Dicas de Viagem, Mundo, Viagens

CIVP – Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia.

Hoje resolvi abordar esse assunto por aqui já que alguns brasileiros andaram sendo impedidos de viajar pela falta do comprovante de vacinação internacional, a CIVP.

Depois da de alguns casos de febre amarela que apareceram no Brasil no início desse ano, países que nunca exigiram essa vacinação de nós, passaram a exigir e por causa dessa dúvida que pairava no ar, eu e minha irmã nos precavemos e resolvemos emitir nossa carteira internacional de vacinação antes da nossa viagem para a Espanha em maio deste ano. Não que a Espanha estivesse exigindo esse certificado, mas nós preferimos prevenir.

O processo não é burocrático, aliás é bem simples, mas pode ser um pouco demorado.

O primeiro passo a ser tomado é tomar a vacina. Seja de maneira particular ou nos postos de saúde públicos.

Logo em seguida você deve realizar um pré cadastro no site da ANVISA, nesse link: https://viajante.anvisa.gov.br/viajante/index.asp?Cadastro=Cadastro. Podem até falar pra você que não é obrigatório para esse pré cadastro, mas se você não o fizer previamente terá que fazer lá na hora, então pra agilizar o processo é melhor que o faça antes.

Depois basta comparecer a um Centro de Orientação oficial com os documentos necessários (documento original com foto e a carteira nacional de vacinação com a vacina em dia é claro.) e lá será feito e emitido na hora o seu Certificado Internacional de Vacinação.

Para saber o endereço do Centro de Orientação mais próximo de você, basta entrar nesse link: http://www.anvisa.gov.br/hotsite/viajante/centros.pdf e procurar pelo local mais próximo de você no seu Estado. Ah, e uma dica é ligar para confirmar o horário de funcionamento.

E se você quer saber quais Países exigem algum tipo de vacinação, nesse site da OMS você encontrará uma lista completa: http://www.who.int/ith/en/

Anúncios
Dicas de Viagem, Mundo, Viagens

Jet Lag – Como amenizar os efeitos

Quando viajamos para algum lugar com o fuso horário diferente do nosso, sentimos os efeitos dessa mudança, sejam esses sintomas físicos os psicológicos. Esses efeitos são o famoso JET LAG, que muito se fala e pouco se entende.

Resumidamente o Jet Lag é uma fadiga de viagem, e algumas pessoas podem sentir mais do que outras. Isso acontece, pois enquanto estamos sentados naquela poltrona, não tão confortável assim, daquele avião que atravessa um oceano em poucas horas, do lado de fora daquela janelinha também estamos atravessando os fusos horários de Países, Cidades e até de continentes. E não há tempo hábil para o nosso corpo e mente compreender o que está acontecendo e por isso os sintomas mais comuns são sono durante o dia e insônia durante a noite, mas têm alguns outros que podem surgir como: irritação na pele, mudança de humor, inchaço, pequenas e momentâneas falhas de memória, problemas digestivos, dores de cabeça, dificuldade de concentração, aparência de cansaço, entre outros.

Eu sou uma dessas pessoas que mais sofrem com o Jet Lag, provavelmente porquê viajar de avião me causa muito estresse e eu fico sem dormir direito uns 2 dias antes da viagem e também não durmo durante o voo, mas estou aprendendo a usar alguns truques que ajudam muito. Então no post de hoje eu vou te ajudar a diminuir os efeitos desse desconforto com algumas dicas.

Em Madrid com 5 horas de diferença de Fuso

Entrar no Fuso antes de Embarcar

Se você puder já vai tentando entrar no Fuso Horário do destino uns 3 ou mais dias antes do seu embarque. Mude o seu horário de dormir, de se alimentar e vai adaptando suas funções diárias de acordo com o horário do seu destino. Claro que se a diferença for de 15 horas, por exemplo, você não irá fazer isso bruscamente, faça a mudança aos pouco, comece um dia alterando 2 horas, no dia seguinte 4 horas e assim sucessivamente. Quanto antes você começar será melhor.

