Dicas, Dicas de Viagem, Viagens

Emirados Árabes aí vou eu!

 

12234930_918467154908623_6502147020175983990_n

Desde o último dia 03 de junho é possível entrar nos Emirados Árabes Unidos (EAU) sem precisar de visto, para nós brasileiros.

Esse acordo bilateral se aplica para viajantes a turismo, não para quem quer estudar ou trabalhar.

A partir de agora é possível visitar países como Abu Dhabi e Dubai sem precisar tirar um visto previamente. A ideia é fortalecer o as relações turísticas entre Brasil e EAU com o aumento do fluxo de turistas e de comercio exterior.

Essa isenção de visto é válida para visitas de até 90 dias no período de 12 meses e a única exigência a partir de agora é que os viajantes tenham em mãos um passaporte com validade para até 6 meses após a visita.

A Emirates já está apostando nesse aumento de viajantes e vai começar a operar mais 5 voos que passarão pelo Brasil. Esse aumento na oferta com o passar do tempo pode fazer o preço das passagens ficarem mais baratas, quem sabe?

E aí, bora arrumar as malas e #partiuemiradosárabes

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

Hotéis

Aluguel por Temporada

Seguro Viagem

Alugue seu Carro

Anúncios
Dicas, Dicas de Viagem, Viagens

Cartão de embarque – O perigo da foto

Quando vamos viajar, queremos compartilhar cada momento. Desde o cartão de embarque até o último jantar no nosso destino. Principalmente quem trabalha com mídias sociais, não é mesmo?!

BdkTfFnCIAA8hUB
Imagem: Reprodução Latam

Mas existe um problema em compartilhar aquele “lindo e feliz” cartão de embarque. Eu mesma já cometi esse erro e ainda bem que não aconteceu nada.

O Cartão de Embarque é aquele “ticket” que o atendente ou a máquina te entrega quando você faz o seu check in.

Qualquer informação no cartão de embarque diz muito sobre você e a sua viagem. Com um simples número de portão e horário aproximado é possível saber o destino, número do voo, cia aérea entre outras informações. Com isso você não gera nenhum problema para a pessoa, mas se alguém mal intencionado pegar o seu número e-ticket ou o seu localizador, por exemplo, essa pessoa pode ter acesso a dados importantíssimos seu, como o seu CPF ou até mesmo alterar e cancelar a sua viagem, sabia?!

O código de barras no cartão de embarque revela ainda mais informações, como seu endereço completo.

Pois é, aquela fotinho inofensiva de start de viagem, pode se tornar um pesadelo nas mãos de pessoas de má fé.

Então cuidado!

Você pode postar foto do seu cartão de embarque, mas cuidado com as informações que você deixa aparecer!!!

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

Hotéis

Aluguel por Temporada

Seguro Viagem

Alugue seu Carro

Passeios, Rio de Janeiro, Viagens

Ilha da Gigóia – Um novo olhar sob o Rio de Janeiro

Tá aí um lugar tão perto, mas que muitos cariocas não conhecem, a Ilha da Gigóia.

Esse pacato lugar no meio do Rio de Janeiro está ganhando ares de ponto turístico, e você não vai querer deixar de visitar.

A ilha tem cerca de 3.000 mil habitantes que estão acostumados com o vai e vem de pessoas em seu reduto de descanso, principalmente aos fins de semana.

Mas se você acha que vai chegar na Ilha e encontrar e encontrar inúmeras opções do que fazer, pode se decepcionar, o clima lá não é esse, mas isso não quer dizer que não seja bom! A visita a Ilha tem sinônimo de descanso e contato com a natureza, se resumindo a passar uma tarde agradável passeando pelas suas ruelas e becos, descobrindo assim alguns segredos e artes de rua, respirando ar puro, apreciando os “miquinhos” andando pelos fios e comendo e bebendo em algum dos restaurantes que permeiam a ilha.

Por favor em restaurante, nós escolhemos o Cais Bar e comemos uma anchova super fresca, com arroz de brócolis, pirão, batata canoa e salada. No cardápio dizia que o prato servia 2 pessoas, mas serviu bem 4 e pagamos por ele R$120,00. Além do Cais Bar, tem também o Bar do Cícero, o Bar Caiçara e o Laguna como os mais famosos da região.

