Mas cuidado com esse título pelo seguinte: Por ter uma taxa pré determinada, se a inflação, por exemplo, chegar  a 7% e quando você comprou um título pré fixado ela estava a 3 e o título pagaria 6,5%, seu dinheiro perdeu valor!

Hoje (17/10/19) tem um prefixado pagando 5,3% com vencimento em 2022, então para investir nele é preciso acreditar que a economia irá se manter assim e que até essa data do vencimento a inflação será menor que esses 5,3%, o que se mostra bastante provável nesse cenário atual. Caso você perceba a inflação subindo deve considerar a possibilidade de resgatar e investir em outro título mais atrativo.

Esse título pode ser uma boa opção pra quem quer saber exatamente quanto vai resgatar e se a viagem tiver uma data de realização próxima ao vencimento do título.

É preciso saber que qualquer investimento tem riscos, até mesmo guardar dinheiro em casa ou na famosa poupança que existe o risco do banco quebrar. Especialistas, e eu faço coro, afirmam que o tesouro direto é mais seguro até mesmo que a poupança, afinal para um País quebrar, as instituições financeiras (bancos) terão quebrado primeiro!!!

Se vocês quiserem saber um pouco mais sobre esse assunto eu aconselho acompanharem a Nathalia Arcuri do Me Poupe, pois ela é uma especialista em Tesouro Direto!

Existem alguns outros investimentos que podem servir bem para multiplicar seu rico dinheirinho sem muito esforço, mas vamos deixar para a parte II.

E aí, gostaram? Qual investimento você escolheria hoje para acelerar a realização do seu sonho de viagem? Eu já tenho alguns estrategicamente distribuídos para cada sonho de viagem 😉

Comece sua viagem por aqui:

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

Dicas de Viagem, Notícias

Viajar traz mais felicidade que casar! Será?!

Viajar traz mais felicidade que casar! Será?!

Pois é, existe uma pesquisa que afirma isso com todas as letras!!!

snapseed-4

O Booking fez uma pesquisa em 2016 com 17 mil pessoas de 17 países e que surpreendeu boa parte das nações.

Esse levantamento mostrou o que eu já venho fazendo coro a muitos anos: Viajar é sinônimo de ser feliz!

As pessoas consideraram que viajar é mais essencial para nossa felicidade do que por exemplo: um encontro romântico, conseguir um novo emprego, noivar, ter filhos e até se casar!!!

77% afirmam que saem de férias no momento em que estão precisando de uma dose de felicidade. Isso já aconteceu com você?

70% das pessoas afirmam que viajar proporciona uma felicidade mais duradoura do que adquirir bens materiais! Acreditam? Essa é mais uma teoria que eu sempre defendi: Viajar te liberta e a liberdade de proporciona um prazer maior do que comprar coisas.

Talvez você até diga: Ah, mas a pesquisa foi feita através de um site com propósitos turísticos. Mas e se eu te disser que essa pesquisa vai totalmente de encontro com um estudo do Americano Dr. Thomas Gilovich da Universidade de Cornell, em que ele afirma que experiências, como por exemplo viagens, despertam uma sensação de realização muito mais duradoura do que a compra de um carro.

E sabe qual o sentido de tudo isso?! Bens materiais perdem valor ao longo do Tempo x Uso x Percepção, enquanto que experiências são transformadoras e te acompanham ao logo de toda a sua vida!

Quem não fica sorrindo pelos cantos só de lembrar de uma viagem, não é mesmo?!

Então, vamos viajar mais?!

 

Comece sua viagem por aqui:

RESERVE SEU HOTEL CLICANDO AQUI.

SAIA DO BRASIL COM A SEGURANÇA DE UM BOM SEGURO VIAGEM.

RESERVE SEU CARRO NESSE LINK.

Aviação, Dicas

Tudo sobre Milhas Aéreas

Milhas Aéreas: O que são? Como vivem? O que comem? Tudo isso e muito mais aqui no Michele Viaja. Rsrsrs

Brincadeiras a parte, vamos falar hoje sobre as milhas aéreas e como você deve usá-las a seu favor.

GARANTA SUA HOSPEDAGEM

Eu fiz uma enquete no Instagram, onde 67% das pessoas responderam que não sabem o que são ou como usar as milhas. E é por isso que eu resolvi esmiuçar esse tema para vocês.

BFQA3000.JPG

O QUE SÃO MILHAS AÉREAS?

As Cias Aéreas encontraram uma maneira de fidelizar os clientes e o fazem através das milhas aéreas.