Evite Bebidas Alcoólicas

O consumo de álcool é um grande problema para o corpo, principalmente nessa situação de viagens. Ele confunde o nosso organismo e vai dificultar ainda mais a sua adaptação ao novo horário.

Beba muita Água

O Jet Lag costuma fazer com que fiquemos desidratados, então beber muita água ajuda a manter nosso corpo em equilíbrio.

Escolha um vôo noturno que chega pela manhã no destino

Conseguir um vôo noturno e que chega pela manhã ao seu destino é uma ótima opção para ajudar a driblar o Jet Lag. E nem pensar em dormir quando chegar tente dormir durante o vôo (eu sei bem o quanto é difícil, mas tente ao cochilar e quando chegar vá aproveitar).

Pratique Exercícios

Que atividade física é bom todo mundo já sabe, mas que ela ajuda o seu corpo a diminuir os sintomas do Jet Lag, eu aposto que poucos sabiam. Há estudos que comprovam que se exercitar ao ar livre ajuda o corpo a se adaptar à medida que permitimos ao nosso corpo o contato com a luz do dia, já que se tem luz nosso cérebro interpreta que é hora de se manter ativo.

Na hora de dormir, evite qualquer contato com luz

Quando for a hora de dormir, apague tudo, absolutamente TUDO! Evite mexer no celular, computador, televisão e qualquer iluminação que possa mandar a mensagem errada para o seu cérebro. Mantenha o ambiente bem escuro para que descanse bem, uma boa noite de sono ajusta tudo.

Em New York com diferença de fuso de 2 horas e vários dias anteriores sem dormir.

 

Espero de verdade ajudar vocês com esse post!

Dicas de Viagem, Viagens

5 Dicas para não perder o voo!

Perder um voo, pode gerar uma dor de cabeça tremenda para o viajante, já que isso pode acabar com toda a sua programação de viagem. Existem voos que só saem uma vez por dia e se você perder atrasará no mínimo um dia da sua viagem e isso se conseguir vaga para o dia seguinte.

Além do transtorno que isso causará na sua viagem, isso também poderá lhe causar um transtorno no bolso, já que dependendo do tipo de passagem que comprou poderá perder boa parte do valor investido.

Mas para te ajudar com esse pequeno/grande problema eu trouxe hoje 5 dicas para você se precaver e chegar adiantado no aeroporto.

1. Verifique o Aeroporto de decolagem

Assim que comprar a sua passagem aérea cheque o aeroporto de onde sairá seu voo. Muitas Cidades tem dois aeroportos e essa pequena confusão pode fazer você perder um tempo precioso de deslocamento e até perder o seu voo. Então cheque ao comprar e quantas vezes mais se fizer necessária, mas antes de sair de casa!

  2. Verifique se os documentos estão na validade e os deixe separados

Deixe todos os documentos necessários separados em uma pasta, ou em uma carteira de documentos. Isso claro depois de verificar atentamente se estarão válidos por no mínimo até 90 dias após o seu retorno para casa (É importante saber a exigência de cada País a ser visitado com relação a validade do seu passaporte).

    3. Arrume as malas com antecedência

Eu concordo que antecedência demais pode te fazer esquecer alguns itens que você precisava usar no seu dia a dia, mas deixar para arrumar as malas no dia da viagem é uma péssima ideia. Vai te fazer perder um tempo que você não tem! Arrume tudo com alguns dias de antecedência e faça uma lista do que precisa ser acrescentado de última hora, assim você poderá focar só no essencial.

4.  Faça o check in online

Normalmente as Cias Aéreas disponibilizam essa opção uma semana antes do dia de embarque, você não precisa fazer logo que for liberada, mas uns dois dias antes é interessante. Isso economiza tempo no aeroporto já que não precisará encarar aquelas filas enormes de check in.

5. Planeje-se

Eu sempre bato nessa tecla, pois realmente acho muito importante se planejar. Se você sabe que precisa chegar ao aeroporto com duas horas de antecedência do horário do seu voo, como você vai sair da sua casa faltando 3 horas para o seu voo? Não dá para contar com o trânsito, principalmente nas grandes metrópoles. E não adianta dizer que a culpa foi daquele engarrafamento fora do habitual, a culpa foi toda sua que não se programou para sair com antecedência.