Também é possível se hospedar na Ilha e imergir de verdade no clima bucólico do lugar.

Para chegar a Ilha da Gigóia não tem mistério. Ela fica na Barra da Tijuca, e o acesso se dá de barco. Para pegar esses barquinhos (ou chalanas), existem alguns pontos ali próximo ao Jardim oceânico. A entrada mais conhecida é a da lateral da Unimed na Armando Lombardi no Jardim Oceânico, basta  pega um dos barqueiros ali naquele ponto pagando cerca de R$5,00 o trecho. Tem também a entrada pela La Isla, ou antiga Ilha dos Pescadores, que é no Itanhangá  e dali o preço é R$4,00 o trecho.

Agora cuidado com os barqueiros que querem te oferecer um passeio completo pelas ilhas que se completam. Eles costumam cobrar de R$20,00 a R$25,00 por pessoa. Negociando nós pagamos R$16,00, porém ainda assim nos sentimos lesados, de verdade. O passeio levou cerca de 10 a 15 minutos, ele não nos falou o nome das ilhas que estávamos passando, não explicou nada sobre a região, aí nos levou até a parte do mangue, onde vimos jacarés (essa parte até foi bem legal) e depois simplesmente avisou que tínhamos chegado na Ilha da Gigóia. Então nos sentimos jogando dinheiro fora, por isso negocie preço e também questione se ele vai fazer um tour com explicações ou simplesmente passar sem falar nada.

E não esqueçam o repelente, por favor. Eu estou cheia de picadas de mosquitos e inchada, pois esqueci de passar o repelente e como é um lugar de mata tem muito mosquito por lá.

Então junte uma galera, faça uma reserva em um dos restaurantes de lá e vai passar um dia agradável longe do barulho e correria da Cidade Grande.

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

Hotéis

Aluguel por Temporada

Seguro Viagem

Alugue seu Carro

Dicas de Viagem, Economia, Viagens

Como economizar e viajar mais!

Mais uma vez eu venho com esse tema aqui no blog, mas é que sempre há maneiras de economizar para que você possa viajar.

Viajar é sim para todos, basta que isso seja uma meta para você, aí com um pouco de organização tudo se torna fácil. Então aqui vai algumas dicas que podem te ajudar bastante a viajar mais!

IMG_5999

Venda suas férias!

Aí você fala: “Eu trabalho um ano pra poder ter 30 dias de descanso e tu queres que eu trabalhe mais alguns dias?” SIM!

Do que vale 30 dias em casa se você pode passar 7 ou 10 dias desbravando um novo destino? Venda uma parte das suas férias e use esse dinheiro na experiência de conhecer um novo destino.

Posso te garantir que 7 dias viajando te revigoram muito mais que 30 dias em casa.

Abandone hábitos maléficos!

Qualquer hábito que te faça gastar dinheiro sem um retorno positivo é um ato maléfico.

Um exemplo é fumar. A pessoa que fuma 1 maço por dia, gasta em média R$5,00 por dia, logo o gasto mensal é de R$150,00 e o anual é R$1.800,00.

Sabe o que você consegue pagar com esse valor? Seu aéreo de ida e volta para os Estados Unidos; 4 diárias em alguns resorts all inclusive no Brasil; Uma viagem completa de 7 dias para Foz do Iguaçu; Uns 15 dias (ou mais) de mochilão pela América do Sul (isso se você for um economista de plantão e souber administrar bem suas finanças), além de muitos outras opções.

Depois dessa tá faltando o que pra você largar esse vicio ou outros e começar uma vida nova?!

Venda bens passivos!

Venda tudo que não te serve, mas que pode servir pra alguém. Vale tudo que estiver em bom estado: roupa, sapato, bolsas, acessórios, móveis e até o seu carro.

Tudo isso que listei são bens que não te geram rendimentos, por isso são bens passivos, claro que se você usar o carro como seu meio de trabalho, sendo Cabify por exemplo, ele é um bem ativo.