Milhas Aéreas nada mais são do que seu dinheiro voltando pra você em forma de pontos que podem ser trocados por passagem aérea. Deixa-me explicar melhor: Toda vez que compramos uma passagem aérea, se estivermos cadastrados no programa de fidelidade daquela companhia aérea, ela converte o valor total pago em pontos que ao acumularmos, poderemos viajar de graça por essa mesma Cia aérea ou suas parceiras.

ALUGUE SEU CARRO AQUI

COMO ACUMULAR MILHAS AÉREAS?

Para acumular esses pontinhos lindos que nos ajudam a viajar mais e mais, é bem simples!!!

O primeiro passo é estar cadastrada no programa de fidelidade da Cia Aérea, assim toda vez que comprar uma passagem aérea com ela, ou com as cias que fazem parte de uma mesma aliança, você automaticamente acumulará milhas para usar no futuro.

Outra maneira de acumular as milhas é trocando os pontos acumulados no seu cartão de crédito por milhas, transferindo esses pontos para o programa de fidelidade parceiro da sua bandeira e aquele que mais lhe for conveniente.

Mais uma forma é comprando em parceiros dos programas de fidelidade. Toda vez que você fizer uma compra que esteja linkada a um parceiro você vai acumular pontos que virarão milhas.

PROGRAMAS DE FIDELIDADE

Existem diversos programas de fidelidade que podem te ajudar a acumular milhas, mesmo sem ser diretamente através da compra de passagens aéreas e por isso vou listar alguns.

MULTIPLUS – Programa de Fidelidade da Latam, onde é possível acumular pontos comprando em diversos parceiros da empresa.  Esse é um dos programas que eu mais gosto e mais uso.

SMILES – Programa de Fidelidade da Gol, onde é possível acumular pontos até usando uber.

TUDO AZUL – Programa de Fidelidade da Azul, onde é possível acumular pontos até com o programa Petrobras Premia.

DOTZ – Programa de fidelidade que acumula pontos através de gastos com os parceiros. Atualmente ainda não permiti transferir os pontos para nenhuma Cia aérea, mas você pode usar os pontos como desconto para abater alguns dos outros gastos de uma viagem.

KM DE VANTAGENS – Programa de fidelidade da Rede de combustível Ipiranga, onde você acumula pontos em qualquer consumo ligado à marca Ipiranga. Permite transferir os pontos para o programa da multiplus.

LIVELO – Atualmente considerado um dos melhores programas de fidelidade, com uma grande rede de parceiros é possível acumular pontos através de seus gastos e um dos grandes benefícios do programa é poder transferir os pontos para diversos programadas de diferentes cias aéreas, como Latam, Gol, Azul, Tap entre outros.

CARTÃO DE CRÉDITO – Grande parte dos cartões de crédito oferece um programa de fidelidade, onde se acumula pontos conforme seu consumo na fatura. Nesse caso é bem importante ler bem as entrelinhas do programa do seu cartão, pra não cair em algumas armadilhas, como uma anuidade muito alta por exemplo. Esses pontos podem ser transferidos para alguns programas das cias aéreas.

GARANTA SEU SEGURO VIAGEM AQUI!

COMO TROCAR MILHAS POR PASSAGEM?

Isso é muito fácil e um momento muito feliz para todo viajante! A passagem aérea pode comprometer grande parte do seu orçamento de viagem e usar as milhas para viajar de graça é motivo de felicidade sim!!!

Ao acumular uma quantidade de pontos, essa quantidade varia de Cia aérea para Cia aérea, você poderá fazer uma busca no site da mesma e se os seus pontos forem suficientes, é só trocar pelos bilhetes aéreos.

Obs.: Em caso de passagens com milhas, você paga apenas o valor das taxas de embarques que são dos aeroportos.

POSSO USAR MEUS PONTOS SOMENTE COM PASSAGENS?

Não!!! Você pode usar seus pontos também para trocar por produtos e experiências, basta você pesquisar no site do seu programa de fidelidade.

POSSO FAZER DINHEIRO COM MILHAS?

Sim!!! Existem empresas que compram milhas aéreas e transformam elas em passagens a serem vendidas, muitas vezes por um preço mais em conta do que na Cia Aérea.

Você pode vender suas milhas para essas empresas. Essa é uma ação legal e com benefícios para todos os lados.

MINHAS MILHAS DURAM PARA SEMPRE?

Não!!! Infelizmente as milhas tem um prazo de validade e você precisa ficar de olho nisso no site do programa.

As suas milhas expiram e assim você perde dinheiro e oportunidades.

Agora que você já sabe dos benefícios das milhas aéreas, que tal começar a colocar em prática e a viajar mais?!

Nos vemos no próximo destino!!!