Se você fizer  o planejamento de toda a logística da sua viagem não vai ter erro e você não precisará se desesperar antes mesmo da sua tão sonhada trip começar!!!

 

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Booking

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro

 

Dicas de Viagem, Viagens

Checklist de Viagem: O que não pode faltar na sua mala!

Hoje vou dividir com vocês a minha Checklist de Viagem!

Ter uma lista com os itens necessários para qualquer viagem é muito importante para evitarmos esquecimentos e é por isso que vou dividir a minha com vocês.

caderno-de-anotacoes-batgirls-oficial-D_NQ_NP_592111-MLB20480265846_112015-O

DOCUMENTOS:

Passaporte (Original e cópia);

Identidade;

Permissão Internacional para Dirigir (PID);

Carteira de Motorista (para voos nacionais);

Passagens Aéreas ou de Ônibus;

Voucher de Hospedagem, Aluguel de Carro e etc;

Seguro Viagem;

Certificado de Vacinação Internacional (quando necessário);

Receitas Médicas;

Cheque Viagem e/ou Cartão de Crédito Internacional;

Algum valor em espécie na moeda local ou em dólar (Cada País faz uma exigência quanto ao valor);

Roteiro de Viagem, Guias, Mapas e tudo que você tiver a respeito do seu destino;

Ingressos de passeios (que já tenha comprado antes).

ROUPAS:

Tênis (principal item para um viajante, quando viajamos caminhamos muito e esse é o nosso melhor aliado);

Uma sandália rasteira e uma sandália de salto (afinal nós mulheres amamos um salto né rsrs) Homens fiquem só no tênis mesmo, podendo optar por levar dois modelos, ou também por um sapato e um tênis;

Chinelo;

Pijama (esse item parece bobeira, mas eu mesma já esqueci de levar em uma viagem rsrs);

Roupas de banho (em caso de lugar com praia, piscina ou cachoeira);

Um blazer (essa peça é ótima para quando esfriar e na ocupa o todo o lugar de um casaco na mala, mas se o destino for frio opte por mais blazers e também casaco);

Uma calça jeans;

Calças legging;

Uma saia;

Short;

Blusas e camisas que combinem com qualquer peça de baixo;

Um Vestido;

Roupas Íntimas;

Acessórios que combinem com todas as peças (gravatas, cintos, luvas, cachecóis, óculos de sol e etc);

CUIDADOS PESSOAIS:

Desodorante;

Perfume;

Escova e Pasta de dente;

Escova de cabelo;

Shampoo e Condicionador;

Hidratante de pele;

Cotonete;

Algodão

Repelente;

Protetor Solar;

Maquiagem: Base, Pó, blush, rímel, sombra, um batom claro e um batom escuro, lápis de olho, removedor de maquiagem;

Kit manicure;

Absorvente;

Lâmina de barbear.

PRIMEIROS SOCORROS:

Antiácidos;

Analgésicos;

Esparadrapo e Band-aid;

Termômetro;

Pastilha de garganta.

ELETRÔNICOS:

Máquina Fotográfica;

Celular;

Carregadores;

Pilhas e baterias;

Adaptadores de Tomada;

Fone de ouvido;

Drone;

Computador;

Lanterna.

USO PESSOAL:

Caderninho;

Canetas;

Capa de chuva ou Guarda Chuva;

Cadeado e Tags de Bagagem;

Garrafinha para colocar água.

Espero que esse Checklist ajude vocês assim como me ajuda muito, e se tiverem algo a acrescentar nessa listagem é só comentar aqui!!!!!

Dicas de Viagem, Hospedagem, Viagens

Viaje Trabalhando e Economizando!

Você já pensou em trabalhar enquanto viaja? Existem sites que podem te ajudar a viajar economizando. Você trabalha em troca de serviços, como hospedagem, por exemplo.