Não tem nada de feio em vender suas peças usadas, isso não faz de você uma pessoa má. Você pode doar algumas peças e vender outras e assim continuará fazendo o bem e também adquirindo hábitos enriquecedores.

Tome banho gelado!

Agora vocês vão me chamar de maluca mesmo! Já estou imaginando vocês falando: “ Ela é louca que eu vou tomar banho gelado no frio”, principalmente os cariocas de plantão rsrsrs.

Mas vou te dar dois bons motivos para você adotar essa medida:

1) Seus resfriados, alergias e ites (rinites, sinusites e etc) irão diminuir consideravelmente.

2) A sua economia anual vai te ajudar a viajar. O chuveiro elétrico é um dos vilões da conta de luz.

Vamos fazer um cálculo rápido aqui: Se o seu chuveiro consome 5.000 watts/hora na posição inverno e em média você toma 2 banhos de 10 minutos cada por dia, você gasta diariamente: 1,65 kw/h, mensalmente: 49,5 kw/h e anualmente: 594 kw/h. Se o valor do kw na sua cidade é de 0,74 (valores aproximados do Rio de Janeiro), você está pagando por ano: R$439,56.

Esse dinheiro te leva pra fins de semana em muitos destinos, e se junto com outras economias te leva até pra Disney se esse for o seu sonho de viagem!

Tenha um cofre!

Não precisa exatamente ser um porquinho, pra você não gastar dinheiro com isso. Pega um pote grande de vidro, escreva nele qual a sua meta, por exemplo: Nova York e crie uma rotina diária de depositar algum dinheiro nele. Detalhe: deixe o pote em lugar visível para que você possa sempre olhar e lembrar do seu sonho.

Dinheiro dentro de casa não rende é verdade, mas é uma maneira extra de você se motivar para atingir aquele objetivo.

Se você se comprometer a colocar R$1,00 por dia, no fim de um ano você terá R$365,00.

12234930_918467154908623_6502147020175983990_n

É ou não é uma economia e tanto?!

Com essas poucas dicas aqui, eu te provei que é possível qualquer um viajar, basta ter força de vontade e planejamento.

Só aqui nós economizamos mais de R$2.600,00, fora as férias vendidas que vai depender do seu salário pra chegar ao valor.

Se você ainda quiser economizar mais, vou deixar 3 posts aqui embaixo:

https://micheleraggio.com.br/2017/07/11/10-maneiras-de-economizar-para-viajar/

https://micheleraggio.com.br/2017/06/27/5511/

https://micheleraggio.com.br/2017/03/21/5-dicas-para-economizar-ate-nos-detalhes/

Dicas, Economia, Viagens

Em que não vale economizar na sua Viagem!

Eu sempre dou dicas aqui de como economizar sem deixar de curtir sua viagem, mas hoje eu quero listar alguns itens nos quais você não deve economizar, pois o prejuízo pode ser maior que a economia!

IMG_5999

Seguro Viagem

Vale pesquisar muito, pechinchar bastante, e ler bem as letrinha miúdas. O que não vale é ficar sem o seguro.

Muita gente acha que esse item da viagem é um gasto desnecessário, mas ninguém tem como prever o que pode acontecer em uma viagem e ter um bom seguro pode te fazer economizar milhares de reais caso seja necessário fazer o uso de algum serviço de saúde.

Além do mais ele pode ser pré requisito para sua entrada em um País, como é o caso dos EUA, e se o oficial da imigração te pedir o comprovante e você não tiver, isso pode te custar a viagem inteira te fazendo voltar para o Brasil sem nem pisar fora do aeroporto.

Aliás, Nesse site www.seguroviagem.srv.br você consegue fazer uma simulação e encontrar o melhor seguro para a sua viagem. Depois é só contratar o serviço.

Voos com muitas conexões

A não ser que você esteja programando um Stopover (se não sabe o que é clica aqui), ter muitas conexões em uma viagem pode ser uma grande furada na sua economia. Tenha em mente que quanto mais paradas, mais gastos você poderá ter.