VMPM-P10-Como-Economizar-em-Viagens-Nacionais
Imagem: http://blog.viajemaispagandomenos.com.br

Isso mesmo, você trabalha para o hostel (normalmente são hostels e não hotéis) onde ficará hospedado, como recepcionista, ajudante de cozinha, cleaner, entre outros, e nas horas livres você poderá visitar a Cidade. Alguns meios de hospedagem oferecem além da hospedagem, café da manhã e alguns oferecem até mesmo todas as refeições (café da manhã, almoço e jantar).

Além desse tipo de trabalho, também tem sites que te ajudam a encontrar um trabalho que chamamos aqui de Caseiro, onde você tomará conta da casa de pessoas que também estarão viajando e em troca poderá ficar hospedado lá.

Também é possível trabalhar em fazendas em troca de hospedagem. Assim você irá trabalhar em colheita de frutas entre outros serviços referentes a vida no campo.

Dessas maneiras é possível economizar muitos reais (se a sua viagem for longa, da pra economizar milhares de reais), sem deixar de aproveitar nada que a Cidade tem a oferecer.

Vou listar aqui alguns sites que oferecem esses tipos de serviços, aí é só vocês se cadastrarem e começarem a viajar!

https://www.workaway.info/

https://www.worldpackers.com/

http://wwoof.net/

https://anyworkanywhere.com/

https://www.helpx.net/

http://www.luxuryhousesitting.com/

https://www.trustedhousesitters.com/

https://www.mindmyhouse.com/

http://www.pickingjobs.com/

http://www.agrisupportonline.com/

https://www.fruitfuljobs.com/

Essas são ou não algumas ótimas formas de economizar uma boa quantia de dinheiro em viagens?!

 

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro

Viagens

Stopover – Você sabe o que é?

Você já ouviu falar em Stopover? Não né! Muita gente nunca ouviu falar e outras que já ouviram não fazem ideia do que significa. Mas isso acaba agora com esse post!!!!!

Hoje eu vou falar um pouco dessa modalidade de viagem, pouco divulgada e ainda menos praticada.

O Stopover, nada mais é do que você viajar a um destino fazendo uma ou mais conexões de um ou mais dias voluntariamente. Essa palavra significa em tradução livre: Parada.

IMG_5999

Diversos vôos nacionais e internacionais fazem escalas (parada sem troca de avião) e conexões (quando há troca de avião), e é nesses trechos que você pode fazer um Stopover.

Então como funciona na pratica? Funciona assim: Você pretende viajar para Londres, por exemplo, mas no meio de caminho o seu vôo fará conexão em Lisboa. Então ao invés de você permanecer apenas algumas horas na Cidade mais visitada de Portugal, você pode solicitar um Stopover e permanecer por lá de um a três dias.

Para praticar essa parada estratégica é preciso da autorização das Cias Aéreas. Em algumas delas como a TAP, por exemplo, você pode fazer diretamente pelo site na compra da sua passagem, mas em outras como a Latam, por exemplo, não é possível fazer direto pelo site, você precisará entrar em contato com a Cia Aérea para solicitar a autorização.

O tempo de permanência na Cidade intermediaria depende de Cia Aérea, cada uma tem suas regras que precisam ser consultadas. Outra coisa que também depende da Cia Aérea é a taxa cobrada por essa parada, cada empresa cobra ou não uma taxa que precisará ser consultada.

O Stopover é uma ótima oportunidade de conhecer outros destinos, mas não pense que você pode decidir praticá-lo quando chegar a sua conexão. É preciso acertar essa prática previamente com a Cia Aérea contratada.

Depois dessa só falta você escolher seus destinos e fazer as malas!!!

 

Vai viajar?! Então comece sua viagem por aqui!!!

Quando você faz uma reserva aqui pelo blog, eu ganho uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso, aliás muitas vezes paga até menos usando os descontos que eu consigo para vocês. 

Então reserve sua viagem por aqui e me ajude a continuar produzindo muito conteúdo!!!

ViajaNet

Seguro Viagem

Viaje de Ônibus

Alugue seu Carro

 

 

 

 

Passeios, Rio de Janeiro, Viagens

Viagem ao Rio de Janeiro – 11 dicas para economizar.

O Rio de Janeiro hoje é uma das Cidades mais caras do Brasil e até do mundo. O custo de vida por aqui subiu bastante e se ficou caro para o morador que conhece como a Cidade funciona, imagina para o turista que não sabe onde encontrar os melhores preços?! Então é por isso que nesse post eu vou te ajudar a visitar a Cidade Maravilhosa economizando algum dinheiro.

img_4387
1- Aeroporto

A primeira dica é sobre a sua chegada ao Rio de Janeiro. A Cidade tem dois aeroportos como porta de entrada, o Santos Dumont (sigla SDU) que fica na aérea Central da Cidade e o Galeão (sigla GIG) que fica na Ilha do Governador a uns 17 km do centro do Rio. Sabendo disso é possível perceber que o seu tempo de deslocamento para seu hotel, assim como seu gasto nesse deslocamento, serão maiores de você chegar pelo GIG, por isso na hora de comprar sua passagem de avião esteja atento a pequenas diferenças no valor, pois chegar pelo Galeão poderá ser mais barato, mas não compensar quando for pegar um táxi, por exemplo.

Outra dica de aeroporto é nunca comer neles. É extremamente caro comer nos aeroportos do Brasil e aqui então nem se fala, por isso leve um lanchinho.

2- Transporte Público

Eu afirmo aqui que não somos exemplo de transporte público de qualidade para ninguém, porém o metrô atenderá a maior parte dos pontos turísticos a serem visitamos pelos turistas. Então pegue um mapa em uma estação de metrô e trace seu roteiro, faça o máximo que puder de transporte público. Também tem o trem que pode te atender juntamente com o metrô se for visitar lugares como o Parque Madureira, que entrou para o circuito de visita ou a escola de samba Portela. Além desses também tem ônibus que podem te levar aos seus destinos, é só pesquisar bem.

3- Hostel

Os hostels cresceram muito por aqui e com isso a qualidade também melhorou bastante. Então procure por um bom Hostel e se hospede nele, além de pagar bem menos, você ainda fará novas amizades.

4- Bairros alternativos

Saia do circuito Copacabana/Ipanema/Leblon. Procure hospedagem em bairros como Flamengo, Botafogo e até Gloria. Esses bairros também tem metrô e são bem mais baratos de se hospedar.

5- Ande com biscoito e água

Vá a uma casa do biscoito (muito comum por aqui, e não só com esse nome), é uma lojinha pequenina onde vende uma variedade imensa de biscoitos, e compre alguns a seu gosto, além de água. Eles lhe serão muito úteis, já que qualquer lanche na Cidade é muito caro e isso fará você economizar alguns reais. E guarde a garrafinha de água, não é tão comum assim, mas é possível encontrar bebedouros pela Cidade, em museus por exemplo, onde você poderá encher sua garrafinha. Também vale comprar em algum supermercado que não seja o Pão de Açúcar ou o Zona Sul (pois são muito caros rsrs).

6- Faça programas gratuitos

O Rio de Janeiro tem muitos programas gratuitos a oferecer. Praias, Rio Antigo, Parque das Ruínas, Parque Lage e até mesmo alguns museus.

Ontem mesmo saiu um post aqui sobre o Mar, Museu de Arte do Rio, onde eu contei que em um dia da semana ele é gratuito, vai lá conferir nesse link: https://micheleraggio.com.br/2017/07/31/mar-museu-de-arte-do-rio/

É possível visitar muitos lugares aqui no Rio de Janeiro sem pagar nada por isso, ou quase nada.

7- Saara

Não é do deserto do Saara que eu estou falando, e sim de uma região no Centro da Cidade do Rio de Janeiro. Lá você poderá comprar muito pagando bem pouco, inclusive diversos suveniers para você e também para dar de presente.

Só pra vocês terem uma ideia, eu estive lá a duas semanas atrás e fui a uma loja onde o preço máximo de um produto era 3,00 reais. Isso mesmo preço MÁXIMO! Claro que tinha muita coisa inútil, mas também tinha algumas bem úteis.