Se você tem algumas horas entre um voo e outro, é possível que precise comer algo, e se não der pra sair do aeroporto aí é que vai ficar mais caro esse lanchinho. Outro gasto seria pernoitar em uma Cidade sem ter tempo para aproveitá-la, já vai ter que gastar com hospedagem, a não ser que consiga um canto no aeroporto pra dormir sem ser importunado por uma decolagem, pouso ou funcionários mesmo.

Então faça contas e veja se vale ou não a pena, pode ser que valha, mas pode ser um baita prejuízo.

Bagagem

Esse item pode valer ou não a sua economia. Se você vai fazer uma viagem curta, vale se organizar e tentar levar tudo em uma bagagem de mão, mas se a sua viagem vai levar mais de uma semana e se você já for uma pessoa um tanto quanto compulsiva, vai usar isso pra sair comprando desenfreadamente, então capricha na mala e use todos os quilos disponíveis a sua disposição. Só não vale se auto sabotar e sair comprando feito um louco e ainda ter que comprar uma nova mala pra voltar. Rs

Energia

Esse item é intangível, eu sei, e você deve até estar se perguntando: Ela é louca? O que ela quer dizer com isso? Mas tem gente que já viaja com aquela preguiça. Já pensando nos táxis que vai pegar para andar menos. Não faça isso, se prepare para longas caminhadas, elas te farão ver e viver coisas que você jamais veria ao entrar em um táxi na porta do hotel e só saltar no ponto turístico.

Hospedagem muito distante

Eu sou uma defensora da economia com hospedagem, afinal você pouco fica no hotel a não ser que ele seja o destino, mas não adianta também escolher um hotel mal localizado. É preciso que ele seja localizado em uma área onde você tenha pelo menos fácil acesso ao transporte público. Se você se hospedar em um hotel longe demais dos centros turísticos, ou em uma área perigosa, ou até mesmo em uma região precária de acesso, seus gastos com locomoção e alimentação, vão subir consideravelmente, então pesquise e mais uma vez faça cálculos.

Eu espero de verdade ter ajudado com mais essas dicas. Agora é só escolher o destino, cuidar dos itens indispensáveis e cair nesse mundão!!!

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro

 

Dicas, Dicas de Viagem, Viagens

Despachar mala pra que, se você pode vesti-lá?

Ta aí uma inovação que pode melhorar demais a vida dos viajantes de plantão, além de baratear os custos das viagens de avião, que agora cobram para malas despachadas.

screen-shot-2018-01-18-at-4-33-48-pm
Foto Reprodução Jaktogo

Imagina vestir um casaco, um colete ou até um vestido que leva todos os pertences necessários para sua viagem?! Eu já imagino a praticidade de não precisar passar pela fila para despachar a mala e também de ter tudo ao alcance das mãos  e ainda da confusão na mente dos funcionários de aeroportos.

Pois a empresa Jaktogo, pensando nisso criou uma linha de mala/roupa ou mala vestimenta, sei lá como você vai chamar. Eles apresentam como a solução para nós não precisarmos despachar malas, já que nos bolsos dessas vestimentas é possível carregar até 15kg segundo a empresa. Outras empresas vieram no embalo e estão criando novos modelos.

Podemos dizer que a beleza ainda não é o forte dessas malas vestimentas, mas a praticidade e a economia valem o “crime” contra a moda. rsrs.

 

 

Passeios, Rio de Janeiro, Viagens

Escadaria Selarón

No mesmo dia em que fui com minha irmã e duas amigas a Feira do Rio Antigo (se você ainda não leu esse post, precisa ler aqui), aproveitamos e demos uma esticadinha até a escadaria Selarón.

Eu já tinha falado dela aqui em um post, mas nunca havia visitado e agora mais do nunca acho que é um passeio bem legal que deve ser feito.

A escada é aquela atração! É um dos pontos turísticos mais visitados na zona Central do Rio de Janeiro.

Como fomos em um sábado a escadaria estava lotada, mas mesmo assim foi possível aproveitar bastante o lugar e seu clima.

Subir toda essa escadaria, é bem cansativo, porém bem gratificante, já que a vista do Rio de Janeiro sempre costuma pagar o esforço. Além disso, é possível transitar entre dois bairros bem famosos aqui do Rio, já que os 215 degraus unem a “cidade baixa” à “cidade alta”, une a Lapa à Santa Teresa.

Selarón foi um Chileno que se apaixonou pelo Rio de Janeiro e resolveu se erradicar por aqui em 1983. Como o artista ceramista que era, a partir de 1990 ele começou a renovar os degraus da escadaria chegando a colocar mais de 2.000 azulejos. A escada é uma enorme obra que esteve em construção enquanto Jorge Selarón esteve vivo.

Desde 2005 a escadaria é tombada pela Prefeitura do Rio e recebe milhares de turistas. Ainda tem dúvidas que esse é um bom lugar para visitar?

A Escadaria fica na Rua Joaquim Silva, próxima aos Arcos da Lapa.

Passeios, Viagens

MET – Metropolitan Museum of Art em New York

Quem foi, foi! Quem não foi, vai ter que pagar mais caro a partir de 1° março.

Até o fim de fevereiro ainda será possível ir ao MET (Metropolitan Museum of Art) em Nova York pagando 1 dólar por exemplo, mas assim que março começar a entrada terá o preço fixo de U$25,00.

IMG_2650

O Museu funciona no sistema “Pague quanto quiser” desde a década de 1970. Esse sistema só vai valer agora para moradores de Nova York e os que quiserem fazer uso desse benefício precisarão comprovar a residência através de algum documento que prove a moradia no estado de Nova York.

Também terá um benefício para os turistas que são estudantes e idosos, esses poderão pagar U$ 12,00 e U$ 17,00 respectivamente.

Tem uma outra novidade, só que essa bem legal! Agora o ingresso valerá por 3 dias consecutivos. O que é ótimo já que um dia é pouco para explorar o museu.

IMG_2662

O Metropolitan é um dos museus mais visitados do mundo e vem sofrendo com o déficit de contribuições voluntárias. Eu mesma quando fui, paguei U$1,50. Injusto por tudo que o museu oferece, concordo, mas quando somos estudantes em uma das Cidades mais caras do mundo, qualquer economia é válida.

Agora fica aqui um apelo pessoal: Alguma empresa privada poderia fazer como a UNIQLO faz no MOMA. Patrocinar um dia da semana com visitação gratuita.

A ARTE PRECISA SER POPULAR. Já é muito difícil fazer as pessoas entenderem a importância da arte em nossas vidas, mesmo quando o acesso é gratuito, imagina quando o valor é alto assim?!

 

Dicas de Viagem, Mundo, Viagens

CIVP – Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia.

Hoje resolvi abordar esse assunto por aqui já que alguns brasileiros andaram sendo impedidos de viajar pela falta do comprovante de vacinação internacional, a CIVP.

Depois da de alguns casos de febre amarela que apareceram no Brasil no início desse ano, países que nunca exigiram essa vacinação de nós, passaram a exigir e por causa dessa dúvida que pairava no ar, eu e minha irmã nos precavemos e resolvemos emitir nossa carteira internacional de vacinação antes da nossa viagem para a Espanha em maio deste ano. Não que a Espanha estivesse exigindo esse certificado, mas nós preferimos prevenir.

O processo não é burocrático, aliás é bem simples, mas pode ser um pouco demorado.

O primeiro passo a ser tomado é tomar a vacina. Seja de maneira particular ou nos postos de saúde públicos.

Logo em seguida você deve realizar um pré cadastro no site da ANVISA, nesse link: https://viajante.anvisa.gov.br/viajante/index.asp?Cadastro=Cadastro. Podem até falar pra você que não é obrigatório para esse pré cadastro, mas se você não o fizer previamente terá que fazer lá na hora, então pra agilizar o processo é melhor que o faça antes.

Depois basta comparecer a um Centro de Orientação oficial com os documentos necessários (documento original com foto e a carteira nacional de vacinação com a vacina em dia é claro.) e lá será feito e emitido na hora o seu Certificado Internacional de Vacinação.

Para saber o endereço do Centro de Orientação mais próximo de você, basta entrar nesse link: http://www.anvisa.gov.br/hotsite/viajante/centros.pdf e procurar pelo local mais próximo de você no seu Estado. Ah, e uma dica é ligar para confirmar o horário de funcionamento.