8- Trilhas

Também é possível visitar pontos turísticos caros e famosos e não pagar quase nada ou nada por isso. Se você gosta da natureza e tem disposição para trilhas que tal subir o Morro da Urca (o primeiro Morro do Pão de Açúcar) pela trilha gratuita? Essa trilha se inicia na Pista Cláudio Coutinho na praia vermelha.

9- Restaurante coma a vontade ou Rodízio

É bem comum aqui no Rio de Janeiro encontramos restaurantes em que podemos comer a vontade pagando um preço fixo ou restaurantes com rodízio. Alimentação em restaurantes por aqui é bem cara e apesar desses dois sistemas terem um preço um pouco mais alto que um self service, por exemplo, você poderá ficar algumas horas lá dentro e comer repetidas vezes e assim talvez fazer apenas uma grande refeição por dia.

10- Feira de São Cristóvão

O pavilhão em São Cristóvão é o mais importante polo Nordestino fora do nordeste do nosso País. Lá é possível escutar música boa (nordestina é claro), ouvir alguns cordéis, estar em contato com muito da cultura nordestina e também comer bem (comida nordestina) pagando relativamente pouco. Dá pra chegar lá de ônibus, mas eu aconselho um táxi, Cabify ou uber, já que a região não favorece muito. Faça uma simulação pelos aplicativos e veja qual fica mais barato.

Se quiser eu tenho um código no Cabify: MICHELECABIFY que vai te dar até 60,00 reais de desconto divididos em até 3 corridas. Baixe o app do Cabify no seu celular.

11- Shoppings

Shoppings não são pontos turísticos, mas por aqui tem muitos. O carioca gosta de um shopping como eu nunca vi rsrs. Nos shoppings você poderá encontrar lugares mais baratos para comer e em alguns deles é possível encontrar alguma programação gratuita rolando, principalmente em época de férias.

Espero que tenham gostado das dicas e posso lhes afirmar que se colocarem ao menos metade delas em prática, irão economizar muito em sua visita ao Rio de Janeiro.

Passeios, Viagens

Viajar Sozinho: Dicas para embarcar nessa aventura!

Quem aqui já não quis viajar, mas acabou deixando de ir por falta de companhia?! O número de brasileiros que viajam sozinhos é bem grande, mas ainda tem muitas pessoas que tem medo e receio de viajar sozinhos, principalmente mulheres, então por isso esse post é para você Mulher que quer viajar sozinha e também para homens que vão se arriscar nesse mundo solitário, mas nem tanto.

IMG_5999

Vou aqui listar algumas dicas que o viajante solitário precisa estar atento para deixar sua viagem mais segura.

Pesquise Destinos

Essa primeira dica não serve somente para quem vai viajar sozinho. É necessário fazer uma pesquisa aos destinos que você está considerando ir sozinho, principalmente se você for mulher, já que muitos Países não recebem bem mulheres desacompanhadas de homens e isso pode ser um grande problema. Pesquise além do que a Cidade oferece para o turista, pesquise também como funciona a segurança do lugar, o deslocamento entre um ponto turístico e outro, ou seja, absorva todas as informações possíveis e imagináveis daquele destino por fim escolhido.

Algumas Cidades que recebem muito bem um turista solitário são: Nova York, Roma, Málaga, além de muitas outras.

Hospede-se em Hostel

Apesar de não oferecer luxo, o hostel te proporcionará o mínimo necessário de conforto e o mais importante: Novas Amizades, e essas amizades podem ser suas companhias no seu destino. Além disso, a convivência com outras pessoas pode te ensinar muito a como aprender a lhe dar com diferenças, principalmente as culturais.

Estude o Idioma

Quando eu digo estudar o idioma, eu não estou falando de fazer um curso completo. Noções básicas do idioma local, ou do inglês (mesmo em países onde esse não é o idioma oficial), já vão te ajudar bastante a se comunicar, pois os nativos perceberam boa vontade da sua parte em tentar se comunicar no idioma deles. Mas se mesmo assim faltarem palavras ao seu vocabulário, faça mímicas. As mímicas são a comunicação mundial!

menina-mapa-trem-642x428
Imagem: http://www.janelasabertas.com

Esteja preparado para Perrengues

Sim, perrengues podem acontecer sim, e você deve estar preparado para eles. Muitos possíveis problemas você pode se prevenir como ter um plano de saúde, por exemplo, mas alguns aparecem de surpresa para coroar a sua viagem. Se nada de ruim acontecer é lucro, mas se acontecer você estava pronto para resolver sem aborrecimentos. E para isso é necessário ter um dinheiro guardado para qualquer emergência. Mas a lição mais importante de passar algum perrengue é não permitir que esses pequenos contratempos atrapalhem a alegria da sua viagem.

Planeje-se

O planejamento é essencial para toda e qualquer viagem e faz parte desse planejamento saber quanto você pode gastar por dia. Com o primeiro passo, a pesquisa, você poderá saber quando em média (reforçando que é uma média, algumas pessoas gastam mais e outras gastam menos) é necessário levar de dinheiro para esse destino. Definir os lugares mais importantes que você quer visitar também faz parte desse planejamento, para não deixar de conhecer o que você mais deseja.

Tenha Coragem

Abra os braços e se jogue nesse mundão. Seja dono do seu próprio destino e mergulhe nesse mar de conhecimento que te tira da zona de conforto!!!

Se Empodere!!!

Dicas, Economia, Viagens

10 Maneiras de Economizar para Viajar

Hoje eu vou listar 10 dicas para você economizar com o intuito de fazer aquela viagem dos sonhos virar realidade.

IMG_5999

1 – Coloque na planilha todos os seus gastos.

É importante saber exatamente onde você gasta todo o seu dinheiro, para assim saber onde você poderá economizar mais e onde não será possível economizar tanto.

2 –  Faça cortes.

Com a lista dos seus gastos em mãos defina o que é realmente importante para você e o que pode ser cortado da lista. Por exemplo, será que vale a pena pagar R$ 200,00 por uma TV a cabo que você nem usa tanto? Será que não é melhor trocar a TV por assinatura por uma assinatura de NetFlix e economizar mais de R$ 100,00?

3 – Guarde esse dinheiro extra.

A poupança pode não ser o melhor investimento a ser feito, mas é um bom lugar para guardar aquele dinheiro que você está economizando para sua viagem, principalmente se você irá retirar esse dinheiro em menos de 1 ano.

4 – Priorize a sua viagem.

Sabe aquela balada de sábado que vai consumir no mínimo uns R$100,00 da sua renda? Esqueça ela!!! Priorize a sua viagem, pense que você não está saindo por um bem maior e que tal reunir os amigos em uma reuniãozinha em casa mesmo? Então sempre que tiver algo extra para fazer, avalie se é possível descartar priorizando sua viagem.

5 – Mude sua rotina de compras.

Que tal ao invés de sair de casa para comprar, você comprar ai mesmo do seu sofá. Com acesso a um computador e a internet você poderá comprar quase tudo que precisar sem sair de casa, e assim terá mais tempo para pesquisar os melhores preços.

6 – Troque o Carro pelo Transporte Público ou ande a pé.

Pra que tirar o carro da garagem para trajetos curtos. O carro não gasta somente a gasolina, gasta também estacionamento (muitas vezes), óleo, pneus e outras coisas que podem acontecer. Então deixe o carro na garagem e até avalie se precisa mesmo manter o carro e se não for necessário que tal desapegar e ainda economizar no seguro, hein?!

7 – Use Milhas.

Muita gente deixa suas milhas vencerem e isso, é quase que um crime!!!! É um crime ao seu bolso, pois milhas são dinheiro.  Transfira suas milhas para um programa de milhagem onde você possa concentrar todas as suas milhas e trocar por passagens aéreas por exemplo. E se seu cartão de crédito não lhe der a opção de transferência use-as como desconto na fatura. Só não deixe que elas vençam e percam a validade.

Um programa de milhagem que eu adoro e aconselho a todos terem é o da Multiplus. Lá é possível comprar muita coisa e ganhar milhas, além de juntar milhas por outros meios e trocar por muitas outras coisas, além de passagens aéreas.

Se você quiser me ajudar a ganhar algumas milhas, clique nesse link abaixo e faça seu cadastro que é gratuito (Assim você estará me ajudando a viajar e a produzir mais conteúdo de qualidade pra vocês e também poderá se cadastrar em um dos melhores clubes de acumulo de milhagem do Brasil).  https://www.pontosmultiplus.com.br/cadastro?id_ind=1JYEyMzI4NDE3Mgieie

8 – Coma comida em casa (ou leve comida de casa).

Opte por fazer suas refeições em casa ou leve de casa para onde você for.  Levar marmita para o trabalho pode gerar uma economia de mais de 50% nos seus gastos com comida.

9 – Leve sua garrafinha de Água.

Principalmente no calor consumimos muita água, então leve sua garrafinha junto a você, pois assim poderá economizar sempre que sentir sede. Em alguns lugares você ainda poderá encher sua garrafinha totalmente de graça.

10 – Abandone Hábitos Maléficos.

Deixe de fumar, por exemplo. Quem fuma um maço de cigarro por dia, gasta em média no mês R$ 200,00, esse valor poderia te ajudar muito na realização do seu sonho, não é mesmo?! Mas não é só o cigarro, abandone todo e qualquer hábito que faça você gastar sem sentido algum.

11 – Se pergunte: Eu preciso mesmo disso?

Eu sei que eu disse que só seriam 10 dicas, mas não consegui, precisei incluir essa. Faça dessa pergunta o seu mantra. Eu inclusive já falei sobre isso aqui no blog. Se você se responder que não precisa (o que acontece na maioria das vezes que vamos comprar algo), não compre e guarde esse dinheiro também.

Eu posso te garantir que quando você realizar a sua viagem dos sonhos, todo esse sacrifício será recompensado e você sentirá que valeu a pena cada centavo que economizou!!!

Dicas, Diversão, Passeios, Rio de Janeiro

Bilhete Especial “EU AMO FÉRIAS” é lançado pelo Metrô do Rio.

Quem está vindo aproveitar as férias de meio de ano aqui no Rio de Janeiro?! Esse post é pra todo mundo que quer aproveitar pra passear muito pelo Rio gastando pouco em locomoção.

destaque-sobre
Foto: Divulgação – Metrô Rio

O metrô Rio lançou o cartão “Eu amo Férias”. Esse cartão que já está disponível para compras dá ao portador o direito de usar em até 6 viagens por dia durante 7 dias consecutivos.

O custo desse cartão é de R$ 60,00 e a economia gerada com a compra dele é de quase 70%. Ou seja, uma economia e tanto para o seu bolso. E ao comprar o cartão foi ainda vai ganhar um porta cartão e também um mapa de bolso com indicação dos principais pontos turísticos da Cidade, esses brindes não tem valor monetário, mas ajudam bastante na organização e planejamento do turista, não é mesmo?!

mapa-metro
Foto: Divulgação – Metrô Rio

As viagens precisam ter um intervalo mínimo de 2 horas e 30 minutos, tempo suficiente para visitar algum ponto turístico que seja atendido pelo nosso metrô. Esse intervalo mínimo de uso impede que o cartão seja dividido entre 2 ou mais pessoas, então cada cartão só atenderá uma única pessoa.

Agora anota aí quais estações estão vendendo esses cartões, já que não são em todas: Del Castilhos, Carioca, Largo do Machado, Botafogo, Cardeal Arcoverde, Siqueira Campos, Cantagalo, Jardim Oceânico e em hotéis da rede Accor aqui no Rio de Janeiro. O horário de venda do cartão é das 09h até as 19h.

ferias1
Foto: Divulgação – Metrô Rio

Esse cartão ficará em vigor até 30 de setembro desse ano, então se quer passear pelo Rio economizando, corre pra garantir o seu!!!

Maiores Inf: https://www.metrorio.com.br/Noticias?cod_noticia=3269