E se você quer saber quais Países exigem algum tipo de vacinação, nesse site da OMS você encontrará uma lista completa: http://www.who.int/ith/en/

Dicas de Viagem, Mundo, Viagens

Como é a Imigração na Espanha!

Durante muito tempo entrar na Espanha era um pesadelo para brasileiros tamanho era a não autorização de visto que acontecia por lá. O aeroporto de Barajas em Madrid era o caminho mais comum da deportação de brasileiros, o que nos assustava bastante. Todo brasileiro que ia viajar para a Europa evitava voos que chegassem pela Espanha, já com medo de ter que voltar dali mesmo, mas depois que o Brasil começou a adotar o princípio da reciprocidade e começou a barrar sem dó grande parte dos espanhóis que vinham para cá, as coisas começaram a mudar até terem um fim quando em Junho de 2012 o Rei da Espanha visitou o Brasil e chegou a um acordo com o governo para facilitar o turismo entre os Países. Mas também não pensem que ele fez isso por ser bonzinho não, ele só fez isso, pois a economia da Espanha precisava do nosso dinheiro, já que a Europa vinha enfrentando uma crise gravíssima, como vocês devem se lembrar.

Muitos Brasileiros ainda tem medo de chegar a Europa pela Espanha e evitam essa passagem, e até por isso é comum encontrar passagens que do Brasil para a Espanha com preços melhores do que se entrar no velho continente por outro País.

Então é para ajudar a vocês a deixarem de lado esse medo que eu resolvi preparar esse post. É para que você assim como eu, esteja precavido e seguro quando chegar à tão temida imigração, mesmo sem falar espanhol. Eu e minha irmã quando chegamos lá, estávamos com toda a documentação necessária e não tivemos nenhum problema com a imigração.

Não é necessário preencher nenhum formulário, você em posse dos seus documentos vai direto a fila da imigração para passaportes não europeus.

É claro que se você já tiver um passaporte com alguns carimbos ao redor no mundo isso vai te facilitar muito, mas assim como isso não é garantia de nada, ter um passaporte vazio também não é garantia de deportação.

A primeira coisa que você precisa é controlar a sua ansiedade. Não chegue no quiche pilhado. Tente manter a calma.

Outra coisa muito importante é que o seu passaporte tenha validade para até 3 meses após a sua saída do País, essa é uma exigência da imigração espanhola e não uma opção que pode ou não ser cumprida.

Na Espanha, diferentemente dos Estados Unidos, eles exigem que o visitante possua o valor d específico de 70,77 Euros por dia/por pessoa, com o montante mínimo de 636,93 euros.  Esses valores podem ser diluídos em parte em espécie e parte em cartão de crédito e para comprovar que seu cartão tem esse limite disponível você precisa levar extratos que comprovem (se possível dos últimos 3 meses).

Seguro Viagem Obrigatório Europa. A Europa exige um seguro específico, então antes de embarcar faça o seu.

Outros documentos podem ou não ser exigidos, mas é bom que você os tenha em mãos para evitar quaisquer transtornos.

São eles:

Comprovação de Reserva em meios de hospedagem (pode ser um voucher do hotel, uma carta convite de alguém que vá lhe receber, ou qualquer documento que prove que você tem um lugar para ficar);

Passagem de volta já com data marcada;

Um roteiro por escrito de como será a sua viagem;

Se sua viagem for a trabalho, estudo ou outra razão que não seja fazer turismo, é preciso ter em mãos todos os convites ou documentos comprobatórios das atividades que irá realizar em solo Espanhol, ou em outro País da Europa.

No mais esteja calmo, solicito para responder as perguntas que podem ser variadas e não minta (eles tem faro para detectar mentiras) que tudo correrá bem.

Lembre-se que brasileiros podem ficar no máximo 90 dias no País.

Obs: Valores citados nesse post são atuais (10/10/2017) e podem sofrer alteração a qualquer momento, por isso é preciso checar no site do governo da Espanha, nesse link aqui:  http://www.exteriores.gob.es/Consulados/RIODEJANEIRO/es/InformacionParaExtranjeros/Paginas/RequisitosDeEntrada.aspx

 

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Booking

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro